24 de outubro de 2015

Pedaladas: TCU detona governo Dilma

OLIVEIRA-180615-Face-580x373Vera Magalhães relata em sua coluna na Revista Veja que o clima no TCU para o julgamento das pedaladas é tão turbulento quanto o que havia quando o órgão, de forma inédita, recomendou a rejeição das contas de Dilma Rousseff de 2014.
O ministro Vital do Rêgo, que pediu vista de um recurso do governo contra um ponto do acórdão do ministro José Múcio –que manda quitar imediatamente a dívida com bancos públicos – recebeu um relatório duríssimo da Secretaria de Recursos do tribunal.
O texto é assinado pelo secretário Sérgio Mendes, que já foi chefe de gabinete de Ayres Britto no STF e do atual presidente do TCU, Aroldo Cedraz. Esse tipo de parecer costuma ter quatro páginas, em linguajar técnico. O de Mendes tem 30, e não deixa pedra sobre pedra das alegações de defesa do governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Se você se sentiu ofendido com algum comentário aqui publicado, entre em contato imediatamente mandando um email para dorjival@gmail.com