30 de março de 2015

Nortão: fiscais queimam 2 caminhões e apreendem 2,5 mil metros de madeira extraída ilegalmente


Dois caminhões queimados e apreendidos cerca de 2,5 mil metros cúbicos de madeira (pelo menos 1.500 toras). Este é o saldo da operação Apoena, hoje em uma área em União do Sul (130 km de Sinop) onde estava sendo feita retirada ilegal de madeira. Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam a madeira que estava em quatro caminhões, em uma área de reserva legal de uma fazenda. A estimativa é que a carga tenha valor de mercado de aproximadamente R$ 3 milhões, já que é composta de madeiras nobres, entre elas, itaúba e cedrinho.

ARTIGO: 31 de março é um dia que merece luto nacional

Geisel, de óculos escuros, foi um dos horrores nacionais

Num país, algumas datas são para celebrar. Outras, para lamentar.
O dia 31 de março é para lamentar.
Há 50 anos, uma conspiração destruiu uma democracia com o argumento cínico de que estava exatamente preservando a democracia.
O que havia de mais atrasado na sociedade da época se juntou na trama: militares, CIA, políticos conservadores e grandes empresários do jornalismo, como os Mesquitas, Roberto Marinho e Octavio Frias de Oliveira.
A administração que nasceu dessa aliança foi um colosso da inépcia. O Brasil piorou dramaticamente – excetuado o pequeno grupo que tomou conta do Estado.
 A desigualdade floresceu.
O país se favelizou. Conquistas trabalhistas foram extirpadas, como a estabilidade. Greves – a única arma dos trabalhadores – foram proibidas. O ensino público que era excelente – e promovia a mobilidade social – foi devastado, com a perseguição a professores e o controle obsceno do que era ensinado nas salas de aula.
O Brasil deu um passo gigantesco para trás em 31 de março de 1964.
Os generais presidentes – Castelo Branco, Costa e Silva, Médici, Geisel e Figueiredo – merecem um esculacho eterno.
Falavam em combater a corrupção dos civis e não conseguiram criar em seu partido, a Arena, nada que fosse além de Paulo Maluf.
Foram mais de vinte anos de pesadelo.
Alguns cúmplices dos militares acabaram também se dando mal. Carlos Lacerda, o eterno conspirador, queria que eles derrubassem João Goulart e preparassem o terreno para que ele, Lacerda, ascendesse à presidência.
Os Mesquitas foram obrigados a publicar receitas para ocupar o espaço de textos censurados.
Frias foi submetido à humilhação de receber uma ordem telefônica para demitir o diretor de redação Claudio Abramo, e obedeceu.
Passou.

Mas é bom não esquecer que 31 de março é um dia para lamentar.

Deputados do PR selam postura de "independência e liberdade" ao governo em reunião com Fagundes

Jardel P. Arruda
Foto: Assessoria
Deputados do PR  e selam postura de
A bancada estadual do Partido da República se reuniu com o presidente regional da sigla, senador Wellington Fagundes, no final da tarde desta segunda-feira (30), e alinhou pensamentos no sentido de se manter fora da base de apoio ao governador Pedro Taques (PDT). Contudo, os republicanos terão liberdade para votarem junto com os governistas sempre que acharem necessário.

Uma segunda reunião deve ser convocada para depois do feriado da Páscoa, com a presença do senador Blairo Maggi (PR) e membros da Executiva Estadual do PR para definição de uma posição oficial e definitiva do partido. Enquanto isso, os parlamentares continuam tendo a possibilidade de apoiar o Governo de forma individual.

INDÚSTRIA: MT tem a 2ª energia mais cara no país

O Brasil aparece em primeiro lugar em um ranking de 28 países com a energia mais cara para o setor industrial, feito pela Firjan(Federação das Indústrias do Estado do Rio). O preço médio da energia para a indústria no Brasil é de R$ 534,28 por megawatt-hora (MWh).

Na comparação ente os Estados, Mato Grosso fica em segundo lugar – R$ 640,87 o MWh. Só perde para o Rio de Janeiro – R$ 664,28 o MWh. As informações são do Uol.

CCJ da Câmara aprova pedido para agilizar votação da PEC da maioridade penal

maioridade
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou há pouco, por 32 votos a 15, a inversão de pauta, solicitada pelo deputado Felipe Maia (DEM-RN), para que a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, seja feita antes da análise da ata da reunião anterior.
Deputados do PT e do Psol questionaram a falta de orientação de partidos sobre a votação. “Todas as votações devem ter orientação de bancada. A orientação é para tentar avançar o debate”, afirmou o deputado Ivan Valente (Psol-SP). O presidente da comissão, deputado Arthur Lira (PP-AL), permitiu a orientação por bloco partidário. Com isso, foi reduzido o tempo de debate.

Temer rebate Cunha: “o PMDB está no governo”

20121210103937_cv_1temer_gdeO vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou nesta segunda-feira, 30, que a participação de seu partido na formulação das políticas públicas aumentou com a presença dele e de outros integrantes da sigla no conselho político do governo.
“De quatro semanas para cá, estamos tomando deliberações em conjunto, então nesse sentido o PMDB está no governo”, afirmou a jornalistas após participar de um fórum sobre reforma política, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. A afirmação rebate a fala do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) que em entrevista ao jornal O Globo disse que o partido “finge que está no governo” e que o governo “também finge que o PMDB está lá”.

Radialista é assassinado a tiros no interior do Ceará

radioCE
Um radialista foi assassinado à bala na tarde desta segunda-feira (30) em Brejo Santo, no interior do Ceará. De acordo com a Polícia Militar, Patrício Oliveira saía de motocicleta da rádio onde trabalhava, no centro da cidade, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto, que dispararam e fugiram. Ainda de acordo com a Polícia Militar, os fugitivos disparam vários tiros e pelo menos dois dele atingiram a vítima. Os policiais fazem buscas pelos suspeitos e receberam reforço da Polícia Militar de cidades vizinhas a Brejo Santo.
Até a tarde desta segunda-feira, ninguém havia sido preso. A Polícia Militar diz ter identidade dos suspeitos e faz buscas na zona rural do município. A polícia desconhece a causa do crime, mas descarta a possibilidade de latrocínio, já que os pertences da vítima não foram roubados. A Polícia Civil vai investigar se o homicídio tem relação com as críticas que o radialista fazia em seu programa.

Cantor de banda é morto com tiros nas costas

cantor mortoO vocalista de uma banda de Santos, litoral de São Paulo, foi assassinado a tiros durante a madrugada desta segunda-feira (30/3). Segundo informações de testemunhas, Dan Nunes, de 25 anos, dava um autógrafo para uma fã quando foi atingido por disparos nas costas.
O músico do grupo Tr3vo havia acabado de se apresentar em um show no Baccará Bar E Grill, na Rua Oswaldo Cochrane, no bairro do Embaré. Há relatos de que o crime foi cometido por uma de duas pessoas que estava em um carro preto que se aproximou do local.
A ocorrência foi registrada em uma delegacia da região. As câmeras de monitoramento instaladas no local devem ajudar a polícia durante a investigação. Ninguém foi preso.
Correio Braziliense

PT lança manifesto e diz que “está sob forte ataque

estrelas PT
O PT divulgou hoje (30) manifesto, aprovado pelos 27 diretórios estaduais, em que diz “está sob forte ataque”. O documento foi divulgado durante reunião da Executiva do partido, em um hotel da zona sul de São Paulo. A legenda destaca que não é a primeira vez que passa por essa situação e lembra o caso do sequestro do empresário Abílio Diniz, em dezembro de 1989, quando foi acusada pelo ato.
O texto diz ainda que “nunca como antes, porém, a ofensiva de agora é uma campanha de cerco e aniquilamento” e que o atual movimento contra o partido busca criminalizá-lo. A sigla não cita quem seriam os culpados pelo ataque, mas dirige as críticas aos “maus perdedores no jogo democrático” que “tentam agora reverter, sem eleições, o resultado eleitoral”. Segundo a legenda, tentam “fazer do PT um bode expiatório da corrupção nacional e de dificuldades passageiras da economia”.

Votação na CCJ da PEC da Maioridade Penal é adiada para amanhã

A votação da admissibilidade da proposta de emenda à Constituição (PEC), que propõe reduzir de 18 para 16 anos a maioridade penal, foi adiada para amanhã (30) na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ). Depois de uma longa discussão e de várias tentativas de obstrução por 41 votos a sete, os deputados da CCJ aprovaram requerimento para o encerramento da discussão.
Com a aprovação do encerramento de discussão, a PEC poderia ser colocada imediatamente em votação, mas o presidente da CCJ, deputado Arthur Lira (PP-AL), preferiu abrir espaço para debater a proposta antes de colocá-la em votação. Se inscreveram novamente para debater a admissibilidade da redução da maioridade penal 26 deputados que integram a CCJ.

Pedro Henry cumpre 1 ano e meio de prisão e pode sair da cadeia em 2020

O ex-deputado federal Pedro Henry, condenado no caso “Mensalão” a 7 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, já cumpriu quase um ano e meio de pena, desde que foi preso em dezembro de 2013. A previsão é de que Henry deixe a prisão em 2020. Entretanto, segundo o advogado do ex-parlamentar, Luiz Alberto Derze, ele poderá deixar antes do previsto.

Isso porque, a pena de Henry deve diminuir em decorrência do trabalho, estudo e o uso da leitura no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), onde dorme ao final do expediente. Atualmente está sob o regime semiaberto. “A última vez que fiz os cálculos, a previsão era para sair em 2020, mas isso deve ocorrer antes”, analisa a defesa.

Em relação ao pagamento da multa de R$ 1,3 milhão, Henry paga de forma parcelada. O ex-deputado é funcionário do Hospital Santa Rosa, e recebe salário de R$ 7,5 mil mensais. Diante disso, o advogado afirma que ele requereu ao Supremo Tribunal Federal para que cumpra pena em regime aberto. “Deve ser levado ao Plenário do STF no próximo mês. Estou confiante, pois Henry já cumpriu 1/6 da pena e tem bom comportamento carcerário”

Petrobras

Além de cumprir pena do Mensalão, Pedro Henry foi denunciado por suposto envolvimento no escândalo da Petrobras, deflagrado pela Polícia Federal, na Operação Lava Jato. Com isso, o STF abriu inquérito contra o ex-deputado e mais 48 possíveis envolvidos com a corrupção no país.

SOB AUDITORIA: Seduc abre processo para investigar contrato com Gráfica Print

DOUGLAS TRIELLI

O secretário de Estado de Educação, Perminio Pinto (PSDB), instaurou processo administrativo para apurar uma suposta inexecução total de um contrato firmado pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) com a Gráfica Print.

De acordo com a portaria, publicada no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (27), o referido contrato foi assinado em outubro de 2013 pelo então secretário da pasta e atual deputado federal, Ságuas Moraes (PT), com os empresários Dalmi Fernandes Defanti Junior e Fábio Martins Defanti.

O contrato no valor de R$ 232.730,00 serviria para prestação de serviços gráficos para atender a Superintendência de Diversidades Educacionais da Seduc.

A comissão que irá conduzir o processo será composta por três servidores públicos estadual: Guiomar Alves Martins, Mariuza Rodrigues Urcino, e Elzimar Rodrigues de Moura.

“A referida Comissão inicie suas atividades no prazo de 05 dias da publicação desta Portaria em Diário Oficial do Estado, devendo concluir seus trabalhos no prazo de 90 dias, a contar da notificação do representante legal da empresa, admitida a prorrogação por igual prazo”, diz trecho da publicação.

Conforme a portaria, a empresa poderá se defender das acusações de não ter cumprido o edital.

Histórico polêmico

A dupla de irmãos dono da gráfica foi alvo da operação "Edição Extra", deflagrada em dezembro de 2014, que investiga fraudes em licitação para contratação de empresas para fornecer serviços gráficos ao Governo de Mato Grosso.

O esquema pode ter desviado cerca de R$ 40 milhões dos cofres públicos.

De acordo com a denúncia, o esquema teria se iniciado com a montagem de um grupo de gráficas, que combinava quem iria vencer os lotes licitados no Estado.

Alguns concorrentes "independentes", que entravam na disputa do pregão, teriam recebido dinheiro das gráficas que fariam parte do esquema, para desistir da licitação.

Com os concorrentes fora do páreo, as gráficas que fariam parte do esquema se articulavam para ganhar os lotes, vários deles com valores milionários.

A partir daí, havia uma simulação em relação ao número de materiais impressos. Ou seja, as gráficas receberiam por um volume de impressos, mas, em tese, só imprimiriam uma quantidade ínfima dos mesmos.


Ambos tiveram prisões preventivas decretadas em dezembro, mas foram libertados depois de cinco dias.

Euros: Bilionário teria tocado fogo em 21 milhões; veja


Preso em flagrante no Aeroporto Marechal Rondon, na última sexta-feira (27), por tentar levar uma barra de ouro, de pouco mais de meio quilo, na mala, o bilionário austríaco Werner Rydl tem a vida marcada por excentricidades. Em 2002, em protesto ao governo austríaco, ele gravou um vídeo em que diz ter queimado 21 milhões de euros em uma praia de Recife

Rydl é protagonista de um dos maiores escândalos de evasão fiscal da história austríaca. Nos anos 1990, ele sonegou mais de 116 milhões de euros em impostos. Em 1995, Werner se mudou para uma vila de pescadores próxima a Recife (PE) e obteve nacionalidade brasileira. Ele foi liberado pela Justiça Federal, no neste domingo (30).

Leia mais sobre a prisão do bilionário AQUI.

STJ pede informações ao TJMT para julgar Habeas Corpus de Riva


Por Arthur Santos da Silva
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) requereu, nesta segunda-feira (30), informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) para julgar o Habeas Corpus interposto pelo ex-deputado estadual José Geraldo Riva. A nova avaliação, ainda sem data estipulada, será feita pela Sexta Turma do órgão.
O ex-presidente da Assembleia Legislativa está preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá, Carumbé, desde o dia 21 de fevereiro. A ministra Thereza de Assis Moura negou, em decisão monocrática datada do último dia 27 de março, o pedido de habeas corpus impetrado por Riva.

Ságuas lidera gastos na Câmara Federal na bancada de MT; Ezequiel foi o que menos gastou

O deputado Ságuas Moras, que gastou
R$ 46 mil de cota parlamentar em fevereiro
No primeiro mês da atual legislatura, o deputado de Mato Grosso que mais gastou na Câmara Federal foi o petista Ságuas Moraes. O deputado divulgou, em sua página pessoal na Câmara, que efetuou o gasto de R$ 46.085,25, da cota para o exercício da atividade parlamentar no mês de fevereiro. O valor é quase oito vezes maior, que o de Ezequiel Fonseca (PP), que gastou, da mesma verba, R$ 5,8 mil.

Ao fazer outra comparação, o valor gastou por Ságuas no mês de fevereiro equivale à soma da quantia gasta por quatro deputados da mesma bancada e no mesmo período. Se somar os valores gastos por Fábio Garcia (PSB), que foi de R$ 7.652,44, Ezequiel Fonseca (PP) de R$ 5.836,70, Adilton Sachetti (PSB) R$ 9.797,99 e Victório Galli (PSC) R$ 14.976,72, totaliza apenas R$ 38.263,85. Ainda restam pouco mais de R$ 8 mil para atingir o valor do petista.

A maior despesa de Ságuas, conforme a declaração, foi com a divulgação da atividade parlamentar, no valor de R$ 14.680,00. A segunda maior despesa foi com locação de carros, no valor de R$ 8 mil, seguido de fretamento de aeronaves R$ 6.750,00 e passagem aérea com R$ 4.151,11 . As outas despesas com valor significativo foram com combustível de R$ 3.808,58, telefonia com R$ 2.070,30 e hospedagem com R$ 1449,65.
Valternir Pereira

O deputado Valternir Pereira (PROS) figura na segunda colocação dos que mais gastam na Câmara Federal. Ele gastou R$ 23.612,96 da cota parlamentar em fevereiro. O valor foi gasto com manutenção de escritório no valor de R$ 7.392,50, passagem área R$ 6.708,12 e telefonia R$ 5.740,00.

Confira os gastos dos outros deputados

O tucano Nilson Leitão gastou R$ 19.100,52 da verba parlamentar. Desse valor, o maior gasto foi com passagem aérea R$ 7.942,31 e fretamento de aeronaves R$ 6.900,00.

O deputado Carlos Bezerra, do PMDB, gastou R$ 17.103,33, sendo o maior gasto com locação de veículo no valor de R$ 10 mil, seguido de combustível com R$ 4.500,00.

Adilton Sachetti teve o gasto de R$ 9.797,99 e os principais gastos foram com manutenção de escritório R$ 3.491,07 e passagem área R$ 2.834,99. O deputado Fábio Garcia, do mesmo partido, gastou R$ 7.652,44. O valor foi consumido, quase que totalmente, com passagem área, que totalizou R$ 7.248,22.

Ezequiel Fonseca foi o deputado que mesmo gastou em fevereiro de 2015. Ele teve um gasto de R$ 5.836,70. O valor gasto por Ezequiel foi, praticamente o mesmo, gasto por Valternir Pereira com telefone R$ 5.740,00.


O professor Victório Galli concentrou o seu gasto de R$ 14.976,72 em divulgação de suas ações. Ele pagou R$ 12.070,00 com publicidade. Blog do Antero

Inflação para 2015 continua subindo no Focus e chega a 8,13%

banco central
Após o Banco Central informar que espera uma inflação de 7,9% em 2015, o mercado financeiro apresentou leve revisão, de 8,12% para 8,13% em suas estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do período.
Há um mês, a mediana das previsões para o indicador estava em 7,47%. Esta é a décima terceira semana consecutiva em que há alta das projeções para esse indicador.
No Top 5 de médio prazo, que é o grupo dos economistas que mais acertam as previsões, a mediana para o IPCA deste ano segue acima da banda superior de 6,5% da meta e segue em 8,33% de uma semana para outra. Quatro semanas atrás, estava em 7,51%.
Para o final de 2016, a mediana das projeções para o IPCA foi levemente reduzida de 5,61% para 5,60%.
Quatro semanas atrás estava em 5,50%. Já no Top 5, a projeção para a inflação no final do ano que vem foi mantida em 5,64% – um mês antes estava em 5,45%.
De acordo com o Relatório Trimestral de Inflação do BC, a taxa ficará em 4,9% pelo cenário de mercado – que considera juros e dólar constantes – ou em 5,1%, levando-se em consideração as estimativas da Focus passada.
As expectativas para a inflação suavizada 12 meses à frente seguem elevadas, mas mostraram um forte recuo.
Na edição de hoje, essa projeção passou de 6,49% para 6,30% – um mês antes estava em 6,54%. No curto prazo, os preços mostram mais descontrole.
Depois da alta de 1,24% de janeiro, revelada pelo IBGE, e de 1,22% em fevereiro, a projeção para a taxa em março, também segue acima de 1%. De acordo com o boletim Focus, a mediana das estimativas permaneceu em 1,40% – um mês antes, estava em 0,95%.
Algum refresco para a inflação mensal é aguardado apenas para abril, quando o índice deve ter alta de 0,62% – mesmo patamar da semana anterior, mas acima dos 0,58% vistos quatro edições da Focus atrás. (Estadão)

Ultraleve cai e deixa duas pessoas feridas em cidade do interior de MT

Patrícia Neves
Foto: Folha de Colíder
Ultraleve cai e deixa duas pessoas feridas em cidade do interior de MT
Um ultraleve caiu e deixou duas pessoas feridas na cidade de Colíder ( a  632 km de Cuiabá) na tarde de domingo, 29 de março. A queda foi registrada próximo a uma pista de motocross, instalada nas imediações da fazenda São João.

O comandante da 12ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros, capitão Rodrigo Armond, informou ao Olhar Direto que o piloto teria atingido a fiação elétrica de um poste  e caído na sequência. “Havia uma equipe atuando no evento e prestou atendimento rapidamente no local do acidente”, explicou.

Segundo o capitão, o piloto da aeronave, Ivan Carnelos, apresentava escoriações e se recusou a receber atendimento médico. “Ele possuía escoriações na perna esquerda e deixou o local.  A segunda vítima apresentava dores na clavícula e também no tórax e foi encaminhada a um hospital da cidade”.

A notificação do acidente foi prestada ao Centro de Investigação e Prevenção a Acidentes (Cenipa) que deverá instaurar procedimento para apurar as circunstâncias do acidente. Problemas de ordem mecânica serão apurados. 

Sem medidas de austeridade, MT corre risco de passar limite da Lei Fiscal com folha de pagamento

Ronaldo Pacheco
Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto
O governo do Estado estuda várias medidas para diminuir o impacto na folha salarial para evitar medidas de austeridade
O governo do Estado estuda várias medidas para diminuir o impacto na folha salarial para evitar medidas de austeridade
A manutenção dos gastos com servidores públicos abaixo dos limites determinados pela Lei Complementar 101 - Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no governo de Mato Grosso, depende essencialmente da implantação da reforma administrativa. O projeto de lei está tramitando na Assembleia Legislativa e tende a resultar em cerca de R$ 150 milhões. Desse montante, 1,4% anuais de economia somente com a folha de pagamento do Poder Executivo.

Ao tomar  conhecimento do volume de gastos com o funcionalismo, o  governador José Pedro Taques (PDT), ainda no período de transição, decidiu que era hora de tomar medidas drásticas, como a extinção de 1,15 mil cargos comissionados e 3,7 mil contratados.No entanto, os números são apenas a ponta do 'iciberg'.
 

Carta pública à Câmara e Prefeitura Municipal de Brasnorte

Brasnorte – MT, 30 de março de 2015.

Carta pública à Câmara e Prefeitura Municipal de Brasnorte

Senhor prefeito
Senhores Vereadores

LEVANDO-SE EM CONSIDERAÇÃO QUE:

1) Grande parte das ruas de Brasnorte apresenta deterioração em sua pavimentação asfáltica (com necessidade urgente de uma operação tapa-buracos) e as ruas não pavimentadas necessitando de urgente manutenção;
2) Grande parte das estradas vicinais, distrito e comunidades apresentam situações que requerem atenção e melhorias com certa urgência;
3) A Praça da Bíblia e outros logradouros públicos estão necessitando de reforma física e elétrica;
4) O hospital municipal precisa concluir sua reforma física;
5) Duas creches municipais precisam ser concluídas, mobiliadas e inauguradas para atender uma demanda de cerca de 200 crianças;
6) Postos de Saúde precisam ter suas reformas concluídas com as obras entregues à comunidade;
7) A folha salarial vai sofrer um forte impacto financeiro a partir do meio do ano por conta do pagamento obrigatório do piso nacional aos profissionais da educação;
8) A necessidade de contratação de mais médicos e aquisição de novos e modernos equipamentos para atender à saúde pública;
9) A necessidade de criação de projetos sócio-econômicos que atendam à juventude municipal através da Assistência Social;
10) A necessidade de realização de concurso público para preenchimento de cargos hoje ocupados por comissionados; etc., etc....

SOLICITA-SE QUE:

A Prefeitura Municipal de Brasnorte adote medidas de cortes nos gastos para reduzir despesas. É inteligente e oportuno da parte dos senhores que um decreto nesse sentido seja editado e publicado com urgência como resposta à crise econômica que ocorre em todos os municípios do Brasil, incluindo o nosso.

NESTE ÍNTERIM, REQUEIRO AS SEGUINTES MEDIDAS:
I – Corte de 50% nas despesas com passagens e diárias em relação aos valores gastos em 2014
II – Corte de 20% em gastos com energia elétrica, combustível, água e telefone
III – Corte em novos contratos de prestação de serviços, de consultoria, de locação e reformas de imóveis, de veículos, máquinas e equipamentos
IV – Corte em aditivos de contratos que impliquem no aumento de custos
V – Suspensão de todas as licitações para obras e engenharia civil, exceto os que são oriundos de recursos federais
VI – Suspensão em participação em cursos, seminários, congressos e simpósios
VII – Suspensão da realização de eventos, recepções, solenidades, inaugurações e outros eventos que impliquem em custos ou apoio a eventos realizados por terceiros
VIII – Suspensão na concessão de horas extras para serviços públicos e efetivos e realização de novo concurso público para provimentos de cargos efetivos.

Sendo só para a ocasião, e junto com a população aguardando uma atenção especial à esta Carta Pública...

Atenciosamente

DORJIVAL SILVA
Presidente do PDT/Municipal

Remédios que parecem inofensivos mas que podem fazer mal

“O uso exagerado de qualquer medicamento pode levar a riscos”, afirma Amouni Mourad. A cientista é assessora técnica do Conselho Regional de Farmácia de São Paulo. Em entrevista, ela falou sobre alguns remédios que, embora sejam benéficos quando usados corretamente, podem fazer mal ao paciente em determinadas circunstâncias.
Antibióticos
“O grande problema no uso de antibióticos é a utilização não só na dose correta como no período correto”, afirma Amouni. Quando isso não acontece, o antibiótico mata apenas as bactérias mais fracas. As mais resistentes sobrevivem e proliferam. O resultado é que o tratamento da infecção passa a exigir remédios mais caros, mais tóxicos e que precisam ser tomados por mais tempo.
Paracetamol
Tomar paracetamol diariamente por vários anos pode ter consequências ruins para a saúde. Pelo menos, é o que aponta um estudo da universidade inglesa de Leeds. De acordo com o trabalho, a ingestão exagerada do medicamento pode causar problemas cardíacos, renais e intestinais. O medicamento é um dos analgésicos mais usados no tratamento de dores e febre.
Antigripais
Quem toma remédios por conta de hipertensão deve ter atenção na hora de comprar medicamentos contra gripe. De acordo com Amouni, a presença de anti-inflamatórios não esteroidais na composição de antigripais pode diminuir a ação dos anti-hipertensivos.
Anticoncepcionais
A ingestão exagerada de pílulas anticoncepcionais pode causar trombose. A doença é caracterizada pela coagulação do sangue dentro de vasos sanguíneos, que pode ser fatal. “A condição de risco de eventos trombóticos é maior durante o primeiro ano de uso da pílula anticoncepcional”, explica Amouni. Segundo ela, fatores como ser obesa ou fumante elevam o risco de ocorrência de trombose.
Dipirona
Usada no combate a cólicas e febres, a dipirona pode ter efeitos colaterais ruins. De acordo com Amouni, a ingestão exagerada do remédio pode causar tremores, náuseas e reações alérgicas – como a asma. Além disso, a dipirona pode causar agranulocitose, doença caracterizada por uma grande redução no sangue do número de glóbulos brancos (células responsáveis pelo combate a infecções bacterianas) e que pode ser fatal.
Dorflex
Um levantamento realizado em 2013 pela consultoria IMS Health apontava o Dorflex como o remédio mais vendido do Brasil. Ele é indicado para dores — especialmente dores musculares. O medicamento contém o analgésico dipirona, o relaxante muscular orfenadrina e cafeína, que age como estimulante. Na bula, alterações do ritmo cardíaco, enjoos e reações alérgicas são alguns dos possíveis efeitos colaterais atribuídos ao remédio.
Vitamina D
A vitamina D é um nutriente que ajuda na formação dos ossos e no equilíbrio dos níveis de cálcio no organismo. Porém, quando ingerida em doses diárias superiores a 50 miligramas, ela se torna tóxica. “Os primeiros sintomas de intoxicação com vitamina D são perda do apetite, náuseas e vómitos, seguidos por sede excessiva, aumento da emissão de urina, fraqueza, nervosismo e hipertensão arterial”, afirma Amouni.
Sibutramina
Indicada para tratamente da obesidade, a sibutramina é popular entre pessoas que querem perder peso. Mas seu uso indiscriminado pode ser nocivo. De acordo com a bula, a sibutramina pode causar aceleração dos batimentos cardíacos, náuseas e até delírios nas quatro primeiras semanas de uso. Dor de cabeça e tontura também são observadas em alguns casos.