6 de setembro de 2019

Abraham Weintraub desce a lenha em gestão desastrosa de reitora Myrian Serra da UFMT


O ministro da Educação Abraham Weintraub criticou duramente os cortes de gastos anunciados pela reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Myrian Serra.

Para o ministro, as dificuldades que a universidade vem sofrendo são fruto de uma má gestão que a reitora fez ao longo dos últimos três anos. Abraham ainda afirmou que um mau gestor pode ter receber milhões que, no final, a administração vai ser um desastre.

“Eu acho que a gestão da reitora fala por si. Não queria polemizar com a reitora, nem com a gestão dela. Mas, na primeira conversa que tive com ela, ela estava com uma dívida de um ano e meio de luz atrasada. Os recursos foram liberados, mas não foram usados para pagar a conta de luz”, disse o ministro em visita a Cuiabá na quinta-feira (5).

Residência à venda no bairro Jardim Buriti em Tangará da Serra

Consultor imobiliário em Tangará da Serra, Dorjival Silva apresenta aos webleitores do blog, uma residência que se encontra à venda na cidade.

O imóvel que tem apenas 2 anos de construído é composto por uma suíte, mais dois dormitórios, um wc social, uma cozinha, uma sala e lavanderia.

Com piso em cerâmica e forro de gesso, a residência que se localizada no bairro Jardim Buritis, é muito aconchegante.

Muita gente quer uma casa bem localizada, com tamanho suficiente para acomodar bem a família e um preço excelente.

Este imóvel oferece essa oportunidade ao cliente comprador.

Os 73 metros quadrados de área construída em terreno de 320 metros quadrados, deixam o imóvel com muito espaço à frente e atrás para quem deseja ampliá-lo futuramente.

O melhor de tudo é o preço: apenas R$ 130,000,00 mais restante a pagar de parcelas do terreno que todas somam R$ 30.000,00.

Interessados podem manter contato somente pelo whatsapp 65 99900 9919. 

Outro imóveis do Consultor podem ser conferidos em www.dorjivalsilvaimoveis.com.br 

Frente do imóvel
Suíte

Cozinha

Banheiro

Dormitório

Wc social


Reforma administrativa prevê fim da estabilidade de servidor


Em fase de ajustes finais no Ministério da Economia, a reforma administrativa que será apresentada pelo governo Jair Bolsonaro deve prever o fim da estabilidade para a maioria dos servidores públicos, uma drástica redução no número de carreiras, salários mais alinhados com o setor privado, rigorosa avaliação de desempenho e travas para as promoções.

Indicador de bem-estar financeiro aponta que brasileiros não sabem poupar


Sete em cada 10 pessoas não estão preparadas para imprevistos financeiros. Essa é a realidade mostrada na pesquisa realizada em agosto pelo Indicador de Bem-Estar Financeiro. A pesquisa também indicou que a população acima de 50 anos é a que tem melhor controle nessa questão.

A pesquisa ainda sinaliza outra realidade preocupante: 60% dos brasileiros chegam ao fim do mês sem sobras de dinheiro; 29% conseguem, às vezes, fazer uma reserva; e apenas 10% guardam sempre ou frequentemente alguma quantia. Já 22% temem que o dinheiro não dure. Comparado a julho, o índice cresceu 0,9 ponto.

Para o educador financeiro do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) José Vignoli, tradicionalmente o brasileiro não se planeja financeiramente. Segundo ele, é somente quando vem o imprevisto que as pessoas se dão conta disso. “As pessoas reclamam que não têm recursos, mas nunca pensaram em ter uma reserva. Quando tem uma renda maior, não reservam uma poupança, então quando tem o imprevisto surge essa dificuldade”, afirmou.

PF deflaga operação por fraudes que causaram prejuízo de ao menos R$ 13 milhões aos Correios


A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação que visa a desarticular organização criminosa que praticava fraudes junto à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT). Dados preliminares indicam um prejuízo de R$ 13 milhões, apenas no que se refere às postagens ilícitas já identificadas, sem contar o desvio de dinheiro diário que estava sendo causado pelo grupo investigado.

Consulta ao quarto lote do Imposto de Renda será aberta segunda-feira


A Receita Federal informou hoje (6) que a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda 2019 será aberta na próxima segunda-feira (9) partir das 9h. O quarto lote inclui também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Segundo a Receita, o dinheiro será depositado na conta do contribuinte no dia 16 deste mês.

O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões. Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (146) e informar o CPF e a data de nascimento. Caso tenha entrado no quarto lote, a situação da declaração será “crédito enviado ao banco”.