16 de outubro de 2018

Bolsonaro é o novo presidente do Brasil.

Jair Bolsonaro


A campanha eleitoral está praticamente encerrada.

Não há mais quem duvide que Jair Bolsonaro (PSL) será eleito com larga vantagem em relação ao seu adversário, o poste Fernando Haddad (PT).

Para haver uma virada no jogo, o poste teria que ganhar 1,5 milhão de votos por dia até 28 de outubro. 

Isso será impossível, de acordo com os cientistas políticos. 

Bolsonaro é o novo presidente do Brasil. 

Bolsonaro terá ministério sem raposas velhas

Gosto de ver esses políticos da ala do "deus me acuda" se articulando para fazer parte do governo Bolsonaro.

Caso de Jaime Campos (DEM). 

O cidadão nem foi diplomado ainda e sequer houve o segundo turno, e já está espalhando conversas que poderá ocupar algum ministério ou outro cargo federal.

Para abrir a vaga para o suplente Fábio Garcia (DEM). 

Impressionante como os políticos antigos imaginam sempre que qualquer um que ocupar o Planalto agirá da mesma forma que os demais.

Digo daqui desta página.

Bolsonaro não tem acordo para nomear ninguém para cargo algum. 

O futuro presidente formará um ministério independente. 

De preferência, longe das raposas velhas. 

Esperem para ver!

Rosa Neide mente quando diz que professores são desrespeitados por Bolsonaro

Bolsonaro: Escola sem partido e sem Kit Gay


Com uma gestão pífia, sem reflexo positivo na comunidade escolar de Mato Grosso enquanto esteve à frente da SEDUC, a petista Rosa Neide, que se elegeu deputada federal em 7 de outubro, está cumprindo muito bem o seu papel quando tenta macular a imagem do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) perante os educadores. 

Ela disse em entrevista ao site Olhar Direito que Bolsonaro desrespeita os professores por combater o desastroso Kit Gay. Foi isso mesmo? 

“Vamos respeitar os educadores do Brasil. Vamos respeitar as nossas escolas. Os livros que lá chegaram quando o Haddad era ministro, e eu estava na Seduc, são livros compatíveis com a idade das crianças. Foi para as crianças serem mais felizes e viajarem na literatura. Foi para isso que enchemos as escolas de livros, para agora, um cabra qualquer que tem sete mandatos, com dois filhos deputados, com a família toda dependurada nos cargos vir tecer comentários para agredir a educação do Brasil. A educação no Brasil não vai passar por isso, não vamos aceitar", falou.

É preciso ter muita paciência para lidar com esse pessoal que defende o criminoso Lula, as ditaduras comunistas de Cuba e Venezuela e que gostaria de ver o poste Haddad presidente da República.

Todos os brasileiros sabem que a educação na infame era petista foi um desastre para a Nação. Prova são os índices que estamos colhendo. 

Temos hoje um enorme fracasso escolar justamente pelas políticas educacionais defendidas pelo governo do PT. Que não se preocupou em educar, mas alienar jovens e adolescentes. E até nas universidades. 

Fui acadêmico de Ciências Sociais na Universidade Estadual do Rio Grande na década de 90 e lembro muito bem o tamanho da pressão que sofria nas aulas de Filosofia e Sociologia. 

A escola pública de Mato Grosso, como em todo País, é um caos. Sou professor, por ironia do destino, de Filosofia e Sociologia, e sei o que estou dizendo.

Os professores sempre foram desvalorizados e desrespeitados historicamente no Brasil. 

E foi na era petista que eles mais sofreram terríveis constrangimentos, e ainda sofrem ameaças e até mesmo espancamentos por parte de alunos doutrinados pelo sistema de esquerda do qual Rosa Neide sabe defender muito bem.

Bolsonaro nunca desrespeitou professores, vez que nunca foi gestor. Nem como legislador. 

Quem desrespeita minha classe é a esquerda comunista. Quando trabalha arduamente para nos usar como meros doutrinadores a serviço do sistema.

Quem desrespeita os estudantes é a filosofia esquerdista. Quando trabalha sistematicamente uma "educação" que empobrece e emburrece a todos. 

Quem desrespeitou a Nação levando a nós todos ao abismo econônimo, social e cultural foram os que nos roubaram e nos jogaram na pobreza aguda atual.

Menos, Rosa Neide. 

Lula está preso. O poste vai ser derrotado. O PT já desceu a ladeira. E você foi um fracasso como gestora da educação de Mato Grosso. 

Bolsonaro tem moral para vencer a eleição e acabar com a raça ruim da esquerda da América Latina.

E por cima, valorizar a Educação, os professores e estudantes da educação básica e superior. Aceite que dói menos. 

Delegado e dois investigadores são presos pelo Gaeco em Colniza

Gaeco em ação na cidade de Colniza


O juízo da comarca de Colniza, expediu prisão preventiva na manhã desta terça-feira (16) em desfavor do delegado de polícia e mais dois investigadores que atuam no município.

O trio é suspeito de prática de tortura.

A operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar, e a Promotoria de Justiça de Colniza.

A Corregedoria Geral de Polícia Civil do Estado acompanhou as prisões. 

Rede de Marina vai deixar de existir

Marina está sem rumo

Diz O Antagonista:

A Rede será extinta. 

 Segundo O Globo, “o partido idealizado por Marina Silva deve deixar de existir até o final do ano.

 Após não atingir a cláusula de barreira e ficar sem fundo partidário e propaganda no rádio e na TV, integrantes da legenda conversam com PV e PPS mirando uma fusão nos próximos meses”.

Cid Gomes dispara: PT vai perder a eleição para Bolsonaro

Cid detona o PT em evento pró-Haddad


O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) disse ontem em Fortaleza, o que eu e muitos eleitores brasileiros adorariam dizer a uma audiência formada por lulopetistas fanáticos.

Como amplamente divulgado, Cid desceu o verbo sem dó nem piedade nos cegos que ainda creem que o poste Haddad será vitorioso em 28 de outubro.

"Babaca! Babaca! Isso é o PT, e o PT desse jeito merece perder, pra rimar, só pra rimar. Babaca, vai perder a eleição. É isso aí, é esse sentimento que vai perder a eleição".

Em sua fala acusou ainda de serem os próprios petistas os responsáveis pela certa eleição de Jair Bolsonaro (PSL).

Toma, petralhada!