7 de novembro de 2014

Taques se reúne com Silval e expõe preocupações; saúde é uma delas

Welington Sabino, repórter do GD


O governador Silval Barbosa (PMDB), recebeu nesta sexta-feira (7), a visita de seu sucessor, o senador Pedro Taques (PDT) eleito governador para assumir o comando do Estado pelos próximos 4 anos. A reunião de trabalho durou pouco mais de 30 minutos e Taques demonstrou sua preocupação com serviços essenciais que não podem ser interrompidos, como por exemplo o setor da saúde pública e a compra de medicamentos. Outros assuntos também foram debatidos, mas o pedetista não quis comentar.

A reunião foi realizada no gabinete do governador, no Palácio Paiaguás. O pedestista, ao final do encontro, pontou que existem alguns temas que não podem ter solução de continuidade, não pode haver paralisação da administração para sua administração que começa em janeiro próximo.

“Eu trouxe essas preocupações ao governador Silval Barbosa e ele entendeu. Um exemplo disso é a questão da saúde, compra de medicamentos. Independente da administração, o cidadão pode não pode a partir do dia 1º de janeiro ficar sem medicamentos. E o govenador Silval Barbosa entendeu isso. Eu vou estabelecer quais são esses pontos e a ele entregaremos”, destacou Pedro Taques.

Na conversa, que durou pouco mais de 30 minutos, também foram tratados sobre outros assuntos, mas o pedetista preferiu não comentar. Sobre o diagnóstico da atual situação do Estado, ele revelou que até o momento só recebeu os relatórios detalhados de de 3 secretarias elaborados pela equipe de transição. Mas acredita que no decorrer da próxima semana ele já terá em mãos um quadro geral apontando a situação de todas as secretarias.

A situação econômica do Estado, uma das principais preocupação do próximo gestor, é um dos temas que Taques disse aguardar para os próximos dias. Isso porque o levantamento realizado na Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) ainda não estaria finalizado.

Anticoncepcional masculino pode chegar ao mercado nos próximos anos

Pílula masculina pode chegar ao mercado nos próximos anos Jean Mulligan/MorguefileA pílula masculina pode chegar em poucos anos às prateleiras das farmácias. Em estudo nas universidades americanas, o uso de contraceptivo masculino ainda esbarra na metabolização do testosterona pelo organismo. Pesquisadores da área acreditam que o problema pode ser driblado com a modificação química do hormônio.
“Pesquisas adicionais de um tipo semelhante também sugerem que as mulheres em relacionamentos comprometidos confiaria a seu parceiro usar a contracepção se isso fosse escolha do casal. É possível que uma injeção de longa ação, que tem a duração de 3-6 meses, pode ser preferível para alguns homens e para os seus parceiros no longo prazo. Este tipo de contraceptivo hormonal masculino também está em desenvolvimento e os resultados desses tipos de injetáveis de ação longa parece muito promissor”, disse a professora da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, Stephanie Page (USA).

Camisinha gigante promove luta contra a Aids em Sydney, na Austrália

Uma camisinha cor-de-rosa gigante foi colocada, nesta sexta-feira, em um obelisco, em um parque da cidade de Sydney, na Austrália, para promover uma campanha de combate à Aids no país. O preservativo tem 18 metros de altura e “veste” o obelisco do Hyde Park, que fica no centro da cidade.
O diretor da ação, Nicholas Parkhill, do AIDS Council of New South Wales (ACON), explicou que o objetivo da megacamisinha é lembrar à população de que, apesar de existirem novos medicamentos para combater o HIV, o vírus da Aids, o uso de preservativos continua sendo a maneira mais eficaz de combater a doença. A Austrália sofre com um boom da Aids. Em 2013, foram diagnosticados no país 1.235 novos casos, o número mais elevado dos últimos 20 anos.
AUSTRALIA-HEALTH-CONDOM-AIDS

Aumento da gasolina deve chegar ao bolso do consumidor na segunda

gasolinaO reajuste de 3% no preço da gasolina anunciado na noite de ontem (06), pela Petrobras, não afetará o consumidor neste fim de semana. Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo, José Alberto Paiva Gouveia, a previsão é que somente na segunda-feira (10), quando os postos de gasolina começarem a demandar o produto com o preço reajustado nas refinarias, é que o novo valor deve chegar ao consumidor.
“Conforme os postos forem demandando o produto com valor já reajustado nas refinarias é que teremos um aumento para o consumidor final. Ainda assim, esse aumento de 3% está abaixo do que a Petrobras precisaria para repor suas dívidas, que seria de 7%. Quanto a dúvida se será mais proveitoso abastecer com etanol, precisamos, antes, verificar o aumento final da gasolina para o consumidor”, ressaltou Gouveia.
Ele destacou que o valor real do aumento dependerá do repasse cobrado pelas distribuidoras aos postos. “O aumento final da gasolina vai refletir o que for cobrado pelas distribuidoras, já que nos postos a gasolina tem um percentual de 25% de etanol, que até agora mantém o preço estável. Ou seja, se desconsiderarmos o preço da distribuição e considerarmos que a gasolina tem um percentual de etanol na mistura, o aumento nem chega aos 3% para o consumidor”.

“Diabo se envergonharia” de campanha eleitoral do PT, diz Aécio

aecio discurso
Atuando como “mestre de cerimônias”, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), candidato derrotado ao Palácio do Planalto, disse em reunião da Executiva Nacional do PSDB e aliados nesta quarta-feira (5) que “o diabo se envergonharia” do que o PT fez nas eleições presidenciais deste ano. O tucano também propôs um “pacto” com os demais partidos de oposição.
“As eleições deste ano tiveram marcas muito claras, distintas, uma delas protagonizada por nossos adversários. A campanha da infâmia, da mentira, da utilização sem limites da máquina pública como objeto de poder. Pelo menos cumpriram a palavra, disseram que iam fazer o diabo nas eleições, o diabo se envergonharia de muitas coisas que foram feitas durante essas eleições”, afirmou o senador. Aécio citou a palavra “diabo” em referência ao que a presidente Dilma Rousseff (PT) disse, em março do ano passado, sobre fazer “o diabo na eleição”.

07 de novembro: Dia do Radialista

Hoje é Dia do Radialista e para quem não sabe, radialista é aquela pessoa que parece que fala conosco através de nosso rádio, aquela voz repleta de sentimentos que somente um profissional dessa área poderia ter. Alguém que não transmite apenas notícias, mas sim informações repletas de sentimentos humanos, pessoas que se tornam próximas de uma maneira nada convencional.
Então, parabéns aos radialistas que trazem para nossos lares as mais belas canções, as mais belas mensagens, que conseguem deixar seus problemas de lado para trazer para nossas casas, uma espécie de companhia que não podemos tocar e nem ver, mas que sabemos que está ali, pertinho, captando no ar as ondas de energia que o mundo inteiro emite.
Portanto, se você conhece algum radialista, não pense duas vezes para lhe dar parabéns, para agradecer por sua companhia, por alegrar seu dia, por dedicar aquela canção que pediu com tanto amor para alguém especial. Não deixe de transmitir toda sua energia para esse profissional que, por mais natural que sejam os problemas, sempre nos passa um astral positivo e esperançoso.

Mais um condenado no mensalão pede prisão domiciliar

Sem pagar nenhum centavo da multa de mais de R$ 1,26 milhão por ter sido condenado no mensalão, o ex-deputado Romeu Queiroz (PTB-MG) pediu para ser transferido para o regime aberto, que, geralmente, concede direito à prisão domiciliar. O pedido chegou ao Supremo anteontem com uma certidão datada no mesmo dia confirmando o calote, fato já revelado pelo Correio.
Queiroz foi condenado a 6 anos e 6 meses de detenção por corrupção passiva, mas até hoje não pagou a dívida, segundo a Vara de Execuções Penais de Ribeirão das Neves (MG). O ex-deputado dorme na cadeia à noite e trabalha de dia no escritório de sua empresa. O Ministério Público estadual diz que ele fez um acordo para pagar o débito em 15 vezes de R$ 84 mil a partir de 1º de outubro, mas ainda não começou a amortizar a dívida.
Em ação de execução, a promotoria pede a correção monetária dos valores, que estão atualizados apenas até maio, e a intimação para que Queiroz pague tudo em 10 dias ou apresente bens para garantir a cobrança. Se não fizer isso, o Ministério Público pede que a Justiça penhore os bens do réu do mensalão. O advogado do ex-deputado, Marcelo Leonardo, não pôde atender as ligações da reportagem.

Quem mais gastou dinheiro para se eleger

dinheiro jucurutuSegundo levantamento da Folha de São Paulo, os 540 parlamentares eleitos para o Congresso Nacional neste ano desembolsaram, ao todo, R$ 864 milhões para conquistar uma cadeira na Câmara dos Deputados ou no Senado Federal. Na média, cada congressista que tomará posse em 2015 gastou R$ 1,6 milhão em sua campanha eleitoral.
A maior parte dos eleitos (284 parlamentares) gastou mais de R$ 1 milhão na campanha eleitoral. E 142 investiram mais de R$ 2 milhões, o que representa 26% da nova bancada legislativa. O campeão em gastos da próxima legislatura do Congresso é o ex-governador de Minas Gerais Antonio Anastasia (PSDB), com R$ 18,3 milhões. Na sequência, aparece o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB), eleito senador com R$ 12,6 milhões.
Na Câmara dos Deputados, as campanhas eleitorais mais caras foram as dos deputados federais Arlindo Chinaglia (PT-SP), com R$ 8,4 milhões, e Iracema Portella (PP-PI), com R$ 7 milhões. Os dados fazem parte das prestações finais de contas entregues nesta semana pelas campanhas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O custo neste ano das 513 campanhas vencedoras à Câmara dos Deputados chegou a R$ 733 milhões. No Senado Federal, os 27 eleitos no país desembolsaram, ao todo, R$ 131,2 milhões.

Fazer selfie durante provas do Enem está proibido

Durante o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está proibido fazer selfie. Os candidatos que postarem fotos de si mesmos no local do exame, da prova ou do cartão de respostas, mesmo que não esteja preenchido, poderão ser eliminados. A regra está no edital: não é permitido portar máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens.
A recomendação é que os candidatos não levem esses objetos, mas caso estejam com eles, guardem em porta-objetos fornecido pelo aplicador. Os equipamentos e o celular deverão estar desligados. A embalagem deverá ser lacrada e identificada com o nome do participante. Deverá ser colocada embaixo da carteira e retirada apenas no fim da prova. Os candidatos que portarem qualquer um desses objetos durante a prova, que fizerem postagens de texto nas redes sociais ou trocarem mensagens eletrônicas ou por e-mail também estão sujeitos à eliminação.

Campanha de Vacinação contra a Pólio e o Sarampo começa neste sábado

vacinaçãoA Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa amanhã (8) em todo o país. A imunização segue até o dia 28 deste mês em todos os postos de saúde. No caso da poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, devem ser vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos incompletos. Na vacinação contra o sarampo, a faixa etária indicada é de 1 ano a 5 anos incompletos.
O Brasil é considerado livre da pólio desde 1990. Em 1994, recebeu da Organização Pan-americana de Saúde a certificação de área livre de circulação do vírus. A continuidade das campanhas de vacinação é considerada fundamental pelo Ministério da Saúde para evitar a reintrodução da doença no país.
A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança, quando infectada, não morre, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso e provocam paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas vermelhas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas ao tossir, falar ou respirar. A única forma de prevenção da doença é a vacinação.

Petista dizem que acordo para CPI da Petrobras foi gravado

Sérgio Lima/Folha
Segundo o colunista Josias de Souza, do UOL, a péssima repercussão do acordo de proteção recíproca celebrado entre o PT e PSDB na CPI da Petrobras fez fechar o tempo no quintal da oposição. Ao ler o noticiário sobre o tema, Aécio Neves soltou alguns raios que os partam antes de expedir uma nota desautorizando o acerto. Ao farejar o cheiro de recuo, o petismo fez circular a versão de que a reunião que desaguou no acordo foi gravada. A fita incluiria dois momentos áureos. Num, seria possível ouvir algo parecido com um bate-boca entre o senador petista Humberto Costa e o deputado tucano Carlos Sampaio. Noutro, as partes chegam a um entendimento sobre os personagens que deveriam ser poupados do dissabor de uma convocação.
A irritação de Aécio levou os líderes do PSDB, DEM, PPS e Solidariedade a soltarem uma nota repudiando o acordo da véspera. Aécio refugou, por branda, uma primeira versão. Na segunda, a oposição falou grosso e transferiu todas as culpas para o relator petista da CPI: “Os líderes dos partidos de Oposição (PSDB, Democratas, Solidariedade e PPS) esclarecem que rechaçam veementemente o suposto acordo anunciado ontem [quarta-feira] pelo relator da CMPI da Petrobras, deputado Marco Maia (PT-RS)…” Se existe uma gravação da lambança, a plateia adoraria ouvir.

CPI: tucanos e governistas agora repudiam acordão

20141107041355_cv_Farinha_do_mesmo_saco__PT_x_PSDB__a_gdeblindagem de políticos na reunião de quarta-feira da CPI da Petrobras foi classificada como ‘barbeiragem’ e ‘ato inútil’ por tucanos e aliados. ‘Os principais líderes nem foram à reunião. Se o time A estivesse em campo, não teria acontecido’, diz um oposicionista.
Os adversários de Dilma reconhecem que acordos como esse já foram feitos antes, mas dizem que o momento político mudou e que PSDB e companhia deveriam ter ficado de fora da negociação.Segundo petistas e tucanos, prevaleceu o espírito de corpo. A oposição ameaçou convocar Renato Duque, ex-Petrobras, e Sérgio Machado, da Transpetro. O PTameaçou retaliar com Leonardo Meirelles, que acusou tucanos. Os três pedidos foram engavetados.

Tribunal americano decide contra o casamento gay

casal-gayUm tribunal federal americano permitiu, nesta quinta-feira, que quatro Estados proíbam o casamento gay, na primeira decisão de uma corte contra a união homossexual no país. Sob a alegação de que o tema não deve ser decidido pela Justiça, o Tribunal de Apelações do Sexto Circuito, com jurisdição em Michigan, Ohio, Tennessee e Kentucky, decidiu que a Constituição americana não impede que os Estados definam o casamento como uma união entre um homem e uma mulher.
A sentença, contrária à atual tendência dos tribunais americanos, que têm se pronunciado a favor do casamento gay, pode forçar a Suprema Corte dos Estados Unidos a decidir sobre o tema. Até agora, o tribunal máximo do país se esquivou de legalizar a união entre pessoas do mesmo sexo em nível nacional, deixando a decisão para os Estados.

Família Riva sai do pleito com R$ 3,5 mi de dívidas

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem

Janete: candidata derrotada

A campanha eleitoral deste ano resultou em um déficit de mais de R$ 3,5 milhões para a família Riva. Juntos, o deputado estadual José Riva, sua esposa Janete Riva e a filha dos dois, Janaína Riva (PSD), gastaram aproximadamente R$ 10,3 milhões com a disputa eleitoral.

Apesar de ter desistido de sua candidatura faltando pouco mais de um mês para a eleição, o parlamentar foi o que apresentou a maior despesa entre os três.

Conforme a prestação de contas apresentada junto ao Tribunal Regional eleitoral (TRE), o social-democrata investiu R$ 5,5 milhões em sua campanha eleitoral para o governo do Estado.

Deste montante, restaram R$ 2,1 milhões em dívidas, tendo em vista que o deputado conseguiu arrecadar apenas R$ 3,4 milhões em recursos financeiros.