31 de maio de 2019

Diga não, às ordens dos esquerdopatas!

A direita precisa urgentemente fazer um enfrentamento coordenado, dentro das escolas públicas e universidades, contra os milicianos de esquerda que se imaginam ainda donos do ambiente de ensino aprendizagem. 

Quem é de direita não deve abaixar a cabeça para lideranças confessadamente de esquerda. 

Como será natural a reação dessas porcarias, se prepare para gravar tudo, para passar tudo que vier delas para as autoridades competentes. 

Chega de abusos praticados por membros da esquerda que querem a todo custo atrapalhar o desenvolvimento da educação, da demogracia e das gestões que democraticamente foram eleitas pela maioria.

Não, às ordens dos esquerdopatas onde quer que você esteja!

Mete o pau, governador Mauro Mendes

Meus parabéns ao governador Mauro Mendes pelo corte no ponto dos professores grevistas. 

Isso para mim é pouco. 

Gostaria mesmo que o nobre governador espulsasse esssa corja que não pensa noutra coisa senão atrapalhar a gestão e por conseguinte o crescimento do estado. 

Mete o pau nessa turma de comunista, governador. 

Esquerda nojenta e imunda

Estou cada vez mais intolerante com as atitudes dessa esquerda nojeta que se imagina a última bolacha no pacote. Vai se funder esquerda imunda. 

Destruidores da geração estudandil


Fico com coração partido vendo milhões de famílias brasileiras se esforçando ao máximo para ver os filhos aprendendo o que lhes é assegurado por Lei, todavia, recebendo uma educação em migalhas, insossa, desqualificada propositamente por um bando de gente que se diz educadora, quando no fundo, não passa de destruidoras do presente e futuro da atual geração estudantil.

A esquerda julga e condena nossa classe estudantil à morte intelectual

Essa geração estudantil está com presente e futuro compremetidos. 

Tendo como professores, grande maioria de viés comunista, nossos alunos estão sendo julgados e condenados ao um trágico fim.

Não obstante as leis braileiras garantirem o direito à educação a todos os patrícios, o que temos visto é um grupo atuando diuturnamente para que esse direito, o direito à aprendizagem e a socialização por meio do ensino, não seja efetivado.

Propositadamente, esse grupo trabalha em favor do emburrecimento cultural dos aprendentes.

Nessa panela criminosa estão todos aqueles que usam o que poderiam ser lutas válidas em favor da educação, como meio apenas para fortalecimeto de seus partidos políticos e ideologias emburrecedora.

Nossa geração estudantil já está no matadouro. 

E mesmo que boa parte dos educadores queira de fato trabalhar em favor de uma educação que contemple plenamente a formação dos cidadãos, não conseguirará.

A força maquiavélica da esquerda, composta pelos pregadores do caos, negociará a alma até com santã para que os nossos estudantes não tenham boas aulas, aprendam o básico nas salas de aulas e saiam do ensino básico ou superior preparados para a vida.

Estamos perdidos. Para nossa tristeza enquanto educador que sou.