20 de novembro de 2014

Henrique recebeu mais de R$ 15 milhões de empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato.

O deputado Henrique Alves, candidato a governador do RN derrotado nas eleições de outubro, recebeu diretamente ou por intermédio do diretório nacional do PMDB a quantia de 15 milhões e 600 mil reais de empreiteiras envolvidas na operação Lava Jato.

A quantia representa quase a metade do teto de gastos declarado do candidato ao TRE que foi de 40 milhões de reais. Uma grana alta. As doações não significam comprometimento ou envolvimento do deputado, mas no mínimo comprovam o prestígio dele no partido e junto às construtoras.
As doações em números:

Queiroz Galvão
* R$ 5.250.000,00 em 7 doações durante a campanha.
Odebrecht
* R$ 5.500,000,00 em 2 doações durante a campanha.
OAS
* R$ 3.100.000,00 em 4 doações durante a campanha
Galvão Engenharia 
* R$ 500.000,00 em 2 doações
Andrade Guitierrez
* R$ 1.250.000,00 em 2 doações

Pequenas e médias empreiteiras estão à beira de um buraco

pessoas buracoEnquanto as grandes construtoras estão sendo flagradas com o pé no crime, as pequenas e médias empreiteiras estão à beira de um buraco. Elas temem encerrar o ano sem receber do governo federal. O caso mais delicado é o das empresas de construção civil que pegaram obras do Minha Casa, Minha Vida, relata de Brasília o companheiro Ilimar Franco.

TCU informa que 70% dos contratos da Petrobras podem ser sem licitação

20141110125114_cv_PETROBRAS129_2329-alt-petrobras-sede-rj_gdeA Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras ouviu ontem representantes da companhia, do Tribunal de Contas da União (TCU), do Ministério Público Federal (MPF) e da Controladoria-Geral da União (CGU) sobre o regime de contratações da Petrobras. Os parlamentares ouviram do secretário de Fiscalização de Obras para a Área de Energia do TCU, Rafael Cavalcante, que mais de 70% das contratações da estatal podem ser feitas sem licitação.
Segundo Cavalcante, levantamentos preliminares do tribunal apontam para o alto índice, e ele decorre de lacunas deixadas pela contratação direta, prevista por decreto presidencial de 1998. “Existe a possibilidade de se contratação direta, sem licitação, de acordo com o Manual Petrobras para Contratação, em razão de valores pré-definidos pela diretoria. Nós não temos ainda números definitivos, mas nos últimos quatro anos, eventualmente, em bens, a Petrobras talvez tenha contratado entre R$ 60 bilhões e R$ 70 bilhões. Levantamentos preliminares – e aqui eu peço a paciência e compreensão de vossas excelências sobre a higidez desse número – apontam que mais de 70% dessas contratações de bens são feitas sem licitação”, disse o secretário do TCU.

Dilma convida presidente do Bradesco para ministro da Fazenda

trabuco bradescoA ansiedade é grande no governo. A expectativa é de que, até o fim desta semana, a presidente Dilma Rousseff defina o nome do sucessor de Guido Mantega no Ministério da Fazenda. A montagem do xadrez, como ela gosta de dizer, está sendo fechada com um grupo restrito, formado por Lula,Aloizio Mercadante, ministro da Casa Civil, e Jaques Wagner, governador da Bahia. Até ontem à noite, o nome mais forte para chefiar a economia era o do presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, que já teria sido convidado por Dilma. Numa eventual negativa, a segunda opção seria o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

Itaú bloqueia contas de cinco investigados na Operação Lava Jato

O Banco Itaú bloqueou as contas de cinco investigados na sétima fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. A quebra do sigilo bancário foi determinada pela Justiça Federal em Curitiba na terça-feira (18) e atinge 15 investigados. Com a decisão, será feita uma varredura em todas as instituições bancárias, para o bloqueio de ativos.
Conforme informações do Itaú enviadas ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações, a conta corrente de Ildefonso Colares Filho, diretor presidente da Construtora Queiroz Galvão, tem apenas R$ 4,60 depositados. Sérgio Cunha Mendes, diretor da Mendes Júnior, tem R$ 21,3 mil conta corrente e R$ 12,7 mil na poupança. O banco bloqueou R$ 6 mil em nome de Agenor Franklin Magalhães, diretor da OAS. Gerson Mello Almada, executivo da Engevix tem R$ 1,4 milhão em uma conta e R$ 15,6 mil, em outra. Erton Medeiros Fonseca, da Galvão Engenharia, tem R$ 4,3 mil depositado

Fundador das Casas Bahia, Samuel Klein morre aos 91 anos em São Paulo

bahia2.143201Samuel Klein, o fundador da rede de lojas de departamento Casas Bahia, morreu na manhã desta quinta-feira (20) em São Paulo. Ele estava internado há 15 dias no Hospital Albert Einstein.
O corpo está sendo velado no Cemitério Israelita do Butantã, onde também ocorrerá o enterro. As informações são da assessoria de imprensa da família Klein.Samuel Klein havia completado 91 anos em 15 de novembro. Polonês naturalizado brasileiro, ele deixou a Europa durante a Segunda Guerra Mundial e se estabeleceu em São Caetano do Sul, no ABC.

Corpo de Márcio Thomaz Bastos será velado a partir das 15h

thomaz bastosO corpo do advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos deve ser velado a partir das 15h de hoje (20), no Palácio 9 de Julho, sede da Assembleia Legislativa de São Paulo. O velório deve durar até amanhã quando o corpo seguirá para o crematório do Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.
Bastos morreu aos 79 anos na manhã de hoje (20), vítima de complicações no pulmão, no Hospital Sírio Libanês, onde estava internado desde o último 13. Entre as várias atividades que exerceu ocupou o Ministério da Justiça durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entre os anos 2003 e 2007. Nesse período à frente da pasta, entre outras ações aprovou o Estatuto do Desarmamento, em 2003, e a Emenda Constitucional n° 45, conhecida como a Reforma do Poder Judiciário, em 2004.