11 de junho de 2019

Fracassa greve de profissionais da educação em Mato Grosso


Deu no mídia que um levantamento feito pelo Governo do Estado aponta que 47% das escolas de Mato Grosso estão em atividade após duas semanas do início da greve dos profissionais da Educação.

Ao todo, 326 unidades estão com as atividades normais. Já 35 escolas estão parcialmente funcionando. O Estado possui 767 unidades.

Ainda segundo os dados, 406 escolas aderiram ao movimento paredista. O número representa 52,94% das escolas de Mato Grosso.

Se comparado com a primeira semana da paralisação, aumentou o número de unidades que estão parcialmente em greve, passando de 15 para 35. 

Do mesmo jeito, houve aumento no número das que aderiram ao movimento. Segundo a comparação, passou de 322 para 406.

Para o Executivo, os números são favoráveis. Isso porque, segundo o Governo, cidades como Tangará da Serra (a 239 quilômetros a médio-norte), que conta com 20 escolas, e Sorriso (a 420 quilômetros ao norte), com oito unidades escolares, estão com apenas uma unidade parada em cada município.