28 de outubro de 2014

Sete maneiras de evitar as varizes

Varizes são veias dilatadas e deformadas que surgem quando, por algum motivo, o sangue que chega às pernas não consegue retornar ao coração. Elas incomodam por dois motivos. O estético, já que podem ter coloração avermelhada (que são os vasinhos, característicos da fase inicial do problema) ou até azulada (em casos mais avançados), além de serem saltadas em alguns casos. A segunda razão são os seus sintomas, que incluem inchaço e sensação de desconforto e cansaço nas pernas. 
Mulheres são as principais afetadas pelo problema, e o mais comum é que ele apareça após os 30 anos. Parte da explicação está no fato de os hormônios femininos, estrogênio e progesterona, dilatarem e enfraquecerem os vasos sanguíneos. Com isso, as veias têm maior dificuldade em bombear o sangue para o coração, favorecendo o surgimento de varizes. A gravidez também aumenta as chances do problema, já que o peso do feto prejudica o fluxo sanguíneo.
Risco — A genética é um fator importante para o surgimento de varizes. Por isso, recomenda-se que pessoas com histórico do problema na família façam prevenção do problema o quanto antes. O uso de meias de compressão e a prática de exercícios físicos, por exemplo, ajudam a reduzir o risco de varizes, segundo com Julio Cesar Peclat de Oliveira, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ).
A prevenção de varizes também pode ser feita evitando fatores que aumentam o risco do problema – entre eles, excesso de peso, tabagismo, uso frequente de sapatos desconfortáveis (muito planos, com salto alto e fino ou apertados, por exemplo) e sedentarismo.
“Ficar muito tempo parado, seja sentado ou em pé, dificulta o bombeamento do sangue de volta ao coração. O ideal é que, a cada hora em determinada posição, o indivíduo faça uma pequena caminhada ou exercite a sua panturrilha para ajudar na circulação do sangue”, diz Oliveira. Segundo o médico, quando a panturrilha se contrai, ela "espreme" as veias e estimula o sangue a subir em direção ao coração.
Tratamento — Se não tratadas corretamente, as varizes tendem a aumentar e alastrar-se pelas pernas. Além disso, quanto maior a progressão do problema, mais elevado o risco de trombose, formação de coágulos nos vasos e de insuficiência venosa profunda, que ocorre quando esses coágulos acometem veias responsáveis por levar o sangue ao coração.
Tratar varizes significa que elas devem ser retiradas – como são vasos que perderam sua elasticidade, não há formas de reverter o problema. “Uma veia que aparece hoje, se não tratada, nunca mais vai sumir”, diz o angiologista Eduardo Fávero, membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da equipe de cirurgia vascular do Hospital da Lagoa, no Rio de Janeiro. Os métodos não cirúrgicos incluem aplicações de laser ou de medicamentos no interior dos vasos problemáticos, e são recomendados para fases inicias do problema. Já para as varizes esverdeadas e saltadas, indica-se a cirurgia para remoção da veia doente.. 

Saiba como é possível previnir as varizes

1 de 7

Evite ficar muito tempo na mesma posição


Permanecer muito tempo em pé ou sentado aumenta a pressão da gravidade sobre as veias das pernas, que passam a ter maior dificuldade em bombear o sangue dos membros para o coração, favorecendo o surgimento de varizes. Por isso, recomenda-se que a cada uma ou duas horas em determinada posição, o indivíduo caminhe por dois minutos. Uma alternativa é realizar um exercício simples para contrair a panturrilha, que consiste em levantar-se na ponta dos dedos pelo menos 15 vezes seguidas. Contraída, a panturrilha “espreme” as veias da perna, estimulando a subida do sangue para o coração.

VEJA

Aécio passou dois minutos acreditando ter sido eleito presidente



Na noite de domingo (26), tornou-se viral nas redes sociais a informação de que, por volta das 19h30, o apartamento de Andreia Neves, em Belo Horizonte (MG), estava em festa. Naquela hora, seu irmão, o senador Aécio Neves (PSDB), teria recebido um telefonema em que alguém lhe dizia que já estava com mais da metade dos votos válidos e já poderia ser consideradoPresidente da República.

A informação é do blog Diário do Centro do Mundo, que reproduz trechos das conversas - entre os quais, o de que Aécio, inclusive, teria sido cumprimentado, entre outros, pelo presidente do Ibope - o mesmo instituto, que, um dia antes, previra a vitória de Dilma Roussef (PT). Depois de muitos cumprimentos, segundo blog, a festa foi subitamente interrompida às 19h32.Dilma tinha virado.

Leia mais AQUI.

Produtores tem até sexta para aderir ao programa de renegociação de dívidas

Na próxima sexta-feira (31) encerra o prazo final para que os agricultores familiares e produtores rurais de todo o país possam aderir ao programa de renegociação de dívidas junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB).
Segundo dados divulgados pela Gerência do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Estado do Rio Grande do Norte, ainda são esperadas a renegociação de aproximadamente 19.900 operações de crédito, que chegam a somar um montante de R$ 211 milhões em dívidas.

Confirmação de inscrição no Enem já está disponível

Os cartões de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já estão disponíveis na internet. Para ter acesso, o estudante deve o informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição. 

Os mesmos cartões começam a chegar pelo correio, no endereço informado na inscrição. 

O documento de confirmação traz os dados pessoais do participante – nome, CPF, número de inscrição no Enem, data, hora e local das provas, opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso). 

Aqueles que acessarem o cartão pela internet deverão conferir as informações e imprimi-lo, se desejarem. Não é obrigatório levar o cartão no dia da prova. No entanto, é indispensável apresentar um documento de identificação com foto, como carteira de identidade ou de motorista. 

Segundo o instituto, quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, no telefone 0800616161. 

Caso cartões enviados pelo correio sejam devolvidos, o Instituto Nacional de de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira entrará em contato com os candidatos por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail. 

As provas do Enem serão nos dias 8 e 9 de novembro. Mais de 8,7 milhões se inscreveram para o exame.

Eleições de 2014 tiveram quase 200 processos contra divulgação de informações

PMDB e PSDB foram os partidos que mais recorreram à Justiça nas eleições deste ano para evitar ou punir a divulgação de conteúdo. Juntos, eles são responsáveis por 73 das 190 ações registradas pelo Eleição Transparente, ou 38% do total. No ranking, também se destacam os candidatos derrotados ao cargo de governador, Benedito de Lira, de Alagoas, com 14 processos (9%) e Expedito Júnior, de Rondônia, com 13 (6%).
Entre os estados, Paraná fica à frente com 28 tentativas judiciais de bloquear informações via Justiça Eleitoral. Roberto Requião, que foi vencido na disputa para governador no estado, é responsável por 13 dessas ações. Em Alagoas, estado de Lira, foram registradas 21 ações.
Google e Ibope foram as empresas mais atacadas judicialmente pelos candidatos destas eleições. O gigante das buscas recebeu 136 processos (72%), enquanto o instituto de pesquisas recebeu 29 (15%).
No total, 37 ações tiveram como alvo pesquisas de intenção de voto em todo o País. Fora Ibope, empresas como Datafolha, Ipespe e Souza Lopes receberam 19% dos processos registrados.

ARTIGO: "JOGOS: BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS"

Por Ângela Morandini

Jogo é um ato de liberar tensões, fonte de prazer, alegria, descontração, convivência agradável e educativa. Falar-se de jogo é falar de atividades que envolvem prazer, regras, vencedores e perdedores. É uma atividade social que garante a interação e construção do conhecimento da realidade vivenciada pelas crianças e de constituição do sujeito – criança como sujeito produtor de sua história.
A abrangência do jogo está altamente ligada ao aspecto social, pois o ambiente social do escolar iniciante é o grupo de jogo. Ele oportuniza contatos em grupo, que requerem a mínima participação de agentes controladores de origem externa. A forma jogada possibilita o verdadeiro equilíbrio entre as ações dos membros de um jogo social e isso favorece um trabalho educativo, proporcionando aprendizagens importantes.
O jogo ganhou, nos últimos anos, sentido de prazer, de algo que se realiza sem conflitos, contribuindo para que as atividades não se desenvolvam num processo rígido. O jogo canaliza os ensinamentos sérios e importantes através do dinamismo, do prazer e da alegria. Podemos ver que por meio de jogos as crianças se relacionam espontaneamente e são capazes de respeitar o código estabelecido, e criar leis da própria atividade.
Sabemos que tanto o jogo quanto a brincadeira estão atrelados no mundo infantil, pois a criança adquire a aprendizagem jogando, pois jogando fornece a criança a possibilidade de construir uma identidade autônoma, cooperativa e criativa. Os jogos fazem parte do ato de educar, um compromisso consciente, intencional e modificador da sociedade.
PÔR QUE É IMPORTANTE JOGAR?
Jogar é importante, por ser um procedimento de real valor no desenvolvimento de qualquer conteúdo. O jogo é um dos mais antigos e nobres processos de aprendizagem e, seguramente, contém as mais autênticas manifestações sócias pedagógicas. Trabalhando com jogos o professor contará com um ambiente descontraído, onde a aprendizagem acontecerá naturalmente e evitará certos desgastes que um procedimento mais rígido, poderá proporcionar uma maneira prazerosa de trabalhar, durante vários momentos dentro e fora da sala de aula.
PIAGET (1994:25) vê no jogo: um processo de ajuda ao desenvolvimento da criança; acompanha-a, sendo, ao mesmo tempo, uma atividade consequente de seu próprio crescimento”.
Afirma Piaget que o jogo proporciona à criança viver momentos de colaboração, competição e também de oposição, ensinando-as a conhecer regras, respeitar o companheiro e aumentar os contatos sociais, ajuda ainda na superação do egocentrismo. O jogo oportuniza o desenvolvimento motor da criança, permitindo que ela crie e monte seus próprio jogos melhorando as suas habilidades, motiva-a também a ultrapassar seus limites.
ALVES (1994:26), diz que:
“(...) o jogo traz a visão do futuro. O jogo tem a visão do futuro em primeiro lugar por que seu espírito criativo está nas origens da humanização. Em segundo lugar porque está vinculado à criança e ao espírito infantil.”
O jogo é considerado um dos elementos fundamentais para que o processo de ensino-aprendizagem possa superar os indesejáveis métodos da descoberta, do conteúdo pronto, acabado e repetitivo, que tornam a educação tão maçante, sem vida e sem alegria. O jogo supõe relação social. Por isso, a participação em jogos contribui para a formação de atitudes sociais, respeito mútuo, solidariedade, cooperação, obediência às regras, senso de responsabilidade, iniciativa pessoal e grupal.
QUANDO E COMO USAR OS JOGOS NO DIA-A-DIA DA SALA DE AULA
Os jogos devem ser utilizados no dia-a-dia da sala de aula, dentro de um objetivo. O importante é que seja proposto de forma que a criança possa tomar decisões, agir de maneira transformadora. Os jogos devem ser usados para fazer com que a criança reflita, ordene, desorganize, destrói e reconstrói o mundo a sua maneira.
Para Celso Antunes (1998:40):
“O jogo somente tem validade se usado na hora certa e essa hora é determinada pelo seu caráter desafiador, pelo interesse do aluno e pelo objetivo proposto. Jamais deve ser introduzido antes que o aluno revele maturidade para superar seu desafio e nunca quando o aluno revelar cansaço pela atividade ou tédio por seus resultados.”
As atividades realizadas em forma de jogos, utilizadas na hora certa e de maneira correta, proporcionam à criança condições para desenvolverem as relações sociais, aprendendo a se conhecerem melhor e a conhecerem e aceitarem a existência dos outros. O educador deve procurar despertar o espírito de cooperação e de trabalho conjunto no sentido de metas comuns. A criança precisa de ajuda para aprender a vencer, sem ridicularizar uma atitude de compreensão e aceitação.
Podemos ver que quando o clima da sala de aula é de cooperação e respeito mútuo, a criança sente-se segura e emocionalmente e tende a aceitar mais facilmente o fato de ganhar ou perder como algo normal, decorrente do próprio jogo. Cabe ao professor, em sala de aula ou fora dela, estabelecer metodologias e condições para desenvolver e facilitar este tipo de trabalho.
O QUE É BRINCAR?
O brincar é uma realidade cotidiana na vida das crianças, e para que elas brinquem é suficiente que não sejam impedidos de exercitar sua imaginação. A imaginação é um instrumento que permite relacionar seus interesses e suas necessidades com a realidade de um mundo que pouco conheço. É por meio das brincadeiras que as crianças se interagem no universo dos adultos, universo que já existiam quando elas nasceram e que só aos poucos elas poderão compreender.
WINNICOTT (1975:63), estudioso do crescimento e desenvolvimento infantil, considera que:
“(...)o ato de brincar é mais que a simples satisfação de desejos. O brincar é o fazer em si, um fazer que requer tempo e espaço próprio, um fazer que se constitui de experiências culturais, que é universal e próprio da saúde, porque facilita o crescimento, conduz aos relacionamentos grupais, podendo ser uma forma de comunicação consigo mesmo (a criança) e com os outros (...).”
WINNICOTT também coloca o brincar como uma área intermediária de experimentação para quais contribuem a realidade interna e externa. Nesse sentido, a criança pode relacionar questões internas com a realidade externa, e tornar-se capaz de participar de seu contexto e perceber-se como um ser no mundo.
Analisando a concepção acima, podemos dizer que no ato de brincar, tanto o adulto quanto a criança estão plenamente libertos para a criação. E é através da criatividade, que o indivíduo torna-se pleno e sincronizado com a vida, dando valor a esta, percebendo suas potencialidades, além da importância das trocas interindividuais.
Podemos ver que na alfabetização o brincar é de fundamental importância para resolução dos problemas emocionais que fazem parte do desenvolvimento da criança.
Brincar é uma atividade lúdica criativa no brinquedo, entra em ação a fantasia. O indivíduo criança ou adulto ao brincar, transforma a realidade e a realidade o transforma; cria personagens e mundos de ilusão, coloca-se diante do risco, do imprevisto, do suspense. Não há necessidade do resultado a alcançar.
POR QUE É IMPORTANTE BRINCAR?
O brincar é importante porque proporciona uma ética da aprendizagem em que as necessidades básicas da criança podem ser satisfeitas. Essas necessidades incluem as oportunidades de praticar, escolher, preservar, imitar, imaginar, dominar, adquirir competência e confiança, de adquirir novos conhecimentos, habilidades, pensamentos, entendimentos e de conhecer e valorizar a si mesmo e as próprias forças, e entender as limitações pessoais.
MALUF (2003:20), diz que “é importante a criança brincar, pois ela virá se desenvolver permeada por relações cotidianas, e assim vai construindo sua identidade, a imagem de si e do mundo que o cerca.”
Para as crianças, o brincar é a forma mais perfeita de se comunicar, é um meio para perguntar e explicar, um instrumento que ela tem para se relacionar com outras crianças. Ainda insiste MALUF (2003:31): “Brincar é a forma mais perfeita para perceber a criança e estimular o que ela precisa aprender e se desenvolver.”
De acordo com a colocação acima podemos ver que por meio da brincadeira temos uma visão mais ampla da criança. Sendo assim, podemos ajudá-las no que mais precisam para aprender e se desenvolver. Brincando, as crianças aprendem mito sobre o mundo que as cerca e têm a oportunidade de procurar a melhor forma de se integrar a esse mundo que já encontraram pronto ao nascer.
BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
O brinquedo caracteriza-se, ainda, pela presença do outro. Brincar é estar junto com o outro. É sentir o gesto, o olhar, o calor do companheiro. O brinquedo aproxima as pessoas, torna-as amigas, porque brincar significa sentir-se feliz.
Walter Benjamim (1984:42), diz que: “O brinquedo sempre foi e sempre será um objeto criado pelo adulto para a criança. Mesmo os brinquedos antigos como a bola, a pipa, desenvolveram as fantasias infantis”. Os brinquedos e brincadeiras propõem um mundo imaginário tanto às crianças quanto os adultos.
O brinquedo e a brincadeira possuem um papel de grande importância no desenvolvimento da criança. Esse papel é, sem dúvida, fundamental para a aprendizagem da leitura e da escrita, permitindo o desenvolvimento da iniciativa, da imaginação, da criatividade e do interesse.
A criança vive um intenso processo de desenvolvimento. Nela se expressa a própria natureza, e cada instante, surge uma nova função. Ao entrarem em ação, a criança busca atividades que lhe permita manifestar-se de forma mais completa. A primeira atividade é brincar e é através desse brincar, que ela desperta para o mundo, sendo o começo de uma série de outras atividades que se desencadeiam à medida que se tornam ação, levando-a a descobrir novas formas de aprendizagem.
A autora é pedagoga e professora da Escola Estadual Ewaldo Meyer Roderjan em Brasnorte - MT. 

Aécio supera presidente em 8 das 11 cidades-pólo de MT – confira o mapa

A candidata reeleita à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) foi derrotada, em Mato Grosso, em 8 das 11 cidades-pólo pelo candidato adversário Aécio Neves (PSDB) que perdeu em votação de segundo turno, realizada, neste domingo (26). Diante disso, a petista só conseguiu superá-lo em Várzea Grande, que tem o segundo maior número de eleitores, atrás apenas de Cuiabá, Barra do Garças, que é a maior cidade da região do Araguaia, e Cáceres, região Oeste do Estado.

No município vizinho à Capital, Dilma obteve 58,52% dos votos válidos, equivalentes a 79.834 eleitores, contra 41,48% correspondentes a 56.580 eleitores que votaram em Aécio. Já em Barra do Garças, a vitória da candidata reeleita foi apertada, conseguindo o êxito por apenas 48 votos de diferença. Na oportunidade, a petista recebeu 50,08% dos votos válidos, o que representa 14.551 sufrágios, contra 49,92% do tucano, validados por 14.503 eleitores barra-garcenses.

Em Cáceres, Dilma obteve 55,57% dos votos válidos, sendo 23.537 eleitores, e Aécio conseguiu 44,43%, o que representa 18.822 votos. Neste caso, a vitória da petista pode ser explicada pelo principal representante da região, o deputado federal eleito, deputado estadual Ezequiel Fonseca (PP), que apoiava a reeleição da presidente.

De todo modo, Aécio conseguiu sair vitorioso em Mato Grosso, onde recebeu 54,67% dos votos válidos, equivalentes a 864.999 eleitores, e Dilma obteve 45,33% dos votos, o que representa 717.230 sufrágios. Dos 141 municípios, o tucano venceu em 101, o que corresponde a mais de 71% das cidades do Estado, enquanto a petista foi vitoriosa em apenas 40 municípios.

A maior diferença percentual obtida por Aécio sobre Dilma aconteceu em Gaúcha do Norte, onde o tucano cooptou 84,81% dos votos válidos, representados por 2.239 eleitores, enquanto a petista conseguiu apenas 15,19%, o que equivale somente 401 eleitores. Já a atual presidente foi melhor em Nossa Senhora do Livramento ao obter 72,12% dos votos, correspondentes a 5.788 eleitores, contra 27,88%, que foram representados por 2.238 votantes.


Além da Capital, onde Aécio conseguiu 52,19% dos votos válidos, sendo 164.209 eleitores, contra 47,81% equivalentes a 150.423 votos de Dilma, o tucano venceu em mais sete cidades-pólo, sendo Rondonópolis, Alta Floresta, Colíder, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra. RD News

Aécio liderou até quase 90% das urnas apuradas

aecio dilma debate
Reportagem veiculada no site do jornal O Globo na tarde desta segunda-feira (27) informa que o tucano Aécio Neves liderou a contagem dos votos até as 19h32 de ontem (domingo, 26), quando a presidenta reeleita Dilma Rousseff o ultrapassou. Nesse ponto da apuração, 88,9% das urnas já haviam sido contabilizadas. Segundo a matéria, a reviravolta tem razões regionais: a contabilização dos votos teve início no Sul e no Sudeste, onde o senado mineiro tem vantagem.
“O candidato do PSDB, Aécio Neves, largou na frente. A virada foi registrada às 19:32:03, quando estavam somados 88,9% dos votos. Nesse horário, a presidente Dilma Rousseff (PT) atingiu 47.312.422 votos, ou 50,05% do total apurado até então. Aécio ficou para trás de forma irreversível. Tinha 47.224.291 votos, ou 49,95% do total”, diz o texto, que colheu as informações com o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino.

Na Câmara, 14 pedidos de impeachment de Dilma

Deu no Cláudio Humberto:
dilma copa 2
Há 14 pedidos de impeachment da presidenta Dilma protocolados na Câmara dos Deputados, dois deles provocados pelo recente escândalo do Petrolão. Além disso, a revelação de que ela, como Lula, sabia de tudo, segundo o doleiro Alberto Youssef contou à Justiça Federal na semana passada, fez acelerar um abaixo-assinado no site Avaaz: ontem, no começo da noite, já havia mais de 1,1 milhão de adesões.
NÃO PROSPERAM
“Aquecidos” pela eleição de domingo, os pedidos de impeachment dificilmente vão prosperar: a maioria governista na Câmara os arquiva.
AUTORIA
Os dois pedidos de impeachment de Dilma foram protocolados na Câmara pelos advogados Luis Carlos Crema e Matheus Sathler.
HISTÓRICO
Onze pedidos de impeachment já foram arquivados pelos presidentes da Câmara da era Dilma, Henrique Alves (PMDB) e Marco Maia (PT).

Mensalão: Itália deve julgar hoje extradição de ex-diretor do Banco do Brasil

Henrique PizzolatoA Justiça da Itália deve julgar hoje (28) o pedido de extradição – feito pelo governo brasileiro – do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato na Ação Penal 470, o processo do mensalão. O julgamento na Corte de Apelação de Bolonha está previsto para as 10h (hora local) – três horas a menos em relação ao horário oficial de Brasília.
Pizzolato fugiu do Brasil em setembro do ano passado, antes do fim do julgamento do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), e foi preso em fevereiro em Maranello (Itália). Em junho, a Corte iniciou o julgamento, mas em seguida suspendeu a sessão para solicitar esclarecimentos do governo brasileiro sobre as condições dos presídios nacionais

Maioria dos governadores eleitos terá de negociar apoio com a oposição

Pouco mais da metade dos futuros governadores terá que buscar novos aliados para conseguir aprovar propostas de interesse do governo nas Assembleias Legislativas. Segundo a Folha, dos 27 eleitos ou reeleitos, 15 integraram coligações de partidos que não conseguiram eleger a maioria dos deputados estaduais.
Para aprovar projetos de lei, por exemplo, basta a maioria simples em plenário. A dificuldade cresce nas propostas de emenda à Constituição estadual, que precisam ser aprovadas por ao menos três quintos da Casa. Nesse caso, sobe para 20 o número de governadores que terá de buscar apoio em partidos que apoiaram outros candidatos nessa eleição. O PMDB é o partido que mais terá que negociar apoio: as coligações de cinco dos sete governadores eleitos não alcançaram a maioria das cadeiras das Assembleias.

Presidente do Bradesco entra na lista de cotados para o Ministério da Fazenda

Luiz Trabuco, presidente executivo do Bradesco, entrou na semana passada na lista de cotados para o Ministério da Fazenda caso Dilma Rousseff vencesse as eleições. Seguindo regras do banco, ele se aposenta no ano que vem, aos 65 anos. Trabuco teria a capacidade de acalmar o mercado financeiro, que estava claramente contra Dilma. Comandou por vários anos um banco que sempre fez marketing baseado no pequeno poupador. E não poderia ser chamado de banqueiro, ele não é dono da instituição.

Vice de Aécio disse que Dilma não terá lua de mel

O candidato a vice-presidente de Aécio Neves, Aloysio Nunes Ferreira, disse que a presidenta Dilma Rousseff“não tem direito à lua de mel”, prometendo uma oposição “firme” e “sem transigência”. Aloysio e Aécio retomam suas atividades parlamentares após o fim das eleições. “Não tem por que diminuir a intensidade da oposição. Ela (Dilma) não tem direito à lua de mel que todo governante recém-eleito tem quando tem novo mandato”, afirmou Nunes.