27 de novembro de 2016

Professora da Secretaria Estadual de Educação de MT não dá aulas desde 1988

Secretaria de Estado de Educação (Seduc) instaurou um procedimento para encontrar o paradeiro de uma professora que desde 1998 não aparece para dar aula em uma escola de Primavera do Leste.

Conforme edital de citação divulgado nesta semana no Diário Oficial do Estado, naquele ano a professora havia tirado uma licença para tratar de assuntos particulares e, desde então, nunca mais voltou a dar aula.

“Este fato, se comprovado, enseja o instituto jurídico do abandono de cargo”, diz um trecho do edital de citação.

O caso dela não é único na Seduc. Há outras investigações sobre professores que não aparecem desde 2008 e 2009, por exemplo.

À espera da delação, Valério pinta e se casa na prisão

O “operador do mensalão”, Marcos Valério Fernandes de Souza, negocia há quase um ano um acordo de delação premiada no qual promete fazer revelações que levem a conexões entre escândalos do qual foi protagonista e a Lava Jato. A proposta de delação de Valério já possui cerca de 100 anexos, segundo investigadores.
Ao mesmo tempo, o personagem do caso mais rumoroso de corrupção no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divide seu tempo entre a pintura de quadros e a leitura de livros para o abatimento da pena de 37 anos de prisão na sentença do mensalão.
Sua produção artística na cadeia e outras atividades de trabalho e estudo já lhe renderam 325 dias a menos em sua condenação, conforme informações do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. A legislação permite ao presidiário quatro horas por dia de trabalho e quatro de estudos.

Tudo o que você sempre quis saber sobre carne vermelha

Do primeiro mamute abatido à invenção da picanha maturada, a humanidade tem-se obstinado em aperfeiçoar os modos de cozinhar as carnes de animais domesticados e selvagens. Como a ciência pode ajudar nisso? Carnes são estruturas orgânicas complexas, e conhecer seus segredos é meio caminho andado para o sucesso de um bom bife – malpassado, ao ponto ou bem-passado. Ao gosto do freguês
Do que é feito um bife?
O bife é um pedaço de músculo de boi. Aliás, quase toda a carne que comemos é parte de algum músculo de um animal – com exceção dos miúdos, como fígado e rins. Embora haja diferenças entre os diversos tipos de músculo dos vários animais, pode-se dizer que, em média, três quartos da composição de um naco de carne é nada mais que água. O resto – a parte que interessa – é proteína (20%) e gordura (5%). As moléculas de proteína se organizam em células que se arranjam para formar as estruturas do músculo. Há duas principais estruturas: a do tecido muscular, as fibras responsáveis pelo movimento, e a dos tecidos conjuntivos, que dão forma e suporte às fibras e fazem sua ligação com os ossos. O tecido conjuntivo envolve um grupo de fibras musculares, formando uma placa. Um músculo é formado por várias dessas placas, entremeadas pela gordura, que amortece o impacto do movimento.
Também pode haver gordura no exterior do músculo – a picanha é um exemplo clássico. “A quantidade de gordura é maior ou menor dependendo do tipo de músculo, da idade do animal, do confinamento e da castração”, afirma Albino Luchiari Filho, professor da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (USP).
Por que alguns cortes são mais duros que outros?

Em Várzea Grande, noivo recebe apelo de amigos para não se casar

Um grupo de amigos de um casal várzea-grandense aprontou uma brincadeira em véspera de casamento. Quem passar pela Avenida Filinto Muller se depara com o apelo de amigos que fizeram uma faixa e colocaram nas grades da Igreja Nossa Senhora do Carmo com os seguintes dizeres: “Marcos, não case com a Janaina!  Quem te ama de verdade são os seus amigos. Bota amizade nisso”, finaliza o apelo.

Homem ateou fogo em namorada grávida para que ninguém a desejasse

Um italiano chocou o mundo depois de atear fogo no corpo da namorada que estava grávida. Revoltado porque ela ameaçou acabar o relacionamento, Paolo Pietropaolo, 42 anos, teve a ideia macabra de queimar Carla Caizazzo, 38 anos, para que ninguém mais quisesse ficar com ela.

Apesar do crime ter sido cometido em fevereiro, somente agora foi exposto mundialmente, devido ao julgamento. Por sorte, a mulher e o bebê saíram vivos. Carla teve 50% do corpo queimado. Paolo confessou que sua intenção era desfigurar a então namorada no intuito dela não conseguir mais ser desejada por nenhum outro homem.

O italiano descreveu todo o crime. Depois de tentar asfixiá-la, ele deu vários socos em Carla e, por fim, jogou álcool industrial no corpo dela, ateando fogo em seguida. A sorte da mulher foi a chegada de um vizinho, que a socorreu. No hospital, ela foi submetida a uma cesariana de emergência para salvar o bebê. O ex-namorado foi condenado a 18 anos de prisão e também vai ter que pagar uma indenização de quase R$ 900 mil à mulher e R$ 177 mil à filha.

Jovem de 22 anos foge nua de cativeiro após ser sequestrada

Uma jovem de 22 anos conseguiu fugir do cativeiro nesta sexta-feira (25) após ser sequestrada por um homem, de 26 anos, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

Segundo a Polícia Civil, ela foi obrigada pelo homem - que estava armado - a tirar a roupa para ser fotografada. Mesmo nua, ela aproveitou que o criminoso adormeceu, fugiu e acionou a polícia. Ele foi detido, mas negou o crime.

O sequestro ocorreu na tarde de quinta-feira (24). De acordo com o delegado Bruno Sapucaia, responsável pelo caso, a jovem saiu com uma colega, de idade não divulgada, de Taguatinga (DF), para cometer um golpe.

Fim de ano barra pesada são muitas crises superpostas

O final do ano de 2016 promete ser mais emocionante que seu tumultuado transcorrer. 

Dois ex-governadores do estado do Rio de Janeiro foram presos por crimes diversos, invasão e ocupação na câmara dos deputados por um grupo de manifestantes, manifestações populares em Belo Horizonte e Rio de Janeiro, demissão do sexto ministro do governo Temer em apenas seis meses de governança, prisão de cunha, anistia sorrateira de crime de caixa dois para políticos, votação das dez medidas anticorrupção. 

Não bastasse tanta desgraça, ainda tem a delação de Marcelo Odebrecht e meia centena de executivos da empresa ávidos por dedurar. 

Fim de ano barra pesada são muitas crises superpostas. A política pede por socorro.... 

Socorro Papai Noel!