Postagens

Mostrando postagens de Outubro 25, 2016

Cidade de MT divulga lista dos "10 principais cornos"

Imagem
Um cartaz no mínimo polêmico vem causando um grande alvoroço no pequeno município de Santa Cruz Xingu de pouco mais de 2 mil habitantes, localizado a 994 km de Cuiabá, com o título “Os Top 10 Cornos de SCX” o cartaz feito à mão foi divulgado na entrada da cidade. Com a agilidade das redes sociais, uma imagem do cartaz está sendo divulgada, no cartaz trás o nome de dez homens que supostamente seriam traídos por suas esposas. Até o momento ninguém teria procurado a polícia para registrar boletim de ocorrência. Os nomes envolvem desde empresários á políticos da cidade.

Sapatona doida': Professor da Universidade Federal de Rondônia choca estudantes com ofensas em sala de aula

Imagem
“Aquela vagabunda, entendeu? Defensora de aborto, de gênero. Vagabunda. Mande pra ela me processar, que eu provo que ela é.” Foram essas as palavras escolhidas pelo professor Samuel Milet, do curso de Direito da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), na última quinta-feira (20), para se referir à Sinara Gumieri, advogada e mestra em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) e pesquisadora da Anis – Instituto de Bioética. A advogada foi convidada a participar do evento "Por que é preciso falar de gênero no Direito?”, ocorrido em 13 de outubro e organizado pelo centro acadêmico do curso. O objetivo da palestra era discutir como o gênero se relaciona com a pesquisa e prática jurídicas. Samuel Milet não permaneceu na palestra, pois ele dá "as costas" a quem "aplaude" a discussão do aborto. Porém, o tema da exposição de Sinara foi retomado na aula de Direito das Sucessões por ele ministrada. Questionado por uma de suas alunas, Milet não economizou no

Indígenas do noroeste mato-grossense querem “trancar” MT 170 e BR 174 nesta semana

Imagem
A mobilização de índios na cidade de Juína, Mato Grosso, é em protesto à portaria 1907, que teria retirado à autonomia da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ficando as aldeias diretamente submetidas às decisões centralizadas do Ministério da Saúde. Índios da etnia Cinta Larga, Rikbaktsa, Arara e outras, caso não tenham apoio do poder executivo e legislativo, deverão fechar a MT – 170 e BR – 174, em Juína. A informação foi passada por Fernando Rikbaktsa, um dos lideres do movimento. Ele ainda confirmou que a etnia Enawene Nawe não virá ao protesto em Juína. Segundo Fernando, mais lideranças deverão chegar ao município na manhã desta quarta-feira, dia 26, para concentração. A mobilização inicialmente será na CASAI. Depois eles pretendem procurar os vereadores e prefeito em busca de apoio para irem a Brasília e lá reivindicarem, porém se não tiverem respaldo, fecharão a MT e BR. Os indígenas querem que o governo [federal] revogue a portaria que  segund

Emanuel e Wilson não teriam meu voto

Imagem
Caso morasse em Cuiabá, votaria nulo no próximo domingo.  Nem Emanuel e muito menos Wilson Santos.  São dois candidatos que não acrescentam absolutamente nada de positivo para o crescimento econômico e social que nossa capital precisa.  Sem contar que o primeiro representa um desgastado passado.  E o segundo está acompanhado de um punhado de desacreditados.  Não engulo esses dois nem com a gota. 

Ezequiel "enrolado" com a Máfia das Gráficas

Imagem
O Supremo Tribunal Federal (STF), abriu investigação em 25 de agosto para apurar uma denúncia contra o deputado federal e presidente regional do PP, Ezequiel Fonseca. O parlamentar é acusado de ter recebido um cheque graúdo da chamada "Máfia das Gráficas", dinheiro desviado da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A coisa tá feia em Deputado?

Aeroporto Internacional Marechal Rondon é ruim sem limites

Imagem
O Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, é ruim sem medidas. Sua fama já chegou aos píncaros da glória. Enquanto isso, quem deveria resolver o assunto em respeito aos cidadãos usuários, parecem estar no sono profundo da falta de vergonha na cara. 

Cacique Bezerra está incomodado com apelido

Imagem
Presidente do PMDB de Mato Grosso desde que o vento fez a curva, o deputado federal Carlos Bezerra não quer mais ser apelidado de "Cacique".  É fácil. Basta largar o osso.

Pouco mais de 4 mil processos da Justiça Eleitoral são criminais

Imagem
O relatório “Justiça em Números 2016” mostrou que, no último ano, a Justiça Eleitoral em todo o país registrou um número baixo de processos criminais. Entre 2015 e 2016 foram 4.707 processos criminais já decididos. Outros 2.204 foram casos novos que chegaram nos últimos 12 meses. Esse relatório é feito anualmente com os dados de todo o Poder Judiciário e é divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O lançamento do Justiça em Números ocorreu na sede do TSE na segunda-feira, 18 de outubro. De acordo com o levantamento, os processos de natureza não criminal, mas ligados diretamente ao Direito Eleitoral e às eleições, representa a maior parte dos processos. São 58.036 casos pendentes na fase de conhecimento no primeiro grau, ou seja, pendente de análise pelo juiz eleitoral, e outros 11.187 que tramitam no segundo grau (Tribunais Regionais Eleitorais). Ao todo, incluindo processos criminais e não criminais, a Justiça Eleitoral em todo o país registrou 90.370 processos novos

PF afirma que Lula é ‘amigo’ em planilha e recebeu R$8 milhões da Odebrecht

Imagem
A Polícia Federal suspeita que o codinome  ‘amigo’  encontrado em planilhas de propinas da Odebrecht, é o ex-presidente Lula. O fato foi revelado em relatório do delegado Felipe Hille Pace que indiciou o ex-ministro Antonio Palocci por corrupção passiva nesta segunda-feira, 24. Em um documento do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, ‘Amigo’ é destinatário de R$ 23 milhões. Esse era o setor responsável pelo pagamento de propina a políticos, agentes públicos, ex-dirigentes da Petrobras, segundo a Lava Jato. Pace afirma que “que existe respaldo de provas e coerência investigativa” em considerar que o “Amigo” das planilhas seja o ex-presidente, mas ressalta que as investigações de crimes supostamente praticados por Lula são conduzidas por outro delegado da PF, Márcio Adriano Anselmo. Segundo ele, Anselmo já tem conhecimento dos “elementos probatórios”. “Luiz Inácio Lula da Silva era conhecido pelas alcunhas de  “Amigo de meu pai ” e “Amigo de EO”, quando usada por Marcel

Mulheres separam melhor amor de sexo, segundo pesquisa

Imagem
Depois de oito anos de descobrir os hábitos sexuais dos brasileiros, a pesquisa Mosaico, realizada pelo ProSex (Programa de Estudos em Sexualidade, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas), foi refeita neste ano. De acordo com dados já divulgados, as mulheres hoje separam melhor amor e sexo (subiu de 43% para 57% o número de mulheres que fazem sexo por atração). Já o índice das que se iniciaram sexualmente com namorados caiu: o que significa que as relações eventuais são capazes de dar conta de uma entrega dessa natureza. Chamada agora de Mosaico 2.0, ouviu 3 mil pessoas de 18 a 70 anos em sete regiões metropolitanas do Brasil. Embora a metodologia não seja igual e, portanto, as duas pesquisas não possam ser comparadas diretamente, algumas mudanças no comportamento sexual do brasileiro foram observadas.

Advogado salva casamento com bilhete e vira sensação na web

Imagem
O advogado Rafael Gonçalves perdeu uma cliente, mas ganhou a felicidade de unir um casal em crise. Desde ontem (24), o jurista de São Sebastião do Paraíso (MG) virou uma espécie de ‘conselheiro amoroso’ após contar a história em seu perfil no Facebook. Em entrevista ao  portal da RedeTV! , o advogado, que exerce a profissão há dois anos, explicou que foi procurado por uma mulher que queria dar entrada no divórcio. Ele afirma ter estranhado o fato de ter sido procurado por ela, pois é comum que mulheres recorram a advogadas nesse tipo de situação. Enquanto conversavam, ele notou que o divórcio talvez não fosse a melhor solução para aquele casamento. “Vi que ainda havia um carinho”, explica. “Ela contou que ele tinha deixado de ser a pessoa que era antes do casamento, que não a surpreendia mais e que havia mudado, mas que ainda gostava dele”.