26 de julho de 2015

Banco Mundial destinou recursos de U$ 700 mil para a Saúde

plano-estrategico (1)O Banco Mundial destinou recursos de U$ 700 mil, a título de doação, para serem utilizados especificamente no apoio ao processo de gestão em saúde. Na primeira fase do projeto foi realizado um diagnóstico rápido e um plano de ação para as áreas de Planejamento e Processos, Compras Governamentais, Gestão Financeira, Gestão de Ativos e Recursos Humanos.
O trabalho faz parte do Projeto IDF Saúde, sendo a Sesap a única dentre todas as secretarias participantes do RN Sustentável a receber a doação. As melhorias na área de gestão ocorrem em paralelo aos investimentos da ordem de US$ 40 milhões, financiados pelo Banco Mundial, que estão sendo aplicados em diversas áreas no Estado, com foco em redes de atenção prioritárias.

OAB tem mais de mil processos contra conduta dos associados

A maioria da população não sabe, mas advogados que têm seus nomes estampados por participação em crimes e esquemas de corrupção que vão parar no noticiário respondem a processos internos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). No período de janeiro de 2013 a julho de 2015, pelo menos um deles já foi expulso pelo Conselho da Ordem no Rio Grande do Norte.
Na OAB/RN, neste momento, há 1.076 processos em tramitação contra advogados suspeitos de ferirem o estatuto da categoria. O Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem é proibido por lei de revelar a natureza que os levou a julgamento, mas o NOVO Jornal apurou que neste período foram julgados 393 processos relativos a acusações contra os profissionais do direito e aplicadas 73 suspensões.

No Dia dos Avós, Dilma anuncia que será avó pela segunda vez

A família Rousseff vai crescer. A presidente Dilma anunciou, neste domingo em que é comemorado o Dia dos Avós, que será avó pela segunda vez. O anúncio foi feito em sua conta no Facebook. A presidente não informou para quando está previsto o nascimento do irmão de Gabriel, 4 anos, filho único de sua filha, Paula Rousseff Araújo.
 Foto: Reprodução / Facebook

Brasil garante terceira colocação no quadro geral de medalhas do Pan-Americano

panO Brasil garantiu na madrugada de hoje (26) a terceira colocação no quadro geral dos Jogos Pan-Americanos de 2015, disputados em Toronto (Canadá), após conquistar 41 medalhas de ouro, 39 de prata e 60 de bronze, o que totaliza 140. Como Cuba, que está em quarto lugar com 36 medalhas de ouro, não disputará outras finais, o Brasil permanece em terceiro lugar na competição, que termina neste domingo. Há ainda possibilidade de os brasileiros obterem medalhas de ouro na maratona e no vôlei masculino, cuja final será disputada contra a equipe argentina.
Com uma campanha invicta nos Jogos de Toronto, e após derrotar o Canadá por 86 a 71, a seleção masculina de basquete conquistou, nesta madrugada, a sua sexta medalha de ouro em Pan-Americanos. No boliche, o Brasil ganhou a primeira uma medalha de ouro, com a vitória de Marcelo Suartz sobre o venezuelano Amleto Monacelli, na final, por 201 a 189.
Outra medalha de ouro dos brasileiros foi obtida pela seleção masculina de handebol, com vitória sobre a Argentina, na prorrogação, por 29 a 27. A equipe brasileira terminou o primeiro tempo com um placar desfavorável, de 11 a 9 para os argentinos. Ao final do segundo tempo, o placar estava empatado em 24 a 24. Os brasileiros poderiam ter vencido a partida no tempo normal caso tivessem convertido um tiro de 7 metros no último minuto do tempo regulamentar.
No caratê, duas medalhas foram obtidas pelo Brasil na madrugada de hoje. Na categoria até 68 quilos, Natalia Brozulatto ficou com o ouro após vencer a mexicana Xhunashi Caballero por 2 a 0. Na semifinal, ela venceu a venezuelana Omaira Molina por 3 a 1. Na categoria acima de 68 quilos, Isabela dos Santos ficou com a medalha de bronze.
Ontem (25) à noite, a equipe feminina de futebol conquistou a medalha de ouro após vencer por 4 a 0 a equipe colombiana. Os gols foram marcados por Formiga, Maurine, Andressa Alves e Fabiana. Com o feito, a seleção feminina de futebol deixou os Jogos Pan-Americanos de Toronto com 100% de aproveitamento.

Lava Jato avança sobre políticos e setor elétrico

A condenação de executivos da Camargo Corrêa e a denúncia formal contra os presidentes e ex-dirigentes das duas maiores empreiteiras do País, Odebrecht e Andrade Gutierrez, abrem nova fase das investigações da Operação Lava Jato. A investigação se aproxima de PT e PMDB como integrantes importantes do esquema de corrupção, em conluio com o comando do cartel empresarial, que fatiava obras da Petrobras mediante o pagamento de propina desde 2004.
Com a chegada dos primeiros documentos oficiais da Suíça, após acordo de cooperação internacional entre autoridades brasileiras e suíças, a força-tarefa de procuradores da Lava Jato acredita ter aberto “uma janela” nas apurações que levarão à comprovação do uso de contas secretas dos quatro núcleos do esquema: empresarial, político, de operadores financeiros e de agentes públicos.
Segundo o Estadão, além de chegar às contas secretas das empreiteiras, dos políticos, dos dirigentes da Petrobras e dos operadores de propina, os investigadores vão ampliar a devassa em contratos, antes centrada na estatal, a outras áreas dos governos Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2006 e 2007-2010) e Dilma Rousseff (2011-2014). Uma das prioridades é o setor energético e envolve as obras de grandes usinas, como Belo Monte, no Pará, e Angra 3, que tiveram investimentos bilionários.