29 de julho de 2019

Dorjival Silva registra queimada em área urbana do Distrito Progresso - Vídeo


A queimada aconteceu nesta segunda-feira, dia 29, numa área localizada no perímetro urbano do Distrito Progresso em Tangará da Serra. Este é o segundo registro de queimada feito em menos de 24h na região do Distrito. Tangará da Serra arde em chamas.


Mato Grosso fecha o mês de junho com déficit de R$ 100,7 milhões


O Governo do Estado de Mato Grosso fechou o mês de junho de 2019 com um déficit de R$ 100,7 milhões.

O valor é a somatória de tudo que foi arrecadado, o que foi pago e as despesas não pagas no mês.

Em junho, o Estado arrecadou R$ 1.334.471.764, valor que foi somado a outros R$ 151.033.487, que constavam no saldo da Conta Única no dia 1º daquele mês.

Desse valor, o Governo efetuou o pagamento dos salários dos servidores ativos no valor de R$ 307.182.104 e dos inativos no valor de R$ 199.197.655.

Somente com repasses obrigatórios aos poderes, referente ao duodécimo, o valor foi de R$ 210.012.392. Conforme prevê a lei, ao Tribunal de Justiça foi destinada a quantia de R$ 92.215.266; à Assembleia Legislativa o valor foi de R$ 42.090.357; ao Ministério Público R$ 35.619.029; para o Tribunal de Contas do Estado o valor foi de R$ 29.148.706 e para a Defensoria Pública o repasse foi de R$ 10.939.034.

Para as 141 prefeituras de Mato Grosso, no mês de maio, o valor repassado foi de R$ 236.386.144.

BB vai oferecer de R$20 mil a R$ 200 mil a funcionário que pedir demissão


O Banco do Brasil (BB) deve oferecer incentivos que variam de R$ 20 mil a R$ 200 mil para funcionários que se demitirem voluntariamente. A medida faz parte do Programa de Adequação de Quadro (PAQ), anunciado na manhã desta segunda-feira (29).

Pelo que ficou acertado, o trabalhador com até 20 anos de empresa receberá 7,8 salários brutos como incentivo para o desligamento. Os funcionários da estatal com duas décadas ou mais de casa poderão receber até 9,8 salário.

Felipe Santa Cruz está desmoralizado


Pegou muito mal em Brasília a fala do presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, insinuando que o ministro Sérgio Moro age como ‘chefe de quadrilha’.

Atinge a História da Ordem e põe sua gestão em descrédito, em razão da ligação de Felipe Santa Cruz com o PT, pelo qual foi candidato a vereador há muitos anos. O partido é investigado na Lava Jato. Não há nos registros da OAB tamanho ataque a um ministro da Justiça.

MPF: Cunha, Geddel, Henrique Alves e mais 11 devem devolver R$ 3 bilhões à Caixa


A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) que atua na Operação Greenfield propôs quatro ações civis de improbidade administrativa contra investigados na operação Cui Bono, que apurou irregularidades com recursos da Caixa Econômica Federal.

Dentre os alvos dessas ações, que pedem o ressarcimento de R$ 3,17 bilhões, estão os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, e o ex-ministro Geddel Vieira Lima, ambos do MDB.

As ações se referem a liberações de crédito para os grupos empresariais Marfrig, Bertin, J&F, Grupo BR Vias e Oeste Sul Empreendimentos Imobiliários.

Fábio Junqueira tem sido o maior marqueteiro da prefeitura de Tangará da Serra


É admirável o esforço do prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (MDB), para tornar conhecidas da população suas ações de governo.

Com poucos marqueteiros em sua volta, ele mesmo tem sido de forma elogiável, o grande divulgador das benfeitorias que a prefeitura vem realizando.

Para tanto, o prefeito Fábio tem contado como fortes aliadas, as redes sociais.

O prefeito está nas redes o tempo todo. Sempre informando a população o que o governo fez, está fazendo ou irá fazer.

Se a prefeitura tivesse mais três divulgadores iguais ao prefeito, nós vivíamos grande parte do tempo com a mente voltada para as boas ações que a Administração vem prestando aos cidadãos e cidadãs tangaraenses diariamente.

Excelente!


TJ/MT comunica sobre suspensão de ações com dados sigilosos


A vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT),  Maria Helena Póvoas, comunicou os desembargadores e juízes do Estado sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender todos processos em andamento em Mato Grosso que versem sobre o compartilhamento, sem autorização judicial e para fins penais, de dados fiscais e bancários de contribuintes.

A ofício foi expedido na última terça-feira (23).  

No dia 16 de julho, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli determinou a suspensão nacional de todos os procedimentos que versam sobre o tema.

A questão está em discussão no Recurso Extraordinário (RE) 1055941, com repercussão geral reconhecida (Tema 990), que foi incluído na pauta de julgamentos do Plenário do dia 21 de novembro. O processo tramita em segredo de justiça.

Caso dos hackers vai ser foco de CPI no Congresso


Parlamentares da base e da oposição no Congresso pretendem explorar politicamente a prisão de quatro suspeitos de invadir celulares de autoridades dos três Poderes, incluindo o presidente Jair Bolsonaro. Uma das ideias é utilizar a recém-criada CPI das fake news para interrogar os presos.

Quanto demoram as casas a ser vendidas em Portugal?


O imobiliário está em alta em Portugal - o número de transações está em máximos desde 2009, por exemplo - e há imóveis que "voam" mal chegam ao mercado, tal é o apetite dos investidores. Mas esta realidade está longe de ser generalizada a toda a oferta. Apenas 15% dos apartamentos e 9% das moradias colocados para venda encontram comprador em menos de 30 dias. Perto de 30% dos apartamentos e 43% das moradias estão anunciados há mais de um ano.

Os dados são revelados por um estudo da Keller Williams Portugal, que procura mostrar os principais dados de evolução do mercado imobiliário nacional ao longo do primeiro semestre do ano.

Botelho pede que professores encerrem greve e voltem ao trabalho; "estado está sem dinheiro"


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), fez um apelo para que os profissionais da Educação – em greve há quase dois meses – retornem para as salas de aula.

A categoria exige, entre outros pontos, o cumprimento da lei da dobra do poder de compra (Lei 510/2013), que dá direito a 7,69% a mais anualmente na remuneração durante 10 anos, bem como a Revisão Geral Anual (RGA).

Botelho disse compreender os anseios dos profissionais, mas afirmou que, ao menos por ora, o Executivo não dispõe de dinheiro para atender aos pedidos.

“A minha sugestão é: encerra a greve, acredita nesse programa que está sendo feito para que, no ano que vem, se Deus quiser, esse Estado terá condições de pagar RGA e de começar a pagar o que é direito deles”, acrescentou.


As declarações foram dadas à TV Centro América.



A Negociação da dívida das Odebrecht com bancos


A renegociação da dívida da Odebrecht com os bancos credores deve, enfim, começar nos próximos dias. Será a primeira rodada pós-recuperação judicial.

Há uma grande expectativa na Odebrecht sobre o comportamento de um dos cinco maiores bancos credores nas conversas: o BNDES, que acaba de trocar de presidente.

Vai jogar mais duro, como hoje faz a Caixa?

Senado veta acesso a informações sobre gastos


O presidente do Senado Davi Alcolumbre se esmera para dar pouca transparência ao que ele e seus colegas fazem com o dinheiro público. Até maio, o Senado já havia negado 27 dos 505 pedidos de informação feitos por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Um salto gigantesco em comparação a 2018. Ao longo do ano passado, a Casa negou 28 solicitações via LAI, porém, nesse período, foram registrados quatro vezes mais pedidos — precisamente, 2010 demandas.

A maioria esmagadora dos vetos de Alcolumbre proíbe o acesso aos gastos das excelências.

Senado gastou mais de R$ 10 milhões com horas extras


Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) enfrenta dificuldades para fechar as contas no Executivo Federal, o Senado parece viver uma realidade paralela.

A Casa tem gastos elevados com despesas internas. Entre as rubricas que destoam da realidade brasileira está o pagamento de horas extras a servidores. Somente no ano passado, esse tipo de despesa superou os R$ 10 milhões, segundo revelam dados publicados no portal da Transparência.

ProUni abre em 5 de agosto inscrições para bolsas de estudo


A partir do dia 5 de agosto, estarão abertas as inscrições para as bolsas de estudo que não foram preenchidas no processo seletivo regular do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre.

A inscrição deverá ser feita na internet, no site do ProUni. Diferente do processo seletivo regular, que exigia que os participantes tivessem feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018, agora o estudante pode ter participado de qualquer uma das edições do Enem a partir de 2010.

Fazer ativismo em favor do meio ambiente com milhões de reais nos cofres é fácil


O webleitor está observando o desespero de grande parte das ONGs em criar de última hora uma consciência ambiental nos brasileiros?

Por que tanto desespero? Por que os aliados dessas ONGs, no caso, a velha mídia, não param de falar no assunto?

Será que é porque os meios de recebimento de grandes somas de dinheiro, antes tão frouxa, está secando para o setor?

Será que essas ONGs fingem não saber que os brasileiros não ligam muito para a tal consciência ambiental?

Direito Ambiental e Educação Ambiental são de fundamentais importância.

Mas, infelizmente, em um país onde muitos patrícios não cuidam sequer da higiene pessoal, como irão cuidar da higiene de córregos, rios, mares, reservas, florestas, etc?

Tenho sérias dúvidas desse hercúleo esforço dos ambientalistas pela preservação de nossas riquezas ambientais?

Quero ver se tamanho ativismo continuará após o esvaziamento dos cofres milionários das ONGs.