20 de fevereiro de 2015

Caminhoneiros ampliam bloqueio e fecham BR-364 no Sul de MT

A Rota do Oeste, concessionária que administra a BR-163/364, em Mato Grosso, anunciou o bloqueio para o tráfego de veículos, por volta de 15 horas desta sexta-feira (20), de um trecho no km 203 da BR-364, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

Os caminhoneiros que trafegam na região aderiram ao protesto que vem sendo feito desde quarta-feira (18) na BR-163, em Lucas do Rio Verde (onde tudo começou), Nova Mutum e Sorriso, no Norte de Mato Grosso.

Na quinta-feira, motoristas de Sinop também aderiram ao movimento, paralisando o tráfego na altura do trevo que demanda à cidade de Juara (709 km a Médio-Norte da Capital).

Governo discutirá mudanças em benefícios trabalhistas

O ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Pepe Vargas, vai conversar, na próxima semana, com parlamentares que apoiam o governo sobre as medidas propostas pelo Executivo para alterar o acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários. As medidas provisórias (MPs) 664 e 665, que modificam regras da concessão dos seguros-desemprego e defeso, da pensão por morte, do auxílio-doença e do abono salarial, enfrentam críticas dos partidos de oposição, de centrais sindicais e da própria base governista no Congresso Nacional.
Ao lado de outros ministros, Vargas se reunirá com líderes da base política no Senado e na Câmara dos Deputados, com o objetivo de traçar estratégias para a apreciação das matérias. Na terça-feira (24), ele receberá, em café da manhã, líderes dos partidos de apoio ao governo no Senado, e almoçará com os líderes partidários na Câmara. Na quarta-feira (25) de manhã, o ministro se reunirá, com senadores que compõem o bloco de apoio (PT, PCdoB e PDT).

Daniela Mercury descansa com mulher em Fernando de Noronha

Depois de um Carnaval intenso, Daniela Mercury resolveu descansar. Ela embarcou para Fernando de Noronha com a mulher, Malu Verçosa. Elas aproveitaram para fazer uma segunda lua de mel.
Dani e Malu casaram em outubro de 2013 e passaram as núpcias na ilha. O casal chegou na quinta (19) e fica na ilha até a quarta-feira (25). Daniela Mercury e Malu Verçosa estão hospedadas na Pousada Triboju, que pertence ao artista local Ju Medeiro e o cantor baiano Durval Lelys.

Racha atinge atual diretoria da OAB-MT


É cada vez mais evidente o racha que se estabeleceu no grupo que comanda a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso, em razão das eleições à presidência da entidade, em novembro deste ano.

De um lado, apesar do desgaste, existe a possibilidade de o atual presidente Maurício Aude tentar a reeleição. Ele pode também apoiar a eventual candidatura da vice-presidenteCláudia Aquino. Do outro, o presidente da Caixa de Assistência (CAA-MT), Leonardo Campos, o “Léo Capataz”, já se comporta como candidato, e dá mostras de que não irá recuar um milímetro sequer do intento.

Além disso, aliados da diretoria, descontentes com os rumos que a OAB-MT tem tomado, já decidiram retirar apoio e se articular. É o caso do conselheiro federal Francisco Esgaib. Também é comentada a possibilidade de o presidente da Escola Superior da Advocacia (ESA), Bruno Castro, se lançar à disputa, como representantes dos jovens advogados.

Este panorama pode fragilizar, em muito, o grupo situacionista. E aumentar as chances da oposição, que pode ter como candidatos Pio da Silva, José Moreno Eduardo Mahon. As informações são do MidiaJur.

TJ bloqueia R$ 1,7 mi em bens de ex-secretário e Instituto Lions

DOUGLAS TRIELLI

O juiz Luís Aparecido Bertolucci Júnior, da Vara de Ação Cível Pública e Popular, determinou o bloqueio em R$ 1,7 milhão dos bens do ex-secretário de Estado de Saúde, Carlos Augusto Patti do Amaral, acusado de improbidade administrativa.

Além dele, o juiz ainda decretou a indisponibilidade de bens do Instituto Lions da Visão e da empresa Advocrata & Mercatto Indústria e Comércio de Produtos Ópticos Ltda., e seus representantes, Whady Lacerda e Jair Lopes Martins, respectivamente.

Todos são acusados de participarem de um esquema de simulação de mais de 50 mil consultas, pagas com notas fiscais frias.

TJ nega recurso de ex-deputado José Riva e processos continuam em 1ª instância

Ex-deputado José Geraldo Riva
Ex-deputado José Geraldo Riva
O Tribunal de Justiça negou, nesta quinta-feira (19), recurso interposto pela defesa do ex-deputado estadual José Geraldo Riva para que 21 processos respondidos por ele não tramitem em 1ª instância. Dessa forma, as ações serão de responsabilidade da Vara Especializada de Combate ao Crime Organizado, Ordem Tributária, Econômica e contra a Administração Pública da Capital.

Riva tentava reverter a decisão, já que após ter deixado a Assembleia Legislativa, perdeu automaticamente o foro privilegiado e os processos a que responde passaram do Supremo Tribunal Federal para a 1ª instância. De acordo com o relator do recurso, o desembargador Luiz Ferreira, já existe Ação Direta de Inconstitucionalidades julgadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que contrariam o recurso do deputado José Riva, bem como no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Caminhoneiro avança contra manifestantes e fura bloqueio na BR-163; fotos

Caminhoneiro avança contra manifestantes e fura bloqueio na BR-163;  fotos
Um motorista de caminhão 3x4 furou o bloqueio e avançou contra os manifestantes que estão na BR-163, na região de Sinop (477 km de Cuiabá), cobrando a redução do preço atual do litro do óleo diesel e da gasolina, além da proibição por parte do Governo de Mato Grosso da comercialização de frete por parte das Tradings e Agenciadores de Cargas com valores abaixo da Lista de Preços Mínimos de Fretes.

 Segundo as informações do site MT Notícias, o caminhoneiro não atendeu ao pedido dos colegas e furou o bloqueio que está instalado na rodovia federal. Na tentativa de fugir, ele quase atropelou um dos manifestantes que estavam no local. Irritados com a situação, os motoristas que participam da greve começaram a persegui-lo.

Em determinado ponto da rodovia os manifestantes conseguiram alcançar o condutor – que seguia no sentido Sinop/Sorriso - e obrigaram-no a parar. Irritados, eles ainda quebraram o para-brisa do veículo com pedradas. O motorista alegou que a informação que ele recebeu era a de que somente carretas não poderiam seguir viagem. Não há informações de feridos no ocorrido.

De acordo com os manifestantes, apenas ambulâncias, carros de passeio, caminhonetes, ônibus, caminhões de carga viva e ração da BRF poderão trafegar normalmente. Até o momento em Mato Grosso são seis cidades com paralisação da categoria do transporte de carga, mais precisamente de grãos. Em Lucas do Rio Verde há manifestos na BR-163 e na MT-449. Ainda na BR-163 há bloqueios em Nova Mutum, Sorriso e Sinop (saída para Santarém). Já na BR-364 em Campo Novo dos Parecis e na MT-358 em Tangará da Serra.

Pautas de reivindicações

Entre os itens de reivindicações, segundo a categoria estão a redução do preço atual do litro do óleo diesel e da gasolina, além da “proibição por parte do Governo de Mato Grosso da comercialização de frete por parte das Tradings e Agenciadores de Cargas com valores abaixo da Lista de Preços Mínimos de Fretes, instituída pela Sefaz/MT através da Portaria nº 244/2014, sob pena dos mesmos perderem os seus incentivos fiscais junto ao Estado e terem suas respectivas inscrições estaduais suspensas. Ainda a redução da alíquota de ICMS incidente sobre os preços do óleo diesel de 17% para 12%; Sanção Presidencial sem vetos do Projeto de Lei nº 4246/2012 que Regulamenta a Profissão de Motoristas Profissional e disciplina sua jornada de trabalho”.

(Colaborou Viviane Petroli).


Lava Jato: MPF cobra R$ 4,47 bilhões

O Ministério Público Federal informa que ajuizou cinco ações de improbidade administrativa que cobram R$ 319 milhões de ressarcimento ao erário pelos desvios de recursos públicos da Petrobras, além de R$ 959 milhões como pagamento de multa civil e R$ 3,19 bilhões como indenização por danos morais coletivos.
A acusação de enriquecimento ilícito pelos fatos apurados na Operação Lava Jato abrange as empresas Camargo Corrêa, Sanko, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia, Engevix e seus executivos. O total da condenação pecuniária buscada é de R$ 4,47 bilhões.
O MPF pede também a proibição de contratarem com o Poder Público e de receberem benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, e que as penalidades atinjam as empresas ligadas ao mesmo grupo econômico que atuem ou venham a atuar no mesmo ramo de atividade das empreiteiras. Uma das principais diferenças entre as ações penais e as de improbidade é que, nas últimas, as empresas poderão ser punidas.

Após perder 13 quilos, Dilma fala sobre dieta

dilmamagra
Pelo menos 13 quilos mais magra desde que começou a dieta Ravena, depois de ter sido reeleita para mais quatro anos de governo, após a campanha eleitoral, a presidente Dilma Rousseff deu a receita do que está fazendo para perder peso. “A gente faz duas coisas: a gente fecha um pouquinho a boca e faz um pouco também de ginástica”, ensinou a presidente, que exibia uma silhueta bem mais afinada.
No período da campanha eleitoral, Dilma evitou se preocupar com restrições alimentares, já que estava totalmente focada na campanha. Com o fim das eleições, a presidente seguiu o conselho da ministra­chefe da Secretaria de Política para Mulheres, Eleonora Menicucci, que já tinha afinado 17 quilos, adotando o método criado pelo médico e psicanalista argentino Máximo Ravenna. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, também está seguindo o cardápio, assim como a titular do Ministério da Agricultura, Kátia Abreu.

Para alívio dos homens, impotência sexual raramente não tem solução

inseguras-muitas-mulheres-confundem-desempenho-com-paixao-e-acabam-piorando-o-problema-1330460085638_615x300Seja de origem psicológica ou orgânica, a impotência sexual é um dos principais temores dos homens, problema que acaba afetando outras esferas da vida –carreira, família, finanças. Para o homem, a ereção é a maior prova da virilidade e masculinidade, por isso, o abala tanto. Hoje, no entanto, existe solução para a maioria dos casos.
A definição de disfunção erétil é a incapacidade de obter ou manter uma ereção com rigidez peniana suficiente para uma atividade sexual satisfatória. Segundo Celso Dantas, membro da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia) e coordenador da equipe de Urologia do Hospital Badim, no Rio de Janeiro (RJ), o problema pode ter diversas causas, como fatores vasculares, neurológicos e endócrinos.
“O uso de anti-hipertensivos, diuréticos e drogas que atuam no sistema nervoso central, como os antidepressivos, antipsicóticos e anticonvulsivantes, além das usadas para dislipidemias [alterações nos níveis de colesterol], também podem levar à perda de ereção”, explica o médico.

Caminhão provoca acidente na BR-163; líder nega ligação com protesto

Wellyngton Souza


No terceiro dia de manifesto dos caminhoneiros na BR-163 em Lucas do Rio Verde, um motorista de um caminhão caçamba, carregado de entulhos, causou um acidente em cima da ponte do Rio Verde, sentido Sorriso, na manha desta sexta (18).

O motorista parou o caminhão em cima da ponte quando iria descarregar os entulhos no acostamento da pista e, logo após, um bitrem vindo de Sorriso bateu no veículo e em seguida, um carro Fiat uno, que estava no sentido contrário da pista também colidiu.

Segundo o motorista do caminhão, que não quis ser identificado, disse que iria se juntar aos demais caminhoneiros no protesto contra aumento do diesel. Para Gilson Pelicioni, líder do movimento dos transportadores, esclarece que o motorista não tem nenhuma ligação com a organização do movimento.

 “Nosso objetivo não é causar danos às vias, e nem aos motoristas. Estamos apenas chamando atenção do poder público para a situação que os transportadores estão enfrentando”, comentou.  Nenhum dos motoristas envolvidos saiu ferido no acidente.  (Com informações Cenário MT)

Aprosoja pede o fim de protestos; caminhoneiros fecham a BR-163

Bloqueio começou na quarta em trechos da BR-163; Manifestantes estão impedindo tráfego de veículos de carga pela rodovia

Wellyngton Souza

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), se mostra preocupada com a paralisação de caminhoneiros na região Médio-Norte do Estado, que já dura três dias e tem "travado" o escoamento da produção. Caminhoneiros cruzaram os braços em dois trechos da BR-163, em Lucas do Rio Verde (360 Km de Cuiabá).

Mato Grosso é o maior produtor de grãos do país e a região bloqueada é considerada a maior produtora da aleoginosa do Estado, o que aumenta ainda mais a preocupação. Por meio de nota, Aprosoja entende a necessidade das manifestações dos caminhoneiros, mas ressalta a importância de tais atos não interferirem no escoamento da safra de soja que está sendo colhida no Estado.

Para o presidente da instituição Ricardo Tomczk, muitos itens da pauta são justos, como o pedido de redução do preço do óleo diesel e do ICMS, além da prorrogação do Finame. "É preciso ter o mínimo  de ordem, pois somos elos de uma mesma cadeia, que precisa ser sustentável. Precisamos que as propriedades sejam abastecidas com óleo diesel e ter garantido o transporte da soja para os armazéns", comentou Tomczk.

Ainda conforme presidente, a associação reforça que, apesar de ser justo, o direito de manifestação é preciso que os transportadores entendam que Mato Grosso está no período de pico de safra e a radicalização neste momento pode atingir outros elos da cadeia. Isto pode fazer com que o movimento perca apoio. “O direito de manifestação é justo, pois sabemos que o setor vive um momento crítico. Mas precisamos colher e transportar a safra e vamos lutar para este direito também ser garantido”. De acordo com estimativa do Imea, a comercialização de soja da safra 2014/15 alcançou 45,6% em dezembro e chegou a 50% em janeiro. Saldo positivo para o Estado.

Novos bloqueios 
Desde o início da manhã de hoje, o tráfego de veículos de carga se encontra interditado no km 593 da BR-163, região de Nova Mutum, no km 686, em Lucas do Rio Verde, e no km 747, em Sorriso, e no km 850, região de Sinop, em decorrência de manifestações. Porém, o tráfego não será liberado durante o horário do almoço, como foi realizado nos dias anteriores. A concessionária Rota do Oeste, responsável pela administração da rodovia, pede paciência aos usuários e atenção redobrada nos pontos interditados. 

Entenda o caso
Os caminhoneiros bloqueiam há dois dias quatro trechos da BR-163, em Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Sorriso e Sinop. Os manifestantes pedem, entre outras reivindicações, a redução da alíquota do ICMS sobre o óleo diesel, de 17% para 12%, para tentar reduzir o custo do frete, que, segundo a Associação dos Transportadores de Cargas de Mato Grosso, teve uma queda no preço.


No primeiro dia do protesto, os manifestantes bloquearam dois trechos dessa rodovia e, no dia seguinte, fecharam outro trecho e desde quinta (19), passaram a impedir a passagem de veículos pesados no trecho localizado em Sinop, a 503 km da Capital. Uma reunião entre representantes do setor e o governador Pedro Taques (PDT) está marcada para a tarde desta sexta (20). A secretaria de Fazenda (Sefaz) informou, no primeiro dia de protesto, que está realizando um estudo técnico sobre o combustível em Mato Grosso.

Políticos apoiam bloqueio, mas produtores temem prejuízo

KARINE MIRANDA

Os senadores Blairo Maggi (PR) e José Medeiros (PPS) e o deputado Dilmar Dal' Bosco (DEM) se manifestaram favoráveis ao protesto dos caminhoneiros, empresários do setor de transportes e produtores rurais que bloqueiam quatro pontos da BR-163, no Norte de Mato Grosso.

Em contrapartida, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) teme a interferência do protesto no escoamento da safra de soja que está sendo colhida no Estado.

O protesto bloqueia quatro pontos da BR-163, no Norte de Mato Grosso, desde quarta-feira (18).

MEC divulga a segunda chamada de aprovados no Prouni 2015

O MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta quinta-feira (19) a segunda chamada de aprovados no Prouni (Programa Universidade para Todos). Confira a 2ª chamada do Prouni 2015:http://siteprouni.mec.gov.br/
Para a comprovação das informações dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada o prazo será de 19 a 24 de fevereiro de 2015. O programa oferece bolsas no ensino superior privado com base nas notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Em 2015, serão ofertadas 213.113 bolsas – 135.616 integrais e 77.497 parciais. As bolsas serão para 30.549 cursos, em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Ministério do Planejamento autoriza concurso para 258 vagas no Departamento Penitenciário Nacional

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (19) a autorização do Ministério do Planejamento e Gestão para o provimento de 258 cargos para o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão ligado ao Ministério da Justiça.
O concurso prevê a abertura de vagas para especialista em assistência penitenciária, técnico de apoio à assistência penitenciária e agente penitenciário federal. Neste último cargo, há a previsão de 240 vagas. A responsabilidade pela realização do concurso público para os cargos relacionados é do diretor-geral do Depen.  O prazo para publicação de edital de abertura para realização de concurso público será de até seis meses, contados da data de publicação da Portaria no Diário Oficial da União.

Planejamento autoriza provimento de 421 cargos para a PRF

prf-pb_004O ministério do Planejamento autorizou o provimento de 421 cargos para a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A nomeação deve ocorrer a partir do mês de março. O concurso público foi autorizado em abril de 2013 para o provimento, inicial de mil cargos.
Contudo, devido às desistências, não serão preenchidas todas as posições. No ano passado, foi autorizada a nomeação de 500 aprovados. Os cargos são de nível superior, com salário inicial de R$ 6.700, pago por meio de subsídio. Ou seja, o valor é fixado em parcela única sem gratificação adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra espécie remuneratória.

Juiz intima ex-presidente da Petrobras a depor no processo da Lava Jato

sergio gabrielli
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, intimou o ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli a depor, nesta quinta-feira (19). Gabrielli prestará depoimento à Justiça Federal na condição de testemunha de defesa, em 25 de março, mas não precisará ir a Curitiba porque poderá falar por meio de videoconferência.
O ex-presidente da estatal foi arrolado como testemunha de defesa por dois réus da Lava Jato: o ex-diretor Internacional da Petrobras Nestor Cerveró e o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. O despacho de Sérgio Moro não explica as razões por que os acusados pediram o depoimento de Gabri

Governador e prefeito da capital disparam contra judicialização da saúde

O governador Pedro Taques (PDT) e o prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) se reuniram por mais de quatro horas discutindo um dos mais graves problemas da capital, Mato Grosso e do Brasil, que é a saúde pública. A indústria de liminares acabou se tornando um desabafo do governador do Estado, que disse existir interesses escusos, que não são por parte da Justiça, nem dos magistrados, mas sim de quem informa valores absurdos pagos por tratamentos particulares em vez do Sistema Único de Saúde (SUS).

“O cidadão está no seu direito de exigir saúde de qualidade e o juiz na sua obrigação de atender as demandas. O que não pode é se pautar por valores abusivos”, disse o governador, isentando pacientes e magistrados.


Na pauta da reunião que foi acompanhada pelos secretários de Saúde, do Estado, Marco Bertulio, e de Cuiabá, Ary Souza Júnior, e pelos secretários de Fazenda Paulo Brutolin (Mato Grosso) e Pascoal Santullo (Cuiabá), além dos secretários de Comunicação, Jean Campos e Kleber Lima, respectivamente de Mato Grosso e da Capital, a eterna e insolúvel falta de recursos públicos diante da crescente e assustadora demanda e a busca da união de esforços no sentido de atender a população.

Copa: elefantes brancos, prejuízo R$ 10 milhões

o-ARENA-AMAZONIA-facebook
O prejuízo de três “elefantes brancos” da Copa – os estádios Mané Garrincha (Brasília), Arena da Amazônia (Manaus) e Arena Pantanal (Cuiabá) – para os respectivos contribuintes já atingiu pelo menos R$ 10 milhões desde o fim do Mundial, de acordo com um levantamento feito pela BBC Brasil.
Os dados, de difícil acesso, são incompletos e portanto a conta é uma estimativa. Após três meses de contato com governos e administração dos arenas, a busca iniciada em dezembro não obteve um resultado exato para o balanço (custo de manutenção x arrecadação mensal) desses estádios desde o fim da Copa do Mundo.

Testes com nova vacina indicam proteção total contra vírus HIV

141202073219_hiv_624x351_thinkstockMacacos totalmente protegidos contra o vírus do HIV. Esse foi o resultado de um teste de uma nova vacina contra o HIV, que deixou a comunidade científica animada. A abordagem da vacina, cujo estudo acaba de ser publicado na revista Nature, é bastante radical.
Normalmente, as vacinas treinam o sistema imunológico para combater infecções. Mas nessa nova vacina os pesquisadores do instituto de pesquisa Scripps, com sede na Califórnia, alteraram o DNA dos macacos para dar às células deles propriedade para combater o HIV.

MT: Dos R$ 6,5 bilhões estimados da dívida pública, R$ 1 bilhão são dolarizados

Uma reunião de emergência foi realizada na manhã de ontem (19) na Casa Civil do Governo do Estado para tratar de duas parcelas extras em valores estimados de R$ 100 milhões cada uma, para pagamentos da dívida pública que foi dolarizada na gestão anterior em valores estimados da ordem de R$ 1 bilhão ou US$ 500 milhões, referentes ao resíduo da dívida do Tesouro de Mato Grosso para com o governo federal. A reunião contou com a presença do governador Pedro Taques (PDT) e os secretários da área econômica.

Os valores são para março e setembro de 2015, sendo que por estar com base no dólar do dia, existem reais chances da mesma atingir agora no próximo mês valores corrigidos entre R$ 130 milhões até R$ 160 milhões de desembolso, fora o que já está consignado para se pagar referente à dívida pública interna.


Dos R$ 6,5 bilhões estimados da dívida pública, R$ 1 bilhão são dolarizados e sofrem as influências da cotação da moeda americana, mas os R$ 5,5 bilhões que não são dolarizados, também sofrem com a inconstância sempre para cima da Taxa Selic que está sendo corrigida em percentuais superiores a cotação do dólar por causa da pressão inflacionária e por não conseguir o governo federal cumprir a meta de superávit para pagamento dos juros da dívida pública.