31 de outubro de 2016

Dorjival Silva publica a imagem desta segunda-feira


Das imagens que fiz nesta segunda-feira, dia 31 de outubro, esta me chamou mais atenção. Jovens indígenas da comunidade Irantxe/Manoki em Brasnorte, realizam manifesto conta a PEC 241 na Avenida Júlio Campos, Centro da cidade de Brasnorte. 
Gostou desta imagem - deixe seu comentário!

Análise sobre as eleições 2016

Por Felipe Santa Cruz

O resultado que poucas análises mencionaram nas eleições de 2016 é algo que não pode ser encarado com naturalidade: o altíssimo índice de abstenção, somado aos votos nulos e brancos. Milhões de brasileiros gritaram um sonoro NÃO às candidaturas postas e aos partidos tradicionais.

A flagrante distância entre representantes e representados é um alvo da nossa OAB desde sempre, seja em nossos debates internos ou em posicionamentos institucionais.

Foi pensando nisso que focamos nossa luta nas bandeiras da Reforma Política e acabamos por concretizar um dos pontos no STF, a queda do financiamento empresarial.

As várias formas de se abster da escolha de nossos governantes são, na verdade, uma frágil resposta da população brasileira à crise política que vivemos.

Não existe outra bandeira, outra luta, senão a Reforma Política. Para abrandar as distorções de nosso sistema, reconectar os governantes com seus patrões - o povo-, fazer com que cumpram suas propostas e afastar de vez os fantasmas da corrupção sistêmica.

O dever de cada vereador ou prefeito eleitos nessas eleições é entender este recado da população e aderir ao óbvio pedido das ruas, a Reforma Política.

A nobreza do servir

Por Jair Donato

Uma das dimensões mais nobres que o ser humano pode vivenciar está na nobreza do ato de servir. Talvez, por essa ser uma ação constituída de tamanha simplicidade, muitas pessoas se embrenham em extensos níveis de complexidades que passam a vida sem ter a percepção do que seja tornar-se útil verdadeiramente ao outro.


Servir é mais que um estilo de liderança, é a expressão da existência humana. Seja no trabalho profissional, numa atividade doméstica, nos relacionamentos ou ao oferecer um copo com água a alguém, servir está além da forma, é a maneira com que se desempenha uma atividade.

30 de outubro de 2016

PMDB volta ao poder em Florianópolis

gean
O deputado estadual Gean Loureiro foi eleito prefeito de Florianópolis (SC) neste domingo (30). A vitória do candidato significa o retorno do PMDB à chefia do Executivo. Loureiro se manteve à frente de Angela Amin (PP) em todas as pesquisas realizadas no segundo turno.
A vitória do peemedebista reforça a alternância de poder entre o partido e o PP na prefeitura da capital catarinense. Nos últimos 16 anos esses grupos se revezaram no poder. Loureiro é afilhado político do senador Dario Berger (PMDB), que foi prefeito de Florianópolis por dois mandatos consecutivos entre 2005 e 2012. Nos planos do partido, Loureiro seria o herdeiro natural ao cargo.

Emanuel Pinheiro confirma pesquisas e é eleito com 64% dos votos

Está confirmando o que as pesquisas de intenções de votos já vinham apontando, Emanuel Pinheiro (PMDB) é o novo prefeito de Cuiabá, que irá governar até 2020. Ele recebeu cerca de 149 mil votos contra cerca de 97 mil do adversário Wilson Santos (PSDB), que agora deve retornar para sua cadeira de deputado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).
A diferença foi de cerca de 20% dos votos do peemedebista à frente da votaçã do tucano. O resultado seguiu o que apontou a última pesquisa do Instituto Ibope, que avaliou que Pinheiro seria eleito com 61%. o resultado é de 94,1% das urnas apuradas.
Histórico
Emanuel Pinheiro tem 51 anos, é casado com Márcia Khun Pinheiro e pai de dois filhos. É professor de Direito Constitucional e deputado estadual.
A carreira política veio de berço, herdado do pai Emanuel Pinheiro da Silva Primo, que foi deputado federal. Seu primeiro cargo na política foi de vereador de Cuiabá, em 1988, pelo então Partido da Frente Liberal (PFL), atual Democratas (DEM).
Naquela época, foi eleito em quinto lugar e foi o parlamentar mais jovem da capital mato-grossense.
Em 1992, já em seu segundo mandato como vereador foi reeleito como o terceiro mais votado. Dois anos depois, em 1994, anos 29 anos de idade, ingressou na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). No primeiro mandato, participou da comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Companhia de Saneamento de Mato Grosso (Sanemat), que passava pelo processo de municipalização e depois se tornou Sanecap.
Em 1998, foi reeleito deputado estadual. Em 2005, assumiu o comando da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (SMTU), ao lado de seu atual adversário político, Wilson Santos, que era o prefeito de Cuiabá. Foi nessa época que houve a desativação do Terminal de Integração Bispo Dom José, que voltou a ser praça e, no lugar do terminal, instalou-se o sistema de integração pelo cartão de transporte.
Em 2006, ingressou no Partido da República (PR) e participou da coordenação de campanha a reeleição do então governador Blairo Maggi e deputado federal Wellington Fagundes. Atualmente, é Fagundes, hoje senador, quem coordenou a campanha de Pinheiro rumo ao Palácio Alencastro.
Em 2010, foi eleito para seu terceiro mandato como deputado estadual, pelo PR. Em 2014, ingressou em seu quarto mandato de deputado, que ainda está em vigor.

Marquinhos Trad é eleito prefeito de Campo Grande

O candidato Marquinhos Trad (PSD) venceu a disputa para a prefeitura da Campo Grande (MS), com 58,74% dos votos válidos. Rose Modesto (PSDB) ficou em segundo lugar, com 41,26% dos votos válidos. Até agora foram apuradas 96,52% das urnas.
Marcos Marcello Trad, ou Marquinhos Trad, candidatou-se à prefeitura da capital sul-mato-grossense pelo PSD. Ele nasceu em Campo Grande e tem 52 anos. É advogado, formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e foi presidente da Comissão de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS). Atualmente, é deputado estadual em seu terceiro mandato.
Trad começou na política como vereador, em 2004. Foi secretário municipal de Assuntos Fundiários antes de iniciar sua trajetória na Assembleia Legislativa, eleito para o cargo em 2006, sendo o mais votado do estado em 2010. Reeleito em 2014, atualmente preside a Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor na Assembleia Legislativa do estado.

Zenaldo Coutinho é reeleito para prefeitura de Belém

O candidato Zenaldo Coutinho (PSDB) venceu a disputa para a prefeitura de Belém, com 52,18% dos votos válidos. Edmilson (PSOL) ficou em segundo lugar, com 47,82% dos votos válidos. Até agora, foram apurados 96,69% das urnas. Atual prefeito, Zenaldo Coutinho, 55 anos, concorreu à reeleição pela coligação União por uma Belém do Bem, composta por 15 partidos. Na disputa, teve como vice Orlando Reis (PSB). Começou na vida política como vereador, em 1982, aos 21 anos. Após dois mandatos consecutivos no cargo, atuou como deputado estadual do Pará de 1991 a 1999. Como deputado federal, teve quatro mandatos consecutivos, de 1999 a 2012.
Zenaldo teve a candidatura cassada há menos de um mês. O juiz Antonio Claudio Cruz, da 97ª Zona Eleitoral de Belém, entendeu que o tucano divulgou durante o período de campanha vídeos de Coutinho inaugurando obras. A defesa do candidato negou as acusações e recorreu da decisão. Com isso, o pleito ocorreu normalmente. Com a vitória nas urnas, Zenaldo poderá assumir a prefeitura, mas terá que deixar o cargo caso a decisão por sua cassação prevaleça em última instância.

Em Cuiabá, Emanuel Pinheiro lidera com folga


Crivella bate Freixo e é eleito prefeito do Rio

f_368771
Com pouco mais de 92% das urnas apuradas, o candidato Marcelo Crivella, PRB, está matematicamente eleito prefeito do Rio de Janeiro. Ele obteve mais de 58% dos votos válidos. Crivella derrotou o candidato do PSOL, Marcelo Freixo que obteve cerca de 40% dos votos.
Marcelo Crivella, 58 anos, é conhecido por sua atuação evangélica à frente da Igreja Universal do Reino de Deus e também cantor gospel, tendo gravado mais de dez álbuns. Em 2002, ingressou na vida política e foi eleito senador pelo Rio de Janeiro (foi reeleito em 2010). No Congresso, foi líder do Partido Liberal (PL) e vice-líder do governo Lula. Atuou como ministro da Pesca no governo Dilma e foi um dos fundadores do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Nelson Marchezan é eleito o novo prefeito de Porto Alegre

marchezan
Nelson Marchezan Jr., do PSDB, venceu a disputa pela Prefeitura de Porto Alegre no segundo turno das eleições realizadas neste domingo (30). Com 90% das urnas apuradas, o novo prefeito obteve 361.573 votos, o equivalente a 59,98% do total. Marchezan disputava a eleição contra o atual vice-prefeito, Sebastião Melo (PMDB), que ficou com 241.215 votos, 40,02% do total.
No primeiro turno, o candidato tucano obteve 213.646 votos, o equivalente a 29,84%, e o peemedebista ficou com 185.655, o correspondente a 25,93% dos votos. Porto Alegre tem 1.472.482 habitantes e 1.098.515 estavam aptos a votar.

Napoleão Bernardes é reeleito prefeito de Blumenau

Napoleão Bernardes (PSDB) foi reeleito neste domingo (30), em segundo turno, prefeito de Blumenau (SC). Napoleão concorreu pela coligação “Pacto por Blumenau”  (PSDB / PSB / PRP / PT do B / PMDB / PV / PP / DEM / PTC / SD / PMB / PTB) e tem como vice-prefeito Mario Hildebrandt (PSB).

Daniel Guerra, do PRB, é eleito prefeito de Caxias do Sul

Daniel Guerra, do PRB, foi eleito o novo prefeito de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, nas eleições de segundo turno realizadas neste domingo (30). Com 95% das urnas apuradas, o novo prefeito obteve 140.721 votos, o equivalente a 62,78% do total. O segundo colocado, Edson Nespolo (PDT), ficou com 37,22%. Daniel Guerra é oposição ao atual governo de Alceu Barbosa Velho (PDT).

Roberto do Órion, do PTB, é eleito prefeito de Anápolis, em Goiás

roberto-orion-estudio
Roberto do Órion, do PTB, foi eleito neste domingo (30) prefeito de Anápolis para os próximos quatro anos. Com 99% das urnas apuradas, o petebista teve 88.468 votos, o que corresponde a 51,23% dos votos válidos, contra 84.229 do atual prefeito da cidade, João Gomes (PT) – 48,77% (confira a apuração completa na cidade).
Roberto Naves e Siqueira é farmacêutico e empresário e representa a coligação Competência para Inovar (PTB / PTN / PPS / PMB / SD / PRB / Rede / PSD / PROS). Ele é dono do Colégio Órion e já foi professor. É casado e tem quatro filhas. Além de experiência no setor privado, já foi diretor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Luciano Rezende é reeleito prefeito de Vitória

whatsapp_image_2016-10-30_at_09.32.57
Luciano Rezende (PPS) foi reeleito, neste domingo (30), prefeito de Vitória. O resultado saiu às 17h46. Com 50 anos de idade, Luciano Rezende é natural de Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul do estado. Pós-graduado em medicina esportiva, participou da delegação brasileira em jogos olímpicos.

Rafael Greca é eleito prefeito de Curitiba

greca
Com uma guinada na reta final da campanha, o ex-prefeito Rafael Greca (PMN) voltou a ser eleito para a Prefeitura de Curitiba neste domingo (30). Com 88% das urnas apuradas, ele tinha 53% dos votos válidos, contra 46% do deputado estadual Ney Leprevost (PSD).
O resultado foi considerado uma “virada”: depois de terminar o primeiro turno à frente, Greca penou na disputa contra Leprevost, um adversário inesperado, que entrou como azarão e deixou o atual prefeito, Gustavo Fruet (PDT), de fora. Ao longo do segundo turno, ele aparecia numericamente atrás de Leprevost nas pesquisas, embora em empate técnico. Mudou na última pesquisa Ibope, divulgada no sábado (29). E acabou vencendo a eleição.
Neste domingo, ao votar, Greca chegou a se emocionar e disse ter sentimento de “dever cumprido”. No TRE (Tribunal Regional Eleitoral), eleitores e cabos eleitorais de Greca gritavam “Ô, o Rafael voltou”. A abstenção, somada a votos brancos e nulos, chegava a um patamar de 35%.

Ulisses Maia (PDT) é eleito prefeito de Maringá

maia_maringa
Ulisses Maia (PDT) é o novo prefeito de Maringá. Ele foi eleito neste domingo (30), em disputa contra Silvio Barros (PP), no segundo turno da eleição municipal.
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 92,80% das urnas apuradas, Maia recebeu 110.995 votos, o que equivale a 58,95%. Já Barros recebeu 77.284 votos, totalizando 41,05%.
Histórico
Ulisses de Jesus Maia Kotsifas nasceu em 2 de setembro de 1969, em Maringá. É vereador e ex-presidente da Câmara Municipal.

Adultos: deixem de ser caretas!

Por Susan Djillas

Os jovens de hoje não são como os de antigamente. Os de hoje não tem tempo pra sentar na calçada à noite.

O fim-de-semana do jovem de hoje é composto por obrigações que são amontoadas por toda a semana, na qual não foram realizadas por falta de tempo. E isso não é uma reclamação, é uma explicação.

O adulto que não entende essa realidade nos procura em eventos que antes os jovens participariam sem problemas, sem entender que o jovem de hoje, e não só o jovem, as crianças também estão a cada segundo ganhando uma nova responsabilidade.

Os jovens precisam estar cada dia mais cedo no mercado de trabalho, precisam ser excelentes acadêmicos e a faculdade cobra artigos, provas e presenças. A faculdade cobra que você seja ativo até as 22:00 de todas as noites. A vida, por si só, te cobra a presença. A vida te mostra que não é eterna e que existe algo chamado família. A família sente cada vez mais saudade do jovem, pois muitas vezes nem no almoço está presente.

No fim de semana o jovem vai realizar em dois dias tudo que não fez em cinco, e fica extremamente preocupado... E não pára por aí.

Então você que é adulto que acredita que não comparecemos a eventos no fim-de-semana por puro luxo... 

Saiba que é por falta de tempo! 

Deixem de ser caretas!

A autora é acadêmica de Administração e reside em Mossoró (RN).

Reforma partidária será mais uma vez discutida a partir desta semana

Em meio ao terremoto político, a reforma partidária será mais uma vez discutida a partir desta semana. Os partidos nanicos têm se multiplicado, mas deverão desaparecer. Atualmente, 52 novos grupos estão tentando registro junto ao TSE.

O PT já era! Hoje se acaba de vez

Partido que já foi o mais forte do Nordeste, o PT tem neste domingo (30) sua última chance de fazer um prefeito em uma das 17 cidades com mais de 200 mil eleitores da região nestas eleições.
Os petistas disputam o segundo turno no Recife e em Vitória da Conquista (BA). Nas duas cidades, contudo, seus candidatos aparecem atrás dos adversários nas pesquisas de intenção de voto

Lula sai da eleição de 2016 pela porta dos fundos

lulaWP
No primeiro turno da eleição municipal, Lula votou em São Bernardo do Campo. Estava acompanhado de sua mulher, Marisa, do prefeito petista Luiz Marinho e do candidato do PT à prefeitura da cidade, Tarcísio Secoli. Na saída, Lula fez uma aposta alta: “O PT vai surpreender nesta eleição”. Disse meia dúzia de palavras sobre a disputa na capital paulista: ”Se o povo de São Paulo tiver o orgulho que pensa que tem, se tiver a inteligência que pensa que tem, ele não tem outra coisa a fazer que não seja votar no [Fernando] Haddad”.
Todos já sabiam que o PT estava à beira do abismo. Mas ninguém poderia supor que o morubixaba da legenda fosse pisar voluntariamente no sabonete. Em São Bernardo, Secoli não foi para o segundo turno, que será disputado por dois aliados do tucano Geraldo Alckmin: Orlando Morando (PSDB) e Alex Manente (PPS). Em São Paulo, sucedeu algo mais dramático. Além de ficar pelo caminho, Haddad assistiu ao triunfo do tucano João Doria, afilhado de Alckmin, no primeiro round. Coisa jamais vista na capital. Nacionalmente, o PT foi dizimado.

Que belos democratas, Lula e Dilma, não?

O ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff decidem não votar neste segundo. Que belos democratas, não?

29 de outubro de 2016

As contas secretas da Igreja Universal

universal logoDesde 1999, um inquérito na Procuradoria da República investigava as relações de líderes da Igreja Universal do Reino de Deus com duas empresas – a Cableinvest Limited e a Investholding Limited –, ambas com sede nas Ilhas Cayman, paraíso fiscal britânico localizado no Caribe. Seis anos depois, a quebra do sigilo fiscal da igreja é pedida ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral da República, Cláudio Fonteles. O objetivo é investigar a existência de um esquema nos moldes da lavanderia montada por PC Farias. Para a Procuradoria da República, há indícios de que o esquema foi utilizado para a compra da TV Record do Rio, em 1992, e de outras emissoras. As duas offshore (as subsidiárias criadas em paraísos fiscais para fugir da cobrança de impostos) enviaram dinheiro ao Brasil, por meio de operações irregulares, para a conta bancária de bispos da Universal e também de “laranjas”. Documentos da Receita Federal comprovam essas transações. As remessas e recebimentos totalizam US$ 18 milhões (R$ 44,6 milhões) e comprovariam a evasão de divisas.
ISTOÉ teve acesso a parte da documentação que deu início às investigações e levou o procurador Fonteles a pedir a quebra de sigilo. A revelação mais explosiva é a identidade de um dos donos das empresas Cableinvest e Investholding. Por trás da operação em Cayman estaria Marcelo Crivella, um economista carioca de 43 anos, filho de Matilde Bezerra, irmã de Edir Macedo, o principal líder da igreja. Crivella é bispo da igreja e foi eleito senador pelo PL do Rio, em 2002. Segundo o relatório da Procuradoria Geral da República de maio de 2003, ao encaminhar o caso para o STF, as investigações realizadas pela Interpol constataram que um dos acionistas da Cableinvest é Crivella. Agora, com a quebra de sigilo, os bancos podem liberar extratos que comprovarão quem é o dono das empresas. Nos papéis obtidos por ISTOÉ, aparecem a assinatura do senador, reconhecida por um cartório de São Paulo.
Esses documentos foram recolhidos por ex-dirigentes que tinham acesso à contabilidade da igreja, a contratos de compra e venda (de emissoras de rádio e tevê, imóveis e até de uma aeronave), além de declarações de Imposto de Renda de líderes da Universal. Crivella já depôs este ano na Polícia Federal do Rio e negou ser dono das empresas.

Conexão Uruguai complica o Lula

lula_casa
As investigações sobre o patrimônio oculto do ex-presidente Lula ultrapassaram as fronteiras do Brasil. Depois de identificarem ligações do ex-presidente com imóveis suspeitos em solo nacional, como o tríplex no Guarujá, o sítio em Atibaia e uma cobertura em São Bernardo do Campo, procuradores do Ministério Público Federal (MPF), integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, apuram se uma mansão em Punta Del Este, no Uruguai, pertence a Lula. A investigação foi iniciada em agosto. O esquema seria semelhante ao adotado pelo petista para as outras propriedades utilizadas por ele no Brasil.
No modus operandi tradicional, os imóveis ficam registrados em nome de empresários amigos. Em troca de benesses e tráfico de influência no governo ou fora do País, Lula se transforma no dono real desses imóveis, com poder para deles usufruir quando bem entender, determinar quem entra e sai e até mesmo promover caríssimas reformas, mesmo que oficialmente as propriedades não figurem em seu nome.
ISTOÉ revelou é que essa prática se repetiria no Uruguai. Neste caso, a mansão – segundo colaboradores do Ministério Público Federal que estiveram em Punta Del Este – pertenceria a uma offshore ligada ao empresário Alexandre Grendene Bertelle, um dos donos da indústria de calçados Grendene e que, no Uruguai, é proprietário de um sem-número de casarões – entre os quais uma suntuosa casa na rua paralela à do imóvel suspeito de ter ligações com Lula – e sócio de empreendimentos bem-sucedidos como o Hotel e Cassino Conrad.

“Lula pode ir para a cadeia”, diz Washington Post

lulaWP
Em uma longa reportagem, o jornal americano The Washington Post busca explicar a trajetória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em matéria chamada: “ele foi o político mais popular da Terra. Agora Lula pode ir para a cadeia”.
O jornal ressalta que o petista é um gigante na política moderna latino-americana. “Em oito anos como presidente , ele presidiu em um período de crescimento econômico enquanto introduziu políticas de bem estar social que ajudaram a tirar 36 milhões de pessoas da pobreza. Em 2009, o presidente dos EUA, Barack Obama, chamou-o de o presidente mais popular da Terra”.
Falando em um recente comício, “Lula demonstrou seu carisma, além de arrancar risos e aplausos quando lembrou a plateia sobre seus sucessos”, diz o jornal. Porém, nos últimos dias, o ícone da esquerda perdeu muito de sua força política, aponta a publicação. O jornal ressalta que Lula foi acusado de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, que inclui também integrantes do seu partido, o PT.

O PSDB vai perder em Cuiabá neste domingo

 
Emanuel Pinheiro
O PSDB deverá perder a eleição em Cuiabá (MT) na eleição do 2º turno. Emanuel Pinheiro do PMDB está na frente. E deverá ser eleito com folga. É o retrato das pesquisas.

Dorjival Silva posa com jovens indígenas da comunidade Irantxe em Brasnorte




Esta semana vivi um momento bem gratificante ao me encontrar com várias jovens indígenas da Comunidade Itantxe, na Rádio Band FM de Brasnorte. Conhecido pela família indígena da região noroeste de Mato Grosso, fui convidado a posar com essa linda meninada, e aceitei. Essas imagens são postadas para que a família indígena saiba que tem minha admiração e respeito. 

Imagens do  whatsaap indígena

Trabalhar pra quê? Geração NEM-NEM (que nem trabalha nem estuda) cresce assustadoramente no Brasil

(Cristiane Azevedo para o Diário do Brasil)

Vamos protestar! Vamos tocar fogo nas ruas, vamos invadir as escolas, vamos pintar o cabelo de azul, vamos usar as redes sociais para inflamar os jovens […] afinal de contas somos parte da geração que não tem compromissos com nada.

A geração “nem-nem”, que nem estuda nem trabalha, está crescendo a taxas assustadoras.

No Brasil, mais de 25% dos jovens em idade ativa não estudam nem trabalham.

Voltando ao assunto, trabalhar pra quê?

Não queremos constituir família. Família? Isso é coisa do passado. Não precisamos mais disso.

Um dia a gente ‘pega’ um garoto, no outro a gente ‘pega’ uma garota […]

Filhos? Nem pensar! Imagine só ter que trabalhar pra sustentar um pirralho!

Melhor comprar um pit bull!

Vamos pegar a mesada do papai ou da mamãe e sair para as ruas.

Vamos comer um lanche no McDonald’s. Vamos tomar todas. Vamos nos embriagar.

Depois a gente volta pra casa morrendo de dor de barriga, vai ao banheiro e usa o papel higiênico.

É tudo de graça! Até o papel higiênico!

Ahhh…. o Iphone 7 que a gente usa pra filmar os protestos também foi o papai que comprou!

Pobre geração!

Pobre nada! Quem sabe o futuro nos reserva um cargo de Presidente da República do Brasil ?!?!

A luta continua ‘cumpanheros’ !

Filha de petista que fez teatro na ALEP é desmascarada em vídeo viral

O vídeo que vocês verão ao final deste post desmascara Ana Júlia, que foi exposta nesta sexta (28) como filha de um petista.
Isso desmascara a narrativa usada pelos milicianos pró-PT de que o movimento criminoso de invasão das escolas é “apartidário”.
Mas o vídeo tem muito mais: mostrando que toda a narrativa adotada pela filha do petista – e que provavelmente deve ser petista também – é mais falsa que propaganda de pasta de dente.


28 de outubro de 2016

Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos

Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
A arte é usada para nos expressar… expressar nossos sentimentos, nossas vontades, nossas revoltas, e por aí vai.

As ilustrações abaixo mostram exatamente isso, porém, serve como protesto para nós, seres humanos, refletirmos sobre o que fazemos com os animais.

SE VOCÊ SE SENSIBILIZA COM FACILIDADE, ALGUMAS IMAGENS PODEM CHOCAR!

Veja:
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos
Ilustrações chocantes mostram como seria se os animais agissem como os humanos

FONTE: Porcodegravata.com.br

Renan e o juizeco

Presidente do Senado Renan Calheiros
Há pouco mais de 200 anos, Frederico II, o Grande, o mais importante chefe de estado da história da Alemanha, queria expandir seu palácio de Sans-Souci, perto de Berlim, e decidiu comprar terras do vizinho, um moleiro. O moleiro recusou-se a vender e Frederico II argumentou ser o todo-poderoso Rei da Prússia, mas ouviu do moleiro: “É, mas ainda temos juízes em Berlim.”

 O mais poderoso governante alemão baixou a cabeça e foi expandir seu palácio para outro lado. Renan Calheiros não demonstrou o mesmo respeito aos juízes ao chamar de “juizeco” o titular da 10ª Vara Federal do DF, que autorizou a busca, apreensão e prisões na Polícia do Senado. 

Recebeu da chefe do Judiciário, a presidente do Supremo, Ministra Cármen Lúcia uma resposta imediata:  “Todas as vezes em que um juiz é agredido, eu e cada um dos juízes é agredido. Onde um juiz for destratado, eu também sou.” Renan havia anunciado que recorreria ao Supremo contra a operação Métis e agora já tem um sinal de como seu recurso será recebido.”

27 de outubro de 2016

Vem ai o fim das contribuições obrigatórias aos sindicatos


Comentário de uma webleitora:

Parabéns! Eu trabalhei por 34 anos com carteira profissional assinada e, sempre contribui. Nunca me confirmei com este desconto do meu slip de pagamento. Eu, sempre sonhei com o fim desta famigerada contribuição sindical. Aposentei e pensei que morreria sem ver o meu objetivo alcançado. Espero que realmente este imposto criminoso, chegue ao fim para sempre. Por Diva Helena Silveira

Chove intensamente na região noroeste de MT

A região noroeste de Mato Grosso está sendo banhada por forte chuva na manhã desta quinta-feira (27). Alívio para o homem do campo. Prejuízo para nossas estradas já deterioradas. 

26 de outubro de 2016

Noiva morre em acidente de moto enquanto entregava convites do casamento

Um acidente de moto matou Gabriele dos Santos Pereira, de 18 anos, em Jataí (GO), no último sábado. A jovem estava na motocicleta pilotada pelo noivo, Hallan Cândido Neves, de 18 anos. Ele sofreu alguns ferimentos, foi hospitalizado e já está em casa.

De acordo com informações da TV Anhanguera, Hallan e Gabriele entregavam os últimos convites do casamento dos dois, marcado para o dia 26 de novembro, quando ele tentou desviar de uma outra moto em alta velocidade.

O caso aconteceu na Avenida Castelo Branco, conhecida por ter muitos acidentes. A prefeitura de Jataí afirmou que irá analisar medidas para tornar o local mais seguro. Fonte: O Dia

Você sabia que as mulheres estão bebendo tanto quanto os homens?

mulheres bebendo
Um estudo feito pela Universidade de New South Wales, na Austrália, constatou que as mulheres estão consumindo a mesma quantidade de álcool que os homens. A análise se baseou em dados sobre pessoas nascidas entre 1891 e 2001 em todo o mundo. Segundo o estudo, a geração atual de homens consome apenas 10% mais álcool que as mulheres, para se ter uma ideia melhor, por volta de 1900, os homens consumiam mais do que o dobro de álcool que a mulherada. Entretanto, os impactos na saúde das mulheres também se assemelha ao que ocorre entre os homens.
Já na comparação com o consumo em níveis abusivos, a população masculina do início do século passado, bebia três vezes mais do que as mulheres, enquanto hoje em dia, essa diferença caiu para apenas 1,2 vez mais que as mulheres. Além disso, os homens costumavam ser 3,6 vezes mais propensos a ter problemas de saúde por decorrência do consumo de álcool, como cirrose hepática. Hoje a diferença é de apenas 1,3 vez mais que as mulheres.
Os pesquisadores afirmam que parte desta mudança pode ser explicada pela mudança nos papéis exercidos por homens e mulheres na sociedade. De acordo com o professor Mark Petticrew, da London School of Hygiene and Tropical Medicine, o aumento da disponibilidade da bebida no mercado e a publicidade de álcool voltada para mulheres também são fatores importantes.
“O consumo de álcool e os problemas relacionados a ele eram historicamente vistos como um fenômeno masculino,” alerta Petticrew. Já não são mais, diz o pesquisador. Por isso, o estudo recomenda que os esforços para moderar o consumo de álcool e reduzir os problemas decorrentes desse abuso sejam também direcionados ao público feminino.
“Os profissionais de saúde precisam ajudar tanto homens quanto mulheres a compreender os riscos do consumo de álcool, e saber como reduzir os seus efeitos maléficos,” afirma o professor.
Fonte: Tuko

Hacker que clonou celular de Marcela Temer vai pra cadeia

temer_marcela
Crime e castigo para Silvonei José de Jesus Souza. O hacker que clonou o celular de Marcela Temer e chantageou a primeira-dama pedindo R$ 300 mil para não vazar fotos íntimas e áudios, foi condenado a cinco anos, 10 meses e 25 dias de prisão em regime fechado pelos crimes de estelionato e extorsão, além de multa. A sentença correu rápido para padrões brasileiros — apenas seis meses após a abertura do inquérito. Réu primário, Souza cumprirá a pena em Tremembé, no interior paulista.
Você por aqui? Ao chegar à carceragem da PF em Curitiba, Eduardo Cunha se depara com Antonio Palocci, o único preso da Lava Jato a dividir com ele o pavilhão.
FOLHA

Homossexual vai assumir a prefeitura

No Nordeste arraigado de preconceitos, mitos e tabus que pareciam invioláveis, as eleições municipais deste ano abriram paradigmas também no campo da sexualidade. Em Passira, no Agreste Setentrional, a 79 km do Recife, onde a feminilidade brota desde cedo na tradição de tecer bordados, com peças que ganharam o mundo pela sua originalidade e capricho no design, a prefeita eleita Rênya Carla Medeiros da Silva (de azul), 37 anos, filiada ao PP, ganhou notabilidade não apenas por ter derrotado um típico coronel do asfalto, mas por ser assumidamente homossexual. 
Gostei.

Perdeu, biriteiro!

O ex-presidente Lula tem sofrido tantas derrotas na Lava Jato quanto em processos contra jornalistas. Dentre estes, mais recentemente, perdeu ações contra a revista Veja e O Globo.

25 de outubro de 2016

Cidade de MT divulga lista dos "10 principais cornos"

Um cartaz no mínimo polêmico vem causando um grande alvoroço no pequeno município de Santa Cruz Xingu de pouco mais de 2 mil habitantes, localizado a 994 km de Cuiabá, com o título “Os Top 10 Cornos de SCX” o cartaz feito à mão foi divulgado na entrada da cidade.

Com a agilidade das redes sociais, uma imagem do cartaz está sendo divulgada, no cartaz trás o nome de dez homens que supostamente seriam traídos por suas esposas. Até o momento ninguém teria procurado a polícia para registrar boletim de ocorrência.


Os nomes envolvem desde empresários á políticos da cidade.

Sapatona doida': Professor da Universidade Federal de Rondônia choca estudantes com ofensas em sala de aula

“Aquela vagabunda, entendeu? Defensora de aborto, de gênero. Vagabunda. Mande pra ela me processar, que eu provo que ela é.”
Foram essas as palavras escolhidas pelo professor Samuel Milet, do curso de Direito da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), na última quinta-feira (20), para se referir à Sinara Gumieri, advogada e mestra em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) e pesquisadora da Anis – Instituto de Bioética.
A advogada foi convidada a participar do evento "Por que é preciso falar de gênero no Direito?”, ocorrido em 13 de outubro e organizado pelo centro acadêmico do curso. O objetivo da palestra era discutir como o gênero se relaciona com a pesquisa e prática jurídicas.
Samuel Milet não permaneceu na palestra, pois ele dá "as costas" a quem "aplaude" a discussão do aborto.
Porém, o tema da exposição de Sinara foi retomado na aula de Direito das Sucessões por ele ministrada. Questionado por uma de suas alunas, Milet não economizou no tom machista.
A estudante, que preferiu não ser identificada, gravou um áudio de 15 minutos da conversa em sala de aula a pedido do próprio professor.
Milet demonstrou se sentir incomodado pela exposição da palestrante. Ele chegou a usar as palavras "bostinha" e "cocô" para se referir à advogada.
Além do aborto, a Lei Maria da Penha e a violência contra a minoriaLGBTtambém estiveram em pauta.
Para Milet, os gays e trasgêneros são "humanos" e "têm direitos", mas a discussão sobre gênero é uma "invenção do PT que afastas as pessoas".
Professor: Sinara Gumieri, já pode, já? Sinara Gumieri, aquela vagabunda, entendeu? Defensora de aborto, de gênero. Vagabunda. Mande pra ela me processar, que eu provo que ela é. O pior sabe o que é? Não é a pessoa que fale, o pior crime é a omissão. O teu corpo é teu?
Aluna: É.
P: Mas a vida não é. Então aquilo que tá dentro de você não é seu, porque é vida. Pode falar.
A: O senhor assistiu quantos minutos de palestra?
P: Quando fala em aborto eu não assisto nem meio.
[...]
P: Tá, então o que é que você quer que eu diga do aborto. O que é que você julga que é bom do aborto?
A: Eu não quero discutir isso com o senhor, porque eu acho que a gente não tá nessa discussão.
P: Mas é exatamente. Aquela mulher, aquela bostinha, cocô; ela foi lá não foi pra dar uma palestra. Ela não foi pra um debate, porque ela falou sozinha. Aí quando tocou no assunto do aborto eu tive que me manifestar, dei as costas, soltei um peido e fui embora.
[...]
P: Então deixa eu falar. Os transexuais, seja homem ou mulher, GLBT, SBT, Record, o que for, eles são humanos. Humanos, tá? E como humanos eles têm direitos. Agora a questão de gênero que estão querendo incutir em nós é o seguinte: você nasce com uma rola, mas é você quem vai decidir se é homem ou se é mulher, tá? Agora tudo bem, decida. Só que a Lei Maria da Penha foi feita para as mulheres no âmbito doméstico. Os homossexuais, os trans, têm direito? Têm. Eu já falei aqui, mas então vamos fazer uma lei pra eles. Que eles têm direitos, eu acho que têm. Eles não podem ser vítimas da sociedade. Agora usar a mesma lei que eu defendi para você, mulher, e dizer que serve pra ele? Não! [...] Esse negócio de gênero é PT, meu bem. É PT quem inventou isso. O PT afasta as pessoas. Antes o Brasil era formado de pessoas, hoje o Brasil é formado de classes. Você viu os gays que estão aí querendo cotas, você tem as mulheres que estão querendo…. Olha, tu como mulher, tu, tu, tu e tu não fizeram nada para ter os direitos que vocês têm.
A: Eu faço, inclusive peço para calarem a boca quando pessoas têm esse tipo de discurso e falam isso na minha frente.
P: Pois eu provo. Só que você pode pedir pra eu calar, eu não vou calar.
A: De todo o direito seu.
P: Quer que eu prove? Quer que eu prove? Vocês sabem quando foi que as mulheres entraram no mercado de trabalho? Foi porque elas lutaram pra isso? Não! Foi porque os homens foram pra guerra e faltaram pessoas pra movimentar as indústrias. 53% da população é formada por mulheres, e quantas deputadas Rondônia tem? Uma federal. E quantas estadual? Duas, mas agora é uma só porque a outra virou prefeita.
A: Professor, e é justamente por isso que a gente precisa falar de gênero.
[...]
A: Mas eu não posso me manter omissa quando o senhor chega dentro de uma sala de aula e fala que não é direito um evento acadêmico em que, se o senhor tivesse comparecido nos demais dias, o senhor poderia ter verificado. Foram mestres e doutores em criminologia, doutores em filosofia, foram juízes. Ela é mestre em direito, a Sinara Gumieri. Ela é mestre em direito da UnB.
P: Não. Ela é uma sapatona muito doida.
A: E se ela quiser ser o problema é dela. A vida é dela.
P: E que veio com uma ideologia petista. Porque eu odeio o PT, veio com uma ideologia petista e vocês bateram palmas de pé.
A: Professor, o senhor pode achar o que o senhor quiser, mas a questão é que o senhor não pode ferir a dignidade de alguém xingando ela pra outras pessoas.
P: Então me processe.
A ofensa de Milet à advogada repercutiu nas redes sociais. O Centro Acadêmico de Direito 5 de Outubro publicou uma nota em que explica que o posicionamento de Milet "passou dos limites".
"Consideramos que esta atitude extrapolou os limites da boa convivência e relação professor-aluno e que agressões direcionadas a grupos específicos, como LGBTs, mulheres ou posições políticas, não devem fazer parte de um cotidiano democrático, muito menos em uma universidade. Reforçamos que o ocorrido parece apenas reafirmar a importância do discutido na palestra (que infelizmente o dito professor não acompanhou até o fim) de se discutir, no direito e em qualquer área, todo e qualquer tipo de assunto, inclusive gênero."
Em um vídeo manifesto, a professora da UNB Debora Diniz exige que Milet peça desculpas públicas a Sinara Gumieri.
Ela afirma que a advogada compareceu ao evento representando-a e argumenta: "Sinara falava de temas que eram moralmente intensos ao senhor. Mas isso não importa. Nós dois somos professores. Somos treinados para lidar com a controvérsia. Devemos ser capazes de acolher e acima de tudo de jamais discriminar."
Em sua página do Facebook, o professor publicou um vídeo em que explica que a palavra "vagabunda" foi usada por ele para se referir a uma pessoa "desocupada".
Ainda, Milet afirma ser um defensor da "família", "da vida" e da "moral".
"Estou sendo o centro de achocalhamento. Estou sendo acusado de machismo, homofóbico, simplesmente porque defendo a família, a vida e a moral. Em defesa desses valores, fui atacado por uma acadêmica em sala de aula, uma acadêmica ligada ao Centro Acadêmico, um grupinho de esquerdopatas. [...] Foi uma expressão mal compreendida quando eu faço uso da palavra vagabunda. Vagabundo para nós é a pessoa desocupada. Nunca tive e nem tenho a intenção de atingir a honra de ninguém."
Samuel Milet argumenta que a gravação foi feita mediante o pedido dele, mas diz que o áudio disponibilizado está fora do contexto, pois não apresenta nem o início e nem o final.
"Os esquerdopatas tem feito uso errôneo desta gravação de modo a atingir a minha dignidade. Recebo milhares de pessoas que apoiam a minha luta pela vida e pela família. Ninguém calará essa boca."
A advogada de Sinara Gumieri, Gabriela Rondon, afirmou ao HuffPost Brasil que serão tomadas as medidas cabíveis contra o professor.
De acordo com ela, a violência sofrida pela mulher é grave e o caso vai além das ofensas individuais à palestrante.
"O que ela sofreu foi uma violência grave e por isso vamos entrar com um processo em nome dela contra o professor. Para além da motivação individual da Sinara, o caso é muito maior. A gente quer provocar uma discussão do que aconteceu naquela sala de aula. Foi um discurso atentatório ao bom debate em uma sala de aula, uma liberade de expressão, e totalmente contra a ideia de uma universidade sem ódio. Vamos trabalhar em duas frentes e reagir com as medidas cabíveis."
Procurada pelo HuffPost Brasil, a UNIR não quis comentar e publicou uma nota oficial de esclarecimento
nota de esclarecimento
Em decorrência do caso foi criada uma petição online pelo grupo Isso Não É Direito.
O abaixo assinado quer que a Universidade responsabilize o professor por sua postura.
Na descrição do documento está o repúdio ao discurso violento e abusivo do docente; a postura discriminatória, especialmente o uso de palavras ofensivas como “vagabunda" e "sapatão doida” para se referir à Sinara Gumieri e a solidariedade com a turma e todos os estudantes envolvidos no episódio, especialmente com a estudante diretamente interpelada pelo docente.