18 de abril de 2015

Caminhoneiros ameaçam paralisar novamente dia 22

A informação foi repassada à equipe de reportagem da Rádio Pioneira pelo presidente do Sindicato dos Caminhoneiros, Edgar Laurini. Segundo ele, caso o Governo Federal não cumpra o combinado com a classe, haverá paralisação.

“A situação é bem crítica. Acabaram os 45 dias que a gente combinou com o Governo. Eles iam passar as reivindicações para o Ministério dos Transportes, o ministro prometeu que ia solucionar o nosso problema e até agora nada”, disse.

De acordo com Edgar Laurini, dia 22 haverá a última reunião com o governo em Brasília para que as reivindicações sejam atendidas. Segundo ele, vários estados também irão paralisar, caso os problemas não sejam resolvidos.


“O movimento está muito forte em vários outros estados que estão empenhados em fazer um grande bloqueio nas rodovias no dia 23 de abril. Desde que o Governo cumpra com o seu papel não haverá paralisação, mas senão cumprir, realmente vai ter uma grande manifestação em todo o Brasil”, afirmou.

Segundo o presidente, o sindicado dos caminhoneiros tem hoje diversas reivindicações, dentre elas, a diminuição do valor do Diesel, mais segurança nas estradas, local de descanso, linha de financiamento, congelamento de parcelas.

“Um financiamento de R$ 50 mil reais para o pequeno transportador que hoje tem uma dificuldade muito grande. Esse valor financiado em 24 meses com juros de 2,5%. O Governo falou que isso tem uma grande possibilidade de conseguir. Por enquanto não temos nada, mas a gente acredita muito que haverá o bom senso do Governo Federal para não precisar bloquear as rodovias”, disse.

O presidente destacou que a classe está confiante de que as propostas sejam aceitas pelo governo, porém ele particularmente não acredita nessa possibilidade. “Infelizmente, a gente não pode ser pessimista, mas eu estou muito descrente de que vão aceitar nossa reivindicação e é muito provável que as estradas parem sim”.

O Sindicato convida todas as pessoas interessadas para acompanharem o movimento nesta reunião do dia 22. “Dia 21 as 4h sairemos de Tangará rumo à Brasília. Sapezal, Diamantino, Rondonópolis, também irão com carros e caminhonetes adesivados. Quem quiser ir com a gente e nos apoiar, pode entrar em contato com o Sindicato dos Caminhoneiros”, ressaltou Edgar Laurini.


Fonte: Aline Schwaab com Heverton Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com