21 de abril de 2017

Cerimonial de Pedro Taques menospreza prefeito de Tangará da Serra


Por Dorjival Silva

Não sei se foi falha, ou um propósito, do cerimonial do governador Pedro Taques (PSDB), em disponibilizar um acento em segundo plano para o prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (PMDB), terça-feira (18) em reunião política na ACITS.

No primeiro plano estavam à mesa, além do governador, os deputados estaduais Wagner e Saturnino, o presidente do Sindicado Rural, Reck Júnior, o presidente da Câmara de Vereadores, Hélio da Nazaré, o presidente da ACITS, Vander Masson e o secretário de Infraestrutura Marcelo Duarte.

Contaram ainda ao blog, que o cerimonial demorou muito a convidar o prefeito para compor também à mesa. Deduz-se que pelo menos nesse evento, o prefeito tangaraense foi menosprezado. E claro, ele ficou puto porque se sentiu de certa forma, humilhado publicamente, pela turma do governador. 

Pedro Taques é vaiado por professores em Tangará da Serra

Por Dorjival Silva

O governador Pedro Taques (PSDB) foi vaiado por um grupo de professores ligados ao Sintep, ao chegar ao auditório da Associação Comercial de Tangará da Serra, na terça-feira, dia 18. O tucano não gostou nenhum pouco do protesto. Quem estava presente e observou tudo, disse ao blog que Taques ficou vermelho de raiva. 

Abandonada pelo estado, MT 240 é trancada por moradores da região Médio Norte

Por Dorjival Silva

Depois de apelarem dezenas de vezes ao governo do estado para recuperar a MT – 240, e não ser atendidos, moradores das cidades de Diamantino, Alto Paraguai e Nortelândia, na região Médio Norte, resolveram “trancar” a rodovia na manhã desta quinta-feira (20). A obstrução do trânsito durou até a chegada do diretor de uma empreiteira com a ordem de serviços em mãos, garantindo o início de uma operação tapa-buracos na semana que vem. A empreiteira, diga-se, é a Guaxe. Aquela empresa que vem ganhando todas as licitações para “obras” desde o governo Blairo Maggi, atual ministro da Agricultura.