25 de março de 2015

SE VOCÊ NÃO FAZ A MENOR IDEIA DE QUANTO CUSTA UM POLÍTICO NO BRASIL, PRECISA LER ESSA MATÉRIA

por 
Quanto custa um político eleito no país? A resposta é: depende do cargo. Presidente, vice-presidente, governadores, senadores, deputados, vereadores, prefeitos… Existem hoje mais de 64 mil políticos democraticamente eleitos no Brasil, pagos com o dinheiro do seu imposto.

Só em 2013, nosso Congresso, composto pela Câmara dos Deputados e o Senado Federal, teve um orçamento de R$ 8 bilhões. Falando assim, em números totais, parece apenas mais alguns dos nlhões gastos pelo governo todo ano. Mas não se deixe enganar: é realmente muito dinheiro. É um gasto, aproximado, de quase 16 mil reais por minuto. São 23 milhões de reais por dia.

PMDB culpa Planalto por pedido de registro do PL e prepara retaliação no Congresso

Michel
Michel
O PMDB viu “jogo combinado” na demora da presidente Dilma Rousseff de sancionar a lei que cria uma quarentena para a fusão entre partidos – apelidado de projeto “anti-Kassab” – e promete retaliar o governo no Congresso e desencadear uma batalha jurídica para impedir a refundação do Partido Liberal.
O tema foi tratado ontem em reunião realizada no gabinete do vice-presidente Michel Temer (PMDB) com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o líder do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (CE), e o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga (PMDB-AM). No encontro, em que ficou clara a revolta com o Palácio do Planalto, eles culparam os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e das Cidades, Gilberto Kassab, pela articulação que abriu uma brecha para que o PL seja recriado e posteriormente fundido ao PSD.
O PMDB, maior partido aliado e que vive em clima de conflagração com o governo, trabalhou intensamente para impedir o registro do PL, sigla que está sendo montada por Kassab, presidente licenciado do PSD. O objetivo do ministro das Cidades é fundir os dois partidos e os peemedebistas veem nisso um movimento para enfraquecer o PMDB por meio da cooptação de parlamentares.
Isso porque a Justiça eleitoral não considera que a mudança para uma sigla recém-criada configura infidelidade partidária. Além disso, os parlamentares de uma legenda que vai se fundir com outra podem carregar consigo para a nova agremiação sua cota do fundo partidário.

Contran adia por mais três meses o uso de extintor veicular ABC

extintor-carro-ABCO Conselho Nacional de Trânsito (Contran) atendeu ao pedido do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, apresentado no início do mês de março ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para prorrogar por mais 90 dias a exigência dos novos extintores veiculares ABC.
Essa decisão foi tomada durante a reunião do Conselho nesta quarta-feira (25). Com a publicação no Diário Oficial da resolução 521/2015, a nova data será 1° de julho de 2015. O motivo para essa prorrogação é a falta do equipamento de segurança para venda no mercado. O Ministro Kassab e o Denatran querem garantir que os motoristas não sejam prejudicados diante da dificuldade de adquirir o equipamento de segurança.

Câmara aprova projeto que assegura mamografia a mulheres a partir dos 40 anos

sistema_de_mamografia_do_hospital_usp_sao_carlosO Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (25) o Projeto de Decreto Legislativo 1442/14, da deputada Carmem Zanotto (PPS-SC), que suspende parcialmente a Portaria 1.253/12, do Ministério da Saúde. A suspensão evita a recusa do exame de mamografia às mulheres na faixa de idade de 40 a 49 anos no Sistema Único de Saúde (SUS). A matéria deve ser votada ainda pelo Senado.
O texto aprovado é uma emenda da deputada Gorete Pereira (PR-CE), relatora pela Comissão de Seguridade Social e Família, que mantém a mamografia para essa faixa etária com o custeio por meio de recursos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec). A portaria permite a mamografia com recursos desse fundo apenas para a faixa etária de 50 a 69 anos, alterando a Tabela de Procedimentos do SUS.

PECs de Fabris acabam com reeleição na AL e podem colocar Janaína Riva na Mesa Diretora

Jardel P. Arruda
Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
PECs de Fabris acabam com reeleição na AL e podem colocar Janaína Riva na Mesa Diretora
Dois projetos de emenda parlamentares de autoria do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD) podem alterar significantemente a “regra do jogo” nas próximas eleições para Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em fevereiro de 2017. Em uma delas, ele prevê o fim da reeleição para o mesmo cargo, enquanto em outro o respeito da proporcionalidade dos partidos na composição e uma cota mínima de uma mulher no dispositivo.

Prefeito perde direitos políticos e é condenado a pagar R$ 157 mil por contrato sem licitação

Arthur Santos da Silva
Foto: Divulgação
Prefeito perde direitos políticos e é condenado a pagar R$ 157 mil por contrato sem licitação
O magistrado Valter Fabricio Simioni da Silva, da 2ª Vara de Paranatinga (370 Km de Cuiabá), condenou o atual prefeito do município, Vilson Pires, por ato de improbidade administrativa em seu mandato anterior. A sentença condenou, ainda, o dentista Jorge José Zamar Neto, acusado de não prestar corretamente os seus serviços.

Decisão de ir ou não para base do governo leva PR a “racha” interno

 Laíse Lucatelli
Foto: Maurício Barbant/AL
Decisão de ir ou não para base do governo leva PR a “racha” interno
A discussão sobre entrar ou não na base do governo Pedro Taques (PDT) levou o PR em Mato Grosso a um novo “racha”. Enquanto a direção da sigla defende que os republicanos permaneçam fora do governo, parte da bancada de cinco deputados estaduais não quer abrir mão das benesses de ser situação. Porém, o pouco espaço disponível para a sigla dentro do governo não teria agradado a todos.

Na manhã desta quarta-feira (25), o deputado Wagner Ramos (PR) anunciou, na tribuna da Assembleia Legislativa, que fará parte da base governista, já que o partido não decide que rumo tomar. “Desde o dia da eleição eu disse que trabalharia ao lado do governador Pedro Taques. Foi uma decisão que eu tomei até devido aos problemas da nossa região. Eu preciso do governo”, disse o deputado, que é de Tangará da Serra.

Chefe da delegacia de roubos e furtos de VG é preso acusado de gerenciar crimes em MT

Uma operação da Polícia Judiciária Civil (PJC), deflagrado na manhã de hoje (25), efetuou a prisão do chefe de operações da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, W.F., acusado de comandar um grupo de policiais destinados a cometer vários crimes no estado.

Além do chefe, outros agentes da própria PJC foram presos. Todos acusados de corrupção, extorsão, agiotagem. Venda de munições da corporação e outros crimes mais.

O secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque, afirmou que mandados de busca e apreensão também foram cumpridas em algumas cidades ao redor da capital.

Zaque disse ao Folha Max que “este é mais um exemplo de limpeza e moralização que o Estado passa’”.

Da Redação

Deputados e senadores criam Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras

frentepetro
210 deputados e 42 senadores criaram nesta quarta-feira (24) a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobras. O objetivo, segundo o coordenador da frente, deputado Davidson Magalhães (PCdoB-BA), é mobilizar a sociedade para a preservação do patrimônio e das atuais funções da empresa.
O deputado afirma que, em função dos desdobramentos da Operação Lava Jato, que apura corrupção na empresa, “estão sendo apresentadas propostas contrárias a esta orientação”. Davidson Magalhães diz que a corrupção na empresa não é sistêmica. Segundo ele, a Petrobras continua sendo a maior petrolífera de capital aberto do mundo e responde por 10% do Produto Interno Bruto e quase 17% dos investimentos nacionais.

Com maior número de investigados na Lava Jato, PP adia convenção

Com maior número de citados na lista de investigados por desvios na Petrobras, integrantes da cúpula do PP decidiram adiar a convenção nacional do partido prevista para o próximo dia 9 para daqui a seis meses. Segundo a Agência Estado, a decisão, tomada na noite de ontem em reunião da Executiva Nacional, foi influenciada pelo envolvimento de alguns dos principais nomes na Operação Lava Jato.
A ideia é manter o partido coeso “neste momento de exposição”. O PP é o que tem o maior número de investigados, com 32, dos quais, três senadores, 18 deputados e 11 ex-deputados. Entre eles está o próprio presidente nacional, senador Ciro Nogueira (PI).

Ministro garante entrega da transposição do São Francisco para 2016

betointegra
O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, garantiu a entrega da Transposição do Rio São Francisco para o final de 2016. A declaração foi dada durante audiência pública na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, criada para acompanhar as obras. Segundo ele, cerca de 74% do projeto está concluído e R$ 6 bilhões já foram investidos. O orçamento total da obra é de R$ 8,2 bilhões.
De acordo com o deputado Beto Rosado, único representante do Rio Grande do Norte na comissão, o relatório apresentado pelo ministro foi importante para elucidar a real situação das obras. Durante a audiência, ele questionou Gilberto Occhi sobre o ramal que levará as águas do Velho Chico para a bacia do rio Apodi-Mossoró. Beto lembrou que esse trecho ainda não foi licitado e que a população do estado está preocupada, pois sem a ligação, a obra não chegará ao oeste do estado.

Ministro da Comunicação Social pede demissão

thomas_traumann
O governo anunciou nesta quarta-feira a saída do ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann. Segundo nota emitida pelo Palácio do Planalto, ele pediu demissão à presidente Dilma Rousseff. O comunicado não informa quem assumirá o posto.
Thomas Traumann entrou de férias na semana passada, logo após a divulgação de um documento interno, elaborado pela Secretaria de Comunicação, que admitia o “caos político” atual e sugeria o uso de robôs para melhorar a imagem do governo nas redes sociais.
A nota emitida para divulgar a saída do ministro afirma que a presidente agradeceu “a lealdade” de Traumann. Ele estava no cargo desde 31 de janeiro de 2014, após a saída de Helena Chagas. Esta é a segunda baixa no ministério de Dilma antes dos 100 dias de governo. Na semana passada, Cid Gomes, da Educação, perdeu o cargo após confrontar parlamentares em uma audiência na Câmara Federal.

Em fase de testes, chamada de voz pelo WhatsApp consome dados e é instável

whats
Alguns usuários brasileiros têm conseguido habilitar o serviço de voz do WhatsApp em smartphones Android atualizando o aplicativo e recebendo uma “ligação-convite” de alguém com o recurso. Apesar da repercussão, o fato é que a chamada por voz está em fase de testes e ainda é instável (funciona vez ou outra).
Desde o início de março, várias pessoas têm postado em redes sociais sobre a habilitação do recurso. Porém, oficialmente, a desenvolvedora nem se pronunciou sobre o assunto. A única informação que o WhatsApp deu sobre o serviço foi feita no ano passado por Jan Koum, diretor-executivo da companhia. Na ocasião, ele disse que o aplicativo teria chamada de voz, mas sem explicar exatamente quando seria habilitado.
Após fazer a atualização e receber a chamada, é exibida uma terceira coluna no app chamada “ligações”. Nela, são exibidos o histórico de chamadas feitas e recebidas no aplicativo. Além disso, aparece um ícone de telefone para fazer ligações para os contatos. Porém só será efetuada caso a pessoa tenha também a última versão do aplicativo.

Ex-prefeito invade plenário e agride vereador a socos - vídeo

Uma cena lamentável na câmara municipal de Orlândia, interior de São Paulo. Um ex-prefeito invadiu o plenário e agrediu um vereador a socos. Os vereadores Luis Antônio Abreu, o Goiano, do PSB, que é da situação, e Michele Junqueira, do PMDB, da oposição trocaram acusações.
Com o clima tenso, o presidente da Câmara decidiu fazer um intervalo. Antes da sessão ser retomada, o ex-prefeito, Oswaldo Junqueira Neto, marido da vereadora Michele, invadiu o plenário e partiu pra cima do vereador Goiano. Ele atacou o vereador pelas costas com um soco. Os dois foram parar no chão. Os outros vereadores entraram para separar a briga.
Durante a briga, o ex-prefeito Oswaldo Junqueira e o vereador Luis Antônio de Abreu caíram. Na confusão, entortaram o mastro da bandeira brasileira e quebraram o vidro de uma janela. O vereador fez exame de corpo de delito e registrou boletim de ocorrência contra o ex-prefeito. O presidente da Câmara ainda não sabe ao certo que medidas vão ser tomadas. O ex-prefeito, que é do PMDB e administrou a cidade por sete anos, explicou por que agrediu o vereador. “Com ele não dá para conversar”, afirma.

Na Paraíba, mais 10 prefeitos são multados por descumprimento à Lei de Transparência Pública

A falta de cumprimento à Lei de Acesso à Informação levou a 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado a decidir pela aplicação de multas a mais 10 prefeitos municipais, que deixaram de publicar, em tempo real, pelo menos uma das exigências de conteúdo mínimo de informações sobre receita e despesa que devem ser divulgadas na internet..
Foram multados os gestores municipais de Assunção (1.436,32), Ibiara (1.795,40), Itaporanga (2.567,42), Olho D’Água (2.154,45), Piancó (8.869,26), Igaracy (2.254,00) e Puxinanã (4.201,00), sob a relatoria do conselheiro Arnóbio Alves Viana. São Domingos do Cariri (2.154,47) teve como relator o conselheiro Nominando Diniz.

Dilma sanciona com vetos lei sobre fusão de partidos

dilmadiscuros
A presidenta Dilma Rousseff sancionou com dois vetos, a Lei 13.107, que trata da fusão de partidos políticos. A lei estabelece tempo mínimo de cinco anos de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que partidos possam se fundir. A lei e os vetos estão publicados na edição de hoje (25) do Diário Oficial da União.
Em caso de fusão ou incorporação, a lei determina que os votos dos partidos que se juntaram sejam somados para definir o acesso a recursos do Fundo Partidário e ao horário eleitoral gratuito no rádio e na TV.
Um dos vetos retirou da lei a possibilidade de que políticos com mandato, eleitos por outras legendas, pudessem se filiar ao novo partido criado por fusão sem perder o mandato.
O outro trecho vetado tratava do registro das siglas criadas por fusões. No texto aprovado pelo Congresso, estava previsto que a existência legal do novo partido se daria a partir do registro do estatuto e do programa no Oficial Civil do Distrito Federal.

MP pede o cancelamento de pregão de absorventes; prefeita não anulará

Tarso Nunes

O Ministério Público pede que a prefeita de Nova Bandeirantes, Solange Sousa Kreidloro (PSD), suspenda imediatamente os contratos celebrados para aquisição de 230 pacotes de absorventes íntimos, 370 aparelhos de barbear, erva-mate, garrafas térmicas e 105 escovas para cabelo, no total de R$ 249 mil. A social-democrata tem um prazo de 48h a partir da notificação para tomar as medidas necessárias. A solicitação foi feita na segunda (23).

De acordo com o promotor Ricardo Augusto Farias Monteiro o não encaminhamento da resposta será entendido como negativa no atendimento e, por isso, medidas cabíveis serão realizadas. “Ensejando as providências para a anulação do certame e responsabilização pela prática de improbidade administrativa”, alerta o promotor.

Segundo ele, além do descumprimento das vedações no que se refere ao conteúdo do objeto a ser licitado, houve flagrante desrespeito aos princípios da moralidade e da probidade administrativa. A melhor alternativa, conforme o MPE, será a anulação do procedimento licitatório.

Neste sentido, o promotor define que um objeto a ser licitado precisa trazer benefícios à administração pública, excluindo, assim, aquisições de bens e serviços duvidosos ou indesejáveis. “Devendo ser descrito de forma a traduzir a real necessidade do Poder Público, com todas as características indispensáveis, afastando-se, evidentemente, as características irrelevantes e desnecessárias”, destaca. 

Outro lado

A prefeita afirma que até o momento não foi notificada pelo MP, mas antecipa que não pretende cancelar o pregão, uma vez que, segundo ela, foi feito dentro da legalidade e respeitando a legislação. “Vamos entrar com pedido de não cancelamento. Não tem nada de errado”, afirma a social-democrata. (Com assessoria)

2ª INSTÂNCIA: 44 ações contra Bosaipo voltam ao TJ

O ex-conselheiro do Tribunal de Contas (TCE) Humberto Bosaipo teve ao menos 44 ações penais encaminhadas do STJ (Brasília) para o Tribunal de Justiça (Cuiabá), em razão da renúncia do cargo vitalício, em dezembro passado, que o fez perder o foro privilegiado. Os processos são denúncias da época em que Bosaipo era presidente da Assembleia. O ex-conselheiro responde pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.
Na carta de renúncia, obtida com exclusividade pelo Blog do Romilson - veja aqui, Bosaipo lembra que foi nomeado em dezembro de 2007. Mas que deixaria o Pleno do TCE por uma questão de "cunho pessoal". A tendência, contudo, é que o ex-conselheiro tenha deixado o posto com intuito de ganhar tempo. Com a volta dos processos para o TJ, ele terá mais instâncias para recorrer de um possível revés.
Antes de renunciar ao cargo vitalício, o ex-conselheiro estava afastado e recebendo o salário normalmente, que somou mais de R$ 1,2 milhão desde março de 2011. Bosaipo tinha o direito de ganhar R$ 26,4 mil por mês. Isso representa R$ 2,8 mil a menos que os seus colegas que ganham quase R$ 30 mil. Bosaipo foi nomeado em 2007, afastado em 2011 e renunciou em 2014.

Menina de dois anos fica bêbada depois de garçonete confundir suco com bebida alcoólica e servir criança

Menina de dois anos fica bêbada depois de garçonete confundir suco com bebida alcoólica e servir criança
Uma menina de dois anos ficou bêbada depois que uma garçonete lhe serviu álcool ao invés de suco.

Derek e Tiffany Gilliam, pais da criança, ficaram preocupados quando a filha Gabriela, de 2 anos, começou a cambalear e beijar tudo o que via pela frente em um restaurante.

A menina começou a agir estranhamente depois que bebeu um pouco de “suco” no local.

A família jantava reunida para comemorar o 25º aniversário de Derek, no Texas Roadhouse, em Asheville, EUA, quando o incidente aconteceu.

Gabriela, de dois anos de idade, ficou bêbada em Asheville, EUA, depois que uma garçonete lhe serviu, equivocadamente, sangria ao invés de suco.

Os pais de Gabriela não sabiam, mas a filha estava bêbada.

Isso aconteceu porque a garçonete serviu uma sangria, um tipo de bebida alcoólica, no lugar de um suco de fruta à menina.

Gabriela reclamou que o “suco” tinha um gosto estranho e depois disso os pais disseram que ela não precisava bebê-lo.

Depois de levarem a filha ao hospital, dado o estranho comportamento, os pais foram informados que ela estava alcoolizada.

O restaurante admitiu a que garçonete serviu a bebida errada à mesa da família e lhes pediu desculpas.

Júnior Mendonça foi dono da mansão de José Riva por quase um ano e meio

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
Júnior Mendonça foi dono da mansão de José Riva por quase um ano e meio
Delator da Operação Ararath, Gércio Marcelino Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça, afirmou em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), obtido com exclusividade pelo site Olhar Direto/Olhar Jurídico, que em setembro de 2006, quando realizou o primeiro empréstimo ao ex-deputado José Geraldo Riva, no valor de R$ 2 milhões, obteve como garantia os lotes 07, 08, 09 e 18 do bairro Santa Rosa, em Cuiabá, onde está construída a casa do ex-parlamentar.

ROMBO DE R$ 8 MILHÕES: Gaeco diz que empresário de Cuiabá liderou esquema na Setas

LISLAINE DOS ANJOS

Institutos como o Concluir assumiram contratos
milionários com o Estado, na gestão anterior
O empresário Paulo César Lemes é apontado, pelos promotores do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, como o chefe do suposto esquema que teria desviado mais de R$ 8 milhões da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), ao longo dos anos de 2012 e 2013.

Conforme apontam as investigações da Operação Arqueiro, deflagrada em abril do ano passado, Lemes é o real proprietário dos "falsos" institutos de Desenvolvimento humano (IDH), de Desenvolvimento Profissional do Brasil (Indesp) e Concluir, que seriam sem fins lucrativos.

Tais institutos assumiram contratos milionários com o Governo do Estado naquele período.

Segundo o Gaeco, Lemes formou uma verdadeira “organização criminosa”, que contava com o apoio de sua esposa, Joeldes Lazzari Lemes, “testas de ferro”, parentes, funcionários públicos e empresários para “firmar convênios fraudulentos com a administração pública”, por meio dos falsos institutos já citados, “com o objetivo final de desviar dinheiro público”.

Vereadores são presos durante operação acusados de pedir propinas em um total de R$ 1,2 milhão


Vereadores de São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram presos na manhã desta terça-feira (24) durante uma operação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). De acordo com a Polícia Militar (PM), que participa da ação, seis parlamentares foram detidos, sendo três presos e três conduzidos para depoimento. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas casas e nos gabinetes dos políticos.

De acordo com a promotora de Justiça Paula Lino, os vereadores pediram propinas em um total de R$ 1,2 milhão para aprovar projetos ligados a setores diverso. Seis empresas chegaram a receber o pedido do pagamento e colaboram com as investigações. Esses pagamentos irregulares não foram confirmados. A promotora informou que as investigações, iniciadas em dezembro, partiram da denúncia anônima.

Câmara aprova aplicação imediata de lei das dívidas estaduais e municipais

Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, por 389 votos a favor e duas abstenções, projeto que permite a aplicação da lei da renegociação das dívidas de estados e municípios sem necessidade de regulamentação. O projeto terá agora de ser votado no Senado.
No ano passado, o Congresso Nacional aprovou projeto de lei que permite ao Executivo federal aplicar um novo indexador aos contratos assinados pela União na década de 1990 que renegociaram as dívidas de estados e municípios. Com isso, o governo federal poderia, por meio de contratos aditivos, definir um índice mais favorável para estados e municípios do que o atualmente em vigor.
A lei, sancionada pela presidente Dilma Rousseff mas ainda não regulamentada, prevê que as dívidas estaduais e municipais possam ser corrigidas pela taxa Selic ou pelo IPCA – o que for menor – mais 4% ao ano. Atualmente, os débitos de prefeituras e governos estaduais com a União são corrigidos pelo IGP-DI mais 6% a 9% ao ano, índice mais oneroso.

Partido Liberal pede registro do estatuto no TSE

20120727105130_cv_tse_gdeO pedido de registro do estatuto, do programa e do órgão de direção nacional do Partido Liberal (PL) chegou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PL afirma já ter cumprido todas as exigências legais previstas na Resolução TSE 23.282/2010, que regulamenta a criação de novas legendas, inclusive a obtenção do apoiamento mínimo de eleitores previsto na norma.
O partido informa ter obtido 167.627 mil assinaturas, sendo que 67.924 já foram consolidadas e 99.703 foram certificadas. Acrescenta que “o restante das assinaturas para a integralização do apoiamento mínimo necessário, que é de 484.169, foi colhido e está em procedimento de certificação perante os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e as Zonas Eleitorais (ZE)”.
Segundo o PL, no pedido de registro do partido Rede Sustentabilidade, o TSE permitiu a “juntada das certidões avulsas dos cartórios eleitorais durante a tramitação do pedido de registro e até mesmo após o seu julgamento, caso não obtido o apoiamento mínimo”. A legenda argumenta que, “no presente caso, há as mesmas ocorrências que justificaram o pedido de juntada posterior feito pela Rede”, uma vez que “alguns cartórios eleitorais não têm observado os prazos para cumprimento do processo de verificação das assinaturas de apoiamento e também têm rejeitado muitas assinaturas sem justificativas, o que acaba gerando prejuízos ao PL em razão da demora”.

Pão deverá ficar até 12% mais caro em abril, segundo fabricantes

pao francesO pãozinho de todas as manhãs deverá ficar mais salgado no mês que vem. O preço do pão deverá subir até 12% em abril no país, de acordo com entidades que representam os fabricantes do setor, em razão das recentes altas do dólar e da energia elétrica.
Nos últimos 12 meses, o pão subiu 5,40%, de acordo com o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial. Apenas em fevereiro, a alta foi de 1,23%. O dólar cotado acima dos R$ 3 – moeda base para a compra do trigo importado– e o aumento nas tarifas de energia elétrica forçam o custo da indústria, que logo deverá repassar o aumento ao consumidor, afirmam fabricantes.

Está na hora de criar o ‘menos ministérios’, afirma presidente do Senado

20150105033822_cv_RENANimagesCA4LVKYC_gdeO presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou a criticar as medidas econômicas do governo Dilma Rousseff nesta terça-feira, 24. Nem a base aliada, da qual o PMDB também faz parte, foi poupada. “O momento é difícil, o momento é grave. Só os alheados divergem da magnitude desse diagnóstico”, disse, em alusão aos parlamentares que saem em defesa da administração federal. Segundo ele, está na hora de diminuir o tamanho do Estado. “Se nós aplaudimos o Mais Médicos, está na hora do ‘menos ministérios'”, afirmou.
Renan criticou o excesso de cargos comissionados, indicações políticas e o “aparelhamento” Estado. “Nada mais justo, em tempo de sacrifícios para a sociedade, que o governo dê o exemplo”, completou. Desde a semana passada, após os protestos contra o governo, lideranças do PMDB começaram a defender uma reforma administrativa. A estratégia é melhorar a imagem do partido e tentar se dissociar da disputa por cargos.

Facebook pode hospedar conteúdo de sites de notícias

facebookCom 1,4 bilhão de usuários, o Facebook tornou-se uma fonte vital de tráfego para os editores que buscam atingir um público cada vez mais fragmentado colado a smartphones. Nos últimos meses, o Facebook foi discretamente conversar com empresas de mídias, pelo menos meia, sobre a hospedagem de seu conteúdo dentro do Facebook ao invés de fazer os usuários clicar em um link para ir para um site externo.
Tal plano representaria um salto de credibilidade para organizações de notícias acostumadas a manter os seus leitores dentro de seus próprios ecossistemas. Facebook tem tentado eliminar os receios, falando sobre sob condição de anonimato entre outras questões.
Facebook pretende começar a testar o novo formato nos próximos , os parceiros devem ser The New York Times, BuzzFeed e National Geographic, embora outros possam ser adicionados.
Para tornar a proposta mais atraente para as editoras, o Facebook tem discutido formas dos editores ganharem dinheiro com publicidade que iria correr ao lado do conteúdo.

PT admite erros políticos e prega ‘renascimento’

ruifalcao
Josias de Souza destaca que o presidente do PT federal, Rui Falcão divulgou um artigo sobre o 5º Congresso da legenda, que ocorrerá em junho. Defendeu um “reencontro” dos petistas “com o PT dos anos 80”. Manifestou o desejo de “reatar com movimentos sociais, juventude, intelectuais, organizações da sociedade”. Reconheceu que tais segmentos, antes “representados” no partido, hoje lhe são “alheios, indiferentes ou, até, hostis”. Atribuiu o fenômeno a “alguns erros políticos” cometidos pelo PT.
Isolado no Legislativo e fustigado nas praças, o PT agora considera que as alianças partidárias já não bastam para assegurar a sustentação do governo Dilma Rousseff. Falcão escreveu que “é vital ampliar a governabilidade meramente institucional e estendê-la à sociedade, levando às ruas a defesa do programa vencedor, organizando a população para defender o nosso projeto e a lutar por reformas estruturais.” Não explicou como o meio-fio irá prover os votos que os aliados sonegam a Dilma no Congresso.
A certa altura do artigo, Falcão reconheceu indiretamente que os 12 anos de poder federal levaram o PT à sepultura. Esse reconhecimento aparece no trecho em que o companheiro escreve que o retorno às ruas “vai exigir do PT um renascimento.” Só pode renascer, por óbvio, quem já morreu.

PMDB obriga Dilma a renegociar dívidas

Principal aliado do governo Dilma Rousseff, o PMDB subiu nesta terça (24) o tom das críticas aos pontos estratégicos da política econômica ao ameaçar mudar o ajuste fiscal e obrigar o governo a renegociar, em 30 dias, com juros mais baixos, as dívidas de Estados e municípios.
Em um momento de fragilidade, com reprovação que só não supera a de Fernando Collor no pré-impeachment, Dilma já admite ceder em parte às pressões de aliados, mas os peemedebistas defendem mudanças mais profundas.

Novo Código: artigo irrita juízes e advogados

foro_privilegiadoUm impecável artigo do novo Código de Processo Civil irritou juízes e advogados – alguns em altas posições da magistratura. Trata-se do artigo 144, que lista as situações de conflitos de interesses que devem fazer um juiz declarar-se impedido.
Diz o texto que o juiz deve dar-se como impedido em um processo que tenha como parte cliente de um escritório de advocacia em que seu cônjuge, companheiro ou parente, até o terceiro grau, trabalhe. Isso complica a vida de muitos juízes cujos filhos, por exemplo, são advogados

PL pede registro do estatuto no TSE

O pedido de registro do estatuto, do programa e do órgão de direção nacional do Partido Liberal (PL) chegou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PL afirma já ter cumprido todas as exigências legais previstas na Resolução TSE 23.282/2010, que regulamenta a criação de novas legendas, inclusive a obtenção do apoiamento mínimo de eleitores previsto na norma.