18 de setembro de 2019

Equipe do Mutirão Rural realiza mais de 1000 atendimentos em Brasnorte


A caravana do Mutirão Rural, programa realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceria com os Sindicatos Rurais, faz neste mês de setembro, os últimos eventos de 2019. Na quarta-feira (11.09) esteve na Gleba Tibagi, em Brasnorte. Nesta sexta-feira (13.09), a equipe estará na comunidade Linha Alto Sapezal, no município de Sapezal e, amanhã (14.09), o Mutirão Rural será na fazenda Itamaraty Norte, em Campo Novo do Parecis.

Na Gleba Tibagi, no município de Brasnorte, de acordo com o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Valdir Ostetti, o Mutirão superou as expectativas de público. "Foram mais de 1000 atendimentos. De todos os Mutirões que já fizemos, esse foi, sem dúvida, o maior de todos".

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, a população compareceu "em peso" ao evento. "A comunidade pôde aproveitar todos os serviços ofertados e o evento foi muito elogiado", conta Valdir Osteti.

O Senar-MT realiza o Mutirão Rural em parceria com os Sindicatos Rurais, prefeituras e diversos outros parceiros. O objetivo é levar serviços e cidadania às comunidades rurais que estão mais distantes dos centros urbanos.

500 crianças e adolescentes do Piauí são beneficiados com hortas pedagógicas


Cerca de 500 crianças e adolescentes de duas escolas públicas da cidade de José de Freitas, no Piauí, serão beneficiados com a entrega de hortas pedagógicas em instituições de ensino. 

A entrega foi realizada durante esta semana nas escolas Tia Amélia, na zona urbana, e José Pacífico de Sousa, na zona rural. O estímulo à alimentação saudável por meio de práticas didáticas é o foco de parceria entre o Ministério da Cidadania e a Embrapa Hortaliças.

Nesta sexta-feira, juntamente com as entregas, no Instituto Federal do Piauí, localizado em José de Freitas, realizou um seminário para discutir o papel das hortas pedagógicas na segurança alimentar e nutricional do município. 

A coordenadora-geral de Apoio à Agricultura Urbana e Periurbana do Ministério da Cidadania, Kelliane Fuscaldi, participou das ações no município piauiense. Ela ressaltou a influência que a horta vai exercer sobre a alimentação das crianças do município.

Debate nacional sobre educação básica é realizado em Cuiabá


O 2º Encontro de Presidentes de Comissões de Educação das Assembleias Legislativas, no último final de semana em Cuiabá-MT,  reuniu parlamentares estaduais e federais de outros estados, promoveu o debate sobre a situação atual da educação nacional, os fundos de investimentos e o impacto da reforma da previdência.

Na pauta, debates sobre a condição de trabalho dos professores, estrutura escolar, grade de horário, período de trabalho para a aposentadoria dos profissionais da educação, saúde mental dos docentes, entre outros.

EMDR, método criado para tratar veteranos de guerra, pode evitar o suicídio


Segundo a Organização Mundial da Saúde - OMS a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio em algum lugar do mundo. 

Mais de 800 mil pessoas se matam todos os anos. O suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos em todo o mundo no ano de 2016. "Para cada morte, há ainda um número maior de pessoas que tentam o suicídio e a tentativa prévia é o fator de risco mais importante para o suicídio na população em geral", diz Sirley Bittu, psicóloga e vice-presidente da Associação Brasileira de EMDR, que difunde pelo Brasil a abordagem criada nos anos 90 nos EUA e recomendada pela Organização Mundial da Saúde para tratamento de traumas. "O EMDR como forma de prevenir as tentativas de suicídio já se mostrou eficaz também", afirma Sirley.

O EMDR é uma forma de psicoterapia eficaz na prevenção do suicídio, pois permite ao paciente identificar, elaborar e superar traumas e eventos adversos que contribuem para uma visão pessimista e sem esperança da própria vida. 

Quando uma situação traumática acontece, a pessoa fica presa no momento do evento, flashbacks, pesadelos e insônias são sintomas frequentes, que denunciam a dificuldade de elaborar a situação vivenciada. Com o EMDR o paciente é ajudado a integrar essa memória à sua biografia, tornando-se parte de sua história e não mais de seu presente.

Deputado propõe ajuda humanitária aos venezuelanos refugiados em Cuiabá


Mato Grosso vivencia um grande fluxo migratório. De 2012 para cá, chegaram à capital Cuiabá haitianos sobreviventes de catástrofes naturais que devastaram o país. 

Nos últimos anos, a imigração espontânea tem sido de famílias venezuelanas afetadas pela depressão econômica e crise política e social vivenciada no país de origem. Para fortalecer e estruturar melhor a rede de acolhimento, o deputado estadual Doutor João (MDB) apresentou o Projeto de Lei nº 714/2019, que institui a Política Estadual para a População Migrante.

Na atualidade, muitas famílias venezuelanas vivem em situação de rua em Cuiabá, pedindo auxílio em semáforos, inclusive carregando bebês de colo em visível situação de vulnerabilidade social. São pais e mães que foram afetados pela crise econômica da Venezuela e vieram ao Brasil em busca de oportunidade de emprego. Com Assessoria