12 de abril de 2015

SEGURANÇA PÚBLICA: Nenhuma ocorrência registrada na manifestação em MT

A manifestação contra o governo da presidente Dilma Rousseff aconteceu de forma pacífica neste domingo (12.04) em sete cidades de Mato Grosso. Apenas em Cuiabá a Segurança Pública confirmou a participação de aproximadamente oito mil manifestantes. Nenhuma ocorrência foi registrada em todo Estado.

Na capital, os manifestantes saíram às 16h35 da Praça Ipiranga, e seguiram escoltados por batedores da Polícia Militar pela avenida Prainha sentido avenida Mato Grosso, onde o manifesto encerrou de forma pacífica.

Tudo foi acompanhado pelos operadores da Segurança Pública por meio das câmeras de videomonitoramento do Centro Integrado de Comando e Controle instaladas na região central de Cuiabá. Além do policiamento ostensivo da Polícia Militar, policiais do Regimento Montado deram apoio com a cavalaria durante todo o percurso.

Protesto na Paulista reúne 500 mil pessoas

paulista hoje
– Número de participantes hoje foi menor do que o registrado em 15 de março passado. O que é mais do que natural que tenha ocorrido. O protesto foi realizado um mês após o o outro. A resposta das manifestações foi altamente produtiva. Outra conquista do povo brasileiro.
156 cidades têm ou tiveram manifestações contra Dilma pelo país.

Manifestação contra o governo Dilma reúne multidões em 24 estados

2015041227179
A manifestação contra o governo da presidente Dilma Rousseff e a corrupção tomou as ruas de 24 capitais brasileiras e do Distrito Federal neste domingo. A marcha em São Paulo, realizada na Avenida Paulista, reuniu 275 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, número menor que o protesto do dia 15 de março, que levou 1 milhão às ruas e foi considerado o maior do país naquela data.
Apesar da perda de público na capital paulista, a organização comemorou, no fim da tarde, a adesão em 450 cidades. Mais uma vez, os manifestantes seguravam bandeiras, vuvuzelas, cartazes e faixas de repúdio à corrupção com as palavras “Fora Dilma”, “Fora PT”. De acordo com a PM paulista, o ato pacifico.

Acunha! O PT não vai ganhar no “pau”, diz Eduado Cunha

Eduardo-cunha
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a criticar o PT após o protesto que terminou em tumulto na última sexta-feira (10), enquanto ele participava de uma audiência pública na Assembleia da Paraíba, em João Pessoa.
“Eles (o PT) não conseguem ganhar no voto, querem ganhar no pau. E no pau não vão ganhar”, disse Cunha, em vídeo publicado neste domingo (12) através do seu perfil oficial. Ele estava em Natal (RN).
Cunha tem rodado o País para discutir temas como a reforma política nos Estados. Por onde já passou, foi recebido com protestos. No dia 27 de março, foi vaiado em São Paulo. Dias depois, o mesmo aconteceu no Rio Grande do Sul.
Estadão

Temer: Sai fora e me passa a faixa, Dilma!


Avenida Paulista é fechada em ato contra o governo

manifestopaulista
A Avenida Paulista, região central da capital, está com o tráfego interrompido nos dois sentidos para receber as milhares de pessoas que protestam contra o governo federal. Muitos participantes tem o rosto pintado de verde e amarelo ou carregam a bandeira do Brasil.
Até o momento a Polícia Militar (PM) não divulgou uma estimativa do número de participantes do protesto. A corporação interrompeu o tráfego na avenida por volta do meio dia, para facilitar o início da concentração da manifestação.
Em reunião com a PM, os grupos que convocaram o protesto definiram lugares fixos para os carros de som. Antes, o Movimento Brasil Livre, um dos organizadores da manifestação, chegou a acionar a Justiça para que os grupos que defendem a intervenção militar mantivessem distância do carro de som do movimento. Com o acordo, cada grupo ficou com um espaço definido e o Brasil Livre desistiu da demanda judicial.
Além dos discursos pedindo a saída da presidenta Dilma Rousseff, foram montadas tendas para coleta de assinaturas para embasar um pedido de impeachment da presidenta. As estações de metrô que atendem a Avenida Paulista funcionam normalmente. Na última manifestação, algumas tiveram de ser fechadas devido ao fluxo excessivo de pessoas.

Manifestação de Brasília termina em clima pacífico

protestoBR
Balanço final da Polícia Militar do Distrito Federal sobre a manifestação contra a corrupção, a favor da democracia e pelo impeachment da presidenta Dilma Rousseff realizada hoje (12), em Brasília, mostra que o movimento teve um pico de concentração de 25 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios. Assim como no ato de 15 de março, a manifestação de hoje transcorreu em clima pacífico e sem ocorrências graves registradas pelas autoridades de segurança.
“Tivemos hoje, no pico de concentração dos manifestantes, em torno de 25 mil pessoas. Não tivemos registro de ocorrência de gravidade. Foi bem tranquilo e a polícia agradece a forma de participação da população, bem ordeira, tranquila e pacífica”, destacou o chefe do Departamento Operacional da PMDF, coronel Lemos. No ato promovido há cerca de um mês, também na Esplanada, a PM estimou a participação de 45 mil pessoas.

Solidariedade pedirá apoio ao impeachment de Dilma

Mais uma vez, milhares de pessoas saíram às ruas, neste domingo, em centenas cidades do país para protestar contra o governo Dilma Rousseff. Foi a segunda grande manifestação de rua em menos de um mês – a anterior havia sido em 15 de março.
O Solidariedade espalhou barracas na avenida Paulista, onde novamente aconteceu a maior manifestação, e em outras cidades para recolher assinaturas no abaixo assinado que pede o impeachment de Dilma Rousseff. “Vamos procurar os demais partidos de oposição para que eles tomem posição pelo impeachment da Dilma”, afirma o presidente do Solidariedade, deputado federal Paulo Pereira da Silva. Segundo ele, não é possível que a oposição assista de braços cruzados as manifestações de rua e não dê nenhuma resposta.
“O povo está mostrando que não aguenta mais compactuar com a roubalheira que o PT instalou no Brasil. E já percebeu que, além de tolerar a roubalheira, Dilma é incompetente para governar e deixou a economia sair de controle, com aumento do desemprego e da inflação”, diz Paulinho. “E os partidos de oposição não podem ficar indiferentes a isso”, acrescenta.

Financiamento de campanha prevê distribuição “igualitária” de recursos

Analista político Lourembergue Alves avalia que
apesar das medidas, a corrupção não acaba assim
Há, pelo menos, 129 Projetos de Lei (PL) e Propostas de Emenda à Constituição (PEC) relacionados à reforma política que tramitam no Senado, conforme consta na secretaria-geral do Parlamento. O financiamento público exclusivo de campanha é considerado uma das pautas mais polêmicas. De autoria da senadora Angela Portela (PT-RR), o projeto 338/2014, por exemplo, prevê que os recursos despendidos no processo eleitoral devem ser repassados pelo Fundo de Financiamento de Campanhas Eleitorais (FFCE), constituído por recursos do orçamento da União e por doações de pessoas físicas e jurídicas, que podem ser feitas a partir do dia 1º de janeiro do ano eleitoral.

Caso haja excedente, os valores retornam ao governo federal. As dotações para os financiamentos de primeiro e segundo turnos devem ser propostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A distribuição do dinheiro seria de 30% entre todos os partidos com registro no TSE, e os demais 70% de acordo com o número de votos para Câmara Federal, obtidos no pleito anterior.

NAS RUAS DE CUIABÁ: Manifestantes seguem pela avenida Prainha

Após permanecerem por quase uma hora concentrados na Praça Ipiranga, em Cuiabá, manifestantes que participam de ato em protesto ao Governo da presidente Dilma Rousseff (PT), começam a caminhar pela avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha).

Os manifestantes seguem atrás de um carro de som e têm como ponto de parada a avenida Mato Grosso.

O ato é organizado pelo Movimento Muda Brasil. Até o momento, ainda não há informações oficiais sobre o número de participantes.

A renúncia da presidente Dilma é listada como um das principais pautas defendidas pelos manifestantes.

Além disso, eles pedem a redução, pela metade, do número de Ministérios e corte com gastos públicos; o impedimento do ministro Dias Tófoli no julgamento dos processos da Operação “Lava Jato” (que investiga crimes de desvios de recursos públicos na Petrobras); a investigação do BNDES; e o basta à transferência de dinheiro para investimentos em Cuba, Venezuela e outros países.


Assim como os demais protestos que ocorrem em todo o país, desde a manhã deste domingo (12), em Cuiabá, a maior parte das pessoas também optou por sair às ruas vestindo as cores amarelo e verde. Mídia News

Marcha em Brasília ocupa gramado em frente ao Congresso

protestoBR
Manifestantes que protestam contra a corrupção e defendem o impeachment da presidenta Dilma Rousseff chegaram há pouco ao gramado em frente ao Congresso Nacional. De acordo com a Polícia Militar (PM) do Distrito Federal, mais de 20 mil pessoas participam do ato.
Além de criticar o PT e o governo, os manifestantes também a saída do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli do cargo – por ter sido advogado do PT e indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva – e a redução do número de ministérios e de deputados. Eles também querem mudanças na legislação eleitoral para acabar com a suplência para senadores.
Neste momento, o protesto se concentra em frente ao Congresso, mas há manifestantes por toda a Esplanada. Duas ocorrências foram registradas pela PM. Uma motociclista foi preso depois de discutir com outro manifestante, perto da Torre de TV. Ele portava um facão e uma barra de ferro e seguia para a manifestação no momento em que foi detido. Também foi encaminhado à delegacia um morador de rua embriagado que causava tumulto no local.

Prefeitos petistas expõem carimbo da incompetência em Poconé e Leverger

O que está aconteceu com municípios que experimentam, pela primeira vez, gestores petistas? Eles pregavam o diferente, mas estão piores do que prefeitos dos outros partidos. Já se passaram três anos. A incompetência é tanta que hoje, considerando a popularidade no chão, nem teriam coragem de encarar a reeleição.

Eis dois exemplos de administrações pífias do PT na Baixada Cuiabana. Um deles é o médico Valdir Ribeiro, que está matando de sofrimento os moradores de Santo Antônio do Leverger. A gestão não consegue tocar os serviços essenciais. A outra é a pecuarista Meire Adalto, de Poconé.

Em ambos municípios as vias urbanas esburacadas exemplificam o quanto são inoperantes os seus prefeitos. Em Poconé, surge a segunda bananeira plantada com cacho numa via asfaltada. Foi uma forma de protestar dos moradores. O pé de bana foi colocado num buraco na Aníbal Toledo, a principal do município. Ali, seus cerca de 32 mil moradores começam a acompanhar o desenvolvimento da bananeira. Logo devem surgir mais cachos. A irrigação é permanente. O intrigante é que a prefeitura já havia feito na avenida a operação tapa-buraco.


 A cidade está toda destruída. Tanto a prefeita quanto o seu irmão Adauri Adalto, secretário de Infraestrutura, assistem a tudo passivamente. Não convencem mais a população com o argumento de que o município não dispõe de recursos. No bairro João Godofredo, a revolta é geral devido à falta de infraestrutura. Uma das vias cheia de buraco também recebeu um pé de bananeira. Se a moda pega, haja planta para identificar todos os buracos!

TRE/MT apura denúncia de compra de votos por 2 deputados


RAFAEL COSTA

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mantém dois inquéritos abertos para apurar a suspeita de compra de votos por dois deputados estaduais eleitos que são Mauro Savi (PR) e Zeca Viana (PDT). Como os parlamentares detém foro privilegiado, todos os atos de investigação policial são devidamente monitorados pelos magistrados.

Contra o republicano, está em curso uma ação de investigação judicial eleitoral sob a relatoria da desembargadora Maria Helena Póvoas.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) solicitou a investigação com base na denúncia de que, em determinado momento da campanha eleitoral, servidores da prefeitura de Vila Bela foram dispensados do expediente para apoiar ato político no município em defesa do parlamentar.

Jonathas Lindoso da Silva é assassinado a tiros neste sábado em Campo Novo do Parecis

Um homem foi assassinado e outro ficou ferido após serem vítimas de disparos de arma de fogo na madrugada deste sábado (11), no Bairro Jardim das Palmeiras em Campo Novo do Parecis. Jonathas Lindoso da Silva de 27 anos, natural de Cocau-PE, não resistiu ao ferimento e morreu no local. O fato ocorreu em uma casa localizada na Av. Ceará esquina com a Rua Gaivota no Bairro Jardim das Palmeiras.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, os policiais receberam a informação de que havia dado entrada na emergência do Centro Hospitalar Parecis, um homem vítima de disparo de arma de fogo. No hospital, os policiais conversaram com a vítima A. S. C. de 22, e relatou que teria sido atingido nas costas, mas não soube informar quem teria sido o autor do disparo nem o local da tentativa de homicídio. Ainda no hospital, os policiais receberam a informação de que havia uma pessoa morta em uma residência (tudo leva a crer que é a mesma residência onde a vítima A. S. C. foi alvejado do disparo).

A PM se deslocou até o endereço informado e encontrou a vítima, Jonathas Lindoso da Silva de 27 anos, caído em um dos cômodos da casa já sem vida. Ele foi atingido por um disparo de arma de fogo na região do tórax.

O local onde ocorreu o homicídio é conhecido como ponto de usuários de drogas.

A Polícia Civil colheu as primeiras informações no local e passa a investigar o caso. Com Parecis Net


Bandidos arrombam mais um estabelecimento comercial de Brasnorte

 
Imagem ilustrativa
Bandidos arrombaram na madrugada desde domingo (12) mais um estabelecimento comercial de Brasnorte. A informação foi passada pelos proprietários ao Plantão do Jornal da Amazônia (Amazônia FM) agora a pouco. “Eles (bandidos) entraram pelo teto e praticaram furto de dinheiro e outros objetos”, disseram.

Todos os detalhes de mais esse crime praticado em Brasnorte às 7h desta segunda-feira no Jornal da Amazônia. 

Obama e Raúl mantêm encontro histórico entre EUA e Cuba

raulobama
O presidente americano, Barack Obama, e o ditador cubano, Raúl Castro, realizaram neste sábado (11) a primeira reunião formal entre líderes dos EUA e de Cuba em mais de meio século. O encontro abre o caminho para a normalização de relações entre os dois países, algo que pareceu impensável para gerações de americanos e cubanos.
Em uma pequena sala de reunião no centro de convenções da Cidade do Panamá, Obama e Raúl se sentaram lado a lado em uma tentativa de dar novo impulso ao esforço de restaurar as relações diplomáticas. Embora reconhecendo que ainda há diferenças significativas entre os dois governos, Obama disse que queria “virar a página” em relação a antigas divisões.

Vídeo: “Fora Cunha e leve com você a terceirização”, diziam manifestante



63% apoiam abertura de processo de impeachment, aponta Datafolha

pesquisa_eleitoral_09Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (11) indica que 63% dos brasileiros apoiam a abertura de um processo de impeachment contra presidente Dilma Rousseff (PT), quando se consideram as revelações feitas até aqui pela Operação Lava Jato.
A pesquisa também mostra que 64% dos entrevistados não acredita que Dilma será afastada em razão denúncias de corrupção da Lava Jato e que menos da metade dos entrevistados sabe que, caso Dilma saia, quem assume é o vice-presidente e que o vice é Michel Temer (PMDB).
A pesquisa Datafolha foi feita entre os dias 9 e 10 de abril com 2.834 entrevistas em 171 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Veja a seguir os resultados da pesquisa, divulgada pelo site da “Folha de S.Paulo”:
Considerando tudo o que se sabe até o momento a respeito da Operação Lava Jato, o Congresso deveria abrir um processo de impeachment para afastar a presidente Dilma da Presidência?
– Sim: 63%
– Não: 33%
– Não sabe: 4%
Caso isso ocorra, assume seu lugar:
– O vice (sem citar o nome): 29%
– Michel Temer: 13%
– Aécio Neves: 12%
– Outros: 8%
– Não sabe: 39%
Caso isso ocorra, assume seu lugar (entre quem apoia o impeachment):
– O vice (sem citar o nome): 27%
– Michel Temer: 10%
– Aécio Neves: 15%
– Outros: 8%
– Não sabe: 40%
Caso isso ocorra, assume seu lugar (entre quem rechaça o impeachment):
– O vice (sem citar o nome): 33%
– Michel Temer: 19%
– Aécio Neves: 5%
– Outros: 9%
– Não sabe: 33%
Sabe quem é o vice-presidente?
– Michel Temer: 36%
– Outros: 1%
– Não sabe: 63%
Opinião sobre os protestos contra o governo Dilma
– A favor: 75%
– Contra: 19%
– Indiferente: 5%
– Não sabe: 1%
Acha que Dilma vai ser afastada por causa das denúncias de corrupção na Lava Jato?
– Sim: 29%
– Não: 64%
– Não sabe: 7%
Sobre a corrupção na Petrobras, você acha que Dilma:
– Sabia e deixou que ocorresse: 57%
– Sabia, mas não poderia evitá-la: 26%
– Não sabia: 12%
– Não soube responder: 5%
Em quem votaria para presidente caso houvesse novas eleições?
– Aécio (PSDB): 33%
– Lula (PT): 29%
– Marina Silva (PSB): 13%
– Joaquim Barbosa: 13%
– Outra resposta: 9%
– Não sabe: 3%

Avião com 30kg de cocaína cai na região norte do Piauí e mata dois

aviaoPI
Um avião de pequeno porte caiu na zona rural do município de Assunção do Piauí, região centro norte do estado, distante 256 km da capital Teresina. A queda da aeronave aconteceu entre o povoado Baixa Verde e a comunidade Lajeiro Branco, à 23 km da cidade de Assunção.
De acordo com as primeiras informações repassadas, o avião aparentemente um monomotor ficou em cinzas, duas pessoas morreram carbonizadas. Há suspeita que a aeronave era clandestina e usada para transporte de drogas. A região onde a aeronave caiu, fica próxima da divisa do estado do Ceará. Moradores da região relataram que viram o avião passar muito baixo e em seguida ouviram um “estrondo” muito forte.
Aproximadamente 30 kg de cocaÍna foi recolhida proximo aos destroços do avião. A polícia foi acionada e aguarda reforço. Segundo informações de populares, o avião estaria fazendo uma rota que daria acesso ao Assentamento Saco do Juazeiro, onde bem próximo existe uma pista de pouso em uma propriedade particular.

Dilma anuncia ida aos EUA e indica que crise de espionagem foi superada

dilmaobama
A presidenta Dilma Rousseff viajará aos Estados Unidos no dia 30 de junho para uma visita de trabalho que marca a retomada da relação entre os dois países, abaladas pelo escândalo de espionagem de 2013. A revelação de que a Agência Nacional de Segurança (NSA) tinha espionado as comunicações de Dilma e da Petrobras levaram a presidenta a cancelar o encontro de outubro de 2013 que tinha marcado com o presidente norte-americano, Barack Obama, em Washington.
No final da 7ª Cúpula das Américas, neste sábado (11), Dilma e Obama tiveram uma reunião e deram a crise por superada. “O governo americano disse que os países irmãos não seriam espionados”, disse Dilma Rousseff, em entrevista após o encontro com Obama. “E Obama falou para mim que, quando ele quiser saber qualquer coisa, ele liga para mim. Eu não só atendo como fico muito feliz”.

Um apostador ganhou a mega: R$ 46 milhões! Eu não tenho essa sorte!!!

bolas mega
Um apostador de Toledo, no Paraná, acertou as seis dezenas sorteadas neste sábado pelo concurso 1.694 da Mega-Sena, realizado em São Lourenço do Sul (RS). O prêmio, que estava acumulado, foi de R$ 46.904.093,93.
Os números sorteados foram: 20-29-34-37-45-57.
Segundo a Caixa Econômica Federal, o valor do prêmio pode render R$ 294 mil mensais se for aplicado integralmente na poupança.
Outros 348 apostadores acertaram a Quina, e cada um vai embolsar R$ 14.457,94. Outros 10.854 pessoas acertaram a Quadra, e faturam R$ 662,21 cada. O próximo sorteio da Mega-Sena será realizado no dia 15 deste mês, e a estimativa de prêmio é de R$ 25 milhões.