28 de julho de 2015

Site ‘Tudo Sobre Todos’ divulga informações de pessoas físicas sem autorização

Tudo Sobre Todos (Foto: CBN)O site “Tudo Sobre Todos”, que gerou diversas reclamações nos últimos dias por divulgar informações de pessoas físicas sem autorização, saiu do ar para parte dos usuários. Na tarde desta segunda-feira (27), muitas pessoas que tentavam acessar o endereço recebiam a seguinte mensagem: “Seu IP foi banido. Entre em contato conosco”.
O site passa por dois problemas técnicos. Um deles impede o navegador web de descobrir o endereço IP que é necessário para iniciar a comunicação com o site. O segundo erro está fazendo com que muitos internautas recebam a mensagem de que foram “banidos” do site.

Repórteres seminuas fazem sucesso no Pan e querem cobrir Rio 2016

semi nuasOs Jogos Pan-Americanos atraíram jornalistas de todas as Américas, Europa e até integrantes da imprensa asiática. Mas uma equipe de TV local roubou toda a cena das competições esportivas: o Naked News. Caminhar nas áreas próximas das competições ou até no mesmo quarteirão da Vila Pan-Americana, que fica praticamente do lado da sede do canal, era certamente se deparar com uma surpresa: uma equipe de TV – até aí normal – com uma repórter somente de calcinha, abordando atletas e gravando suas entrevistas bem à vontade.
As apresentadoras Elia Adams e Katherine Curtis, assim como o produtor Lucas Tyler, receberam o Terra em seus estúdios, em Toronto . Aproveitando que topless não é considerado atentado ao pudor na cidade canadense, o canal, que tem transmissão pela internet e atinge cerca de 6 milhões de usuários, faz suas pautas de maneira descontraída e, claro, com repórteres seminuas.
“Algumas pessoas ficam chocadas, mas a maioria tem sido positiva”, afirmou Elia, que também disse estar interessada em cobrir os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. (Terra)

Lava Jato: Novos acusados são presos. Vai faltar cadeia!

A 16ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) na madrugada desta terça-feira (28) em Brasília, Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo e Barueri. Serão cumpridos dois mandados de prisão temporária. Também serão cumpridos 23 mandados de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. A operação foi batizada de ‘Radioatividade’.
A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado.
O foco das investigações desta fase, segundo a PF, são contratos firmados por empresas já mencionadas na Operação Lava Jato com a Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás, cujo controle acionário é da União. Os presos serão trazidos para a Superintendência da PF em Curitiba.
Ainda de acordo com a PF, a formação de cartel e o prévio ajustamento de licitações nas obras de Angra 3, e o pagamento indevido de vantagens financeiras a empregados da estatal, são os objetos de apuração da atual fase.
Em abril deste ano, o ex-presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini, afirmou em depoimento de delação premiada que houve “promessa” de pagamento de propina ao PMDB e a dirigentes da Eletronuclear, empresa do grupo Eletrobras, nas obras da usina nuclear Angra 3. As informações foram obtidas pelo Jornal Nacional.
Avancini deixou a prisão em 30 de março para cumprir prisão domiciliar, após firmar acordo de delação premiada com a Justiça, homologado pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato na primeira instância.
Segundo Avancini, a Camargo Corrêa foi informada em agosto de 2014 de que havia “compromissos” de pagamento de propina equivalente a 1% dos contratos das obras da usina ao PMDB e aos diretores da Eletronuclear. Somados, os contratos de Angra 3 chegam a R$ 3 bilhões, de acordo com o executivo. À época, o PMDB negou as acusações de recebimento de propina.
G1

Lava Jato tem 119 réus e 30 condenados. É ladrão! É ladrão! Vixe!!

A força-tarefa da Operação Lava Jato já denunciou 140 investigados por corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa para fraudes em licitações da Petrobrás, embaraço à investigação, peculato, evasão de divisas, crimes financeiros e até ocultação de valores do tráfico internacional. Desse grupo, até esta segunda-feira, 27, já se tornaram réus 119 acusados, segundo o procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, que integra a força-tarefa da Lava Jato. Foram condenados, até aqui, 30 alvos da Lava Jato.
Fazem parte desta lista de réus os donos das maiores empreiteiras do País, ex-dirigentes da estatal, empresários, doleiros, políticos e até seus familiares. Os procuradores da República já apresentaram à Justiça 28 denúncias formais à Justiça Federal no Paraná.

Com medo, Dilma exige que ministros enquadrem bancadas para barrar impeachment

dilma_medusa
A presidente Dilma Rousseff cobrou nesta segunda-feira, 27, de 12 ministros que mobilizem as bancadas de seus partidos para impedir que propostas pedindo o seu afastamento do cargo contaminem a pauta do Congresso a partir da próxima semana, quando terminar o recesso parlamentar. Com receio de que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admita a tramitação dos pedidos de impeachment antes mesmo dos protestos marcados para 16 de agosto, o governo iniciou uma estratégia para pôr um freio de arrumação na base aliada.

Anistia Internacional pede política de redução de homicídios no Brasil

pistolaA Anistia Internacional defende a necessidade de o Brasil ter uma política nacional de redução de homicídios. De acordo com o diretor-executivo da Anistia Internacional Brasil, Átila Roque, o tema precisa ser prioridade de todo o estado brasileiro, especialmente, para diminuir o número de mortes de jovens pobres e negros no país.
“[A ação] tem que ser abraçada pelo estado como um todo. Precisa ter metas de curto prazo e recursos para equipar não apenas a polícia, mas também trazer junto outras políticas de educação, saúde, cultura e integração social, que incorporem e abram condições para que esses jovens sejam parte plena da sociedade de direito no Brasil, como deveria ser”, disse hoje (28) em entrevista à Agência Brasil.

Lula ficaria na frente em 1º turno na Bahia, diz pesquisa

lulaptLevantamento do Instituto Paraná Pesquisas revela que o ex-presidente Lula venceria na Bahia o senador Aécio Neves (nome mais forte da oposição) no 1º turno das eleições presidenciais se o pleito fosse hoje. Lula teria 32,5% das intenções de voto, contra 29,2% do tucano que foi derrotado pela presidente Dilma Rousseff em 2014.
A ex-senadora Marina Silva aparece em terceiro lugar, com 20,7% das intenções de voto dos baianos. Em seguida estão o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), com 2,9% e o senador goiano Ronaldo Caiado (DEM), com 2,2%.
Com este resultado, a disputa iria para o segundo turno, e aí Aécio sairia vitorioso. O senador do PSDB teria 45,3%, contra 39,7% do ex-presidente Lula. Embora a presidente Dilma não possa ser candidata em 2018 porque está no segundo mandato consecutivo, o instituto a colocou num cenário somente com Aécio. O tucano sairia vitorioso na Bahia. Ele teria 65,1% diante de 14,9% de Dilma.
O instituto ouviu 1.284 eleitores em 68 municípios entre os dias 21 e 26 de julho de 2015. A amostra tem grau de confiança de 95% e margem estimada de erro de aproximadamente 3%.
Avaliação do governo
O Instituto Paraná Pesquisas também fez sondagem da aprovação da administração da presidente Dilma Rousseff com os baianos. Ela tem aprovação de 13,2% dos entrevistados. 84,4% dos baianos a desaprovam e 2,4% não quiseram ou não souberam opinar.

CPI do BNDES deve ser instalada em oito dias

Dezessete partidos têm uma semana para indicar os deputados que vão começar, em agosto, a analisar denúncias envolvendo empréstimos feitos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a empresas e empreiteiras, nos anos de 2003 a 2015. A data da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES, autorizada pelo presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no último dia 17, está marcada para o dia 6 de agosto, segundo a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara.
Se as legendas que terão representação no colegiado (PMDB, PP, DEM, PRB, PRTB, PSC, PTB, SD, PT, PR, PR, PSD, PROS, PSDB, PSB, PPS, PDT, PSL) não apontarem os nomes para a composição da CPI, Cunha pode indicar quais serão os membros. A maior disputa, nesta fase do processo de instalação, é em torno da presidência e relatoria da comissão.