30 de agosto de 2019

Conselho aprova fim de preço diferenciado para gás de cozinha


O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) decidiu, nessa quinta-feira (29), revogar uma resolução de 2005 que permite a prática de preços diferenciados do gás liquefeito de petróleo (GLP), o gás de cozinha, a partir de 1º de março de 2020. Na prática, o gás de cozinha deixará de ter preço diferenciado no Brasil.

A medida será aplicada na venda de botijões de até 13 quilos (kg), entre o comercializado e o vendido a granel. De acordo com o CNPE, a iniciativa “corrige distorções no mercado e incentiva a entrada de outros agentes nas etapas de produção e importação de GLP, ambas concentradas no agente de posição dominante”.

A primeira família que conheci em Tangará da Serra


Não parece. Mas, no próximo dia 10 de setembro, pisei pela primeira vez em Tangará da Serra. Era um final de tarde.

Naquela oportunidade, tive a felicidade de conhecer a primeira família que residia em solo tangaraense.

Baixinho e ainda com cabelos, sempre sorridente, conheci Orlando Rosa e sua esposa Vilma, casal pastores da Igreja Batista Nacional.

Comi doce e bebi água gelada na casa dos dois, uma moradia muito simples, anexa à igreja que eles cuidavam e ainda cuidam com muito zelo e amor.

Ter sido recebido em solo tangaraense por esse simpático e amável casal, servos do Deus Altíssimo, foi a chave que eu precisava para em poucos anos estabelecer moradia na cidade.

Orlando virou meu amigo. E eu virei um eterno agradecido por tê-lo conhecido. Ainda hoje, aos domingos, quando posso, vou à bela Igreja que ele pastorei e fico pensando como sua denominação cresceu em graça e tamanho.

Nesse tempo, venho acompanhando e também contribuindo de alguma forma para o crescimento da cidade, assim como Orlando e tantos outros Orlando que conheci e me acolheram com tanto prestígio na sociedade.

Eu quero bem a Orlando e a todos os Orlandos que de braços abertos sempre me honraram e colaboraram também com o meu sucesso nesses 19 anos de vida e história.

A educação perdeu Ademir Monteiro

Ademir Monteiro e o blogueiro Dorjival Silva

Não faz nem um mês que saia do Banco do Brasil e na calçada encontrei meu colega professor Ademir Monteiro. Conversamos pouco e um abraço, apenas. Tempo suficiente para uma Self.

Pessoa muito querida que conheci na sala de professores da Escola Pedro Alberto Tayano Pat. quando lá também atuava como educador.

Não tivemos muito tempo de conversar, contar histórias, trocar ideias, porque logo ele sofreu um acidente e se afastou do trabalho para iniciar o tratamento.

Mesmo assim, outro dia, depois de seu retorno de São Paulo, ele visitou a escola e nessa oportunidade nos abraçamos com cordialidade.

Foi uma vivência profissional muito curta com ele. Mas, dele fiquei com a impressão que era uma pessoa do BEM. Muito educado, elegante, sempre tratando a todos com afeto.

Nesta tarde, recebi a triste notícia que Ademir Monteiro sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. Ademir nos deixou nesse plano. E foi para o seu lugar merecido.

Deixa muita saudade. Lembranças para seu gigantesco número de alunos, colegas professores e Tangará da Serra.

Triste. Vai com Deus, professor! Dorjival.