26 de fevereiro de 2016

MST exige de Dilma veto integral à Lei Antiterrorismo

mst
O Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) divulgou nota nesta quinta-feira (25) por meio da qual reclama da aprovação, na Câmara, Projeto de Lei 2016/15, que tipifica o crime de terrorismo O texto, que seguiu para sanção presidencial, classifica como ato de terrorismo “a prática, por um ou mais indivíduos, de atos por razões de xenofobia, discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia e religião, com a finalidade de provocar terror social ou generalizado, expondo a perigo pessoa, patrimônio, a paz pública e a incolumidade pública”.
Grupo forjado em manifestações de rua, o MST argumenta que o Brasil já dispõe de leis suficientes para separar o que é luta política legítima do que é ato criminoso, e acrescenta que o país vive um momento em que “tudo é criminalizado”. “A proposta é desnecessária, por que já existem leis mais que suficientes para enquadrar qualquer eventual ação de grupos terroristas no Brasil. O Estado brasileiro oferece mais polícia e menos Justiça indistintamente. O projeto de lei intensificará o que já tem sido aplicado aos movimentos e organizações sociais que lutam por seus direitos”, registra a nota.

Justiça prorroga prisão de João Santana e de sua mulher

santanaPTO juiz federal Sergio Moro decidiu hoje (26) prorrogar por cinco dias a prisão do publicitário João Santana e da mulher dele, Mônica Moura, além da funcionária da Odebrecht Maria Lúcia Tavares. Moro atendeu ao pedido da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.
Os três foram presos na 23ª fase da Operação Lava Jato, conhecida como Operação Acarajé. Na mesma decisão, Moro decidiu soltar Vinícius Veiga Borin, empresário ligado a uma empresa offshore investigada na Lava Jato, e Benedicto Barbosa da Silva, executivo da Odebrecht.
Segundo a PF, há indícios de que o publicitário João Santana recebeu R$ 4 milhões da empreiteira Odebrecht no Brasil e os documentos apreendidos divergem da versão apresentada pelo casal nos depoimentos prestados nesta semana. A suspeita é que o dinheiro tenha origem no esquema de desvios na Petrobras.

Alexandra Lima, vereadora de Brasnorte, ostenta em viagem de Cruzeiro pelo Atlântico





Vereadora pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no município de Brasnorte, interior de Mato Grosso, Alexandra Lima, voltou a divulgar em seu perfil numa rede social, fotos de uma viagem turística que realiza a bordo de um Cruzeiro pelo Atlântico. Numas imagens, ela aparece no Cassino do navio, noutras, tomando champanhe.  CONFIRA: 

Joaquim Matias Valadão, ex-prefeito de Campinápolis, é considerado foragido da Justiça de Mato Grosso

O ex-prefeito de Campinápolis(MT), Joaquim Matias Valadão, é considerado foragido da Justiça há cerca de duas semanas, depois de ser condenado a nove anos de prisão.

Valadão foi prefeito de Campinápolis entre os anos de 2000 e 2004. Durante sua gestão, chegou a ser afastado do cargo, sob a acusação de irregularidades na administração.

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), o político responde a diversos processos por crimes contra a Administração Pública. A maioria das ações tramita na Justiça estadual e uma delas, na federal.

O MPE informou que o ex-prefeito havia ficado preso em regime fechado durante dois anos, em razão de condenações na esfera criminal, referentes à má administração pública. Mídia News

Janaína Riva e ex-marido recebiam R$ 4 mil, diz delatora

Deputada estadual Janaína Riva

POR AIRTON MARQUES E LUCAS RODRIGUES

A servidora Marisol Castro Sodré, delatora da Operação Célula-Mãe, afirmou que a deputada estadual Janaína Riva (PSD) e seu ex-marido Carlos Azóia, o "Nino", foram beneficiários do suposto esquema que teria desviado cerca de R$ 1,7 milhão na Assembleia Legislativa,entre 2011 e 2014.

Marisol está prestando depoimento, na manhã desta sexta-feira (26), à juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital.

De 2005 a 2015, ela prestou serviços no gabinete do ex-deputado José Riva, acusado de liderar o estratagema que consistiria na emissão de notas frias para justificar os gastos com as verbas de suprimento - benefício extinto pela atual Mesa Diretora da Assembleia.

Aos promotores de Justiça Marcos Bulhões e Samuel Frungilo, do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), a colaboradora afirmou que o primeiro marido da deputada Janaína Riva recebia R$ 4 mil por mês.

"Depois que eles se separaram, quem passou a receber este valor foi a Janaína", afirmou.

Dilma cria perfil em rede social chinesa com 600 milhões de usuários

weiboA presidenta Dilma Rousseff criou hoje (25) um perfil na rede social chinesa Weibo, uma espécie de junção entre Twitter e Facebook no país, e postou um vídeo convidando os chineses a vir ao Brasil em agosto para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Na gravação, a presidenta lembra que a China foi sede dos jogos em 2008, e diz que por isso os chineses sabem da importância das competições para quem recebe atletas e torcedores de todas as partes do mundo.
A interação de Dilma na nova rede social teve início nesta tarde, após reunião dela com o CEO do Weibo, Chao Guowei, no Palácio do Planalto. Durante o encontro, os dois conversaram sobre o bom desempenho dos chineses nos últimos Jogos Olímpicos e sobre a possibilidade de ampliação das parcerias entre Brasil e China.

Brasileiros se revoltam com ovos da Garoto a US$ 1,99 nos EUA

ovos
O brasileiro Luciano Dias, de 35 anos, publicou uma imagem que está dando o que falar nas redes sociais: ovos de Páscoa da Garoto sendo vendidos a 1,99 dólar em um supermercado de Boston, nos Estados Unidos. A notícia ganhou repercussão no jornal Extra. Mesmo com a alta da moeda, o custo é de cerca de R$ 8 pelo produto de 215g, que sai por aproximadamente R$ 30 nas lojas brasileiras. Isso quer dizer que, por lá, o chocolate fabricado no Brasil está 73% mais em conta.
A foto que Luciano postou foi compartilhada mais de 34 mil vezes no Facebook até esta tarde, além de diversos comentários revoltados sobre a imensa diferença de preço e a inflação no Brasil. “Estou assustado. Pessoas do mundo todo estão mandando fotos de ovos de Páscoa. No Brasil, tudo tem muitos impostos. Aqui (em Orlando), a gasolina custa 45 centavos por litro”, explica o produtor de TV, que mora na Europa, mas está passando dois anos em Orlando, nos Estados Unidos, para estudar.

Roupa de acompanhante impede encontro entre Ronaldo e Papa Francisco

ronaldo_papa
O ex-atacante Ronaldo Fênomeno não conseguiu conhecer o Papa Francisco durante sua visita ao Vaticano.
Segundo veículos de imprensa da Itália, Ronaldo não conseguiu conhecer a maior autoridade da igreja católica por conta das mulheres que o acompanhavam, que estavam vestidas com roupas na cor branca. Ainda de acordo com a publicação, apenas pessoas com algum status podem utilizar o tom para encontrar o papa, tais como reis, rainhas e princesas.
Por conta deste problema, Ronaldo não conseguiu presentear o Papa Francisco com a camisa autografada da seleção brasileira que ele havia separado como presente para o religioso.