21 de novembro de 2015

MP avisa que Lava Jato pode, sim, chegar a Lula

lula_MP
Pela primeira vez, um dos coordenadores da força-tarefa da Lava Jato, o procurador Carlos Fernando Santos Lima, decidiu falar abertamente sobre a possibilidade de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venha a ser investigado na Operação Lava Jato.
Lima falou à revista Veja, em entrevista publicada neste fim de semana, e abordou esta possibilidade. “O ex-presidente era o responsável pelo governo. Não estou dizendo com isso que as investigações chegarão a Lula. A Lava Jato não investiga pessoas, investiga fatos. Se a Lava Jato chegar ao ex-presidente, vai chegar com uma acusação sólida, com uma denúncia apresentada pelo Ministério Público baseada em fatos concretos, comprovados”, diz ele, quando questionado se Lula está sendo investigado.
A entrevista foi publicada ao lado de um organograma em que Lula seria “o chefe” ainda não atingido pela investigação conduzida no Paraná. Na semana passada, o ex-presidente foi citado pelo delator Salim Schahin, do grupo Schahin Engenharia, que disse ter emprestado R$ 12 milhões ao pecuarista José Carlos Bumlai para tentar o apoio do ex-presidente em negócios na Petrobras.

Sofá em buraco vira protesto contra má conservação de rodovia

Motoristas que enfrentam os buracos da RS-786, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, resolveram colocar um sofá no meio da pista para alertar que trafega por ali. O advogado Sandro Borba passava pelo local por volta do meio-dia desta sexta-feira (20) quando avistou o móvel na altura do km 29, entre Tramandaí e Cidreira, e parou para tirar uma foto, que praticamente viralizou nas redes sociais.
sofa_estrada_rs_786

Por divergência, Valtenir deixa Pros e ingressa no PMB; está é a 4ª troca

O deputado federal Valtenir Pereira, por meio de nota, anuncia a desfiliação do Pros, após comandar a sigla por dois anos, em Mato Grosso. O parlamentar alega que divergências com o diretório nacional foi um dos motivos para o desligamento.
“Além da compra de um avião, a última aquisição sumária do diretório nacional do Pros foi um helicóptero modelo Robinson R66 Turbine, por R$ 2,4 milhões, com dinheiro oriundo do fundo partidário”, diz trecho da nota.
Conforme Valtenir, a falta de democracia na tomada de decisões é outro ponto de desequilíbrio dentro do partido. Para ele, o dirigente partidário tem que dar exemplo de dignidade, ética e justiça. Esses valores, segundo o deputado, não podem ser deixados de lado.
“Assim sendo, não posso aceitar a intromissão e a intervenção do presidente nacional do Pros nas definições da bancada na Câmara Federal, bem como o uso do fundo partidário, financiado com dinheiro público, para atender a caprichos de dirigentes”.
O parlamentar afirma ainda que irá ingressar no Partido da Mulher Brasileira (PMB), criado recentemente. Isso frustra a expectativa do PR que fez convite para Valtenir. Acontece que na minirreforma eleitoral, aprovada em agosto, só foi liberada a janela para mudança de partido seis meses antes de cada disputa eleitoral. Ou seja, Valtenir teria que esperar abril de 2018 para trocar de sigla.

Voto impresso é passo atrás, diz presidente do STF

A impressão pela urna eletrônica do voto do eleitor é um “passo atrás”. A definição é do ministro José Antonio Dias Toffoli, presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Na noite de quarta-feira (18), o Congresso derrubou o veto da presidente Dilma Rousseff à lei que prevê a impressão do registro do voto. Para implementar o projeto, Toffoli informa que o tribunal gastará R$ 1,7 bilhão. Ele diz que não há tempo hábil para implementar a medida nas eleições de 2016 e por isso o procedimento deve ser adotado nas eleições gerais de 2018.
O ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, não está sozinho em seu protesto contra a impressão do voto. Carlos Velloso considera “um atraso” a decisão do Congresso de ressuscitar o voto impresso nas eleições. “É a cultura do carimbo, herdada dos portugueses”, diz o ministro aposentado, que vê na iniciativa “um resquício do complexo de vira-latas citado por Nelson Rodrigues. Como os outros países não adotaram, deve estar errado”.

Mega-Sena sorteia hoje R$ 170 milhões e desafia imaginação dos apostadores

MEGA_8A Mega-Sena vai sortear hoje (21) o prêmio de R$ 170 milhões, acumulado há quase um mês. O prêmio já é o maior da história da modalidade (excluídos os da Mega da Virada), e vem instigando a imaginação dos apostadores sobre o que é possível comprar com esse valor.
Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor em imóveis, o dinheiro daria para comprar, por exemplo, 100 apartamentos de luxo, na quadra 300, do setor Sudoeste, uma das áreas mais valorizadas de Brasília. Cada apartamento no local tem o valor estimado em R$ 1,7 milhão, segundo o corretor Antonio Bartasson, especialista em avaliação de imóveis no Distrito Federal.
As apostas podem ser feitas até as 19h em qualquer lotérica do paísMarcello Casal Jr/Agência Brasil
Caso o ganhador queira diversificar o investimento, a diretora do Sindicato das Concessionárias de Veículos do DF, Magali Giocondo, disse que ele pode, em tese, comprar mil automóveis, na faixa de R$ 90 mil cada um, no valor total de R$ 94,4 milhões. Com isso, ainda sobrariam R$ 80 milhões. Magali observou que, caso queira comprar com o que restou – por R$ 75,6 milhões – um prédio inteiro, com 72 apartamentos de R$ 1,05 milhão, em Águas Claras, em Brasília, ainda teria à sua disposição R$ 4,4 milhões para investir em poupança e gastar com viagens. O sorteio do concurso 1.763 será em Santo Anastásio (SP), na Feira Agropecuária e Industrial, às 20h (horário de Brasília).

Vídeo: Lula é vaiado na Bahia durante Dia da Consciência Negra

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi vaiado na tarde desta sexta-feira, 20, ao participar de um evento em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, na Liberdade, bairro de maior concentração populacional negra de Salvador (BA). Já no início da fala, com mais de duas horas de atraso, ao cumprimentar os presentes, de cima de um trio elétrico, Lula ouviu uma sonora vaia, seguida de reclamações relacionadas à crise financeira e à corrupção no País.
Assista ao vídeo:
Alguns gritavam a sua indignação com a volta da inflação e o desemprego. “Se soubesse que ele estaria aqui, eu não viria. O País em crise, os pobres passando dificuldade e esse cara aqui jogando conversa fora. Que falta de consciência. E ainda colocou aquela mulher na presidência”, esbravejava Janete Costa dos Santos, de 25 anos, referindo-se à presidente Dilma Rousseff.