27 de janeiro de 2015

Homem que teria participado de latrocínio na Água da Prata em Brasnorte é preso em Juína


Jhonathan de Oliveira Cabral, ex- presidiário da cidade de Juína, e suspeito de participar do latrocínio ocorrido na noite de sábado dia 24, no distrito de Água da Prata em Brasnorte, que vitimou o comerciante José Clementino Neto, conhecido por “Zé Pretinho” de 68 anos, foi preso no fim da tarde desta terça-feira dia 27, depois de se apresentar na cadeia pública da cidade de Juína.

O suspeito estava em liberdade graças a uma tornozeleira eletrônica, mas descumpriu o beneficio dado pela justiça e fugiu da cidade.

As investigações apontaram que Jhonathan e mais três elementos, matou o idoso com um golpe de faca no pescoço e depois jogou o corpo da vítima de uma ponte e fugiram após roubar seu comércio que fica na vila.

Senador do PMDB anunciou candidatura à presidência da Casa

LuizHenrique
O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) anunciou hoje (27) que será candidato à presidência do Senado. No próximo dia 1º, logo após a posse dos 27 senadores eleitos em outubro de 2014, será eleita a Mesa Diretora da Casa. Até o momento, não há candidatos oficiais ao cargo, mas os líderes partidários já consideram que o atual presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), será o nome oficial do partido à reeleição.
Tradicionalmente, por contar com a maior bancada do Senado, o PMDB tem a prerrogativa de indicar o nome do presidente, mas os senadores podem quebrar o acordo histórico e eleger um candidato diferente daquele indicado pelo partido.
“Um grupo grande de senadores deve lançar uma chapa forte para a disputa. Há uma tendência em direção ao meu nome. Recebi muitos apelos também de companheiros de vários partidos, o que vai nos possibilitar fazer uma chapa forte e bem representativa”, disse Luiz Henrique ao anunciar a candidatura alternativa

Ex-prefeito Mauro Rui Heisler e o atual Tarciso Aguiar se enfrentam via Facebook

Um pequeno texto escrito pelo ex-prefeito de Brasnorte Mauro Rui Heisler (PR) e publicado esta semana em sua página pessoal no Facebook gerou o maior tititi no município. Por causa do texto que aborda a situação de abandono de uma rua da cidade, houve agressão e baixaria de vários modos.

O prefeito do município, Tarciso Aguiar (PSD), não gostou do que leu e partiu para o ataque contra o ex-prefeito Heisler.

Abaixo, segue o texto de autoria de Mauro acompanhado do link com a repercussão alcançada através da rede social. Foram nada menos de 200 curtidas, 19 compartilhamentos  e mais de uma centena de ásperos comentários. 

O TEXTO - Por Mauro Rui Heisler

“Existem situações estranhas, que é melhor se calar. Mas esta é uma demonstração clara de despreparo total! Mais que isso: desrespeito, pra não falar maldade. Lixão no centro da cidade. Para piorar, estão tapando crateras com entulho, geladeira velha, árvores... bem no leito de uma rua, além de terrenos particulares. Brevemente construirão casas. Para isso terão de retirar material podre há 5 metros de profundidade, preencher novamente e depois começar com alicerce. E como abrir a rua? Ah, se isso tivesse acontecido alguns anos atrás! Não acha, vereador? Não é, Rádio Transamérica? Incompetência total!!!”

Para ver a repercussão acesse este endereço: https://www.facebook.com/maurorui?fref=ts

Após 70 anos de “noivado”, casal oficializa união no interior de SP

casadl70
Ele tem 103 anos, ela 90, mas isso não foi impedimento para que os dois assinassem os documentos para dizer: “enfim, casados” –expressão que tem um significado especial para esse casal de Tatuí (cidade que fica a 126 quilômetros de São Paulo). O relacionamento de Davi Bittencourt e Maria Poutrole dura 70 anos, mas nunca houve um casamento como manda o figurino.
A decisão por oficializar a relação e pôr fim ao noivado de sete décadas foi uma resposta ao desejo do único filho do casal, que sempre quis ter em mãos a certidão de casamento dos pais. Mas havia um problema: a documentação. Como os dois já são muito idosos, não tinham todos os documentos exigidos no cartório. Foi aí que entrou em cena Ana Alice Soares, que convive com os dois há dez anos.
“A dona Maria não acreditava que fosse possível conseguir os documentos, mas eu não desisti”, explica. “Não foi fácil, porque ele já tem mais de cem anos. Demorei dois anos para conseguir tudo o que precisava.” Tudo foi levado ao cartório da cidade, onde a documentação foi preparada. O dia do sim foi na segunda-feira (26). Ele estava de terno e ela, com uma roupa clara e delicada. Em frente ao juiz, seu Davi precisou de ajuda da noiva para dizer o que era preciso. “Fala sim para o juiz”, disse a dona Maria no ouvido do noivo, que tem problemas auditivos. Rapidamente ele diz: “Então sim”.

Justiça bloqueia R$ 118 milhões de investigados na Operação Lava Jato

dinheiro bloqueadoA Justiça Federal em Curitiba atualizou hoje (27) para R$ 118 milhões o valor bloqueado nas contas pessoais e de investimentos de 16 investigados e três empresas alvos da Operação Lava Jato. No ano passado, por determinação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos decorrentes da operação, os ativos dos investigados foram bloqueados até o limite de R$ 20 milhões, de modo a garantir o ressarcimento em caso de condenação pelos desvios em contratos da Petrobras.
A atualização dos valores foi determinada pela juíza substituta Gabriela Hardt durante o recesso. A tabela servirá para que a liberação dos valores que ultrapassaram o limite possa ser concluída. Por determinação da juíza, as contas de Ricardo Pessoa, diretor da empreiteira UTC, preso em novembro do ano passado, na sétima fase da operação, ficaram livres para movimentação dos titulares, sem prejuízo do bloqueio de R$ 20 milhões.

Brasil ganhará 43 novos partidos

PARTID~1 (1)O número de partidos com pedido de criação nos tribunais regionais eleitorais dos estados ultrapassa 40. Mas a soma pode ser ainda bem maior. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nem todos os tribunais disponibilizam esses dados na internet.
Além disso, algumas siglas estão registradas em cartório, mas ainda colhem assinaturas para a legalização, fase anterior ao protocolo do pedido de registro nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). Legendas como PMB (Partido Militar Brasileiro) e Rede Sustentabilidade já contam com mais de 400 mil assinaturas de eleitores em pelo menos um terço dos estados, conforme exige o TSE.

Fidel Castro diz que não confia nos EUA

fidelO ex-presidente cubano Fidel Castro afirmou na noite desta segunda-feira que não confia nos Estados Unidos, mas não rechaçou a retomada das relações anunciada por seu irmão e sucessor Raúl Castro e pelo presidente Barack Obama, quebrando o silêncio sobre o histórico degelo entre os dois países. O líder cubano, no entanto, sinalizou que não teve nenhum diálogo com Washington.
“Não confio na política dos Estados Unidos, nem troquei uma palavra com eles, sem que isso não signifique uma rejeição a uma solução pacífica dos conflitos”, disse Fidel em carta dirigida à Federação Estudantil Universitária e lida na TV cubana.
O líder da revolução cubana, de 88 anos, não criticou o acordo anunciado pelo irmão Raul e por Obama, no dia 17 de dezembro, em que ambos países reestabeleceram suas relações, após meio século de rompimento.
“O presidente de Cuba tem dado passos pertinentes de acordo com suas prerrogativas e com as faculdades que a Assembleia Nacional e o Partido Comunista de Cuba concebem a ele. Defenderemos sempre a cooperação e a amizade com todos os povos do mundo e, entre eles, e os dos nossos adversários políticos. Isto é o que estamos pedindo a todos”, completou Fidel.
O silêncio de Fidel Castro sobre o acordo firmado entre Cuba e EUA havia aumentados os boatos sobre a sua morte e estado de saúde no começo do mês, até que o ex-jogador argentino Diogo Maradona, anunciou há duas semanas ter recebido uma carta do ex-presidente. (O Globo)

Pau de selfie é liberado como bagagem de mão em aviões

pau de selfie
Diante de tamanha popularidade do pau de selfie, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) emitiu uma nota nesta segunda-feira esclarecendo que o acessório utilizado para autorretratos pode ser transportado como bagagem de mão em aeroportos e aviões, desde que esteja dentro das especificações permitidas — dentro do peso total de 5 kg, e a soma de dimensões (comprimento, largura e altura) inferior a 115 cm.
De acordo com agência, a necessidade do esclarecimento se deve pelo fato de que ela tem recebido notificações informando que o acessório estava sendo enquadrado na categoria de “bastões retráteis” nos aeroportos, tipo de acessório cujo transporte como bagagem de mão é proibido pela Resolução nº 207/2011.
A entidade afirmou ainda ter orientado os operadores aeroportuários e aéreos sobre a permissão de transporte do acessório.
No entanto, o esclarecimento da Anac não garante o transporte de todos os modelos de “paus de selfie”, já que as características do objeto ainda poderão ser avaliadas pelo Agente de Proteção da Aviação Civil (Apac), de modo a garantir que ele não atrapalhe o conforte, a tranquilidade e a integridade física das pessoas a bordo.
Caso prefira, o passageiro ainda pode despachar o acessório em sua mala, sem que precise informar a companhia aérea a respeito.
O Globo

Proposta limita propaganda governamental nos seis meses anteriores às eleições

Proposta da senadora Lídice da Mata (PSB-BA) em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) estabelece limitações à veiculação de propaganda governamental, inclusive de entidades da administração indireta, nos seis meses anteriores às eleições (PLS 298/2014).
Segundo a senadora, seu objetivo é o de impedir o uso da máquina estatal, por meio de propaganda eleitoral disfarçada de propaganda institucional. Segundo declarou Lídice na justificativa de sua proposta, “a derrama de dinheiro em propaganda pelo governo e pelas empresas estatais em períodos eleitorais é uma prática reiterada”.

Governo vai recuar em mudanças no seguro-desemprego

O governo já admite reservadamente que vai ceder às centrais sindicais e rever parte das mudanças nas regras do seguro-desemprego que endureceram o acesso ao benefício trabalhista.
Segundo a Folha apurou, a equipe da presidente Dilma chegou à conclusão de que, sem alterações, a medida provisória que restringiu o benefício não será aprovada no Congresso Nacional.
Assessores presidenciais disseram à reportagem que, diante da reação contrária de lideranças sindicais, a estratégia era fazer concessões durante a fase de tramitação da proposta no Legislativo. Agora, após declarações do ministro Joaquim Levy (Fazenda) avaliadas pelo Palácio do Planalto como infelizes, a equipe de Dilma acredita que pode ser obrigada a sinalizar mais concretamente o que irá mudar na próxima reunião com as centrais sindicais, em 3 de fevereiro.
Na semana passada, em Davos (Suíça), Levy chamou de “ultrapassado” o modelo do seguro-desemprego, o que irritou sindicalistas e até assessores de Dilma.Seu colega Miguel Rossetto (Secretaria-Geral da Presidência) divulgou nota no sábado (24) classificando o seguro-desemprego como “cláusula pétrea” dos direitos dos trabalhadores.

Dilma usa reunião ministerial para dar aval a ajuste e pedir a unidade da equipe

dilmao
A presidente Dilma Rousseff vai aproveitar a primeira reunião ministerial do ano, na tarde desta terça-feira (27), para explicar a necessidade do ajuste fiscal e do corte de gastos, sem abandonar a retórica social. Com um discurso otimista, Dilma vai destacar que um novo ciclo de oportunidades será construído no País, após a superação das dificuldades na economia. Ela pedirá unidade da equipe.
Segundo o Estadão, a preocupação da presidente está em enfrentar o desgaste das medidas impopulares de forma assertiva, pedindo muito trabalho e criatividade. Auxiliares de Dilma disseram ao Estado que ela pretende injetar ânimo na tropa, driblando a agenda negativa da tesourada nos investimentos. A ideia é dizer que 2015 será um ano duro, por causa do cenário mundial de incertezas na economia, mas, se a lição de casa for feita, a colheita começará em 2016.

Casa, carro e 47 funcionários: conheça os benefícios do presidente da Câmara

plenariodacamara
O levantamento foi realizado pelo UOL. Salário de R$ 33,7 mil, casa de 800 metros quadrados com despesas pagas, carro da “firma” com dois motoristas, jatos com piloto à disposição para viagens a trabalho ou para voltar para casa e R$ 4,2 milhões por ano para distribuir a um séquito de até 47 funcionários. Ficou interessado no “emprego”? Pois estes são alguns dos principais atrativos do disputado cargo de presidente da Câmara dos Deputados. A eleição para definição do novo ocupante do cargo será no próximo dia 1º de fevereiro.
Considerado um dos postos mais poderosos da República, neste ano, a presidência da Câmara dos Deputados vem sendo disputada de forma bastante acirrada pelos quatro candidatos ao cargo: Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Arlindo Chinaglia (PT-SP), Júlio Delgado (PSB-MG) e Chico Alencar (PSOL-RJ). Mas o posto carregado de responsabilidades também tem seus atrativos. Veja alguns:

Carro oficial:
 O presidente da Câmara dos Deputados tem direito a carro oficial com dois motoristas (em esquema de revezamento) à disposição.

Gabinete exclusivo: 
Além do próprio gabinete como deputado federal, o presidente da Câmara tem direito a um gabinete exclusivo. As instalações são mais amplas que as de um gabinete comum e têm vista para a Praça dos Três Poderes, em Brasília. A assessoria de imprensa da Câmara não informou a área do local.

Residência oficial: 
Enquanto parte dos deputados tem direito a apartamentos funcionais de até 200 metros quadrados, o presidente da Câmara dos Deputados têm a seu dispor uma casa de 800 metros quadrados de área construída na região conhecida como Lago Sul, uma das mais nobres de Brasília. A casa tem quatro quartos, escritório, sala de jantar e piscina.
Viagens em aviões oficiais: O presidente da Câmara dos Deputados tem direito de viajar em aviões da FAB (Força Aérea Brasileira). Os aviões só poderão ser utilizados se as viagens atenderem os seguintes requisitos: motivo de segurança e emergência médica, viagens a serviço e descolamento para o local de residência permanente do presidente. Caso o presidente opte por viajar em avião de carreira, a despesa será paga pela Câmara.
Verbas para contratar funcionários: O presidente da Câmara tem direito a nomear 47 funcionários para o auxiliar no cargo. Juntos, os salários desses 47 funcionários custam R$ 4,2 milhões anualmente (doze salários, mais os valores referentes ao 13º salário). Além desses 47, é importante lembrar que todos os deputados (independente do cargo na mesa diretora) já têm direito a 25 funcionários e a uma verba de R$ 78 mil por mês. Na prática, o presidente da Câmara tem direito a 72 funcionários, que custam aos cofres públicos R$ 5,2 milhões por ano.

Marta volta a criticar Dilma

martadilma
Após forçar um racha com o PT por ambições eleitoreiras em entrevista à jornalista Eliane Cantanhêde, a ex-ministra Marta Suplicy volta a criticar o governo Dilma Rousseff. “Se tivesse havido transparência na condução da economia no governo Dilma, dificilmente a presidente teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação de descalabro”, disse Marta.

Renan Calheiros tenta esvaziar candidaturas rivais para a presidência do Senado

Renan
A seis dias da eleição para a Mesa Diretora do Senado, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB/AL), passou a segunda-feira em Brasília em reuniões com aliados, nas quais traçou estratégias para desarmar candidaturas adversárias. O Globo revelou que, apesar de Renan não ter oficializado sua candidatura à reeleição, seus emissários conversaram inclusive com o senador Antônio Carlos Valadares (PSB­/SE), que no sábado foi lançado como candidato a presidir o Senado.

Inadimplência em telefonia e internet bate recorde

A inadimplência do consumidor com empresas de telecomunicações, que prestam serviços de telefonia, acesso àinternet e TV por assinatura, tem apresentado crescimento superior aos demais setores da economia brasileira. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), enquanto a inadimplência total no país vem desacelerando – em dezembro último o crescimento do total de dívidas não pagas foi de 3,19% contra 5,43% em agosto de 2014 – a quantidade de contas atrasadas no setor de telecomunicação avançou 16,21%, a maior alta em 24 meses.

Efeito dominó: Construção civil fecha 2014 com mais demissões

tumblr_lrqpapi0Gx1qeg3bco1_5001
Como um efeito dominó o mercado de trabalho mossoroense fechou mais um mês com um número de demissões maior que admissões. O setor que registrou grande déficit de empregos foi o da construção civil. Em dezembro de 2014 foram demitidos 548 trabalhadores, enquanto menos da metade – 211 – foram chamados para trabalhar.

Ministério Público Federal investiga desvio de recursos em 12 cidades da Paraíba

MPF_12661536280003622710000O Ministério Público Federal na Paraíba iniciou o ano de 2015 fechando o cerco contra o desvio de dinheiro público e o desperdício na aplicação dos recursos federais repassados às prefeituras, através de convênios e programas sociais mantidos pela União. Neste mês já foram instaurados inquéritos civis para apurar indícios de irregularidades em 12 municípios. A maioria envolve gestores e ex-prefeitos de Boqueirão, Cubati, Alcantil, Uiraúna, Juarez Távora, Mari, Conde, Lucena, Pitimbu e Caaporã, entre outros.
O procurador da República Bruno Galvão converteu em Inquérito Civil o procedimento investigatório, “instaurado a partir de representação em face da Prefeitura Municipal de Boqueirão em razão de suposta anuência quanto ao não cumprimento da devida carga horária de alguns médicos e odontólogos daquele município”, do Programa Saúde da Família. O prefeito João Paulo II, por meio da assessoria, negou as irregularidades.