22 de fevereiro de 2015

Em 51 dias, Taques veta 18 projetos de leis da Assembleia

DOUGLAS TRIELLI

O governador Pedro Taques (PDT) vetou integralmente 18 projetos de leis da Assembleia Legislativa em 51 dias de gestão, em pouco mais de um mês no comando do Palácio Paiaguás

Os dados foram divulgados pela Casa Civil, comandada pelo secretário Paulo Taques.

Os projetos são referentes à 17ª legislatura e passaram pela mesa do governador entre 1º de janeiro e 20 de fevereiro.

Ao todo, foram analisados 31 projetos. Destes, um teve veto parcial.

Entre os projetos vetados pelo governador estão dois que aumentavam os salários e a verba indenizatória de servidores da Assembleia Legislativa.

"Empresa" usou nome de uma doméstica para ajudar acusados de desviar dinheiro da Assembleia Legislativa

Marco Aurélio - coordenador do Gaeco
A investigação feita pelo Ministério Público Estadual (MPE), sobre esquema que teria drenado mais de R$ 62 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, entre 2005 e 2009, aponta que uma das empresas utilizadas, a Serpel Comercial de Alimentos Ltda., foi criada usando o nome de uma empregada doméstica como sócia.

"Salienta-se que a empresa foi constituída por Elias Abrão Nassarden Júnior, em 18 de dezembro de 2007, porém em nome de Jeanny Laura e da empregada doméstica Ivonete de Oliveira, esta última, ao que tudo indica, foi ludibriada pelos demais integrantes do bando e teve seu nome utilizado sem conhecer a dimensão da fraude engendrada e sem receber qualquer proveito dos ilícitos perpetrados", diz o MPE, na denúncia apresentada.

A empresa recebeu R$ 470.592,00 durante a existência do esquema, diz o MPE, valores que atualizados somam R$ 684.767,04. A denúncia do Gaeco, órgão do MPE, culminou na prisão do ex-deputado José Riva (PSD), acusado de liderar o suposto esquema.

Morre Davi Miranda fundador da igreja Deus é Amor

O missionário David Martins Miranda, fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, morreu aos 78 anos no final da noite de sábado (21). Ele sofreu um infarto. A informação foi divulgada oficialmente na rede de rádios mantida pela igreja. A Deus é Amor foi fundada em junho de 1962 e hoje possui mais de onze mil templos espalhados pelo Brasil e outros 136 países.
Em 2004, a igreja chamou a atenção por causa da inauguração do gigantesco Templo da Glória de Deus, na avenida do Estado, em São Paulo, com capacidade para 60 mil pessoas. Centenas de frequentadores da igreja também usaram as redes sociais durante a madrugada para lamentar a morte de David. O fundador da Deus é Amor será velado a partir das 8h no templo localizado na avenida do Estado.

Exame para detectar tuberculose torna diagnóstico 100% mais rápido

tuberculoseO exame para diagnosticar a tuberculose ficou 240 vezes mais rápido no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto graças a uma técnica que permite a identificação, quase que imediata, da micobactéria causadora da doença. O tempo de análise passou de oito horas para apenas dois minutos por meio da tecnologia Point of Care Test (Poct).
O método tem a mesma lógica dos testes feitos para verificação do vírus HIV, com o uso da saliva. No caso da tuberculose, no entanto, a amostra usada na testagem rápida é colhida de uma cultura bacteriológica, por isso ainda há a necessidade de ser feito em laboratório.
De acordo com Valdes Bollela, professor da Divisão de Moléstias Infecciosas e Tropicais do Departamento de Clínica Médica, pesquisadores asiáticos e brasileiros estudam meios para que o exame seja feito diretamente com os fluidos do paciente. “É a ideia de ter um teste que seja feito com o menor recurso tecnológico e o mais rápido possível. O exemplo clássico disso são exames de malária e HVI, que podem ser feitos fora até do próprio hospital. O da tuberculose ainda não está assim”, explicou. Ele destaca que, por ser uma doença infecciosa, o diagnóstico torna-se ainda mais importante. “É a chave de interromper a cadeia de transmissão da tuberculose”, declarou.

Crise com PMDB faz de Temer ‘estranho no ninho’ no Planalto

20140928085534_cv_TEMERdilma-e-temer-1_gdeMinado dentro do próprio PMDB, o vice-presidente Michel Temer também passou a ser criticado pelo núcleo político do governo Dilma Rousseff. Segundo a Veja, os ministros responsáveis pela articulação política afirmaram à presidente que Temer está sem influência em seu partido e não tem se esforçado para evitar novos reveses para o Planalto.
Na volta do carnaval, ministros argumentaram nos bastidores do Palácio que a falta de um interlocutor com os peemedebistas tem sido um entrave para a reaproximação com a legenda, principal recomendação feita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A própria Dilma Rousseff tem dado sinais de que a relação com Temer está estremecida. Ela não recebeu o vice em audiência particular desde a eleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados. Cunha derrotou o candidato do Planalto, Arlindo Chinaglia (PT-SP), ainda no primeiro turno e relegou o PT a postos secundários na Casa. Para isso, contou com o apoio formal de Temer.

Vencedores do Oscar 2015 serão anunciados neste domingo

oscarA Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anuncia hoje (22) à noite os vencedores do Oscar 2015. A cerimônia será em Los Angeles, nos Estados Unidos. Os filmes mais bem cotados para prêmios são Birdman e Boyhood: Da infância à juventude.
Também estão no páreo os longa-metragens Jogo da imitação, Sniper americano, O grande hotel Budapeste e O jogo da imitação. Na categoria documentário, concorre O sal da terra, sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado.

Aécio responde Dilma e cobra fala sobre propinas da Petrobras ao PT

20150220142937738912a
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) respondeu a presidente Dilma Rousseff em relação ao esquema de corrupção investigado pela Polícia Federal na operação Lava-Jato. Pela manhã, Dilma disse no Palácio do Planalto que o esquema criminoso que funcionava na Petrobras deveria ter sido investigado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Aécio, por sua vez, criticou as declarações de Dilma em entrevista coletiva no Senado.

Sementes de soja geneticamente modificadas podem ajudar no combate ao HIV

PALMASA cianovirina é uma proteína encontrada em algas que já se mostrou muito eficaz no combate à transmissão do HIV. Uma possível aplicação da substância é na forma de gel, que poderia ser aplicado por mulheres na vagina antes da relação sexual, reduzindo consideravelmente o risco de infecção.
Para que isso se torne realidade, porém, é preciso garantir a produção em larga escala da cianovirina, algo que se tornou mais próximo com um estudo internacional feito com colaboração da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.
A pesquisa, publicada recentemente na revista Science, mostrou que sementes de soja geneticamente modificadas são, até o momento, a biofábrica mais eficiente para a fabricação da proteína. Ou seja, após inserir a cianovirina nas sementes, o desenvolvimento natural das plantas garantirá o fornecimento do agente anti-HIV

Jovem de 27 anos desenvolve creme para remover tatuagem

Pesquisa desenvolvida pelo estudante na Universidade Dalhousie, em Halifax, promete apagar as tatuagens de uma maneira indolor. Em entrevista à CBC News, Falkenham explica que desenvolveu um creme que deve ser passado na pele para fazer a tatuagem desaparecer.
O inventor diz ainda que não sabe quantas aplicações serão necessárias e que vai variar de pessoa para pessoa. O jovem PhD estima que o creme custe US$ 4,5 (cerca de R$ 13) e seja suficiente para fazer desaparecer 10 centímetros de tatuagem. O pesquisador já está em busca do licenciamento para liberar o produto para comercialização, mas não existe ainda previsão para o início das vendas. A nova solução será uma alternativa à remoção a laser, que é dolorosa, cara e deixa cicatriz.
20150219155113221331a

Alvo da Polícia Federal delatou Riva ao MPF, diz denúncia

Na denúncia criminal feita à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE), contra o ex-deputado José Riva (PSD) e mais 15 pessoas, os promotores Samuel Frungilo, Marco Aurélio de Castro e Arnaldo Justino da Silva afirmam que o empresário Júnior Mendonça foi peça fundamental para incluir Riva no inquérito que culminou em sua prisão, na tarde deste sábado (21), em Cuiabá.

Mendonça é epicentro de um esquema de desvio de dinheiro público do Governo do Estado, durante a gestão de Silval Barbosa (PMDB), investigado pela Operação Ararath, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF).   

Prisão de ex-presidente da Assembleia Legislativa de MT é destaque no Jornal Nacional; veja


A prisão do ex-deputado José Riva (PSD) neste sábado, em Cuiabá, foi destaque no Jornal Nacional, da Rede Globo. Neste domingo, outro programa da emissora, o Fantástico, também apresentará reportagem envolvendo outro suposto esquema na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, desta vez com simulação de serviços e gráficas de Cuiabá.

Na última sexta-feira, outro escândalo do Estado, envolvendo o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) também foi foco de reportagem do Jornal da Globo.

Veja a reportagem que saiu no JN AQUI.

Advogado Geral da União defende acordos com empresas investigadas

adams AGU
Depois da divulgação de que emissários das empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras procuraram o governo federal e o ex-presidente Lula, o ministro Luís Inácio Adams (Advocacia Geral da União) saiu em defesa, neste sábado, da legalidade dos acordos de leniência, que permitem que empresas colaborem com as investigações em troca de penas mais brandas.
Em um vídeo postado nas redes sociais, Adams explica os critérios previstos em lei para a execução desses acordos de colaboração e sustenta que o instrumento não impede a punição dos culpados. “É uma solução para uma penalização administrativa. Não tem nenhuma função na área penal. Ela não isenta o criminoso, não impede a produção de prova. É um instrumento que potencializa a investigação porque coloca a empresa como agente colaborador do Estado”, disse.

Whatsapp agora terá chamada gratuita de voz sem uso de operadoras

whatsapp foneO aplicativo WhatsApp já pode ter começado a testar a tão aguardada ferramenta de chamada de voz. As suspeitas começaram quando um ícone misterioso com a opção “Ligar” apareceu no aplicativo. O recurso, por enquanto, está disponível apenas para a versão da internet e para aparelhos que utilizem o sistema operacional Android. A função permite que o usuário realize ligações gratuitamente, sem a necessidade de uma operadora.
A novidade, segundo o site Android Police, está disponível na versão 2.11.528 da loja Google Play, ou na versão 2.11.531 do site do WhatsApp. Mas só podia ter acesso a nova ferramente quem tivesse um convite, e a opção já foi desabilitada.
O convite era enviado após um usuário que já tivesse o recurso realizasse uma ligação para um amigo. Ao atender a chamada, ele tinha o acesso liberado para a nova função. Poucas horas depois o WhatsApp bloqueou a função, mas quem já tinha recebido o convite continou com a função habilitada. Por enquanto, a desenvolvedora do aplicativo não se pronunciou sobre a nova ferramenta.

DNIT prevê concurso com 1.300 vagas

Conforme publicado pela Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos Públicos (ANPAC), 2015 promete ser um ano recorde em número de vagas para Concursos Públicos. Dentre as oportunidades previstas, está o concurso do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), cujo pedido solicitado ao Ministério do Planejamento (MPOG) segue em análise desde 2014.
A previsão é de que este concurso abra 1.331 vagas para a autarquia vinculada ao Ministério dos Transportes, que serão distribuídas entre as funções de Analista e Técnico. Em maio de 2012, o Ministério do Planejamento por meio da portaria nº 191, autorizou a realização de um concurso com 1.200 cargos para o quadro de pessoal efetivo do DNIT, com oportunidades em todo o Brasil.
Neste concurso, os cargos anunciados foram de Analista de Infraestrutura de Transportes (179); Analista Administrativo (110); Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes (767) e Técnico Administrativo (144). Vale lembrar que as remunerações anunciadas chamaram atenção dos candidatos interessados em ingressar na carreira pública, pois iam de R$ 2.507,30 a R$ 7.815,81.

Deputado do DEM quer enfrentar Lula em 2018

caiadoDe alguma forma as conversações e especulações sobre candidatos a presidente em 2018 já estão a pleno vapor. E isso faz parte do processo político que analisa o presente projetando o futuro. No PMDB há aqueles que defendem que está na hora de o partido ter candidato próprio, inclusive com citação de nomes, casos do prefeito, do Rio de janeiro Eduardo Paes, e até mesmo o do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.
Lideranças do PT também apostam e apontam que o ex-presidente Lula vai disputar o lugar hoje ocupado por Dilma Rousseff. Mas é no DEM, segundo o jornalista Ilimar Franco, na coluna Panorama Político, do O Globo, que o processo aparenta querer avançar com maior rapidez. O líder do partido no Senado Federal, Ronaldo Caiado, já está procurando lideranças da sigla para ser o candidato em 2018.

Dilma exige de ministros lealdade dos partidos

dilmamagra
Josias de Souza destacou que Dilma Rousseff mandou dizer aos ministros que conta com a lealdade dos seus respectivos partidos nas votações que interessam ao governo no Congresso, especialmente as relacionadas ao ajuste fiscal. Segundo o relato de um dos contatados, o alerta soou como uma espécie de aviso prévio. Ficou subentendido que a permanência na Esplanada está condicionada à fidelidade das bancadas.
Não se trata propriamente de uma novidade. No Brasil pós-redemocratização, a eficiência administrativa nunca foi o objetivo primordial das composições ministeriais. Nomeiam-se os ministros politicamente mais rentáveis, não os mais eficientes. O extraordinário no aviso que parte do Planalto é a sinalização da definitiva rendição de Dilma ao modelo – dessa vez sem escrúpulos ou reticências éticas.

Lava Jato: Associações e Ministério Publico junto ao TCU querem impedir acordos na CGU

“Em defesa da Operação Lava Jato”, três entidades apresentaram ao Ministério Público de Contas preocupações em relação a possíveis acordos de leniência celebrados, neste momento, pela Controladora Geral da União (CGU) com as empresas investigadas. O procurador Júlio Marcelo de Oliveira, do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas da União, acatou a argumentação e e encaminhou representação ao presidente da Corte, ministro Aroldo Cedraz.
Os questionamentos que ocasionaram a representação do procurador foram manifestados pela Associação Contas Abertas, a Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil e a Associação da Auditoria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União. O objetivo é impedir qualquer homologação de acordos que venham ser celebrados entre o Poder Executivo da União e as pessoas jurídicas de direito privado envolvidas na Lava Jato.
Entre os argumentos da representação, o procurador destacou que os acordos ferem “a divisão harmônica dos poderes e competência entre os diversos órgãos da República que estando uma operação em curso, conduzida pelo Ministério Público Federal com suporte da Polícia Federal, com amplas repercussões cíveis e penais, possa um órgão do Poder Executivo, com esfera de atuação muito mais limitada, atravessar a operação para celebrar acordos de leniência que tenham por substrato fático o mesmo conjunto de fatos já investigados pelo Ministério Público Federal”,explica

Confederação prepara ações para Semana do Municipalismo

Paulo Ziulkoski
A partir desta segunda-feira (23), quando se comemora o Dia do Municipalismo, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) convida prefeitos, secretários, vereadores e demais gestores para a Semana do Municipalismo. O presidente Paulo Ziulkoski pede a união de todos em uma “corrente” para enfrentar uma crise que tende a piorar. “Ano passado mais de dois mil participaram de alguma forma. Vamos tentar repetir”, convocou.
Para Ziulkoski, está é uma direção. “Estamos atuando aqui em Brasília em várias direções. Primeiro na captação de recursos, na defesa dos Municípios, acompanhando no Congresso votações e no Executivo. Ficou muito claro que os Municípios caminham cada vez mais para uma questão estrutural de insolvência. Estamos no início de uma grande crise que vai afetar ainda mais as prefeituras”, lamentou.
Entidades estaduais e associações microrregionais, “importantes nesta mobilização”, como lembra o presidente, apoiam a CNM. O trabalho é conjunto. A Confederação está à disposição para orientar aqueles que quiserem promover algum ato público nesta semana.

Agripino quer Lula na CPI da Petrobras

agripino superavit
O presidente do DEM, senador José Agripino (RN), defendeu a ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à CPI da Petrobras, que será instalada pela Câmara na próxima quinta-feira (26). Mas não para fazer“espetaculosidade” do assunto. Para José Agripino, o importante é saber, por meio de outras formas de apuração, qual o envolvimento do ex-presidente com os investigados na operação Lava Jato.

Uma segunda-feira sob a sombra do impeachment

intervencaoO Congresso volta ao trabalho na segunda-feira com os bastidores fervilhando uma palavra que publicamente poucos pronunciam: impeachment. Essa pulguinha atrás da orelha de muitos congressistas importantes voltou a incomodar diante das chamadas do programa do PMDB Em favor do Brasil que vai ao ar na quinta-feira, com destaque para Michel Temer.
Michel, entretanto, tem afastado de forma veemente qualquer conspiração nesse sentido. Tanto é que, na reunião ministerial fez uma defesa irretocável do mandato presidencial. O problema é que o que Michel diz e repete, repelindo qualquer movimento em sentido contrário, não é o que está nos bastidores dos partidos. Nem que seja para incomodar o governo e ganhar algum espaço, alguns aliados vão levar essa assombração ao Planalto.

Folha de fevereiro dos aposentados começa a ser depositada a partir de segunda (23)

carteira dinheiroO Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a depositar o pagamento dos benefícios da folha de fevereiro para aposentados e pensionistas em todo o país, a partir desta segunda-feira (23).
Os depósitos começam a ser liberados nessa data para quem recebe até um salário mínimo e possui cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, o pagamento começa a ser depositado no dia 2 de março.

Projeto de lei cria barreira para articulações de fusão de partidos

Um projeto de lei que tramita no Congresso Nacional poderá atrapalhar a pretensão de alguns deputados da bancada de apoio ao Governo em recriar o Partido Liberal no Rio Grande do Norte. A Câmara deverá votar, nas próximas semanas, uma proposta que dificulta a fusão de partidos políticos ao estipular prazo para cinco anos após registro definitivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Riva é preso. Sua mulher Janete Riva e outras 13 pessoas são denunciadas pelo MPE

O ex-deputado estadual José Riva (PSD) foi preso preventivamente na tarde deste sábado (21) acusado de desviar mais de R$ 60 milhões dos cofres públicos por meio de fraude em licitação. A medida é fruto da “Operação Imperador”, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

O pedido de prisão foi formulado pelo Ministério Público Estadual (MPE) através de uma denúncia oferecida a Justiça na última semana. Riva responderá pelos crimes de formação de quadrilha e 26 peculatos, em concurso de material.

Além do social democrata, sua esposa Janete Riva (PSD) e mais 14 pessoas foram acusados. Entre eles estão os servidores da Assembleia Legislativa Djalma Ermenegildo, Edson José Menezes, Manoel Theodoro dos Santos, Djan da Luz Clivatti, Elias Abrão Nassarden Junior, Jean Carlo Leite Nassarden, Leonardo Maia Pinheiro, Elias Abrão Nassarden, Tarcila Maria da Silva Guedes, Clarice Pereira Leite Nassarden, Celi Izabel de Jesus, Luzimar Ribeiro Borges e Jeanny Laura Leite Nassarden.

Justiça criminal ouve na terça-feira genro de Riva

Ocorre nesta terça-feira (25) a última audiência de instrução e julgamento da ação penal oriunda da Operação Aprendiz. Na oportunidade, a juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma Rosane Santos Arruda, finalizará as oitivas com os réus no processo.

Ainda restam a ser ouvidos, o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, vereador cassado João Emanuel (PSD); o ex-secretário geral da Casa de Leis, Aparecido Alvez; e Gleisy Ferreira de Souza, ligado à gráfica a Gráfica Propel.

O ex-deputado estadual Maksuês Leite e o ex-chefe de almoxarifado do Legislativo municipal, Renan Moreno Lins Figueiredo já prestaram depoimento. Além deles, a magistrada também ouviu todas as testemunhas de defesa e acusação.

Filiação de Eraí no PSD pode favorecer Taques na AL

MARCOS LEMOS

As articulações em torno da chegada de Erai Maggi e seu grupo político ao PSD, mesmo não passando pelo governador Pedro Taques (PDT) poderá consolidar uma maioria dentro da Assembleia Legislativa para o Poder Executivo que necessitará de votos a partir dos próximos dias para conseguir viabilizar os projetos de seu interesse, como a reforma administrativa e outras matérias que mexem com muitos interesses políticos.

A eleição da Mesa Diretora encabeçada pelos deputados, Guilherme Maluf (PSDB) como presidente e Nininho (PR) como 1º secretário com o apoio de outros 14 deputados já sinaliza que o governador Pedro Taques terá facilidades na relação com o Parlamento Estadual que tem capacidade tanto de ajudar como de atrapalhar o desempenho do chefe do Executivo Estadual.

Deputado Zeca Viana quer discutir espaço no governo Pedro Taques

O presidente estadual do PDT, deputado estadual Zeca Viana (PDT), reclama da falta de espaço do partido no governo e pretende conversar com o governador Pedro Taques (PDT) na próxima semana, quando estará em Cuiabá. Desde o processo eleitoral da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa a relação dos dois correligionários ficou abalada e agora o parlamentar pretende cobrar alguns posicionamentos do chefe do Executivo. O encontro de ambos não tem um data confirmada.

“Semana que vem estarei em Cuiabá e vamos ter de conversar. A Mesa ficou do jeito que ele queria com PSB, PSDB e PR, mas não tivemos nenhuma conversa desde então, agora vamos ver se conversamos”, destacou Viana.

"Pé nos Bairros" caminhou pela área central de Brasnorte e não gostou do que viu







Lançado neste final de semana pelo presidente do PDT de Brasnorte, jornalista Dorjival Silva, o Projeto "Pé nos Bairros" caminhou (literalmente) por três ou quatro rurais da área central da cidade. Na oportunidade, ouviu moradores que se queixaram de estar completamente abandonados. 

Ao projeto, eles mostraram ruas tomadas por matagal, crateras, enormes poças de lama fétida, lixo e ambientes vulneráveis à propagação de doenças endêmicas. 

Em alguns locais onde o Pé nos Bairros passou, testemunhou proliferação de caramujo africano, garrafas pets amontoadas em via pública e até uma obra pública com piscina parcialmente descoberta (possível criadouro do mosquito aedes aegypti) situações que requerem com urgência atenção do poder público municipal. Confira algumas das imagens colhidas na estreia do Pé nos Bairros: