Nenhum prefeito corre risco de cassação em Mato Grosso

No caso dos prefeitos, nenhum dos administradores municipais correm risco de cassação, apesar do grande número de infiéis, já que mais de 80 mudaram de filiação após a eleição do ano passado.

Grande parte deles, ou seja, 74, foi para o PR para se alinhar com o governo do Estado.

Cerca de 40 migraram apenas do PPS, levando a legenda presidida pelo deputado estadual Percival Muniz ao esvaziamento.

O frio na barriga de muitos foi intenso. Mas o perigo passou. Fica apenas a advertência para os anos vindos.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra