4 de setembro de 2015

Temer diz que é difícil Dilma resistir mais 3 anos com popularidade baixa

O vice-presidente, Michel Temer (PMDB), durante evento com empresários em São Paulo
O vice-presidente da Republica, Michel Temer, disse, em mais uma rodada de conversas com empresários de São Paulo, nesta quinta-feira (3) que será difícil Dilma Rousseff chegar até o fim do mandato se permanecer com índices tão baixos de popularidade.
Questionado sobre as hipóteses que rondam o fim precoce do governo –renúncia, impeachment, cassação via Justiça Eleitoral ou a manutenção do governo mesmo sob forte crise– afirmou que Dilma não “é de renunciar”. “Ela é guerreira, não me parece que ela seja, digamos, renunciante”, afirmou à Folha de São Paulo. Logo em seguida, asseverou que “é preciso melhorar o que está aí”.
O vice disse que com a medidas que estão sendo tomadas acredita que as coisas tendem a melhorar em meados do ano que vem. Depois da fala otimista, no entanto, retomou o assunto: “Hoje, realmente, o índice [de aprovação do governo] é muito baixo. Ninguém vai resistir três anos e meio com esse índice baixo. (…) Se continuar assim, eu vou dizer a você, 7%, 8% de popularidade, de fato, fica difícil”, concluiu.

Senado deve concluir votação de reforma política na terça

Foram dois dias de debates, com discussões que entraram pela madrugada. Ao final, o Senado havia aprovado o projeto de reforma política. O texto original (PLC) 75/2015, que saiu da Câmara, passou por análise e alterações na Comissão da Reforma Política e recebeu mais de 110 sugestões de mudanças no Plenário do Senado. Com o projeto aprovado na quarta-feira (2), falta apenas o exame da redação final para que o texto volte para um novo exame pelos deputados.
A principal novidade na reforma política aprovada pelos senadores foi a proibição de as empresas e demais pessoas jurídicas doarem dinheiro aos candidatos e aos partidos políticos. Por outro lado, as pessoas físicas estão autorizadas a contribuir até o limite do total de rendimentos tributáveis do ano anterior ao repasse dos recursos. Para valer, essa regra deve ser mantida pelos deputados federais e sancionada pela presidente da República.

STF retoma na quarta julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

droga crackO Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar na quarta-feira (9) o julgamento sobre a descriminalização do porte de drogas, interrompido dia 20 de agosto por um pedido de vista do ministro Edson Fachin. O ministro Gilmar Mendes já votou a favor da descriminalização do porte de drogas. Segundo Mendes, a criminalização é uma medida desproporcional e fere o direito à vida privada.
No voto, Gilmar Mendes afirmou que o porte de entorpecentes não pode receber tratamento criminal, por ofender a vida privada dos cidadãos. Para o ministro, embora a norma trate de maneira distinta usuários e traficantes, na prática a Lei de Drogas, na maioria dos casos de prisão, trata a todos como traficantes. Além disso, o ministro disse que é preocupante deixar exclusivamente aos policiais a distinção entre os dois casos, sem critérios claros estabelecidos na legislação.

Fim de doações eleitorais não foi combinado com a Câmara, diz relator

Relator da proposta de reforma política, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) não descarta a possibilidade de a regra aprovada pelo Senado, que estabelece o fim das doações de empresas, ser barrada pela Câmara. Na madrugada dessa quinta-feira, 3, o plenário do Senado votou texto que prevê várias mudanças nas regras eleitorais.
Um dos principais itens de discussão no Senado foi o fim das doações de pessoas jurídicas a partidos. Nas discussões realizadas na Câmara, os deputados mantiveram as doações de empresa, mas estabeleceram um limite de R$ 20 milhões. Além das regras sobre doações, Jucá ressalta que a questão que trata sobre mudanças no coeficiente eleitoral também poderá ser alvo de maior resistência dos deputados, uma vez que não houve uma discussão prévia com as principais lideranças da Câmara sobre o tema.

3 de setembro de 2015

‘Meus filhos escorregaram de minhas mãos’, diz pai de menino sírio morto

imagem do homem
O pai de Aylan Kurdi, o menino sírio de 3 anos que foi encontrado morto em uma praia da Turquia e cuja foto se tornou uma das mais representativas da crise migratória na Europa, falou nesta quinta-feira (3) sobre a tragédia. Abdullah Kurdi perdeu também a mulher e outro filho de 5 anos no naufrágio. “Meus filhos escorregaram das minhas mãos”, disse à agência de notícias turca Dogan.
“Tínhamos jalecos salva-vidas, mas o barco afundou porque várias pessoas se levantaram. Carreguei a minha mulher nos braços. Mas meus filhos escorregaram das minhas mãos”, contou ele.
Abdullah disse que a família pagou para atravessar da Turquia para a ilha grega de Kos duas vezes. “Numa delas, os guardas nos pararam. Aí fomos libertados. Da segunda vez, os organizadores não cumpriram com a promessa e não trouxeram o barco. Então conseguimos um barco por nossos próprios meios”, relatou à agência turca.
G1

Dono da UTC diz que depositava propina da Petrobras na conta do PT

vacarri outra
O empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, afirmou em depoimento à Justiça ter depositado dinheiro de propina da Petrobras diretamente na conta do Partido dos Trabalhadores (PT). Segundo ele, as propinas da diretoria de Serviços da Petrobras eram pagas ao gerente Pedro Barusco, e o diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, sempre o encaminhou a João Vaccari Neto, então tesoureiro do partido.
Pessoa afirmou que a cobrança de propina em contratos com a Petrobras começou com o deputado José Janene, do PP, quando Paulo Roberto Costa assumiu a diretoria de Abastecimento. Na diretoria de Serviços, o primeiro contato foi feito por Pedro Barusco e, depois, o diretor Renato Duque passou a pedir contribuições financeiras por meio de Vaccari.
O juiz Sérgio Moro quis saber se a contribuição ao PT era mesmo parte do acerto da propina, se essa relação ficava clara.
– Mais clara impossível, eu depositava oficialmente na conta do Partido dos Trabalhadores. Nunca paguei nada ao Duque, estava pagando a Vaccari – afirmou o empresário.

Câmara aprova redução salarial de vereadores em Pereira Barreto

Após discussão na Câmara, projeto foi aprovado por sete votos a três.
Redução representa uma economia de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos.

Do G1 Rio Preto e Araçatuba
 A Câmara de Vereadores de Pereira Barreto (SP) aprovou nesta segunda-feira (31) a votação do projeto que reduz o salário dos vereadores da cidade, de R$ 5.800 para R$ 1.500. A população compareceu e participou de forma intensa das votações por meio de vaias e aplausos. Depois de muita discussão o projeto foi aprovado por sete votos a três.
População acompanhou  (Foto: Reprodução / TV TEM)
População acompanhou de forma intensa a votação
do projeto na câmara (Foto: Reprodução / TV TEM)
Fora da Câmara a segurança foi reforçada e dentro o plenário estava lotado. Dezenas de moradores de Pereira Barreto acompanharam a sessão como forma de pressionar os vereadores para que aprovassem o projeto de redução salarial.
A cidade, com quase 26 mil habitantes, tem 11 representantes no legislativo, e cada um recebe o salário de R$ 5.800. O valor é maior do que é pago a vereadores de São José do Rio Preto (SP), que tem 400 mil habitantes.
A proposta de reduzir os salários partiu da da mesa diretora da Câmara e, durante a sessão, o vereador Sandro Henrique dos Santos, sugeriu também a diminuição dos salários de secretários, do prefeito e vice de Pereira Barreto e pediu para que a sessão fosse suspensa por 20 minutos para a criação de uma emenda para que o item já fosse votado de forma imediata.
O vereador Valdomiro Toneti se posicionou contra o projeto e usou a tribuna para defender a redução de apenas 30% dos salários. Durante a votação, quem se posicionava contra o projeto era vaiado pela população.Mas o presidente da casa não aceitou e sugeriu que os salários do executivo e dos secretários fossem votados em outro projeto e em outra sessão separadamente.
O projeto foi aprovado por sete votos a três. Agora os vereadores de Pereira Barreto receberão um subsídio de R$ 1.500 a partir de 2017. Essa redução representa uma economia de R$ 2.5 milhões aos cofres públicos. Com a redução, a população espera que esse dinheiro volte em forma de melhorias pra cidade.
Sessão  (Foto: Reprodução / TV TEM)Projeto foi aprovado na sessão dessa segunda-feira (31) em Pereira Barreto (Foto: Reprodução / TV TEM)

Índios Cinta Larga bloqueiam MT -170 entre Brasnorte e Juína - Fotos





Mais informações AQUI
Imagens enviadas pelo whatsapp pela Polícia Militar de Brasnorte

Quais deputados pretendem mudar de sigla em Mato Grosso

Foto: Secom/AL
Senado aprova ‘janela’ para mudar de partido e diversos deputados ‘arrumam as malas’ em MT
Pelo menos quatro deputados estaduais já anunciaram a intenção de mudar de legenda. Dilmar Dal’Bosco (DEM) e Pedro Satélite (PSD) querem se unir ao “ninho tucano”, que acolheu o governador Pedro Taques (PSDB) recentemente. No balanço geral, o partido que mais deve crescer em Mato Grosso é o PSDB, em função do efeito Pedro Taques.

Janaina Riva e Gilmar Fabris, por sua vez, pretendem deixar o PSD e se filiar ao PMDB, que receberá o senador Blairo Maggi (PR). Eles também estudam o convite do PR. A principal motivação da única deputada de Mato Grosso é migrar para um partido de oposição, já que o PSD caminha para a base de sustentação do governo Taques.

Mauro Savi (PR) chegou a anunciar que sairia do partido por justa causa, depois de ter sido “fritado” pela sigla na eleição da Mesa Diretora. Porém, acabou fechando acordo e afirmou que permaneceria na agremiação. Outro que demonstra desconforto no próprio partido é o vice-líder do governo, Leonardo Albuquerque (PDT), em função da saída do governador da sigla.

Senado aprova novas regras para troca de partido

Com 38 votos favoráveis e 34 contrários, os senadores decidiram acatar emenda apresentada pelo senador Roberto Rocha (PSB-MA) que disciplina a troca de partido político. De acordo com o texto, perderá o mandato o detentor de cargo eletivo que se desfiliar, sem justa causa, do partido pelo qual foi eleito.
São consideradas justa causa para a troca de partido a mudança substancial ou o desvio reiterado do programa partidário e a grave discriminação política pessoal. Além disso, fica liberada a mudança de partido durante o período de trinta dias que antecede o prazo de filiação exigido em lei para concorrer à eleição, majoritária ou proporcional, que se realizará no ano anterior ao término do mandato vigente.

“Conceito família é formado pela união entre homem e mulher”, diz relator

diegogarciaO relator da Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa o Estatuto da Família, deputado Diego Garcia (PHS-PR), apresentou nesta quarta, 2, seu relatório no qual estabelece como conceito básico de família “a união de um homem e de uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, e a comunidade formada por qualquer dos pais e seus filhos”. Exclui-se, portanto, o conceito de que uma família possa ser formada por pais homossexuais.
Segundo Garcia, o texto está “alinhado aos preceitos constitucionais e valores morais e éticos de nossa sociedade, com o fim de garantir direitos e o desenvolvimento de políticas públicas para a valorização da família”. O documento também cria os “Conselhos da Família”, que serão órgãos responsáveis pela execução de políticas públicas referentes aos direitos da família. Após a leitura do texto, o relator foi aplaudido na comissão, formada majoritariamente por parlamentares da Frente Parlamentar Evangélica.

2 de setembro de 2015

Vídeo: um pouquinho da história recente do Brasil. Assista e divirta-se!

União pode se tornar responsável pelo piso salarial dos professores

dinheiro 3Diante da alegada incapacidade financeira de estados e municípios, o piso salarial nacional dos professores da educação básica da rede pública poderá passar ser pago pelo governo federal. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (2) o projeto de lei (PLS 155/2013) do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que estabelece a transferência dessa responsabilidade para a União.
“Se o governo não pode pagar, não adianta demitir o prefeito ou governador, porque não será possível ‘demitir’ a aritmética financeira da prefeitura ou do estado. E, por outro lado, já não há mais espaço para elevar os impostos. A única saída para não jogar a conta sobre os cérebros das crianças é jogá-la sobre as finanças do governo federal”, avaliou Cristovam na justificação do projeto.

Menos dinheiro: Senado reduz limite de doação de empresa a partido

desviodinheiropublico3O plenário do Senado aprovou na noite desta terça-feira (1º), em votação simbólica, o texto-base do projeto que reduz para R$ 10 milhões o limite de doação de empresas a partidos políticos. Os senadores alteraram o texto aprovado pela Câmara, que previa um limite de R$ 20 milhões.
Os senadores ainda terão de votar as propostas de alteração no texto-base. Após a conclusão da votação, se os senadores mantiverem as alterações no texto que veio da Câmara, o projeto terá de passar por nova análise dos deputados.  Na Câmara, o projeto foi aprovado como um complemento à proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma política.
De acordo com o texto aprovado no Senado, as empresas ficam proibidas de doar a candidatos, mas podem doar a partidos políticos. Essas doações das pessoas jurídicas para os partidos devem ser de até 2% da receita da empresa no ano anterior à doação, considerando que o valor máximo é de R$ 10 milhões. Além disso, cada partido pode receber doações de até 0,5% da receita da empresa doadora.
As pessoas físicas podem fazer doações, a candidatos ou partidos, de um valor que seja de até 10% dos rendimentos que elas tiveram no ano anterior à eleição, conforme a proposta aprovada pelo Senado.
G1

Dilma está preocupada com projetos que ampliam despesas, relata Cunha

cunha com dilma
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta terça-feira (1), que a  presidente Dilma Rousseff manifestou a ele “preocupação” com a tramitação de projetos de lei que podem gerar despesas e aumentar o déficit de R$ 30,5 bilhões previsto para o Orçamento de 2016.
Nesta terça, a convite da presidente, Cunha foi recebido por Dilma em audiência no Palácio do Planalto, horas depois de chegar de Nova York, onde participou de um evento de líderes de parlamentos na seda da Organização das Nações Unidas (ONU). Foi o primeriro encontro entre Cunha e a presidente depois que ele anunciou o rompimento com o governo.

Toxina produzida por vespa brasileira mata células de câncer

vespas
O veneno de uma vespa brasileira, Polybia paulista, contém uma poderosa toxina que mata células de câncer, sem danificar células saudáveis.
Agora, um grupo de cientistas da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Universidade de Leeds, na Inglaterra, descobriu exatamente como a toxina, chamada MP1, consegue abrir buracos exclusivamente nas células cancerosas, destruindo-as.
O estudo, publicado nesta terça-feira, 1, na revista científica Biophysical Journal, poderá inspirar a criação de uma classe inédita de drogas contra o câncer, segundo os cientistas.
De acordo com um dos autores do estudo, Paul Beales, da universidade inglesa, a toxina MP1 não afeta as células normais, mas interage com lipídios – moléculas de gordura – que estão distribuídos de forma anômala apenas na superfície das células de câncer.
Ao entrar em contato com a membrana dessas células, a toxina abre buracos por onde escapam moléculas essenciais para seu funcionamento.

Doação de empresas a campanhas gera debate e reforma política fica para esta quarta

Foi adiada para esta quarta-feira (2), às 14h, a votação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 75/2015, que trata da reforma política. O relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR), chegou a sugerir que fosse votado o texto base do projeto, mas o presidente do Sendo, Renan Calheiros, preferiu adiar a votação.
O PLC 75/2015 modifica três leis. Uma delas é o Código Eleitoral (Lei 4.737/1965). O objetivo, nesse caso, é fortalecer os partidos, cortar os custos das campanhas e disciplinar as doações e o repasse do dinheiro do Fundo Partidário.
O texto também permite que empresas e pessoas físicas façam doações às campanhas eleitorais. As pessoas jurídicas, porém, estão autorizadas a repassar recursos apenas aos partidos políticos. O valor doado é limitado a 2% da receita do ano anterior à transferência do dinheiro até o máximo de R$ 10 milhões. Cada agremiação pode receber 0,5% do total.

Investimento de Dilma em saúde entre janeiro e julho cai 32%

O gasto do governo federal com investimentos (obras e compras de aparelhos) na saúde caiu 32% nos primeiros sete meses de 2015 em relação a igual período do ano passado. De janeiro a julho de 2014, o desembolso para construção de unidades de saúde e compra de equipamentos médicos chegou a R$ 2,5 bilhões. Neste ano, o montante não passou de R$ 1,7 bilhão.
Em meio à crise, o Ministério da Saúde sofreu um corte de R$ 13 bilhões em seu orçamento original, que era de R$ 121 bilhões para 2015. Foi o segundo maior ajuste na Esplanada –superado apenas pelo da pasta das Cidades. Mesmo com o corte, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, dizia que a pasta havia sido “preservada” e não sofreria forte impacto.

FHC acha que Dilma não chegará ao fim do governo

fhc dilma
Embora diga que sua declaração sugerindo a renúncia de Dilma Rousseff foi mal interpretada, o ex-presidenteFernando Henrique Cardoso segue afirmando, em encontros privados, não acreditar que a presidente consiga chegar ao fim do governo.

Aécio pede expulsão de tucano que ameaçou Dilma

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), anunciou que vai solicitar ao Conselho de Ética do partido a abertura de processo disciplinar para expulsar o advogado Matheus Sathler Garcia, que ameaçou “arrancar a cabeça” da presidente Dilma caso ela não renuncie, fuja do Brasil ou suicide até a próxima segunda-feira (7).
Em nota, o senador afirmou que a convocação de manifestações violentas feita pelo advogado, que concorreu a uma vaga na Câmara pela legenda no ano passado, não condiz com o ideário tucano. “As recentes manifestações de Sathler contra a presidente Dilma Rousseff não condizem com o que prega o programa do PSDB nem estão em sintonia com o que espera de um filiado do partido”, disse Aécio.
As declarações do advogado, divulgadas em vídeo na internet, resultaram na abertura de investigação pelo Ministério da Justiça nesta terça-feira e em uma série de críticas, inclusive na oposição. Veja o vídeo:

Odebrecht terá de pagar R$ 50 milhões de indenização por trabalho escravo

martelo-juiz1Sentença do juiz Carlos Alberto Frigieri, da 2ª Vara do Trabalho de Araraquara (SP), atendendo a ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) do interior paulista, condenou o Grupo Odebrecht ao pagamento de R$ 50 milhões de indenização por danos morais coletivos por trabalho escravo, aliciamento e tráfico internacional de pessoas em obras de construção de uma usina de cana-de-açúcar em Angola, na África. Segundo o MPT, essa é a maior condenação por trabalho escravo feita no Brasil.
Em nota, as empresas do Grupo Odebrecht objeto da ação (Construtora Norberto Odebrecht, Odebrecht Serviços de Exportação e Odebrecht Agroindustrial) afirmaram que irão se manifestar sobre a decisão da Justiça “tão logo tenham acesso à íntegra da decisão”. Informaram, entretanto, que as acusações alusivas à ação se referem de forma exclusiva à obra da empresa angolana Biocom, “da qual uma das rés detém, indiretamente, participação minoritária”. A Odebrecht disse que essa usina não foi construída pelo grupo, mas por companhias contratadas pela própria Biocom.

1 de setembro de 2015

PF indicia José Dirceu, Vaccari e mais 12 pessoas em inquérito na Lava Jato

A Polícia Federal indiciou nesta terça-feira (1º) o ex-ministro José Dirceu e outras 13 pessoas suspeitas de desvios em contratos da Petrobras investigados pela Operação Lava Jato. Entre os indiciados, estão também o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o irmão de Dirceu, Luiz Eduardo, e o empreiteiro Gerson Almada, da Engevix.
O relatório da Polícia Federal, assinado pelo delegado Márcio Adriano Anselmo, diz que a investigação se insere em “um contexto maior de desvio de recursos em que uma estrutura criminosa sistêmica foi inserida no seio estrutura do governo federal”.

Em vídeo advogado fala em “arrancar a cabeça de Dilma” - vídeo

De no Congresso em Foco – Uol:
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), apresentou nesta segunda-feira (31) uma série de requerimentos à Polícia Federal, ao Ministério da Justiça, ao Ministério Público Federal e à Ordem dos Advogados (OAB), solicitando investigação das ameaças feitas por um advogado de Brasília à presidente Dilma Rousseff.

Onze das dezessete menores cidades do Brasil têm mais eleitores do que habitantes

No Brasil, podem ser eleitores as pessoas com mais de 16 anos. Entre os 16 e os 18 anos, o voto é facultativo — assim como para os maiores de 70 anos. Em resumo, uma cidade dificilmente terá a sua totalidade de moradores votantes, já que há uma fatia considerável de crianças e adolescentes que não votam.
Ainda assim, como é possível que algumas cidades tenham mais eleitores do que habitantes? A reportagem do R7 fez um levantamento com os dados da população brasileira disponibilizados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) do eleitorado brasileiro, que revelou que 11 das 17 menores cidades do Brasil têm mais eleitores que habitantes.
CidadeUFHabitantesEleitores
Serra da SaudadeMG8181.105
BoráSP8361.060
Oliveira de FátimaTO1.0981.729
Nova CastihoSP1.2171.325
Cedro do AbaetéMG1.2181.419
UruMG1.2291.462
Miguel LeãoPI1.2351.328
Santiago do SulSC1.3651.409
Chapada de AreiaTO1.3971.927
GrupiaraMG1.4161.495
Cachoeira de GoiásGO1.4251.526

Fundador do PT protocola pedido de impeachment de Dilma

bicudo
O fundador do PT e jurista Hélio Bicudo, 93 anos, apresentou nesta terça-feira, 1º, na Câmara, um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Este é o 17º pedido de afastamento da petista. Segundo a Isto É, o pedido foi apresentado por Maria Lúcia Bicudo, filha do ex-vice-prefeito de São Paulo, ex-ministro da Fazenda e ex-deputado federal. A advogada Janaina Paschoal subscreve o documento.
De acordo com a Secretaria-Geral da Mesa, já foram apresentados 17 pedidos de impeachment. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já determinou o arquivamento de cinco desses pedidos por inadequação formal. Caso haja algum problema no requerimento de Bicudo, Cunha concederá um prazo de dez dias para que ele faça adequações. O mesmo prazo foi dado às outras pessoas que apresentaram pedidos.

Senado terá que correr para aprovar reforma política

Aprovada na Câmara Federal, a reforma política vai acelerar o ritmo no Senado. Isso para as regras valerem a partir das eleições de 2016. Basicamente os pontos em discussão são a redução dos os custos das campanhas, distribuição do fundo partidário e incentivo à participação feminina na política.

Caso de prefeita foragida ganha destaque na imprensa internacional

Foragida, a prefeita afastada do Bom Jardim, no Maranhão, Lidiane Leite (sem partido), ganhou destaque na imprensa estrangeira. Veículos como a BBC, a The Telegraph e a The Week divulgaram o caso. Procurada desde o último dia 20 pela Polícia Federal, a mulher é suspeita de desvio de recursos públicos da educação do município.
O site da BBC News, de Londres e da Indonésia, publicou, no domingo (30/8), que “uma prefeita no Brasil está foragida após ter sido acusada por desviar fundos do sistema escolar e comandar a cidade remotamente, por meio do WhatsApp. Lidiane Leite, 25, vivia uma vida de luxo na capital do Estado do Maranhão, disseram os promotores. Eles dizem que seu único contato com sua cidade, Bom Jardim, foi através de mensagens diárias WhatsApp para o seu gabinete”, diz a reportagem.
A busca por Lidiane também foi divulgada em outros meios de comunicação ingleses e americanos, como na edição eletrônica do The Telegraph, que publicou, nesta segunda (31/8), que a “polícia brasileira está à procura de prefeita acusada de corrupção que comandava a cidade pelo WhatsApp”. O veículo ressaltou a vida de luxo de Lidiane, que era divulgada nas redes sociais, com publicações de fotos em festas de alto padrão, além de imagens com o personal trainer e passeios caros com amigos . “Lidiane Leite, 25, vangloriou-se em redes sociais sobre co/mo ela havia abraçado um estilo de vida luxuoso depois de se tornar prefeita de Bom Jardim – um dos municípios mais pobres do Brasil”.
the

31 de agosto de 2015

TSE vai continuar julgamento de ação contra campanha de Dilma

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou hoje (31) que vai dar continuidade à apuração e julgamento de processo sobre campanha da presidenta Dilma Rousseff, mesmo após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ter se manifestado pelo arquivamento de parte da ação que contesta contratação de uma gráfica. O tribunal não tem prazo para concluir o julgamento.
Janot argumentou que as contas de campanha de Dilma foram aprovadas pelos ministros do TSE, com ressalva, em dezembro passado e o prazo para recursos terminou. O procurador disse ainda que não há indícios de irregularidade na contratação da gráfica VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda pela campanha de Dilma. A manifestação de Janot foi em resposta a um pedido do vice-presidente do TSE, Gilmar Mendes, relator da prestação de contas da campanha eleitoral, para investigação da gráfica.

“Custo da corrupção sistêmica é algo extraordinário”, diz Sérgio Moro

SergioMoroGilFerreiraAgCNJ1O juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, disse hoje (31) que “o custo da corrupção sistêmica é algo extraordinário”, ao participar de palestra no Fórum Exame: Prepare-se para planejar 2016. O juiz afirmou também que o enfrentamento da corrupção trará ganhos ao país no longo prazo.
o falar sobre corrupção sistêmica, o juiz disse que as provas colhidas na Lava Jato e as delações premiadas de envolvidos no esquema apontam que o pagamento de propina em contratos da Petrobras era comum. ”Embora existam vários casos que demandam julgamento, as provas, indícios, indicam aquele quadro informado pelos chamados colaboradores da Justiça, que em todo contrato da Petrobras havia pagamentos”, disse. “A corrupção como crime é um tipo de crime que sempre vai acontecer, não importa o que nós façamos, a não ser que num futuro muito distante nos transformemos em anjos”, acrescentou.

Carro de Cristiano Araújo estava a 179 km/h ao capotar, diz relatório

Um relatório técnico da Land Rover, fabricante da Range Rover, carro do cantor Cristiano Araújo, aponta que o veículo estava a 179 km/h no momento do capotamento que matou o sertanejo e a namorada, Allana Moraes, de 19 anos, na BR-153, em Goiás, no dia 24 de junho. A informação foi dada ao G1 pelo delegado responsável pelo caso, Fabiano Henrique Jacomelis. Ele ressaltou que ainda não foi concluído o laudo da perícia sobre as causas do acidente, que é o documento considerado na investigação.
Segundo o delegado, o dado do relatório da Land Rover ficou registrado na “caixa preta” do veículo cinco segundos antes do acionamento dos airbags do carro. As informações foram retiradas do módulo e enviadas para a Inglaterra, onde foram analisadas. “Esse número corrobora com os depoimentos das testemunhas ouvidas no inquérito, inclusive a do próprio motorista, que assumiu estar acima da velocidade permitida”, afirmou o delegado.

Marcelo Pietsch defende salário de R$ 2 mil mensais para vereadores de Brasnorte

POR DORJIVAL SILVA
Clique aqui para ver mais fotos
Secretário geral do Partido Democrático Trabalhista – PDT de Brasnorte, o empresário Marcelo Pietsch fez uso da Tribuna Livre, na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, realizada na manhã desta segunda-feira (31). Na oportunidade, o pedetista apresentou a ideia que defende a redução dos salários dos vereadores para a próxima legislatura.

Durante os cinco minutos regimentais, Pietsch argumentou que pelo fato de a cidade está passando por uma série de dificuldades de ordem financeira, como as autoridades políticas vêm dizendo, seria salutar que os vereadores brasnortenses dessem sua parcela de colaboração começando pela redução dos próprios salários.

O pededista propôs que fossem economizados de cada parlamentar R$ 5 mil do que se paga entre o salário bruto que é de R$ 4.700,00 e mais R$ 3.450,00 de verba indenizatória mensalmente. “Se essa economia fosse realizada, a Câmara de Vereadores economizaria mais de meio milhão de reais por ano, recursos, que poderiam ser investidos, por exemplo, em melhorias na área da saúde”, observou Pietsch.

O empresário disse ainda que seria glorioso se a Câmara tomasse a frente do projeto de lei que prevê a redução do salário dos vereadores. “Os senhores vereadores é quem deveriam estar à frente dessa ideia. Mas, se não quiserem, a população deve encabeçar. Nós só precisamos colher 5% das assinaturas do eleitorado atual e protocolar o projeto de lei”, comentou.

REFORÇO – Estiveram na Câmara de Vereadores na manhã desta segunda-feira, em apoio à ideia de Marcelo Pietsch, o venerável e presidente da Loja Maçônica Jonas Kempa e irmãos maçons, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Brasnorte (ACIB) Ismael Júnior acompanhado de empresários, o presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) jornalista Dorjival Silva e membros do diretório municipal da sigla, imprensa e vários cidadãos e cidadãs do município.

DEBATE – Como em várias cidades brasileiras, o debate para a redução salarial da remuneração dos vereadores está posto à mesa em Brasnorte. E claro, quem decidirá como o assunto será resolvido será a sociedade. 

Brasileiros estão mais intolerantes com a violência contra a mulher, diz ministra - video

Os dados de 2015 do Ligue 180 mostram que houve um crescimento no número de familiares, vizinhos e amigos que ligaram para relatar violências sofridas por mulheres, ao mesmo tempo em que diminuiu o número de registros feitos pela própria vítima. Essa mudança no perfil de quem denuncia é um indicativo de maior conscientização da sociedade de que a violência contra as mulheres é crime e desconstrói a ideia de que violência doméstica é um assunto privado.
Segundo a ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), isso se deve ao fato de a sociedade estar cada vez mais envolvida na luta pelo enfrentamento da violência contra as mulheres. “Também é decorrente de políticas públicas mais eficientes, como o programa Mulher Viver sem Violência, a Casa da Mulher Brasileira, as unidades móveis e o Ligue 180. Além de várias campanhas de divulgação, que ajudaram a sensibilizar as pessoas”, explicou a ministra.

Populares gritam “pega ladrão” e “corrupto” contra ministro da Justiça

O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (PT), foi hostilizado enquanto caminhava na avenida Paulista na manhã deste domingo (30)
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, foi hostilizado neste domingo na Avenida Paulista, em São Paulo, quando caminhava pela calçada oposta à ocupada por manifestantes em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, reunidos em torno do boneco do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ‘Lula inflado’, em frente aos escritórios do Tribunal de Contas da União.
Segundo Veja, o ministro ouviu gritos de “pega ladrão”, “corrupto”, “fora petista, bolivariano”, mas não pareceu se abalar: seguiu pela calçada do Conjunto Nacional, deixou-se entrevistar pelo líder do Revoltados On Line, Marcelo Reis, e entrou em uma livraria da região – que em seguida fechou as portas. Do lado de fora, ainda se ouviu alguém gritando: “Segurem suas carteiras, tem um ladrão na livraria.” Ao jornal O Estado de S. Paulo, Cardozo afirmou que manifestações são legítimas, mas não “xingamento e intolerância”. Neste ano, os ex-ministros petistas Guido Mantega, da Fazenda, e Alexandre Padilha, da Saúde, também passaram por saias-justas em locais públicos.

Mensagem falsa no Facebook põe em risco computador de contribuintes

Uma mensagem falsa postada no Facebook induz os internautas a procurar informações no site da Receita Federal, mas, na verdade, trata-se de mais uma das artimanhas de criminosos para instalar programas maliciosos no computador da vítima. O texto desperta a curiosidade, pois diz que o nome da pessoa “está aparecendo na lista de inscrições da malha fina”.
Tela com mensagem falsa
A tela apresentada no Facebook mistura um link verdadeiro da Receita Federal e um falso, que baixa um programa para o computador dos desavisados. Por segurança, o Fisco alerta que os programas, como o gerador do Imposto de Renda, por exemplo, devem ser obtidos diretamente na página da RFB na internet. No caso do programa que é disponibilizado na mensagem falsa, um olhar mais atento permite verificar que o servidor de aplicativos não é o da Receita Federal (como na linha tracejada em vermelho).
Link leva o usuário a baixar programa de site que não é da Receita Federal

Zé Dirceu não vai abrir a boca na CPI da Petrobras

dirceu pf
O ex-ministro José Dirceu deve permanecer calado nos dois depoimentos previstos para hoje — um na CPI da Petrobras e outro na Polícia Federal — sobre as acusações contra ele na Operação Lava Jato. Acusado por delatores da operação de receber propina oriunda de corrupção na Petrobras, o ex-ministro foi preso no dia 3 de agosto, na 17ª Fase da Lava Jato, batizada de Pixuleco. Dirceu foi apontado pelo Ministério Público Federal como o responsável por instituir o esquema na estatal do petróleo, quando era o ministro mais poderoso do Governo Lula.

Índice de mamografias no Brasil está abaixo da média mundial

sistema_de_mamografia_do_hospital_usp_sao_carlos
Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 40% das mulheres brasileiras, de 50 a 69 anos de idade, não fazem mamografia. Essa faixa etária é definida como prioritária para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que recomenda que pelo menos 70% das mulheres sejam avaliadas periodicamente.
O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Dados do Instituto do Câncer (Inca) apontam que, no Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados. Na população mundial, 61% das pacientes sobrevivem após cinco anos de diagnóstico.

Oposição critica pedido para arquivar investigação de contas de Dilma

dilma reprova
Os partidos da oposição divulgaram nota neste domingo, 30, para criticar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que determinou o arquivamento do pedido de investigação referente às contas da campanha da presidente da República, Dilma Rousseff.
“Causou grande estranheza nas oposições os termos da decisão assinada pelo procurador-geral”, afirma a nota, assinada pelos deputados Rubens Bueno, líder do PPS; Carlos Sampaio, líder do PSDB; Arthur Maia, líder do PSD; e Mendonça Filho, líder do DEM

Japoneses querem reabrir Serra Pelada

ouro_thumb[2]A mais recente esperança de milhares de garimpeiros de Serra Pelada, no sudeste do Pará, para retomar a exploração de ouro é um trio de investidores japoneses que afirmam querer “ajudar a região”.
Um deles esteve à frente da proposta de trocar o ouro da Amazônia pelo perdão da dívida externa brasileira, nos anos 1980, e diz que planeja criar um Banco Ambiental. Desde 1992, a mineração está parada, interrompida pelo governo federal.
Akio Miyake, Osamu Sugiyama e Hirosuke Otaki são sócios da Miyabras (Mineração Yamato do Brasil) e visitaram em julho representantes do governo do Pará e da cooperativa dos garimpeiros (Coomigasp), que possui a concessão da área, no município de Curianópolis.

30 de agosto de 2015

Juiz responde a Dilma: delação é ‘traição entre criminosos’

SergioMoroGilFerreiraAgCNJ1
O juiz federal Sérgio Moro, que conduz a maior parte dos processos da Operação Lava-Jato, respondeu na manhã deste sábado a crítica da presidente Dilma Rousseff sobre o instituto da delação premiada, ferramenta que vem permitindo à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal revelar crimes no âmbito da Petrobras e ministérios do governo federal.
Durante palestra na subseção Jabaquara da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Zona Sul de São Paulo, Moro defendeu a colaboração premiada desde que sustentada em provas independentes e classificou-a como uma “traição entre criminosos”.
“Às vezes, as únicas pessoas que podem servir como testemunhas de crimes são os próprios criminosos. Uma das regras é que tudo o que o colaborador disser, precisa encontrar prova de colaboração. (…) É traição? É traição, mas é uma traição entre criminosos. Não se está traindo a Inconfidência Mineira, não se está traindo a Resistência Francesa”, disse o juiz no encontro com advogados.

Vendedor brasileiro é o penúltimo em ranking de simpatia

Os vendedores brasileiros estão carrancudos. Essa foi a conclusão de uma pesquisa que avaliou a qualidade do atendimento ao cliente em países do mundo todo. Segundo o estudo, o Brasil ficou em penúltimo lugar num ranking que mede a quantidade de atendimentos iniciados com um sorriso.
De todos os atendimentos avaliados no Brasil, 79% começaram com um sorriso do vendedor. O número está bem longe do alcançado pelos irlandeses, que lideram a lista com 97% de atendimentos sorridentes. De toda a lista, os brasileiros ficaram em 15º lugar, à frente apenas do Japão, que teve uma marca de 74%.
O estudo foi realizado pela companhia sueca Better Business World Wide, em parceria com a brasileira Shopper Experience, e analisou o atendimento em 69 países. Após compilar os dados, a companhia elaborou o ranking com 16 posições. A pesquisa foi realizada em 2014. Para avaliar o atendimento, a pesquisa usou clientes secretos, ou seja, clientes que entram no estabelecimento também com o objetivo de avaliar os vendedores. No Brasil, 22 mil clientes secretos participaram.

Procurador-geral da República critica ‘inconveniência’ da justiça eleitoral

Em parecer pelo arquivamento de pedido feito pelo vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, para investigar uma das fornecedoras da campanha da presidente Dilma Rousseff, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, criticou a “inconveniência” da Justiça e do Ministério Público Eleitoral se tornarem “protagonistas exagerados do espetáculo da democracia”.
As críticas do procurador foram feitas na semana seguinte à indicação da presidente para sua recondução ao cargo e no momento em que a Justiça Eleitoral discute a abertura de ações da oposição ao governo federal que pedem a cassação da chapa presidencial.
“É em homenagem à sua excelência [Gilmar Mendes], portanto, que aduzimos outro fundamento para o arquivamento ora promovido: a inconveniência de serem, Justiça Eleitoral e Ministério Público Eleitoral, protagonistas -exagerados – do espetáculo da democracia, para os quais a Constituição trouxe, como atores principais, os candidatos e os eleitores”, escreveu. O procurador-geral afirmou ter receio da judicialização exagerada e que é preciso levar em conta que a Constituição Federal estabeleceu como atores principais do processo eleitoral “os candidatos e os eleitores”.