6 de abril de 2015

Caos e abandono da estrada vicinal que dá acesso à comunidade São Bento em Brasnorte





Cenas que impressionam e revoltam ao mesmo tempo a qualquer cidadão. Tudo isso pode ser visto em apenas uma das estradas vicinais do município de Brasnorte: a que dar acesso à comunidade rural São Bento. As imagens que o webleitor vê, foram publicadas na tarde desta segunda-feira (06) na página pessoal da professora brasnortense Juscineia Sá, na rede social Facebook. Um dos comentários logo abaixo à postagem estampa: "Andemos mais 10 km dentro da gleba ia numa estrada n (não) passava, fomos na outra, trator atolado kkkk... mas consegui passar num desvio..."

STJ nega habeas corpus ao ex-diretor da Petrobras

renatoduqueO desembargador Newton Trisotto, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou liminar em habeas corpus nesta segunda-feira ao ex-diretor da Petrobras Renato Duque, que continuará preso por tempo indeterminado. O desembargador explicou que, primeiro, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região precisa concluir o julgamento de outro habeas corpus proposto pelo réu. Só depois o caso poderá ser analisado pelo STJ.
Renato Duque foi preso em novembro do ano passado por ordem do juiz Sérgio Moro, que conduz as investigações da Lava Jato na primeira instância, em Curitiba. O magistrado alegou que o ex-diretor da Petrobras mantinha vultosas quantias depositadas em bancos no exterior, fruto dos desvios na estatal. Para Moro, esse fato representaria risco de fuga do investigado para usufruir dos recursos.

Governo de MT lança concurso e encerra greve no Detran; estimativa de 400 vagas

Lucas Bólico
Foto: Mayke Toscano/GCOM-MT
Governo de MT lança concurso e encerra greve no Detran; estimativa de 400 vagas
O Governo de Mato Grosso irá lançar dentro de 15 dias o edital para um concurso do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT). Esta era a principal reivindicação dos servidores do órgão e a confirmação encerra a greve, que estava suspensa. O número de vagas e cadastro de reserva não foram definidos e ainda serão pontos debatidos pela comissão do concurso público nesta semana, após o feriado de quarta-feira (8). A estimativa, no entanto, é que cerca de 400 postos sejam abertos.

O acordo, de acordo com a assessoria de imprensa do Paiaguás, foi selado em audiência de conciliação realizada nesta segunda-feira (06), no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), entre o Sindicato dos Servidores do Detran-MT (Sinetran-MT) e o Governo de Mato Grosso. O edital será lançado para os cargos de Analista de Serviço de Trânsito, Agente do Serviço de Trânsito e Auxiliar de Serviços de Trânsito.

Bezerra gasta R$ 102 mil com aluguel de carros em 2014; Hilux e Mercedes estão na lista

Laíse Lucatelli
Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados
Bezerra gasta R$ 102 mil com aluguel de carros em 2014; Hilux e Mercedes estão na lista
O deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) gastou a maior parte da sua cota parlamentar ao longo do ano de 2014 com aluguéis de carros. Foram R$ 102 mil gastos com o serviço. Na lista de veículos locados por Bezerra, estão alguns modelos de luxo, como a Mercedes Benz C 63, o Volvo XC 60, a Volkswagen Amarok, e a Toyota Hilux. Outros menos luxuosos, como o Chevrolet Cruze e a GM Captiva Sport, também foram alugados pelo deputado.

CPI das Obras da Copa convocará Eder e Riva para deporem sobre VLT

Eder Moraes e José Riva, que estão presos, devem
 prestar esclarecimentos sobre VLT na Assembleia
O presidente da CPI das Obras da Copa, deputado estadual Oscar Bezerra (PSB), pretende convocar o ex-secretário de Estado Eder Moras (PHS) e o ex-presidente da Assembleia José Riva (PSD), para prestarem esclarecimentos sobre a implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos. A dupla está presa preventivamente no Centro de Custódia de Cuiabá à disposição da Justiça.
Oscar lembra que Eder e Riva deverão ser convocados, na condição de testemunhas, porque tiveram papel fundamental na escolha do VLT como modal de transporte. “Obviamente, a Comissão precisa aprovar. Toda convocação depende da aprovação dos membros da CPI. Mas haverá convocação, mesmo se Eder continuar preso”, explica.

Vereador é investigado por suposta fraude de quase R$ 1 milhão

A Mesa Diretora da Câmara de Várzea Grande determinou a instauração de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o ex-presidente do Legislativo, vereador Waldir Bento (PMDB), a fim de apurar supostos atos de improbidade administrativa. Na portaria, publicada no último dia 1º, a Câmara alega que o ex-presidente não teria cumprido com os pagamentos do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) e Imposto de Renda (IR) de servidores comissionados e inativos.
Os valores devidos no período em que esteve à frente da Câmara, entre 2013 e 2014, chegam a quase R$ 1 milhão, R$ 334,2 mil referentes ao INSS e outros R$ 642,8 mil referentes ao IR. Mesmo supostamente não tendo efetuado estes pagamentos, todos os valores foram descontados nas folhas de pagamento dos servidores.
Para dar início aos trabalhos de investigação foram designadas três servidoras, Nirley Oliveira como presidente, Josaide Leite como secretária e Iraídes de Oliveira como membro titular. A investigação foi determinada pelo presidente do Legislativo, vereador Calistro Nascimento (PMDB) e pelo 1º secretário vereador Pedro Tolares, mais conhecido como “Pedrinho” (Solidariedade).
As penalidades dentro de um PAD variam desde advertência até mesmo a demissão do servidor. Caso sejam confirmados os atos de improbidade, Waldir poderá ser cassado pela Câmara e denunciado pelo Ministério Público ao Tribunal de Justiça.
Outro lado
Rdnews tentou insistentemente contato com o vereador Waldir Bento, no entanto, o peemedebista não atendeu nem retornou às ligações.
Às 16h57 - Waldir retorna e diz desconhecer situação
O ex-presidente da Câmara de VG afirma que ainda desconhece o teor do PAD, mas garante que assim que se inteirar sobre o assunto estará à disposição para prestar esclarecimentos. RD News

PPS revela convite a Taques, que promete refletir; projeto é ao menos dobrar número prefeitos e vereadores

Ronaldo Pacheco
Foto: Lucas Bólico / Olhar Direto
PPS revela convite a Taques, que promete refletir; projeto é ao menos dobrar número prefeitos e vereadores
O senador José Antônio Medeiros (PPS) revelou ter convidado o governador José Pedro Taques (PDT) para ingressar no Partido Socialista Brasileiro, caso se confirme sua propalada saída do partido de Leonel Brizola. No mesmo ‘pacote’, Medeiros também convidou os senadores Cristovam Buarque e  José Antônio Machado Reguffe,  ambos do PDT do Distrito Federal, como Taques, tratados como ovelhas desgarradas pela Executiva Nacional.

Inflação para 2015 continua subindo e chega a 8,20%

O mercado financeiro elevou pela 14ª semana consecutiva sua projeção para a inflação deste ano medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). De acordo com o Relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, pelo Banco Central, a estimativa do grupo de economistas ouvidos pela autoridade monetária passou de 8,13% para 8,20%. Há um mês, a previsão para a alta de preços de 2015 era de 7,77%. O próprio Banco Central espera uma inflação de 7,9% este ano.

Comerciante reage a assalto, mata bandido e é baleado

Na foto, o suspeito ainda com vida. Ele foi socorrido, mas morreu no hospital (Foto: Leitor/WhatsApp
Uma tentativa de assalto deixou um empresário ferido e um bandido morto. O caso aconteceu no final da manhã desta segunda-feira em frente a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, no Centro da cidade de Jussara, no noroeste de Goiás.

Segundo informações do  tenente-coronel Jackson Martins de Oliveira, o comerciante chegava na agência bancária para depositar uma certa quantia em dinheiro quando foi abordado por dois suspeitos - que chegaram em uma motocicleta.

Ao receber voz de assalto, de acordo com o tenente-coronel, o homem reagiu e trocou tiros com os criminosos. Ele acabou ferido, mas baleou um dos assaltantes. Os tiros acertaram as costas e o rosto do suspeito.  O outro bandido conseguiu fugir do local.

O bandido foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado ao Hospital Municipal de Jussara, mas ele não resistiu e morreu ao dar entrada no centro de saúde. O comerciante também foi socorrido e encaminhado para o Hospital Santa Clara. Ele foi atingido por um disparo na perna. Não há informações sobre o seu estado de saúde.


A PM continua a fazer buscas pelo suspeito que está foragido. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Dilma defende Petrobras e diz que ajuste não vai cortar programas do MEC

dilmapetro
Ao dar posse hoje (6) ao novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a presidenta Dilma Rousseff defendeu a Petrobras e os recursos do pré-sal que vão financiar a educação e disse que as medidas do ajuste fiscal não irão atingir os programas essenciais do setor. “Garanto às brasileiras e aos brasileiros que a necessidade imperiosa de promover ajustes na nossa economia, reduzindo despesas do governo, não afetará os programas essenciais e estruturantes do Ministério da Educação [MEC]”, disse.
Segundo Dilma, os recursos dos royalties e do Fundo Social do Pré-Sal – que, por lei, serão destinados a investimentos em saúde e educação – já são uma realidade e o modelo de partilha precisa ser defendido. “Não é coincidência que, à medida que cresce a produção do pré-sal, ressurjam algumas vozes que defendem a modificação do marco regulatório que assegura ao povo brasileiro a posse de uma parte das riquezas. Não podemos nos iludir, o que está em disputa é a forma de exploração desse patrimônio e quem fica com a maior parte”.

Preso no Carumbé, Eder é considerado o cérebro de seis operações fraudulentas; entenda o papel dele na Ararath

Arthur Santos da Silva
Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
Preso no Carumbé, Eder é considerado o cérebro de seis operações fraudulentas;  entenda o papel dele na Ararath
A sétima fase da operação Ararath, desencadeada na última semana, levou à prisão o ex-secretário de Fazenda Eder Moraes Dias. Considerado, desde o início das investigações, como o principal “arquiteto” do complexo esquema para lavagem de dinheiro - cuja estimativa de movimentação ultrapassa R$ 500 milhões - o antigo homem de confiança do poder Executivo mato-grossense é réu em 6 ações penais na Justiça Federal.

Surpreso com tom das críticas de Blairo, Wellington debate situação em reunião

O presidente estadual do PR, senador Wellington Fagundes se mostra surpreso com o tom das declarações do colega de Parlamento e partido Blairo Maggi (PR), que declarou estar insatisfeito com o Governo Dilma Rousseff (PT) e que, por isso, hoje não votaria na petista. Em entrevista ao Rdnews, Wellington ressalta que aproveitará reunião do bloco União e Força - formado por 9 senadores, sendo 4 do PR, 2 do PTB, 2 do PRB e 1 do PSC – , que acontece todas as terças por volta das 13 (horário de Brasília), para debater a questão.
A ideia, segundo ele, é saber se o posicionamento de Blairo, que declarou, em entrevista ao Estadão, que hoje não manteria seu voto em Dilma ou apoiaria alguém indicado por ela, é individual ou se ele pretende levar essa discussão para dentro do partido. “Eu sou presidente do partido, entendo que faz parte da base aliada, mas  tenho que conversar partidariamente. O PR participa do governo federal efetivamente, comandando o ministério dos Transportes e Blairo tem votado com o Governo. Precisamos saber qual será o seu posicionamento”, pondera Wellignton.
Reprodução
blairo_wellington.jpg
Após críticas à gestão Dilma, Wellington Fagundes diz respeitar posição de Blairo
O republicano reconhece, entretanto, a existência de uma insatisfação grande por parte da base aliada da gestão petista, especialmente nestes primeiros meses do segundo mandato de Dilma. “Todos cobramos mudanças. Demonstração de cortar na própria carne, por meio da redução de ministérios, tem um impacto financeiro muito pequeno, mas simbolicamente é importante”, avalia Wellington, reconhecendo a importância do ajuste fiscal e salientando a necessidade de uma reforma político-administrativa.
A redução do tamanho da máquina é uma das sugestões dadas por Blairo. Ele reclama que existem 39 ministérios sendo que 14 têm status de secretaria e que a redução seria uma mudança de postura. "É tanta agência, tanto ministério, tanto departamento, que o empresário fica doido”, declarou Blairo ao Estadão. 
Wellington, por sua vez, concorda que há muita burocracia. O presidente estadual do PR diz que há “muita gente fazendo a mesma coisa e em direções diferentes nos ministérios” e reforça que a população quer apenas um serviço público de qualidade.
De todo modo, Wellinton salienta que “o diálogo é a maior arma que existe”, por isso, deve fazer a interlocução junto a Blairo. Salienta, todavia, que posições pessoais são pessoais e que, por isso, respeita as críticas  feitas pelo correligionário.
Dever de casa
Para Wellington, o Congresso também precisa fazer a lição de casa, votando projetos importantes, especialmente os relacionados às questões trabalhistas. Nessa linha reclama do excesso de emendas à constituição. “Nós precisamos parar de emendar e costurar de vez”.
Para o republicano, há questões mais urgentes do que se debater a redução da idade mínima de imputabilidade penal, a redução da maioridade penal. No início do mês a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJC) aprovou a  proposta que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, por isso, pode haver a à retomada do debate realizado no Senado no ano passado.

ABORDAGEM EM "BLITZ": Policiais militares acusados de agredir juiz passam a ser réus

LUCAS RODRIGUES
DO MIDIAJUR

Decisão é do juiz Marcos Faleiros (detalhe),
da 11ª Vara Criminal Especializada
 da Justiça Militar de Cuiabá
O juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Criminal Especializada da Justiça Militar de Cuiabá, recebeu denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra quatro policiais militares acusados de agredir, com lesão leve, o juiz Renan Carlos Leão Pereira do Nascimento, que atua em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

O caso ocorreu em dezembro de 2013, no centro da Cuiabá, ocasião em que o sargento F.S.D.F., o cabo E.G.D.S e os soldados J.C.P.M e A.V.J realizaram uma perseguição contra o veículo do magistrado, com direito a tiros, seguido de suposta agressão contra o juiz.

Na decisão, o juiz Marcos Faleiros também definiu para o dia 24 de setembro deste ano a audiência de instrução sobre o caso.

PLANO DOS 100 DIAS: Governo anuncia concurso público para professores em MT

Permínio: apesar da série de problemas enfrentados,
há um clima de expectativa por parte da
comunidade escolar no atual Governo
Com a meta de deixar o número de professores contratados, os chamados interinos, em índices aceitáveis em relação aos efetivos, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) iniciou o processo para realização de concurso público.

De acordo com o secretário Permínio Pinto, esse é um dos compromissos assumidos pelo governador Pedro Taques e que começa a ser colocado em prática nos 100 primeiros dias de gestão.

Uma comissão, formada por técnicos da Seduc, da Secretaria de Gestão e do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintep), analisará a demanda, porém, dentro da previsão orçamentária do Estado.

Reduzir maioridade penal não fere a Constituição, avaliam ministros do STF

STF leiQuatro dos atuais dez ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já deram sinais de que a maioridade penal, estabelecida pela Constituição aos 18 anos, não é uma cláusula pétrea, podendo, portanto, ser modificada. A opinião foi manifestada categoricamente pelos ministros Marco Aurélio Mello e Teori Zavascki. Segundo O Globo, outros dois ministros, Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli, não foram taxativos, mas já deram declarações indicando que o Congresso pode sim discutir o tema. A comissão especial para discutir a proposta que reduz a maioridade será instalada esta semana, como anunciou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
A questão será levada ao Supremo por parlamentares contrários à proposta de emenda constitucional (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos. Na última terça-feira, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou a admissibilidade da proposta, ou seja, entendeu que ela não viola a Constituição ou o ordenamento jurídico brasileiro. Os deputados contrários, capitaneados pelo PT, tentarão bloquear a tramitação da matéria com um mandado de segurança, sob o argumento de que se trata de cláusula pétrea.

VOCÊ VIU? Pela primeira os empresários rurais mato-grossenses não são chamados de vilões pela Globo

Novo momento
Mato Grosso foi alvo de reportagem de 11 minutos no principal  jornalístico semanário do Brasil, o programa Fantástico (Rede Globo), na noite deste domingo (5), com uma abordagem pouco convencional. Pela primeira vez, os empresários rurais mato-grossenses não foram colocados comovilões do desmatamento da Amazônia Legal, mas, sim, como principais investidores em projetos para a recuperação do que foi devastado. Entre os entrevistados, estão o ‘rei da soja’ Eraí maggi Scheffer (PP) e Ricardo Tomzyck, da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), entre outros. Alguns trechos da pauta foram claramente retirados do Estradeiro Dnit de 2011, acompanhado pelo então diretor do Olhar Direto, jornalista Marcos Coutinho, que percorreu a BR-163 de Cuiabá até Santarém com autoridades e o trade do agronegócio. A reportagem mostra  ainda a força da pecuária e a necessidade urgente de assistência técnica e extensão rural nos assentamentos existentes na Amazônia, onde o homem é ‘jogado’ e não consegue sequer produzir para a subsistência. Veja a reportagem completa: clique aqui

Após desavenças, PSB divide o poder entre bancada de deputados para evitar novo “racha”

Laíse Lucatelli
Foto: Assessoria
Adilton Sachetti e Fábio Garcia dividem comando do PSB em MT
Adilton Sachetti e Fábio Garcia dividem comando do PSB em MT
Com a divisão de poder entre os deputados federais Fábio Garcia e Adilton Sachetti, a cúpula do PSB chegou a um entendimento e busca evitar um novo “racha”. Fábio, que é afilhado político do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), vai assumir a presidência regional do partido, enquanto Sachetti, pertencente a outro grupo, vai ser o vice-presidente, além de ser o responsável pela indicação do secretário-geral.

Os deputados estaduais Oscar Bezerra, Eduardo Botelho e Max Russi, por sua vez, terão o comando do interior, indicando os presidentes das comissões provisórias municipais. O deputado estadual e o federal da sigla mais votados em cada município definirão, em conjunto, a direção do PSB naquele município.

PERIGO NAS ESTRADAS: Primeiro trimestre registra 88 mortes nas rodovias de Mato Grosso

THAIZA ASSUNÇÃO


O número de vítimas fatais de acidentes nas estradas mato-grossenses aumentou 40% nos três primeiros meses deste ano em relação ao ano passado. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Entre o dia 1 de janeiro e 31 de março de 2015, foram registrados 1033 acidentes, desses 88 pessoas morreram. No primeiro trimestre do ano passado, aconteceram 943 acidentes com 50 vítimas fatais.

De acordo com a PRF, as estradas que mais registraram acidentes com vítimas foram as BRs 163 e 364. A BR 163, no entanto, foi a que mais registrou. Somente no mês passado, 20 pessoas morreram nessa rodovia.

Fusão do PTB com o DEM será definida nesta terça (07)

Segundo a colunista Vera Magalhães, da Folha de S.Paulo, a executiva do DEM se reúne em Brasília na terça-feira (07) para discutir a proposta de fusão do partido com o PTB. Dirigentes contrários à união se encontraram na última semana para tentar “enterrar” o projeto antes que ele ganhe corpo.

Justiça condena prefeitos cassados a bancar novas eleições nos municípios

martelo novoA prática de atos ilícitos no processo eleitoral ou a tentativa de burlar a legislação para garantir a candidatura já fez com que 10 políticos brasileiros tivessem de ressarcir os cofres públicos em exatos R$ 262.207,80. O valor corresponde aos gastos da União com a realização das chamadas eleições suplementares – que ocorrem quando o candidato eleito com mais de 50% dos votos tem o registro indeferido ou o mandato cassado.
Segundo Agência Estado, a conta pode ficar ainda maior: podem entrar nos cofres outros R$ 3 milhões referentes a 84 ações já ajuizadas, a sete acordos fechados com ex-prefeitos e a outros 25 casos cujos processos estão sendo preparados pelas procuradorias da União nos estados.

61% dos deputados federais consideram “ruim ou péssima” relação do Governo com o Legislativo

Pesquisa realizada na Câmara entre 24 e 26 de março deste ano mostra que 61% dos deputados federais avaliam como ruim ou péssima a relação entre Executivo e Legislativo. Os dados mostram um aumento de 11 pontos porcentuais nesse índice na comparação com fevereiro.
O levantamento, feito pela consultoria política Arko Advice, ouviu 102 deputados federais de 22 partidos, distribuídos conforme a representatividade de cada bancada. Segundo o analista sênior da consultoria, Cristiano Noronha, quatro fatores influenciaram as respostas dos deputados na pesquisa de março: as manifestações ocorridas no dia 15 do mês passado, a queda maior na popularidade da presidente Dilma, o atraso na reforma ministerial e a dificuldade de reação do governo.