3 de junho de 2019

Fantástico: Estudantes fazem quebra-quebra em escola pública de São Paulo




Este é o clássico retrato da escola pública brasileira após a era do petismo. Uma escola que ao invés de valorizar a educação e seus educadores, prefere bajular bandidos escondidos em uniformes de estudantes.

Infelizmente em muitas instituições públicas de ensino pelo Brasil afora, o quebra a quebra nas escolas é visto por gestores comunistas como “algo normal” praticado por seres em formação.

Pergunte-me se esses gestores pelo menos advertem esses indivíduos que vêm ocupando o ambiente escolar sem interesse algum de aprendizagem?

Por causa desses sujeitos que não querem aprender e dos que fingem ensinar é que a nossa escola pública está uma bagaça.

Essa geração estudandil está perdida.