22 de maio de 2015

Recém-nascido é abandonado dentro de lixeira na porta de uma casa

Recém-nascido é abandonado dentro de lixeira na porta de uma casa
Uma menina recém-nascida foi abandonada dentro de uma lixeira na cidade de Rio Branco (307 km de Cuiabá), na manhã desta sexta-feira (22). Quem encontrou o bebê foi o morador da casa em que a criança foi deixada. O bebê estava tremendo de frio, quando foi achada e ainda estava suja de sangue. Ela foi encaminahda a uma unidade de saúde e passa bem.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a Polícia Militar foi acionada por um morador que encontrou o recém-nascido dentro de uma lixeira, próximo a sua casa. Chegando ao local, os militares acharam o bebê chorando e tremendo de frio. A menina estava sem roupa. Ao ver a situação, os policiais pediram lençóis aos vizinhos para cobrir a criança.

A menina foi levada até o Hospital Municipal de Rio Branco, onde recebeu os cuidados médicos. O Conselho tutelar foi acionado para realizar o acompanhamento do recém-nascido. O bebê passa bem e também foi alimentado na unidade de saúde.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e a polícia investigará o caso. Não há testemunhas e nem informações sobre a mãe da criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com