17 de julho de 2015

Acusado, Cunha promete romper com o governo

cunhael
Atribuindo ao Palácio do Planalto uma articulação para envolvê-lo na Lava Jato, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB­), disse que anunciará nesta sexta (17) o seu rompimento com o governo. A decisão ocorre após ele ser acusado pelo Doleiro diz estar sendo intimidado por ‘pau mandado’ de Eduardo Cunha Após ação contra políticos, ministro desaconselha ‘prejulgamentos’
“É tudo vingança do governo. Parece que o Executivo quer jogar a sua crise no Congresso”, disse Cunha à Folha. Após a divulgação da notícia, ele conversou com o vice-presidente e articulador político do governo, Michel Temer (PMDB­), e com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB­). Renan disse que o país vive uma crise institucional. Cunha comunicou que iria defender o rompimento com o governo.

Corte de gastos atingiu repasses para 40% dos programas federais

cortesOs efeitos do ajuste fiscal promovido pelo governo federal já estão claros quando analisados os desembolsos da União no primeiro semestre do ano. O repasse para 40% programas orçamentários federais caiu em 2015. Ao todo, 120 rubricas possuem dotação autorizada no orçamento deste ano, com recursos que somam R$ 2,9 trilhões a serem desembolsados.
Dessa forma, a queda aconteceu em 45 rubricas que compreendem programas temáticos, operações especiais e de gestão, manutenção e serviços ao Estado. A queda nos recursos aplicados nos programas soma R$ 39,8 bilhões. O levantamento do Contas Abertas comparou os pagamentos dos programas entre janeiro e junho de 2015 com igual período de 2014. Os valores são correntes

Assessoria de Lula diz que recebeu com “surpresa” abertura do inquérito

lulaptA assessoria do Instituto Lula divulgou nota informando que Lula recebeu a notícia da abertura do inquérito com surpresa, porque já entregou todas as informações solicitadas pela procuradora Mirella de Carvalho Aguiar.
O Instituto Lula avalia que houve pouco tempo para a procuradora analisar o material, mas, logo, entende que faz parte das atribuições do Ministério Público investigar denúncias e terá oportunidade de comprovar a legalidade e a lisura de todas as atividades do Instituto Lula.