15 de dezembro de 2019

MPE vê ilegalidade em contratação de empresa para a Caravana

O promotor de Justiça Mauro Zaque afirmou que há indícios de que o Governo do Estado direcionou, em 2016 e 2017, dois chamamentos públicos para prestação de serviços oftalmológicos da “Caravana da Transformação” para a empresa 20/20 Serviços Médicos S/A.

A informação consta na ação civil pública por ato de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra o Estado, a empresa, o Fundo Estadual de Saúde e sete ex-secretários estaduais. As irregularidades teriam ocorrido na Caravana, realizada durante o governo Pedro Taques (PSDB).
  
Segundo o promotor, as irregularidades já iniciaram quando o Governo decidiu fazer chamamentos públicos no lugar de processos licitatórios, afirmando que não poderia deixar a população desassistida.

"Nesse sentido, o que fez o Estado de Mato Grosso, através da Casa Civil e Secretaria de Estado de Saúde, escancaradamente, foi eleger um único destinatário, para beneficiá-lo com uma contratação direta, sob a falácia do credenciamento", diz trecho da ação.

Conforme Mauro Zaque, o primeiro chamamento público, que originou o contrato 037/2016 entre o Estado e a empresa, foi assinado no dia 6 de julho de 2016 pelo então secretário de Saúde Eduardo Luiz Conceição Bermudez, no valor inicial de R$ 12,4 milhões e com vigência de um ano.

Brasil estuda implementar sistema de alerta por TV digital


O governo federal poderá no próximo ano criar um sistema de alerta via TV digital (sinal aberto) para repasse de informação imediata à população sobre de riscos como deslizamento de terra, enchentes e rompimento de barragem. Ainda não há cronograma de implantação.

O propósito é “usar a robustez da radiodifusão e a capilaridade que essa estrutura tem por todo o país para trafegar alertas de emergência”, explicou André Fonseca, coordenador geral de televisão digital do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

“O sistema tem o intuito de evitar maiores consequências da catástrofe. Os objetivos são velocidade e complementariedade aos alarmes existentes, para que a população receba as informações o mais rápido possível”, disse.

30% dos casos de câncer no Brasil são de pele



Uma mancha na pele que só cresce. Às vezes coça, sangra, não cicatriza. Estes são alguns dos sintomas que podem indicar câncer de pele, o tipo mais comum de câncer no Brasil e em todo o mundo. A doença costuma surgir com mais frequência nas áreas que são mais expostas à radiação ultravioleta, como face, mãos e tronco.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) revelam que o câncer de pele corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil. Os três tipos de câncer de pele mais comuns são o carcinoma basocelular, carcinoma de células escamosas e o melanoma maligno. O diagnóstico da doença vai variar desde uma mancha simples que nunca evolui até o quadro de tumor mais agressivo, que pode levar à morte. Mesmo casos menos agressivos demandam tratamento. “Se não forem tratados, podem crescer muito e até destruir o tecido ao redor”, diz o oncologista Antonio Carlos Buzaid, do Instituto Vencer o Câncer.

Concursos: 18 seleções abrem inscrições na segunda para preencher mais de 2,5 mil vagas


Nesta segunda-feira (16), serão abertas as inscrições de 18 concursos públicos de diversos órgãos, que buscam candidatos para preencher mais de 2,5 mil vagas.

As oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade, para em 9 estados diferentes (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo).


Após derrotar Globo, apresentador sucesso na web terá programa nacional em 2020


A RedeTV! foi buscar em Manaus uma solução para tentar melhorar sua audiência e faturamento em 2020: Sikêra Júnior, a maior pedra no sapato da Globo na região Norte. O apresentador da TV A Crítica vence diariamente a novela Bom Sucesso e o Jornal Nacional –que são líderes absolutos na Grande São Paulo– e será uma das maiores apostas da emissora no próximo ano.

O Alerta Amazonas estreou em junho, e desde então tem sido uma enorme dor de cabeça para a Rede Amazônica, afiliada da Globo no Estado. Na terça-feira (10), Sikêra ficou duas horas e dez minutos em primeiro lugar, superando Bom Sucesso e o Jornal Nacional. Amilcare Dallevo e Franz Vacek, diretores da RedeTV, ficaram impressionados com os resultados e já definiram o projeto para 2020.

A partir de janeiro, Sikêra Júnior entrará para todo o país, diretamente de Manaus, com o Alerta na TV, das 18h às 19h30. O programa terá o DNA do apresentador: jornalismo do “mundo cão”, com crimes bizarros que fazem sucesso nos telejornais do Norte e Nordeste, mesclados com palhaçadas.

Uol

Projetos que dão mais dinheiro a municípios avançam


“A proposta de emenda à Constituição (PEC) do pacto federativo, enviada pelo governo ao Congresso Nacional em novembro, ainda não progrediu no Legislativo.

A iniciativa é vista pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como um mecanismo de “transformação do Estado” e “política social”, mas deve ter sua tramitação avançada apenas no ano que vem.

Enquanto o projeto não evolui, o Congresso investe em outras pautas de cunho municipalista – e conta com um raro grau de consenso em torno das sugestões”

26,8% das prefeituras esperam receitas extras para fechar folha de dezembro


Apesar da maioria dos municípios garantir o pagamento sem atrasos do 13º salário dos servidores, mais de um quarto das prefeituras brasileiras ainda não têm recursos para pagar os salários de dezembro do funcionalismo. Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que 26,8% ainda dependem de receitas extras nesse fim de ano para fechar a folha de dezembro.

Esses filhos da puta que fizeram esse filme vão pro inferno “pretim”


O abaixo-assinado que pede pela remoção do longa ‘A Primeira Tentação de Cristo’ do catálogo da Netflix já tem mais de 1,6 milhão de assinaturas. Organizada pelo cerimonialista Alex Brindejoncy no site Charge.org, a petição também pede para que o grupo Porta dos Fundos seja responsabilizado por blasfêmia.

O filme dirigido por Rodrigo Van Der Put sugere que Deus (Antonio Tabet), Maria (Evelyn Casto) e José (Rafael Portugal) formam um triângulo amoroso. Jesus Cristo (Gregório Duvivier) é gay, e retorna de uma viagem de 44 dias pelo deserto com o namorado Orlando (Fábio Porchat).

Meia Hora