3 de abril de 2015

STF abre inquérito para investigar senador de Santa Catarina

Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) é acusado de cometer crime contra a administração pública por ter ajudado paciente a obter uma cirurgia no aparelho digestivo sem entrar na lista de espera

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um inquérito para apurar se o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) cometeu crime contra a administração pública. De acordo com investigação iniciada pelo Ministério Público de Santa Catarina, a paciente Renata Gonçalves teria conseguido obter uma cirurgia no aparelho digestivo sem entrar na lista de espera graças à ajuda do senador. Silveira foi governador de Santa Catarina por dois mandatos (entre 2003 e 2010), além de ter ocupado os cargos de deputado federal e prefeito de Joinville.

TRAGÉDIA NA RODOVIA: Acidente violento deixa motorista morto e duas pessoas feridas


Um motorista morreu e duas pessoas ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira (3) após um acidente na MT-449, na região da cidade de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. De acordo com informações da Guarda Municipal de Lucas do Rio Verde, as três vítimas estavam em um carro de passeio que bateu de frente com um ônibus intermunicipal. A identidade do motorista não foi divulgada.


O acidente foi registrado por volta de 3h30 [horário de Mato Grosso]. Segundo a Guarda Municipal, o motorista do carro de passeio entrou na contramão da rodovia e atingiu o ônibus que viajava na direção contrária.


O motorista do carro não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Uma mulher e um homem, ocupantes do mesmo veículo, foram socorridos para um hospital de Lucas do Rio Verde. O estado de saúde de um deles é grave.


Segundo os guardas municipais, o ônibus seguiria para a região de Juara, a 690 km da capital, e levava mais de 40 passageiros. Nenhum deles ficou ferido. A Polícia Civil investiga as causas do acidente.

Embalagens de cigarro terão mais um alerta para fumantes

16As embalagens de cigarro terão mais um alerta sobre os riscos do vício para fumantes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta semana resolução determinando que 30% da parte inferior frontal dos maços trarão os dizeres “Este produto causa câncer. Pare de fumar. Disque Saúde 136”.
“O 136 traz ao consumidor a informação de que ele tem um local para buscar outras informações, para buscar um auxílio em relação àqueles que querem parar de consumir esse tipo de produto”, destacou o diretor da Anvisa, Renato Porto, durante reunião colegiada no mês passado.
A medida está prevista no Decreto 8.262 de 2014, que regulamenta a Lei Antifumo (Lei 12.546 de 2011). Faltava apenas a determinação do modelo e da mensagem. O novo alerta vem se somar às normas que obrigam os fabricantes a colocar em toda a parte de trás da embalagem uma foto que ilustra os riscos do fumo e em uma das laterais uma advertência.

Falta de vacinas já afeta nove Estados no Brasil

vacina gestanteDas 27 vacinas disponibilizadas pelo ministério da Saúde aos diversos Municípios brasileiros, pelo menos seis estão em falta. A carência das ferramentas de imunização já atinge os Estados de Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rondônia, Rio de Janeiro, Pernambuco, Tocantins, Pará e Distrito Federal. O material em falta seria utilizado para combater doenças como a febre amarela, tuberculose e caxumba.
Segundo informações emitidas pelo Ministério da Saúde, o atraso nos repasses das vacinas se deu pela reforma de alguns laboratórios fabricantes. O órgão explica que em razão disso o cronograma de distribuição das vacinas para os Estados foi alterado.
Entretanto, a falta de vacinas já vem ocorrendo desde o início deste ano. A previsão é que a reposição dos estoques se normalize neste mês de abril. Até lá, a comunidade fica sem vacinas importantes como: BCG, Tetra viral, Febre Amarela, Antirrábica e Hemófilo Influenza B (HIB).
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) entrou em contato com o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde para obter mais informações sobre o caso. Até o fechamento desta matéria, não obteve resposta ao questionamento.

Proposta proíbe uso de celular e tablet em sala de aula

celular_escolaProposta em análise na Câmara dos Deputados (PL 104/15) proíbe o uso de aparelhos eletrônicos portáteis, como celulares e tablets, nas salas de aula da educação básica e superior de todo o País. O projeto prevê que os aparelhos só serão admitidos em sala se integrarem as atividades didático pedagógicas e forem autorizados pelos professores.
O texto amplia o alcance de projeto de lei apresentado em 2007 pelo deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), que pretendia proibir apenas o uso de telefones celulares nas salas de aula. Antes de ser arquivado com o fim da legislatura passada, o projeto de Mattos (PL 2246/07) chegou a ser aprovado pela então Comissão de Educação e Cultura, onde foi alterado para estender a proibição a todos os aparelhos eletrônicos portáteis.
A comissão concluiu que “para preservar a essência do ambiente pedagógico, deveria estender a proibição a todos os equipamentos eletrônicos portáteis, que desviam a atenção do aluno do trabalho didático desenvolvido pelo professor”. A proposta, de autoria do deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), será analisada conclusivamente pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania

Policial reage a assalto e mata bandido em cidade do interior de Mato Grosso



Nesta sexta-feira(03) por volta das 12h, um bandido pilotando uma moto abordou uma pessoa que entrava em seu veículo na frente de um supermercado na região do Monte Líbano, em Rondonópolis e anunciou um assalto.

O que o ladrão não contava é que a vítima era um policial militar que reagiu ao assalto e atingiu o bandido que mesmo ferido tentou empreender fuga mas caiu a poucos metros do acontecido, o carro do policial ficou crivado de balas.

Uma viatura do Samu compareceu no local e socorreu o assaltante que foi identificado como sendo Angelo Aparecido Soares, natural de Rondonópolis, porém o mesmo morreu antes de chegar ao hospital.

O policial que não nos foi informado seu nome, não se feriu e o caso será investigado pela Delegacia de Policia Civil.

Decisão do TJ/MT elimina "pressão familiar" sofrida por Hermes Bergamin

LUCAS RODRIGUES
DO MIDIAJUR

O prefeito de Juína, Hermes Bergamin, que teve decisão favorável do TJ
A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) determinou a anulação de processo onde se reconhecia a sociedade comercial entre o falecido empresário José Nilo Bergamin e o seu filho, o prefeito de Juína Hermes Bergamin.

A decisão foi proferida nesta quarta-feira (1º de abril).

Na ação, as irmãs Edite Bergamin Pretto e Elisa Bergamin Mandarori pediram que fosse reconhecida a existência de suposta sociedade de fato entre seu irmão Hermes Bergamin e seu pai, falecido em 2008.

O objetivo é que todo o patrimônio de Hermes Bergamin (cerca de R$ 40 milhões) fosse considerado da sociedade, e que, portanto, metade deste deveria ser dividido entre todos os herdeiros do pai.

Em primeira instância, o juiz da Comarca de Juína julgou totalmente improcedente a ação, sob o fundamento de que não foram produzidas provas suficientes para demonstrar a referida sociedade.

As irmãs fizeram, então, recurso de apelação para o TJ-MT, tendo sido relator do caso o juiz convocado Márcio Guedes.

Reviravolta

No primeiro recurso, a 2ª Câmara Cível reverteu a sentença em favor das irmãs, e determinou que metade de todo o patrimônio de Hermes fosse considerado patrimônio do pai, devendo ser submetido à divisão entre os herdeiros no processo de inventário.

No entanto, o prefeito de Juína recorreu desta decisão. A relatora do novo recurso, desembargadora Maria Helena Póvoas, votou pela nulidade absoluta do processo, em razão da não participação da esposa de Hermes como ré na ação, que também lhe dizia respeito.

O voto de Maria Helena foi acatado, de forma unânime, pela desembargadora Marilsen Addario e pelo juiz convocado Márcio Guedes.

Para os advogados Joaquim Felipe Spadoni e Jorge Jaudy, do escritório Spadoni Jaudy Advogados, contratados para atuarem no caso após o julgamento da apelação, o processo padecia de vícios processuais que afetavam a sua validade.

“O TJMT acolheu integralmente nossa tese, que havia sido referendada pelo Prof. Nelson Nery Junior em parecer, e anulou todo o processo. O julgamento foi unânime. O TJMT nada mais fez que aplicar corretamente as leis processuais vigentes, reestabelecendo o direito ao devido processo legal”.


Desta decisão, ainda cabe recurso ao Superior Tribunal de Justiça.

Brasnorte está sendo "devorada" pelo caramujo africano


Com total ausência de uma política de saúde pública de combate ao caramujo africano por parte da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de Brasnorte está sendo “devorada” dia após dia pela praga.

Ruas, avenidas, praças, residências habitadas ou não, em toda parte e em todo canto a população vem reclamando do crescente avanço do caramujo.

Bastante difundido nas redes sociais, o assunto é de conhecimento das autoridades públicas do município, mas até o presente, nenhuma ação tem sido adotada como forma de frear ainda mais o alastramento do molusco causador de várias doenças nos seres humanos. 

Doenças transmitidas pelo caramujo: 

Rita Renata Cavalcante e suas crianças de dois e cinco anos sofrem atropelamento em Tangará da Serra

O acidente foi registrado por volta das 21h30 nesta quinta-feira (02) na rotatória que liga a Avenida Lions Internacional à Avenida Ismael José do Nascimento.
A motocicleta fan azul, placa NPE 2317, de Tangará da Serra, conduzida por Edelson Castro, 34 anos, atropelou a ciclista Rita Renata Cavalcante que fazia o contorno levando consigo duas crianças, de três e cinco anos.
O motociclista Edelson Castro disse à reportagem da Pioneira que não viu as vítimas. “Eu vinha da minha casa em direção ao centro aqui na Lions Internacional e simplesmente me deparei em cima do vulto de uma bicicleta. Bati, caí, levantei rapidamente. Tinha uma criança do chão. Tirei a criança do meio da rua. Acredito até que não tenha agido com coerência. Coloquei ela no canteiro e fui olhar, tinha outra criança e uma senhora. Eles estavam em uma bicicleta aqui na rotatória. Não tenho problema de visão e a iluminação baixa causou isto”, afirmou.
De acordo com o cabo André, da Polícia Militar, Edelson não respeitou a sinalização de trânsito. “O condutor da moto tem uma placa de pare para ele, que vinha pela Lions Internacional. As vítimas estavam fazendo o contorno. O condutor da moto disse que não avistou as vítimas e acabou colidindo. Foi uma falta de atenção dele que se tivesse reduzido a velocidade e respeitado a placa de pare não teria se envolvido no acidente”.
A ciclista Rita Renata Cavalcante sofreu um corte profundo no supercílio e acabou encaminhada à semi UTI do Hospital Municipal onde ficou em observação. As duas crianças sofreram escoriações pelo corpo.
A motocicleta foi recolhida pela Polícia porque o condutor não apresentou a documentação do veículo.

Fonte: Marlenne Maria com Franchescolly Gomes

Juiz da Lava Jato é reconhecido em supermercado e recebe salva de palmas de clientes

Moro foi reconhecido pelo público e recebeu aplausos em mercadoFoto: Rachel Ribas
O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela condução dos desdobramentos da Operação Lava Jato, passou por uma situação inusitada na última segunda-feira (30).
Como qualquer cidadão comum, o magistrado foi a um supermercado de Curitiba (PR), onde mora e trabalha, e acabou reconhecido por outros clientes. Resultado: Moro teve seu nome anunciado no sistema de som do supermercado e recebeu uma salva de palmas dos clientes.
Uma cliente que estava no supermercado no momento dos aplausos divulgou uma foto do juiz federal nas redes sociais. A consumidora escreveu que se aproximou de Moro e perguntou a ele de onde ela o conhecia. R7

Em 100 dias de atividade, secretários cumprem 98% das metas de Taques

Secretário de Planejamento Marco Marrafon
 afirma que metas são cumpridas
O secretário estadual de Planejamento, Marco Marrafon, revela que os dados preliminares sobre as ações dos primeiros 100 dias dos secretários da gestão Pedro Taques (PDT) é satisfatório. No geral, segundo Marrafon, foi obtido um aproveitamento de 93% das metas estabelecidas. “Ainda vamos fechar o mês de março para fazer o balanço integral”, afirma.

Só nos dois primeiros meses, janeiro e fevereiro, o governo mapeou 258 ações dos secretários. Conforme Marrafon, este número deve chegar a 400 quando for contabilizado o mês de março. Para aprimorar ainda mais a eficácia dos trabalhos, o secretário afirma que a ideia é que o TCE possa contribuir com o planejamento estratégico e mapeamento, replicando os modelos que são instituídos às pastas. “Pelo planejamento e compartilhamento das informações”, reforça.

Caminhoneiros já mobilizam greve caso governo não regule tabela do frete

Viviane Petroli
Foto: Do Internauta
Caminhoneiros já mobilizam greve caso governo não regule tabela do frete; veja fotos
Os caminhoneiros em Mato Grosso e empresas do setor do transporte de cargas já se mobilizam para voltar às margens das rodovias em protesto no dia 23 caso o governo federal não regulamente a Tabela de Frete Mínimo no dia 22. Em alguns postos de combustíveis em Rondonópolis faixas anunciando a possível parada já são vistas, bem como panfletos e adesivos no eixo Norte-Sul da BR-163. De acordo com a categoria, o preço pago pelo frete voltou a baixar novamente nos últimos 15 dias, chegando a R$ 75 no trecho Nova Mutum/Rondonópolis, valor este verificado antes da paralisação em fevereiro.

No dia 26 de março foi realizada uma reunião entre o governo federal, caminhoneiros, transportadores e tradings. Na ocasião os três subrupos do Grupo de Trabalho apresentaram os relatórios solicitados pelo da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto. Na reunião foram apresentados novamente dados da real situação do setor e uma proposta de Tabela de Frete Mínimo.

Afilhado de Mauro Mendes, Fábio Garcia assume comando do PSB em MT; Sachetti será vice

Laíse Lucatelli
Foto: Rogério Florentino Pereira/OD
Afilhado de Mauro Mendes, Fábio Garcia assume comando do PSB em MT; Sachetti será vice
O deputado federal Fábio Garcia assumirá a presidência estadual do PSB no lugar do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes. A decisão foi tomada em reunião da cúpula da sigla na noite de terça-feira (31), na casa do prefeito. A vice-presidência ficará com o outro deputado federal da sigla, Adilton Sachetti. Ele também indicará o secretário-geral do PSB, que ainda não foi definido.

“Mauro Mendes disse que não queria continuar do jeito que estava, pois ele tem muitas atribuições como prefeito. E como o Fábio é jovem e tem disposição para viajar e conhecer o estado, foi escolhido para ser o presidente, já que precisamos ter na direção do partido alguém que faça isso”, disse o atual secretário-geral do PSB, o deputado estadual Oscar Bezerra.

No Jornal Nacional, Otaviano Pivetta cita ferrovia que não saiu do papel

CAMILA RIBEIRO

Prefeito Otaviano Pivetta mostra
mapa da FICO que nunca saiu do papel
Mato Grosso voltou a ser destaque em uma reportagem exibida na noite desta quarta-feira (1), no Jornal Nacional, da Rede Globo.

A matéria, do repórter Marcos Losekan, mostra os prejuízos à produção agrícola do Estado, por conta da dependência do transporte rodoviário.

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), cita, por exemplo, o mapa da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) - planejada para ir de Vilhena, Rondônia, passando pelas lavouras de Mato Grosso, até Uruaçu, em Goiás – que até hoje não saiu do papel.

“Infelizmente é um mero quadro na parede. Todos os empresários que vinham aqui eu mostrava no quadro o que estava para acontecer aqui, a esperança que isso nos trazia”, afirmou ele.
Conforme a reportagem, com a ausência da ferrovia, a produção precisa ser escoada pela BR-163, alternativa que impõe alto custo à produção agrícola.

A reportagem narra que os trens poderiam substituir 400 mil caminhões e gerar uma economia de pelo menos R$ 7 bilhões por ano só com o frete.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), as licitações atrasaram porque os projetos ainda não estão totalmente definidos.

“O modelo regulatório ainda precisa de algumas definições de contorno. O nosso contrato de concessão ainda precisa alguns aperfeiçoamentos e esses aperfeiçoamentos vêm sendo construídos”, explica o diretor ANTT, Carlos Fernando Nascimento.

Clique AQUI e confira reportagem na íntegra.

Vereador quer a redução da maioridade e pena de morte para os adolescentes

eridan
A redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal foi abordada por vereadores de Natal, uns pronunciando-se contrários, outros defendendo a sua implementação como forma de diminuir os índices de violência que aumentam progressivamente em todo o País. O vereador do PR, Adão Eridan, tem radicalizado nesse assunto e feito pronunciamentos no plenário da Câmara Municipal defendendo não só a redução da maioridade, mas pedindo a implantação da pena de morte no Brasil para quem praticar crimes hediondos. “O meu desejo é que seja implantada pena de morte para quem, por exemplo, estupra e mata”, disse o vereador, prevendo que caso seja feita uma consulta popular sobre esse assunto a maioria da população brasileira será favorável.
Adão Eridan disse ao Jornal de Hoje ter encaminhado um documento à presidente Dilma Rousseff numa das suas vindas ao Rio Grande do Norte com seis sugestões a seguir: 1 – mudança no código penal; 2 – redução da maioridade de 18 para 16 anos; 3 – aplicação de pena severa para crime hediondo; 4 – tratamento diferenciado para presos comuns presos de alta periculosidade; 5 – ocupação para presos; 6 – aquisição de terras improdutivas para construção de presídios de segurança máxima com direito a trabalhar de dia e estudar à noite para recuperar os que forem recuperáveis. “Os que não quiserem trabalhar e estudar, castigo à noite e obrigar trabalhar durante o dia”, ressalta o vereador lembrando que até agora a presidente não respondeu suas sugestões.

PF lança código de ética que proíbe policiais de darem entrevistas

PF carroEm meio ao fogo da Operação Lava Jato, a grande investigação que desmantelou esquema de corrupção na Petrobras, a Polícia Federal lançou o seu Código de Ética. Trata-se de documento que impõe a todos os integrantes da instituição uma longa série de regras de conduta, obrigações e deveres, inclusive proibição de “conceder entrevista à imprensa, em desacordo com os normativos internos”.
O policial federal também está proibido de “divulgar manifestação política ou ideológica conflitante com o exercício das suas funções, expondo sua condição de agente público da Polícia Federal”. Consideram-se para os fins do Código de Ética dos federais três níveis de situação: conflito de interesses, informação privilegiada e informação sigilosa.
No primeiro cenário – conflito de interesses -, a norma descreve “situação gerada pelo confronto entre interesses públicos e privados, que possa comprometer o interesse público ou influenciar o desempenho imparcial da função pública”.

PSDB confirma morte de filho do governador de SP em acidente de helicóptero

AlckminO presidente do PSDB de São Paulo, Duarte Nogueira, confirmou agora há pouco a morte do filho mais novo do governador Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin, no acidente de helicóptero ocorrido na tarde de hoje (2), na Estrada da Fazendinha, no município de Carapicuíba, zona oeste da Grande São Paulo. Por meio de nota, Nogueira, em nome dos membros do PSDB paulista, manifestou pesar pela morte de Thomaz.
“Externo os mais profundos sentimentos ao governador Geraldo Alckmin e sua esposa, dona Lu, bem como aos demais familiares e amigos. Neste momento de grande tristeza, só posso desejar à família e a todos que tiveram o prazer de conviver com Thomaz força e sabedoria para enfrentar este momento de dor. É, sem dúvida, uma grande perda”. Até a publicação da matéria, o Palácio dos Bandeirantes não havia confirmado a morte do filho do governador. Segundo o Corpo de Bombeiros de São Paulo, mais quatro pessoas morreram na queda do helicóptero.

Partidos de Marina e Kassab podem voltar à estaca zero

marinakassabA ex-senadora Marina Silva e o ministro Gilberto Kassab (Cidades), que tentam viabilizar na Justiça Eleitoral a criação de partidos, podem ter de recomeçar seus projetos políticos da estaca zero. Ministros e ex-ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ouvidos pela Folha avaliam que as duas novas siglas patrocinadas por eles se enquadram na nova legislação, sancionada no mês passado, que dificulta a criação e fusão de partidos.
Tanto o grupo político de Marina quanto o de Kassab pediram o registro das legendas antes de a lei entrar em vigor. A avaliação de pelo menos dois atuais ministros e outros dois ex-ministros do TSE, porém, é de que apresentar o pedido não basta. Seria preciso que eles já estivessem aprovados pela Justiça Eleitoral.
A nova lei exige que, para registro de novos partidos, só sejam aceitos apoiamentos de eleitores não filiados a outra legenda. Para uma sigla ser reconhecida, são necessárias 485 mil assinaturas. Marina Silva tenta formar desde 2013 a Rede Sustentabilidade. Naquele ano, o TSE negou registro porque 32 mil assinaturas foram invalidadas. Agora, o grupo quer entregar, até o fim do mês, 80 mil apoiamentos à Justiça. A Rede diz que não será atingida pela lei e espera reaproveitar 450 mil assinaturas reconhecidas há mais de um ano.
O processo de recriação do Partido Liberal, patrocinado por Kassab, também corre risco. Aliados do ministro entraram com o pedido de registro no TSE um dia antes de Dilma sancionar a nova lei. Foram apresentadas 167 mil assinaturas. O grupo diz que outros 484 mil apoiamentos estão em processo de certificação em cartórios.

Lava Jato pode tirar R$ 87 bi da economia este ano, aponta estudo

dinheiro_sacosSob o impacto da operação Lava Jato, da Polícia Federal, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro pode “encolher” R$ 87 bilhões este ano, ao custo de 1 milhão de empregos. É o que aponta estudo elaborado pelo Grupo de Economia da Infraestrutura & Soluções Ambientais da Fundação Getúlio Vargas e pelo Centro de Estudos de Direito Econômico e Social (Cedes).
O trabalho considera os efeitos da retração de gastos da Petrobrás sobre toda a cadeia de fornecedores. Partindo de uma estimativa de redução de R$ 27,5 bilhões nos investimentos da petroleira este ano, foram calculadas as perdas na produção, nos empregos, nos salários e na geração de impostos.
Com as demissões previstas, o pagamento de salários deverá encolher R$ 13,6 bilhões, com efeitos negativos sobre o consumo de produtos, serviços e até produtos agrícolas. Além disso, os cofres públicos de União, Estados e municípios deverão amargar uma redução da ordem de R$ 5,7 bilhões em ingressos este ano.
O impacto mais forte é visto nas grandes construtoras, que também são alvo dos investigadores que apuram suspeitas de corrupção, desvio de recursos e lavagem de dinheiro. Só nesse setor, a contribuição para o PIB deverá cair R$ 10 bilhões, com corte de 192 mil vagas, redução de R$ 1,7 bilhão nos salários pagos e recolhimentos tributários R$ 652 milhões menores.

Pesquisa: 65,9% dos nordestinos desaprovam governo Dilma

dilmapronunciamento
O declínio da popularidade de Dilma também se verifica no Nordeste, onde obteve expressiva vitória em sua reeleição. Agora, 65,9% dos nordestinos desaprovam o seu governo, contra 27,2% que aprovam. É o que constata levantamento nacional realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, que entrevistou 2.022 eleitores em 152 municípios de 26 estados e no DF. Nas demais regiões, a situação de Dilma é ainda pior. O resultado foi divulgado pelo Diário do Poder.
Segundo a pesquisa, realizada entre os dias 26 e 31 últimos, 84,5% da população da região Sul desaprova Dilma. Só 13,2% a aprovam. A desaprovação de Dilma é também recorde nas regiões Norte e Centro-Oeste (77,9%) e no Sudeste (74,2%). O Instituto Paraná Pesquisas apurou que para a maioria (78,3%), Lula e Dilma tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras. Outro dado importante da pesquisa é que para 79% Dilma mentiu, durante a campanha eleitoral, sobre a situação econômica do País.

O custo dos aliados para Dilma Rousseff

dilmacharge
A política da presidente Dilma é a principal responsável pelo afastamento do PMDB. Líderes aliados e referências petistas avaliam que esse é um erro que pode ser consertado. O PMDB tem mais cadeiras no Congresso que o PT. Mas este administra R$ 50 bilhões em 14 ministérios, enquanto o aliado, R$ 7,7 bilhões em6 pastas. Analistas políticos não entendem por que quem precisa de votos no Congresso reluta em colocar o PMDB no governo.
Ilimar Franco, no jornal O Globo

Faturamento de firma de Dirceu chega a R$ 39,1 milhões

dirceu folhaA JD Assessoria e Consultoria, empresa do ex-ministro José Dirceu, faturou R$ 39,1 milhões entre 2006 e 2013, quase R$ 10 milhões a mais que os R$ 29,3 milhões discriminados na quebra de sigilo entregue aos procuradores da Operação Lava Jato.
Parte da diferença veio de pagamentos de clientes estrangeiros, não listados no relatório da Receita Federal. A assessoria de Dirceu confirmou ter recebido dos bilionários mexicanos Carlos Slim e Ricardo Salinas, do empresário de comunicação venezuelano Gustavo Cisneros e da espanhola Telefónica.
As receitas foram declaradas no Imposto de Renda, mas os nomes das fontes pagadoras estrangeiras não estão discriminados porque o dinheiro chegou às contas da JD por meio de contratos de câmbio. Nesta modalidade, o contribuinte declara os valores recebidos, mas não os dados de quem fez os pagamentos.

Vereadora é presa no interior do CE suspeita de assaltos e homicídios

Polícia investiga se ela usou dinheiro obtido em
assalto na campanha (Foto: PM/Divulgação)
Uma vereadora de Salitre, no interior do Ceará, foi presa com mais sete pessoas suspeitas de homicídios, assaltos e formação de quadrilha. De acordo com a Polícia Militar, Francisca Sales Vieira (PT-CE) mantinha relação com um homem conhecido como Paulinho Tendel, que é conhecido na cidade por crimes de homicídios.

“Depois que ela iniciou essa relação, ela passou a ser investigada. O Paulinho Tendel arregimentou uma quadrilha, que incluía a vereadora, com quem cometia vários assaltos”, diz comandante do Destacamento Policial deSalitre, Paulo César.