3 de agosto de 2015

Lava Jato envolve o crime no atacado, não mais no varejo, diz ministro do STF

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), comentou hoje (3) as investigações da 17ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta manhã. Segundo Marco Aurélio, o escândalo de corrupção investigado na Lava Jato “envolve o crime no atacado, não mais no varejo”.
Na avaliação do ministro, a Lava Jato mostra que o mensalão não pode ser mais considerado o maior escândalo de corrupção do país. Marco Aurélio participou do julgamento da Ação Penal 470, conhecido como o processo do mensalão.“Quando eu tomei posse, em 2006, no TSE [Tribunal Superior Eleitoral], eu fiz um discurso que foi considerado muito ácido. Mas, foi um discurso leve. Eu falei que era o maior escândalo da República [mensalão]. Hoje, nós temos aí esse, que envolve o crime no atacado, não mais no varejo”, disse.

Lava Jato: José Dirceu vai entregar a quadrilha toda do PT

dirceu pf
No começo de julho, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu desabafou com um amigo.
Disse que estava resignado diante da possibilidade de ser preso na Lava Jato (o que se confirmou hoje), já que as tentativas de seus advogados de obter um Habeas Corpus foram frustradas.
Dirceu afirmou ter feito o seguinte cálculo: se contar o que sabe, poderá estar solto em três anos. Segundo o amigo, Dirceu disse que estava propenso a “entregar todo mundo”.
A situação de Dirceu na Lava Jato ficou mais complicada depois de depoimento do lobista Milton Pascowitch, preso em março na Lava Jato. Pascowitch disse que a Engevix (empresa que fazia parte do cartel da Petrobras) pagava consultorias à JD Consultoria Empresarial (empresa de Dirceu) sem que o ex-ministro prestasse qualquer serviço. Ricardo Pessôa, dono da UTC, também mencionou José Dirceu em seu depoimento.
Na sexta-feira, Renato Duque, ex-diretor da Petrobras que foi indicado por Dirceu para o cargo, aceitou a delação premiada. Os investigadores acreditam que Duque poderá detalhar os interesses de Dirceu na Petrobras.
Dirceu tem 69 anos e cumpria prisão domiciliar em razão de sua condenação no processo do mensalão.
Na edição de ÉPOCA que circula nesta semana, a coluna EXPRESSO antecipou que a situação de Dirceu na Lava Jato não estava serena.
Deu em Época

Dirceu aguenta a onda. Mas, o Luiz e o Bob não! Vão dedurar

capa dirceu
Apesar de José Dirceu (Na capa de Veja) ser o primeiro preso da Lava Jato que fez parte do alto escalão da administração federal do PT –nos anos de Luiz Inácio Lula da Silva–, a sua detenção já era esperada.
O ex-ministro da Casa Civil foi levado para a sede da Polícia Federal, em Brasília, nesta 2ª feira (3.ago.2015).
A grande apreensão em Brasília no meio político ligado ao PT e ao governo é sobre outras duas pessoas presas também hoje na 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “Pixuleco”. Muitos estão preocupados com as prisões temporárias de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva (irmão e sócio de Dirceu) e Roberto Marques (ex-assessor de Dirceu).
“O Luiz e o Bob não aguentam”Entre as pessoas que falaram hoje cedo com Dirceu, uma delas disse ao Blog: “O Zé segura a onda. Não vai falar nada. Mas o Luiz e o Bob, não”. Bob é como Roberto Marques é conhecido. Outra observação: “Se o Milton Pascowitch, que era ligadíssimo ao Zé, fez delação premiada… Imagine o Luiz e o Bob”.
Bob é conhecido de todos políticos e jornalistas em Brasília que acompanharam o governo Lula. O então assessor e amigo de Dirceu o acompanhava a todos os lugares e sabia de todos os passos daquele que um dia foi o homem mais forte da administração lulista.
Tanto Bob como Luiz, o irmão preso de Dirceu, são consideradas pessoas sem estrutura psicológica para aguentar muito tempo presos e sem falar o que sabem.
Há duas esperanças citadas hoje por aliados de Dirceu. Primeiro, o fato de Bob e Luiz terem sido presos apenas temporariamente –ou seja, em aproximadamente uma semana podem deixar a cadeia. O segundo ponto é que os dois devem ficar na mesma cela de Dirceu, o que ajudaria a acalmá-los.
O cenário muda se o juiz Sérgio Moro mudar o regime de prisão de Luiz e Bob, de temporária para preventiva. Isso já aconteceu com outros casos na Operação Lava Jato.

Autor de ‘Quem ama, educa’, Içami Tiba morre aos 74 anos

icami
O psiquiatra, escritor e educador Içami Tiba morreu na noite deste domingo (2) em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio Libaês desde o fim do ano passado para tratar um câncer. De acordo com o G1, o sepultamento será feito às 16h de segunda-feira (3) no Cemitério do Morumbi.
Formado em medicina pela Universidade de São Paulo e especialista em psiquiatria pelo Hospital das Clínicas, Tiba focou seu trabalho na relação entre pais e filhos, educadores, psicólogos e psicopedagogos. Tiba é autor de 29 livros. A obra ‘Quem ama, educa!’, publicada em 2002, foi a mais vendido do ano entrou para a lista de best-sellers.

Agosto chega com apreensão em Brasília

bomba-relc3b3gioAgosto chega com apreensão em Brasília. No Palácio do Planalto, as próximas semanas devem servir como termômetro para avaliar a real dimensão da crise política. O Governo enfrentará vários testes no Congresso. Enfraquecida politicamente, a presidente Dilma pediu apoio dos governadores para barrar matérias que elevam o gasto público, a chamada “pauta-bomba”.

Crise econômica tende a piorar

dinheiro bloqueadoEconomistas experientes avaliam que a crise econômica, com forte ingrediente político, tende a piorar e demorar a passar. Está vindo por ai, segundo os mais pessimistas, a pior recessão do País em muitas décadas. Se o País conseguir superar esse vulcão o processo será lento e modesto. Há uma grande desconfiança no mercado de que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, perdeu pode

Estudo: 47% dos prefeitos não possuem ensino superior completo

Para uma cidade ser inteligente é preciso ter uma boa internet. As cidades brasileiras penam a falta de boas conexões. Segundo o estudo do Ministério das Comunicações, menos da metade dos municípios tem acesso a redes de fibra ótica. A qualidade dos gestores públicos também pesa: 47% dos prefeitos não possuem ensino superior completo. Nas prefeituras faltam ferramentas de gestão, profissionais capacitados e planejamento.

Vaccari vai abrir a boca e o PT entra em pânico

A cúpula do PT tem discutido o “risco João Vaccari Neto”, ex-tesoureiro preso pela PF na Lava Jato. Ele se queixa de “abandono” e tem citado o exemplo do que aconteceu ao mensaleiro Marcos Valério, condenado a quase 40 anos de prisão por fechar a boca. Vaccari insinua sempre uma possível delação premiada. Não fechou acordo ainda em razão de apelos dramáticos do ex-presidente Lula, anteriores à sua prisão.

STF deve julgar neste semestre descriminalização do porte de drogas

Drogas-apreendidas-com-suspeitos-Passando-na-HoraO Supremo Tribunal Federal (STF) retoma hoje (3), após período de recesso, os trabalhos do segundo semestre, com vários processos polêmicos previstos para julgamento. Além dos inquéritos da Operação Lava Jato que envolvem políticos, os ministros devem julgar a questão da descriminalização do porte de drogas para uso próprio e o pagamento de perdas da caderneta de poupança com planos econômicos instituídos nas décadas de 80 e 90.
A descriminalização do porte de drogas para uso próprio será julgada por meio de um recurso de um detento que foi condenado a dois meses de prestação de serviços à comunidade, por porte de maconha, encontrada dentro de sua cela.  A Defensoria Pública de São Paulo alega que o porte de drogas,  tipificado no Artigo 28 da Lei de Drogas (Lei 11.343/2006), não pode ser configurado crime, por não gerar conduta lesiva a terceiros.

Inscrições para o Fies começam nesta segunda-feira

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam hoje (3). Nesta edição, os candidatos não precisam correr para acessar o sistema, uma vez que o financiamento não será concedido por ordem de chegada, mas por concorrência. Ao todo serão ofertadas 61,5 mil vagas. O período de inscrição vai até o dia 6, pela internet.
“O objetivo desta vez é que os alunos não fiquem nervosos procurando encontrar para que lugar vão porque vai ser uma concorrência, não vai mais ser ao estilo quem chega primeiro pega a vaga”, explica o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Os candidatos farão a inscrição e o resultado da pré-seleção será divulgado no dia 10 de agosto, em chamada única.