23 de fevereiro de 2015

Éder chama Rede Globo de mentirosa e ameaça processar emissora

KEKA WERNECK


O ex-secretário de Fazenda, Éder Moraes, emitiu nota, na tarde desta segunda-feira (23), informando que vai processar a Rede Globo por calúnia, porque a emissora teria faltado com a verdade na matéria “cadê o dinheiro que tava aqui”, divulgada no programa Fantástico, neste domingo (22) à noite.

A reportagem denuncia desvio de dinheiro público das obras da Copa em Mato Grosso e superfaturamento em contatos para publicação de material gráfico, expondo relações suspeitas entre a Assembleia Legislativa, o Governo do Estado e o setor empresarial.

A matéria, que chamou a atenção de expectadores de todo o Brasil, principalmente os mato-grossenses, expõe figuras da política local, como o próprio Éder Moraes, o ex-deputado estadual José Riva (PSD) e o ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

Deputado Romoaldo Júnior é convocado a prestar depoimento no dia 26 no TJMT sobre desvio de bem público

O deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB) será interrogado no próximo dia 26, às 14h, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). Conforme a publicação no Diário Oficial da Justiça, a audiência foi designada para o plenário 3, pela desembargadora Maria Helena Póvoas. O deputado responde a ação penal por crime de desvio de bem público e falsidade ideológica.

Segundo a denúncia feita pelo promotor Marcelo Caetano Vacchiano, do Ministério Público Estadual (MPE), em 2001, quando o deputado estadual Romoaldo Jr era prefeito em Alta Floresta, foram realizadas licitações para alienação de lotes urbanos pertencentes ao município, mas que um dos lotes colocados no certame não constavam da listagem inicial.

Pratos limpos: Riva poderá partir para delação premiada

Já começaram a circular nos bastidores rumores de que o ex-deputado José Riva (PSD), preso desde sábado (21), em Cuiabá, poderá partir para o expediente da delação premiada à Justiça. Fonte da área do Direito, próxima ao ex-parlamentar, defendeu que a estratégia poderá ser a melhor alternativa para "aliviar" sua situação jurídica.

Segundo a fonte, muitos políticos, empresários e membros de outros poderes, órgãos e "ex-poderosos", que teriam se beneficiado de supostos esquemas poderão ter suas participações reveladas com a possível delação. "Acho importante que tudo seja colocado em pratos limpos", defendeu.

PT quer ampliar investigação da CPI da Petrobras para o governo FHC

A bancada do PT na Câmara dos Deputados tentará ampliar o leque de investigação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que será instalada nesta quinta-feira (26). Conforme lembrou o líder do governo na Casa, deputado José Guimarães (PT-CE), o pedido de aditamento para que as investigações remontem aos anos 1990, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, será apresentado pelo líder do PT na Câmara, deputado Sibá Machado (AC), ao plenário da comissão. A decisão de ampliar ou não será tomada pelo voto dos integrantes do colegiado.
“O líder Sibá já comunicou que há necessidade de um aditamento para que a apuração seja ampla, geral e irrestrita. Não só a partir de 2005, mas a partir de quando os chamados delatores anunciaram que faziam os malfeitos na Petrobras. Portanto, é apurar tudo desde 1997, conforme está nos autos do processo”, explicou Guimarães. “Não é razoável para quem quer apurar ser contra isso. Acho que vai ser aprovado por unanimidade.”

Proposta permite divulgação de pesquisa só até 15 dias antes da eleição

pesquisa1A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 2/15, que proíbe a publicação de pesquisas eleitorais nas duas semanas anteriores ao dia da eleição. O autor da proposta, deputado Ricardo Barros (PP-PR), entende que essas pesquisas podem influenciar o voto do eleitor e acabam prejudicando políticos e partidos, que às vésperas do pleito não conseguem verificar os dados e métodos utilizados nas pesquisas.
Em sua justificativa, Barros cita as cidades de Maringá, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu, no Paraná, e também de Manaus, no Amazonas, que durante as eleições municipais de 2012 viram o Ibope errar grosseiramente a previsão dos resultados finais para prefeito. No caso de Maringá, o resultado da eleição foi exatamente o oposto do que previa a pesquisa.

Dólar supera R$2,90 pela 1ª vez em 10 anos

dinheiro (2)Após superar 2,90 reais pela primeira vez em mais de dez anos mais cedo, o dólar alternava entre leves altas e baixas nesta segunda-feira, puxado para cima por preocupações com a Grécia e com a economia brasileira e para baixo pela ação de exportadores e operações de realização de lucros.
Às 12h06, a moeda norte-americana recuava 0,03 por cento, a 2,8751 reais na venda, avançando pela quinta sessão consecutiva. Na máxima da sessão, a divisa chegou a 2,9046 reais e, na mínima, a 2,8715 reais. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro estava em torno de 90 milhão de dólares.

WhatsApp finalmente é atualizado para permitir chamadas de voz

tela-do-zapzap-para-android-desenvolvedor-diz-que-aplicativo-e-uma-versao-modificada-do-telegram-1401219509158_300x300WhatsApp finalmente é atualizado para permitir chamadas de voz. Mas a nova versão do aplicativo (2.11.528 ou superior) não ativa a chamada de voz automaticamente. O usuário precisa receber uma chamada de alguém com o recurso já ativo. Ainda são poucos os que têm acesso à novidade.
O novo recurso incorpora à interface do Whatsapp, além da opção de realizar chamadas, a opção de conferir chamadas não atendidas, discadas e recebidas. Quando o usuário tiver uma chamada não atendida, poderá retornar ou enviar uma mensagem clicando na notificação.

Doença pouco conhecida pode ser confundida com preguiça

climonomia
UOL - Prolongar o tempo na cama por mais alguns minutinhos, logo após acordar, ou tirar algumas horas no fim de semana para relaxar, sem fazer nada, é um comportamento comum e sadio. Mas quando o desejo de permanecer deitado é constante, pode ser sinal de um distúrbio: a clinomania. O problema é caracterizado pelo desejo incontrolável de ficar deitado, dormindo ou não. E requer acompanhamento médico.
O diagnóstico não é simples e, geralmente, é feito por exclusão. “Como a clinomania pode ser facilmente confundida com outros males, como depressão e síndrome da fadiga crônica, é preciso fazer uma avaliação cuidadosa do quadro do paciente. Só após concluir que não se trata de nenhuma doença orgânica é que diagnosticamos o distúrbio”, explica Shigueo Yonekura, neurologista do Instituto de Medicina e Sono de Campinas e Piracicaba (SP).
Quem sofre de depressão também pode apresentar dificuldade na hora de sair da cama, mas por conta da melancolia, do desânimo e da falta de energia que são característicos da doença. Já no caso da fadiga crônica, segundo o psiquiatra Sergio Tamai, conselheiro da Associação Brasileira de Psiquiatria, o que contribui para que o paciente permaneça deitado é um cansaço persistente, que vem acompanhado por sintomas como dores musculares, cefaleia e fraqueza.

Juíza diz que Riva é "ícone da corrupção e da impunidade"

LUCAS RODRIGUES
DO MIDIAJUR

A juíza Selma Rosane Santos Arruda, da Vara Especializada Contra o Crime Organizado da Capital, em decisão que culminou na prisão do ex-deputado José Geraldo Riva (PSD), no último sábado (20), afirmou que o ex-parlamentar é um "ícone da corrupção" e um "ícone da impunidade" em Mato Grosso.

"Ora, como bem assinalou o Ministério Público, o réu é um ícone da corrupção em nosso Estado, mas acrescento: também é um ícone da impunidade, um verdadeiro mau exemplo a todos os cidadãos de bem, que pagam seus impostos, trabalham diuturnamente e não cometem delitos, porque temem as consequências", diz trecho da decisão.A decisão atendeu pedido formulado pelo Ministério Público Estadual (MPE), que o denunciou, juntamente com outras 14 pessoas, por peculato e formação de quadrilha.

Grupo de homossexuais soropositivos se reúne para passar dicas de como transmitir Aids

aidslacoDenominado de “Clube do Carimbo”, um grupo de homossexuais soropositivos se reúne em sites para passar dicas de como transmitir Aids para outras pessoas. A premissa é que se todos tiverem a doença, ela não será mais um problema social. Junto com isso, a prática do bareback, o sexo sem camisinha, misturado com uma dita sensação de aventura faz com que as “carimbadas” aconteçam mais e já se tornem um problema de saúde pública.
Segundo O Globo, um blog que pregava essa prática foi retirado do ar. O “Novinho Bareback” teria sido o local onde foi criado o dito clube. A página trazia fotos e vídeos que mostravam relações sexuais sem preservativo e trazia dicas para a transmissão da doença sem a anuência do parceiro sexual. Mesmo que desativado, as instruções se disseminaram como um vírus pela Internet. Em um dos sites visitado pelo GLOBO, o autor enumera passo a passo de como criar mecanismos para “carimbar” as novas vítimas. Autodenominados de “vitaminados”, os portadores do vírus que pregam a prática on-line também sugerem as melhores épocas do ano, como as férias, para conquistar mais vítimas.

Protesto de caminhoneiros bloqueia estradas pelo país

Um protesto de caminhoneiros bloqueia nesta segunda-feira (23) rodovias de ao menos sete estados em todo o país: GO, MG, MS, MT, PR, RS e SC. Os profissionais reclamam, principalmente, do alto preço do combustível e dos baixos valores dos fretes.

A Fernão Dias, principal ligação entre os estados de Minas Gerais e São Paulo, tinha 17 km de lentidão na região da Grande Belo Horizonte no início da tarde, no sentido São Paulo. Já quem trafegava em direção à capital mineira enfrentava 8 km de congestionamento.

Também havia pontos de interdição perto de Oliveira, na Região Centro-Oeste, e em Perdões e Santo Antônio do Amparo, ambas no Sul do estado. Nestas cidades, os bloqueios ocorrem desde a noite de domingo.

Riva destruiu documentos da Assembleia que serviriam como provas em ação na Justiça

Riva em sua despedida na AL ao lado das filhas

 ANA ADÉLIA JÁCOMO

Classificado pelo Ministério Público Estadual (MPE) como “um ícone da corrupção e da impunidade”, a juíza da 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, Selma Rosane Santos Arruda, afirmou em seu mandado de prisão contra o ex-deputado estadual José Riva (PSD) que a detenção se fez necessária porque o social-democrata destruiu inúmeros documentos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso com o objetivo de ocultar ou falsear documentos, além de exercer pressões indevidas sobre testemunhas.

Argumenta ainda que mesmo após perder o cargo público, o réu poderá facilmente continuar a praticar delitos, diante da facilidade que ainda usufrui, graças à vasta teia de relacionamentos e às dependências interpessoais que cultivou na vida pública.

Após prisão e denúncias contra o pai, Janaína se reserva e cancela agenda

Talita Ormond

Janaína Riva prefere não se manifestar sobre prisão do pai e cancelou agenda

A deputada estadual Janaina Riva (PSD) disse por meio da assessoria que não vai se manifestar sobre os últimos acontecimentos envolvendo seu pai, o ex-deputado José Riva (PSD). Ele foi preso no último sábado (21), após deflagração da Operação Imperador pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), e foco nacional de denúncias divulgadas pelo Fantástico no domingo (22) no quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”.

Procurada pelo grupo Rdnews, a assessoria de imprensa da parlamentar disse que Janaina está abatida, prefere não se manifestar e mantém os celulares desligados. A social-democrata também cancelou a agenda externa prevista para essa semana e deve cumprir apenas com o expediente interno na Assembleia, comparecendo à reunião do Colégio de Líderes amanhã (23), assim como às sessões plenárias.

Entre os assuntos que podem entrar na pauta está a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), encampada pela parlamentar, para investigar a execução das obras da Copa, inclusive o VLT, principal alvo da reportagem exibida pela Rede Globo e ligam o nome do pai dela ao esquema de desvio de dinheiro ligado ao Mundial.

Receita espera declaração do IR de 27,5 milhões de contribuintes

Faltando poucos dias para o início do prazo de entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física de 2015, os brasileiros se preparam para acertar as contas com o Leão. Neste ano, o período vai de 2 de março a 30 de abril. A Receita Federal estima que 27,5 milhões de contribuintes façam a Declaração de Ajuste Anual — 500 mil a mais do que em 2014. Para muitos, preencher o documento pode parecer difícil. No entanto, com um pouco de paciência e organização, a tarefa não se mostra tão complicada.
De acordo com as regras divulgadas no início de fevereiro, são obrigados a declarar os contribuintes que, no ano passado, tiveram ganhos superiores a R$ 26.816,55 ou receberam mais de R$ 40 mil em rendimentos isentos, como saques do FGTS, lucro da poupança, heranças e doações. A declaração é exigida ainda de quem, mesmo não se enquadrando nos requisitos anteriores, teve bens cujos valores somados excederam a R$ 300 mil. Pessoas que obtiveram renda maior do que R$ 134.082,75 em atividades rurais, ou ganhos de capital em bolsas de valores também devem prestar contas.

Senado volta a discutir reforma política

20140811230420352461o
Depois de mais de 20 dias sem votação, o Senado retomará as atividades normais esta semana, com a definição dos presidentes e vices das 12 comissões permanentes e um debate sobre reforma política, que devem movimentar a Casa. Nas comissões, o problema é que os partidos de oposição – PSDB, PSB e DEM- não estão confiantes em relação ao processo. Querem que, ao contrário do que aconteceu na eleição da Mesa Diretora, quando só siglas governistas preencheram as vagas, desta vez, o critério da proporcionalidade dos partidos seja respeitado. Por causa da falta de acordo, a votação de propostas importantes está paralisada.
Responsável pelas negociações, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) acredita em um entendimento entre os partido durante reunião de líderes na terça-feira (24). Caso isso ocorra, a posse dos novos presidentes e vice-presidentes das comissões e a retomada dos trabalhos serão marcadas para o dia seguinte. Enquanto o comando das comissões não se define, o presidente do Senado, Renan Calheiros, convocou também para terça-feira uma sessão temática para debater a reforma política. Essa não será a primeira vez que a Casa vai discutir o tema em uma sessão especial. O primeiro debate nesses moldes foi realizado em agosto de 2013, motivado pelas manifestações populares de junho de 2013.

Presidente da Câmara decidirá criação de novas CPIs

cunhaPF
O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vai decidir nesta semana, entre os oito requerimentos para a criação de comissões parlamentares de Inquérito (CPIs), quais os que têm fatos determinado e justificam a criação. Os pareceres da consultoria da Mesa Diretora da Câmara sobre os oito requerimentos serão levados ao presidente da Câmara para que ele decida que comissões podem ser criadas. Cabe ao presidente da Casa a decisão final sobre a criação de CPIs, após o parecer da Secretaria da Mesa.
Até agora, Cunha criou apenas a CPI destinada a investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito da Petrobras, no período compreendido entre 2005 e 2015. O requerimento foi apresentado pelo líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), e mais 181 deputados. A CPI, que deverá continuar as investigações interrompidas na CPMI do Congresso no ano passado, será instalada quinta-feira (26) ao meio-dia, quando serão eleitos o presidente e os vices e designado o relator. Os dois cargos mais importantes da comissão – a presidência e a relatoria – estão sendo disputados pelo PMDB e pelo PT, partidos que têm as maiores bancadas.

Um milhão de pessoas confirmam presença em atos pelo impeachment de Dilma

Dilma Rousseff (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)Cinquenta dias depois de começar o segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff enfrenta uma onda pró-impeachment na internet. A consultoria Bites encontrou no Facebook 37 manifestações pela interrupção do mandato de Dilma, todas marcadas para o fatídico 15 de março. Mais de 1 milhão de pessoas confirmaram presença. A Bites checou seus perfis para evitar dupla contagem.
Por Felipe Patury

Oscar: ‘Birdman’ leva quatro estatuetas e é grande vencedor

Alejandro Gonzalez Inarritu ganhou prêmio de Melhor Diretor e Melhor Filme com Birdman
Alejandro Gonzalez Inarritu ganhou prêmio de Melhor Diretor e Melhor Filme com Birdman
A edição de número 87 do Oscar tem dono: Alejandro G. Iñárritu. O diretor mexicano e seu Birdman levaram quatro estatuetas na noite deste domingo (22) em cerimônia realizada no Dolby Theatre, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Outro longa que ganhou destaque foi O Grande Hotel Budapeste, de Wes Anderson, que também ganhou quatro prêmios, mas de categorias “menores”.
Veja os vencedores:
Melhor filme
Birdman
Melhor diretor
Alejandro G. Iñárritu (Birdman)
Melhor ator
Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo)
Melhor atriz
Julianne Moore (Para Sempre Alice)

Melhor atriz coadjuvante

Patricia Arquette (Boyhood)
Melhor ator coadjuvante
J.K. Simmons (Whiplash – Em Busca da Perfeição)
Melhor trilha sonora
O Grande Hotel Budapeste
Melhor fotografia
Birdman
Melhor figurino
Milena Canonero (O Grande Hotel Budapeste)
Melhor maquiagem e penteados
Frances Hannon e Mark Coulier (O Grande Hotel Budapeste)
Melhor animação em curta-metragem
Feast
Melhor animação
Operação Big Hero
Melhor design de produção
O Grande Hotel Budapeste
Melhor curta-metragem
The Phone Call
Melhor montagem
Whiplash
Melhor documentário
Citizenfour
Melhor roteiro original
Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris, Armando Bo – Birdman
Melhor roteiro adaptado
Graham Moore (O Jogo da Imitação)
Melhor filme estrangeiro
Ida (Polônia)
Melhor canção original
Glory – Selma
Melhor documentário em curta-metragem
Crisis Hotline: Veterans Press 1
Melhor mixagem de som
Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley (Whiplash)

Melhor edição de som

Alan Robert Murray e Bub Asman (Sniper Americano)
Melhores efeitos visuais
Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher (Interestelar)

Dilma faz afago a vice de olho no PMDB

dilma-e-temer
Pressionada a refazer pontes com o PMDB, a presidente Dilma Rousseff fez neste domingo (22) um aceno ao vice-presidente Michel Temer, considerado o principal expoente do partido aliado. A petista destacou o perfil conciliador do peemedebista e o classificou como um “grande articulador de consensos na política brasileira”.
Dilma afirmou ainda que Temer “tem responsabilidades essenciais”, como o “auxílio na condução” de seu governo. O afago ocorre depois que a Folha publicou reportagem que tratava do distanciamento entre os dois. Em nota, a Secretaria de Comunicação da Presidência afirmou que as informações não tinham fundamento e que Dilma e Temer “mantêm uma aliança e amizade permanentes, para além das intrigas”.

‘O sal da terra’ perde estatueta e Brasil continua sem Oscar

saldaterra
G1 – O sal da terra”, filme sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, perdeu neste domingo (22) o Oscar de melhor documentário. Dirigido pelo brasileiro Juliano Salgado, filho de Sebastião, e pelo alemão Wim Wenders, o longa poderia ter feito história: seria a primeira estatueta do Oscar a vir para o Brasil. Não foi desta vez: o país continua sem jamais ter levado uma estatueta. O filme “CitizenFour”, de Laura Poitras, sobre o vazamento de segredos dos EUA por Edward Snowden, foi eleito o melhor documentário.
A produção de “O sal da terra” é da companhia francesa Decia, com colaboração de produtoras do Brasil e da Itália. Os demais concorrentes ao Oscar de melhor documentário eram “Finding Vivian Maier”, “Last days” e “Virunga”. “O sal da terra” mostra a obra de Sebastião Salgado e sua forma de se aproximar da natureza para retratá-la.
Com imagens fixas que focam em detalhes o trabalho de Salgado, o longa resume mais de quatro décadas de viagens por todo o mundo, nas quais o brasileiro visitou áreas virgens e isoladas de todo contato humano. Apresentado no Festival de Cannes, “O sal da terra” ganhou o prêmio especial do júri da seção “Um Certo Olhar”. Também na França, ganhou nesta sexta-feira (20) o César.

Caixa vai tornar financiamento do imóvel mais rápido

size_810_16_9_Casa-em-cima-de-moedasA Caixa Econômica Federal começará a utilizar o registro eletrônico de imóveis no estado de São Paulo. De acordo com o banco, a tecnologia irá reduzir o tempo para liberação do financiamento imobiliário na região. O prazo necessário para registrar a casa ou apartamento é de um mês, em média. A expectativa da Caixa é que esse tempo seja reduzido para cinco dias com a ferramenta.
A maior agilidade na operação será possível por meio de uma parceria realizada entre a instituição financeira e a Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (ARISP), que representa os cartórios no estado. O banco passará agora a enviar o contrato de forma eletrônica para os cartórios, que deverão realizar o registro da unidade no prazo de cinco dias úteis. Ou seja, não será mais necessário que o cliente vá até o cartório realizar a operação e volte para buscar o documento e levá-lo ao banco.
Quem deseja financiar um imóvel deverá apenas entregar toda a documentação exigida para a conclusão do acordo e assinar o documento físico do registro do imóvel na Caixa, que ficará sob a guarda do banco. O comprador terá a cópia física do registro e o PDF do registro eletrônico.

Agripino diz que vinculação de seu nome à Operação Sinal Fechado é, além de falsa, uma infâmia

O senador José Agripino (RN) disse que qualquer tentativa de vinculação de seu nome à Operação Sinal Fechado, que investiga denúncia de corrupção no Detran/RN, é, além falsa, uma infâmia. Em nota, o parlamentar pelo RN afirmou desconhecer o teor da suposta acusação da qual é vítima. O programa Fantástico, da Rede Globo, deste domingo (22), trouxe reportagem sobre a operação que resultou, em 2011, uma investigação do Ministério Público Estadual sobre denúncia de corrupção na implantação da inspeção veicular no RN.
Em entrevista ao jornalista do programa, o senador negou qualquer envolvimento ao esquema de corrupção e ressaltou que vincular seu nome a essas denúncias é faltar completamente com a verdade. José Agripino lembrou ainda que o próprio delator George Olímpio, apontado como mentor do esquema, já divulgou nota aberta, registrada em cartório no Rio Grande do Norte, em que negou veementemente pagamento de qualquer quantia ao parlamentar do DEM.

Veja a íntegra da nota do senador José Agripino (RN)
Desconheço o teor da suposta acusação de que sou vítima.
Estaria eu sendo acusado pelo suposto delator de fatos que ele próprio, recente e voluntariamente, contestou e negou em testemunhal registrado em cartório no Rio Grande do Norte?
Estaria eu sendo objeto de denúncia de igual teor à que a Procuradoria Geral da República já teria apurado e arquivado?
Por que razão estes fatos, que não são novos, estariam sendo retomados neste momento?

Canal de transposição desmorona em cidade do Nordeste

CANAL-DE-TRANSPOSIÇÃO
Mais um exemplo de desperdício de recursos federais vem deste município, na região Centro-Sul do Ceará. O canal de adução ou transposição de água no Perímetro Irrigado Icó – Lima Campos não suportou a primeira chuva. Cerca de dois quilômetros foram totalmente destruídos. As placas de cimento foram arrastadas.
Segundo o Diário do Nordeste, o fato gerou revolta entre os agricultores que reivindicam o projeto há mais de 15 anos. A obra está orçada em R$ 15 milhões e é construída pelo consórcio formado pelas empresas Cosampa e Britânia.

Silval, Riva e Eder são acusados de esquemas de R$ 640 milhões; Mauro Savi também é citado

O programa Fantástico, da Rede Globo, apresentou neste domingo (22) uma extensa reportagem sobre esquemas de corrupção investigados pelo Ministério Público, em Mato Grosso. 

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB), o ex-deputado José Riva (PSD) e o ex-secretário de Estado Eder Moraes foram acusados de movimentar pelo menos R$ 640 milhões para lesar os cofres do Estado e patrocinar a corrupção, de diversas formas. 

O programa usou como base principal investigações feitas por meio da Operação Ararath, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF). O esquema se utilizava de factoring de fachada, do empresário Júnior Mendonça, da Amazônia Petróleo, para movimentar um esquema financeiro paralelo no Estado.

Mendonça, que fez delação premiada à Justiça e entregou o esquema, também apareceu na reportagem do Fantástico.

"Minha participação se dava com realizações de alguns empréstimos. Eu era procurado pelo Legislativo, pelo senhor Riva; pelo Executivo, pelo senhor Éder, que representava o governo do estado de Mato Grosso. O Riva ficou me devendo  R$ 5,721 milhões", disse Júnior Mendonça, ao programa. 


Ele também citou o deputado estadual Mauro Savi (PR), que assinou nota promissória em garantia ao empréstimo. 

Na reportagem são citados possíveis esquemas em obras da Copa do Pantanal, principalmente no VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), que já consumiu R$ 1 bilhão; e com gráficas, por meio de simulação de impressão de materiais, que teria drenado R$ 140 milhões dos cofres públicos.

O programa também trouxe imagens da prisão de Riva, ocorrida neste sábado, em sua residência, em Cuiabá. Ele é citado como "o maior ficha suja do país". Mídia News

Assista AQUI a íntegra da reportagem.