2 de junho de 2019

Louco, Adélio será transferido para manicômio judicial



Adélio, o imoral que quase assassinou o presidente Jair Bolsonaro, será transferido do presídio federal de Campo Grande/MS para um manicômio judicial.

Esse lixo tinha 15 mil seguidores no Facebook, curso de tiro, contatos dentro da Câmara dos Deputados e agora é tido como louco.

Conta outra. Não sou mané para crê nessa fantasia.


Pais querem uma escola que preparem seus filhos para a vida

Tudo que os mais avisados querem é que seus filhos sigam para a escola com a finalidade de aprender o que lhes é garantido por Lei.

O que os pais menos querem é que os filhos sejam usados como ‘idiotas úteis’ por professores comunistas que propositadamente atuam para acabar de arruinar a educação dos brasileiros.

A escola precisa ensinar às classes estudantis o que é cidadania. Como ser gente decente em sociedade. Como se preparar para conseguir um bom emprego.

Enfim, um futuro digno.

Professores disfarçados de predadores


Em todo Brasil, precisamos nos mobilizar urgentemente, pelo afastamento dos predadores intelectuais disfarçados de professores que usam seu emprego para doutrinar e não ensinar.

Instituições de ensino não podem servir como celeiros políticos de partidos inescrupulosos.

Torcendo para senadores comparecerem ao trabalho nesta segunda-feira


A Medida Provisória 871 de combate a fraudes no INSS ficou para ser votada no último dia do prazo, amanhã, segunda-feira.

Temos que pressionar e torcer para que os excelentíssimo senadores compareçam ao trabalha e votem em favor do projeto.

É um absurdo termos que torcer para que os senadores compareçam ao trabalho.

Comparecer é uma obrigação.

Que situação é essa que estamos vivendo no Brasil?


Reforma da Previdência traz economia de R$ 49 bilhões para o Centro-Oeste



Você tem ideia do que são R$ 49 bilhões?

Pois este é o montante a ser economizado, em 10 anos, somente nos estados da região centro-oeste do Brasil, com a aprovação da Reforma da Previdência.

Deputados do chamado “Centrão” são contra a aprovação dessa reforma.

Nós que residimos nessa região do país, temos que aumentar a pressão para que esses políticos votem nesse extraordinário benefício para os estados de Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Sem trégua. Vamos pra cima deles!