2 de julho de 2015

DEPÓSITOS CLANDESTINOS: Delator diz que Riva pediu 50% e indicou empresas para depósito

Na delação premiada feita ao Ministério Público Estadual (MPE), sobre um esquema que teria desviado mais de R$ 9 milhões da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o advogado Joaquim Fábio Mielli Camargo afirmou que o ex-deputado José Riva (PSD) concordou em pagar, em 2014, os valores devidos ao banco HSBC.

Mas, sob uma condição: de que a metade do valor retornasse a ele, por meio de depósitos em várias contas de empresas que ele indicasse.
Segundo o advogado, cuja delação foi usada como base para a deflagração da "Operação Ventríloquo", do Gaeco, a tratativa foi feita por meio do também advogado Julio Cesar Domingues Rodrigues, suposto lobbysta com forte influência no Governo do Estado e na Assembleia Legislativa.


Joaquim Camargo relatou que foi procurado por Julio Cesar, em 2012, e que este lhe garantiu a possibilidade de ajudar a firmar um acordo sobre a demanda judicial do HSBC contra a Assembleia.

Petrobras admite nova alta da gasolina em 2015

gasolinaEm sua primeira entrevista após anunciar uma “dieta” drástica nos investimentos da Petrobras, o presidente da companhia, Aldemir Bendine, 51, não descartou um reajuste no preço da gasolina até o fim do ano. Não enxerga, contudo, necessidade de um aumento agora.
“Não dá para garantir que não haverá”, disse ele à Folha nesta quarta­feira (1º). O aumento mais recente dos combustíveis foi em novembro de 2014 ­3% na gasolina e 5% no diesel nas refinarias.

Câmara aprova em 1º turno redução da maioridade penal em crimes hediondos

camara_votacao
Após nova votação, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada desta quinta-feira (2), a redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, nos casos de crimes hediondos (estupro, sequestro, latrocínio, homicídio qualificado e outros), homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.
O texto aprovado é uma emenda dos deputados Rogério Rosso (PSD-DF) e Andre Moura (PSC-SE) à proposta de emenda à Constituição da maioridade penal (PEC 171/93). Foram 323 votos a favor e 155 contra, em votação em primeiro turno. Os deputados precisam ainda analisar a matéria em segundo turno.
A emenda deixa de fora da redução da maioridade outros crimes previstos no texto rejeitado na quarta-feira, como roubo qualificado, tortura, tráfico de drogas e lesão corporal grave. O texto anterior era um substitutivo da comissão especial que analisou a PEC.

Popularidade de Dilma está menor do que inflação, ironiza Aécio

aecio dilma debate
O presidente do PSDB, Aécio Neves, ironizou nesta quarta-feira (1º) o resultado de pesquisa CNI-Ibope divulgada ontem (1º). De acordo com o levantamento, a presidente Dilma Rousseff atingiu o mais baixo índice de popularidade desde a redemocratização.
“Isso é o que temos no Brasil hoje: uma inflação que caminha para ser maior do que a popularidade da Presidente da República”, disse ele. A pesquisa indicou que 9% da população considera o atual governo bom ou ótimo -a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Desafio é evitar que alta de preços continue além de 2015

jurosO presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou nesta quarta-feira (1) que um dos desafios internos do Brasil hoje evitar que o efeito inflacionário do realinhamento que está ocorrendo nos preços relativos se propague além de 2015.
“O realinhamento benéfico para a economia e ocorre simultaneamente em duas dimensões: preços domésticos em relação aos internacionais e preços regulados em relação aos livres. Entretanto, o efeito no curto prazo desse processo uma forte alta da inflação no ano corrente”, disse, em evento com empresários em São Paulo.

Dilma deve vetar reajuste dos servidores do Judiciário

vetoA presidente Dilma Rousseff classificou o reajuste de até 78% a servidores do Judiciário como “insustentável”. Ela fez a declaração após visitar a sede da empresa norte-americana Google, no Vale do Silício, no último dia da visita oficial aos Estados Unidos.
“É insustentável, um país como o nosso, em qualquer circunstância, dar níveis de aumento tão elevados”, declarou a presidente, que ressaltou que os valores comprometeriam o ajuste fiscal. O reajuste escalonado foi aprovado nesta terça-feira (30/6), em votação no Senado.

Comissão do Senado aprova coeficiente eleitoral por partido

O Senado Federal começou a fazer a Reforma Política. A iniciativa ocorre antes da Câmara dos Deputados concluir as propostas para mudar a legislação eleitoral e dos mandatos eletivos. A comissão temática responsável pela Reforma Política no Senado aprovou ontem (1º) um projeto de lei que altera o critério de distribuição dos votos proporcionais para a eleição de deputados e vereadores.
A proposta segue com urgência para o plenário do Senado para votação. E se for aprovada, não valerá mais o somatório dos votos obtidos de todos os partidos da coligação para cálculo do chamado “coeficiente eleitoral”. O coeficiente determina quantas vagas os partidos terão direito na Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas e Câmaras de Vereadores.
A proposta aprovada estabelece que o coeficiente eleitoral será separado por partido. A medida impede que uma legenda com baixo desempenho eleitoral consiga eleger algum deputado ou vereador se beneficiando dos partidos mais votados na coligação.

1 de julho de 2015

Eduardo Cunha decide votar hoje novo texto sobre maioridade penal

cunhaPF
Uma nova proposta para redução da maioridade penal será votada hoje (1º) em sessão extraordinária. Após acordo com líderes que defendem a redução, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu colocar em votação uma nova proposta apresentada por parlamentares do PSD, PSC, PHS e PSDB.
Esses partidos propõem a redução da maioridade penal para os mesmos crimes hediondos lesão corporal grave, lesão corporal grave seguida de morte, mas excluem a redução para casos de roubo agravado, tráfico de drogas, terrorismo e tortura.

Maioridade penal é assunto do Legislativo, diz Michel Temer

Posse da nova presidente do PCdoB, deputada Luciana Santos (PCdoB - PE). Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, vice-presidente da República, Michel Temer
O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse há pouco que a proposta de redução da maioridade penal é um assunto do Legislativo. “É uma questão do Congresso Nacional, que terá suficiente tranquilidade para decidir sobre isso, com a tranquilidade que o tema exige”, afirmou. Temer participou, na Câmara, da cerimônia de posse da deputada Luciana Santos (PE) como presidente nacional do PCdoB.

Dilma mentiu! Ela não só conhece Ricardo Pessoa, mas fechou negócios com ele

d cotu
A presidente Dilma Rousseff afirmou que nunca esteve com Ricardo Pessoa, aquele empreiteiro que, ameaçado pelo tesoureiro do PT de perder negócios, teve que pingar R$ 7,5 milhões na campanha da presidente. É mentira! À esquerda, vemos Dilma com o martelo na mão. O terceiro, à direita, é Ricardo Pessoa, também com um martelo na mão. Bater martelo é fechar negócio. Dilma não somente esteve com Pessoa, como também fechou “alguns” negócios com ele.

Senado aprova aposentadoria compulsória aos 75 para servidores

Senado aprovou nesta quarta-feira (1º), por 59 votos a 5, o projeto que eleva de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória dos servidores públicos da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.
Na prática, a proposta estende a chamada PEC da Bengala, sobre a aposentadoria compulsória para magistrados de tribunais superiores e do Tribunal de Contas da União, para todos os servidores públicos. Com a aprovação, o texto segue para votação na Câmara dos Deputados.
O projeto aprovada no Senado inclui todos os membros dos Tribunais e Conselhos de Contas e os membros das Defensorias Públicas. A extensão da aposentadoria compulsória para 75 anos também alcança membros do Poder Judiciário e do Ministério Público.

Câmara rejeita pedido de retirada de pauta da PEC da maioridade penal

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 304 votos a 159, requerimento do PDT que pedia a retirada de pauta da PEC da maioridade penal (PEC 171/93). A Câmara já rejeitou, nesta madrugada, o substitutivo da comissão especial para a matéria, mas os partidos favoráveis à redução da idade penal apresentaram novas emendas que poderão ir a voto nesta quarta-feira.
O conteúdo básico das novas emendas continua o mesmo do texto rejeitado: permitir que maiores de 16 e menores de 18 anos sejam julgados com base no Código Penal. A diferença entre o texto rejeitado e o que será analisado são os crimes que implicarão a redução da maioridade.

Dilma diz que reajuste de até 78% para servidores do Judiciário é insustentável

dilma reprova
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (1º) ser “insustentável” o reajuste de até 78% aprovado a servidores do Judiciário nesta terça (30) pelo plenário do Senado. Dilma deu a declaração após visitar oComplexo do Google, em São Francisco, na Califórnia (EUA), mas não disse se vetará a mudança.
O projeto de lei prevê que o aumento – entre 53% a 78,56% – será concedido de acordo com a função exercida por cada servidor. Pelo projeto, o reajuste será escalonado, de julho de 2015 até dezembro de 2017, e o pagamento será feito em seis parcelas.
Com a aprovação no Senado, o reajuste agora depende da sanção da presidente Dilma. Caso ela opte por vetar, o Congresso deverá analisar o veto.
“Nós achamos lamentável [o reajuste], até porque é insustentável para um país como o nosso – em qualquer circunstância – dar níveis de aumento tão elevados”, declarou a presidente.

Senado aprova MP que reajusta tabela do Imposto de Renda

O Senado aprovou hoje (30) a Medida Provisória (MP) 670/2015 que reajusta a tabela mensal do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). O texto foi aprovado conforme texto enviado pela Câmara dos Deputados, sem alterações promovidas pelos senadores.
A MP concede reajuste escalonado das bases de cálculo da tabela progressiva do Imposto de Renda. O reajuste vai de 4,5%, para a faixa de renda mais alta, a 6,5%, para a faixa de renda mais baixa (isenta). A renda mensal máxima para isenção passa a ser R$ 1.903,98. Os reajustes valem a partir de abril de 2015 e surgiram de negociações do governo com o Congresso para manter o veto ao reajuste linear de 6,5% para a tabela.

Câmara rejeita PEC que reduz maioridade penal para crimes hediondos

Sessão extraordinária para discussão e votação da PEC da maioridade penal (PEC 171/93)
O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, na madrugada desta quarta-feira (1º), o texto da comissão especial para a PEC que reduz a maioridade penal (PEC 171/93). Foram 303 votos a favor, quando o mínimo necessário eram 308. Foram 184 votos contra e 3 abstenções. A discussão, no entanto, ainda não se encerrou, avisou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Ele lembrou que o Plenário ainda tem de votar o texto original da proposta ou outras emendas que tramitam em conjunto.
“Eu sou obrigado a votar a PEC original para concluir a votação ou o que os partidos apresentarem. No curso da votação, poderão ser apresentadas várias emendas aglutinativas. A votação ainda está muito longe de acabar, foi uma etapa dela”, disse Cunha. Ainda não há data para a retomada da discussão. Eduardo Cunha disse que a proposta poderá voltar à pauta na semana que vem ou, se isso não for possível, no segundo semestre. Antes do recesso, o Plenário ainda precisa votar o segundo turno da PEC da Reforma Política.

Reajuste salarial de servidores do Judiciário é aprovado no Senado

O plenário do Senado aprovou hoje (30) o projeto de lei da Câmara que estabelece reajuste escalonado, em média de 59,49%, para os servidores do Poder Judiciário. A proposta foi negociada pelo senador Walter Pinheiro (PT-BA) com o Executivo e o Judiciário, permitindo uma tramitação rápida, além do parecer favorável do relator, senador José Maranhão (PMDB-PB). Os servidores do Judiciário estão sem reajuste desde 2006 e vinham pressionando em busca de aumento salarial.
Pelo texto aprovado, o reajuste vai variar de 53% a 78,56%, a depender da classe e do padrão do servidor. O pagamento deverá ser feito em seis parcelas, entre julho deste ano e dezembro de 2017. A aplicação da proposta dependerá ainda de previsão nas próximas leis de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e os órgãos do Poder Judiciário deverão se comprometer em ajustar as contas, otimizando os processos na área administrativa e reduzindo os gastos com funções de confiança.

INSS decide pagar revisão automática de pensionistas

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá pagar, administrativamente, a revisão das pensões para as viúvas e os viúvos que tiveram o benefício reduzido com o ajuste fiscal do governo.A informação é da Folha de São Paulo.
Segundo o órgão, todos os benefícios concedidos durante a vigência da medida provisória 664, que reduziu em até 40% o valor das pensões por morte, passarão por revisão, sem que o segurado precise ir até o posto fazer esse pedido. “Nenhum beneficiário precisará solicitar a revisão. Ela será processada pelo INSS e comunicada ao interessado”, informou o órgão, por meio de nota.
15172323

Janaina Riva admite filiar-se ao PMDB

“Quero lançar um desafio. Mais da metade dos prefeitos do PSD vão me acompanhar no novo partido, pois eles são parte de todo um trabalho realizado no passado que criou a sigla em Mato Grosso e no Brasil”, disse a deputada Janaina Riva, admitindo que não tem mais clima para permanecer como social-democrata, ainda mais depois que a direção nacional passou a “lotear a sigla para aqueles que sempre a combateram”.

Os últimos lances no cotidiano na política partidária, deflagrados muito mais pelas mudanças que estão se avizinhando por causa da reforma política em apreciação no Congresso Nacional entre deputados federais e senadores, ainda continuarão a protagonizar movimentações que terão muito mais repercussão nas disputas de 2018 do que propriamente em 2016, quando estarão em jogo 5.570 cargos de prefeitos e 5.570 de vice, além de 56.818 vagas de vereadores.


Partidos orgânicos e determinantes em qualquer governo como o PMDB tendem a ganhar representatividade ainda maior. O senador Blairo Maggi hoje PR e os deputados Gilmar Fabris, além da própria Janaina Riva, já sinalizaram que deverão migrar para a sigla peemedebista com o “freio de arrumação” que seria a abertura de um prazo de 30 dias para a troca de partidos por aqueles com mandato eletivo proporcional ou pelas possibilidades aventadas na lei.

30 de junho de 2015

Lula é contra o fim da reeleição

lula a favor da reeleição
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta terça-feira (30), em reunião com senadores de PMDB e PT, a proposta de fim da reeleição aprovada no mês passado pelo plenário da Câmara dos Deputados, relatou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).
Em 27 de maio, como parte das votações do pacote de propostas para a reforma política,deputados aprovaramo fim da reeleição para presidente, governador e prefeito. A proposta de emenda constitucional da reforma política ainda terá de ser votada em segundo turno na Câmara e em outros dois turnos no Senado.
Nesta terça, Lula se reuniu com senadores na residência oficial da Presidência do Senado. Segundo Renan Calheiros, o ex-presidente veio “em missão de paz” e colaborou com a discussão sobre a reforma política.
“Ele disse que não achava oportuno o fim da reeleição. Ele entende que o mandato de quatro anos é um mandato muito curto para não ter reeleição. Se fosse um mandato de cinco, tudo bem”, afirmou.

MEC prorroga até 20 de julho prazo para renovar contratos do Fies

fiesO Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até o dia 20 de julho. O prazo, que já foi prorrogado mais de uma vez, terminaria hoje (30).
A portaria com a ampliação do prazo foi publicada no Diário Oficial de União. As renovações devem ser realizadas por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFies), também disponível nas páginas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.
O Fies oferece financiamento das mensalidades de cursos em instituições privadas de ensino superior, com juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso.

PSDB está divido sobre impeachment, diz tucano

Com os novos desdobramentos da Operação Lava Jato, as oposições no Congresso vão se reunir no gabinete do senador Aécio Neves (PSDB-MG), a partir das 11h desta terça-feira (30), para discutir a possibilidade de formalizar pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Mas divergências em partidos como PSDB e DEM sobre o tema podem frustrar, por ora, a intenção dos oposicionistas mais radicais.
O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) confirmou haver uma divisão a respeito do assunto dentro de seu partido. “Há uma denúncia muito grave que, evidentemente, depende de investigação para a verificação da sua veracidade. Por se tratar de delação premiada, há a necessidade de prova e investigação consequente. Se houver comprovação do que se revelou como denúncia, o caminho é ao impeachment”, disse o senador.

Senadores do PT reagem a ameaça de impeachment

gleisi
Em movimentação atípica no Congresso para uma segunda-feira, senadores do PT reagiram nesta segunda-feira (29) à nova investida da oposição em defesa do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, depois de divulgados os supostos beneficiários de repasses ilegais no esquema do Petrolão.
Segundo a edição da revista Veja deste fim de semana, 18 representantes de seis partidos políticos receberam doações eleitorais a partir de dinheiro desviado da Petrobras por meio da UTC Engenharia, segundo delação de Ricardo Pessoa, dono da empreiteira. Como a campanha da petista consta dessa lista de patrocinados, oposicionistas reativaram os discursos em defesa do impedimento presidencial – postura que, na opinião dos petistas, não passa de oportunismo político.
“Não vejo qualquer situação para impeachment, objetivamente. A oposição sempre vai fazer esse discurso, sempre vai colocar isso como uma possibilidade. Mas [impeachment] é uma situação muito séria e, objetivamente, tem que haver uma causa isso. E eu não vejo causa alguma”, disse ao Congresso em Foco a senadora Gleisi Hoffmann, ex-ministra-chefe da Casa Civil.

Rede Globo nadou em dinheiro durante o governo do PT

globo 2014Rede Globo e as cinco emissoras de propriedade do Grupo Globo (em São PauloRio de JaneiroMinas GeraisBrasília e Recife) receberam um total de R$ 6,2 bilhões em publicidade estatal federal durante os 12 anos dos governos Lula (2003 a 2010) e Dilma (2011 a 2014). O montante pode ser maior se considerar os valores pagos a emissoras afiliadas. Como a RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, que recebeu R$ 63,7 milhões.

Assessoria enganou Dilma com falsos números

Deu no Cláudio Humberto:
alx_presidente_dilma-20150415-09_originalUm bando de medrosos e uma má gestora inventaram a economia de fantasia no Brasil. A área econômica do governo enganou Dilma sobre contas públicas em 2014, segundo fonte graduada do Planalto, criando a “magia” de duplicar números. Usavam a mesma fonte de receita para dois cálculos diferentes e sequenciais, mas, ao ser usada no primeiro, a mesma receita não poderia aparecer no segundo cálculo. Mas apareceu e deu a percepção de mais fontes de receita do que existem.
BALÃO MÁGICO
“Eles mentem e ela acredita”, diz o assessor, dando nomes aos bois: Ministério da Fazenda, Secretaria do Tesouro e Banco Central.

Contratos da Petrobras com empresa de delator somam R$ 7,4 bilhões

20141221031409_cv_dinheiro38918_NpAdvSinglePhoto_gdeA delação premiada de Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC, tem provocado apreensão no Palácio do Planalto. O empreiteiro disse que boa parte dos recursos repassados a políticos é proveniente de contratos com a Petrobras. Os contratos, concluídos ou em andamento, da Petrobras com a UTC Engenharia S/A somam R$ 7,4 bilhões. Do total, R$ 2 bilhões ainda estão ativos. Já os R$ 5,4 bilhões restantes são iniciativas já concluídas.
A empresa é uma das que estão temporariamente impedidas de serem contratadas e de participarem de licitações da estatal. O levantamento do Contas Abertas foi realizado no próprio site de transparência da Petrobras e inclui os consórcios dos quais a empresa participa.

Votação da PEC da redução da maioridade penal será aberta ao público

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, concedeu liminar garantindo o ingresso de cidadãos no plenário do Congresso, em Brasília, durante a votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da redução da maioridade penal.
A expectativa é que a PEC seja votada hoje. O advogado Luis Gustavo Grandinetti, um dos que subscrevem a petição, conta que a decisão do STF é motivada por um pedido da organização Amanhecendo sem Redução. A Une e a Ubes entraram com pedidos semelhantes.

Marina é carta fora do baralho do PSB

Marina-Silva-Carlos-Siqueira-x5kn021135936Presidenciável pelo PSB em 2014, Marina Silva já está fora dos planos do partido para 2018. “Marina não será candidata à Presidência de forma alguma. É carta fora do baralho”, afirma o presidente da sigla Carlos Siqueira. “Ela tem que ser [candidata] pelo partido dela. Não é do PSB”, diz em entrevista ao Valor.
Siqueira é categórico ao negar apoio ao nome de Marina: “Se ela alcançar 100% [numa pesquisa] não terá minha concordância. Não sei se há alguém a favor, mas me oporei sistematicamente”, afirma.

29 de junho de 2015

Vasco bate Flamengo e conquista primeira vitória no Brasileirão

gol_vasco
Em um clássico de baixo nível técnico, o Vasco venceu por 1 a 0 o Flamengo, neste domingo, na Arena Pantanal, e chegou ao seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro, na estreia do técnico celso Roth. Com o gol de Riascos, os cruz-maltinos chegaram a seis pontos e saíram da lanterna da Série A, mas permanecem na zona de rebaixamento. Os rubro-negros, com sete pontos, seguem na degola.
Em um primeiro tempo ruim, o Vasco conseguiu fazer o gol da vitória com Riascos, na única boa jogada da equipe na etapa inicial. Na segunda parte da partida, o Flamengo dominou, mas não conseguiu passar pela retranca cruz-maltina. Na próxima rodada, os dois cariocas encaram times catarinenses. O Vasco terá pela frente o Avaí, na quarta-feira, em São Januário. No mesmo dia, o Flamengo vai até Joinville para enfrentar a equipe da casa.

Com Dilma fora do país, Lula comanda reação do PT à delação de empreiteiro

lula e dilma fora
Com Dilma Rousseff em viagem aos Estados Unidos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarca nesta segunda-feira (29) em Brasília para comandar reuniões com o objetivo de cobrar do PT uma reação às novas denúncias que atingem o partido e o Palácio do Planalto. A informação é da Folha de São Paulo.
Lula vai jantar com as bancadas do PT no Congresso. O encontro foi agendado antes do aprofundamento da crise que atinge o governo, que se agravou no fim de semana com a revelação de novos detalhes dos depoimentos do empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC, a procuradores da Operação Lava Jato.
O empresário confessou que pagou propina para fazer negócios com a Petrobras e relatou encontros em que discutiu contribuições políticas com os ministros Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, e Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social.

Lava Jato acendeu a luz vermelha para o PT

alerta vermelhoA crise da operação Lava Jato acendeu a luz vermelha para o PT nas eleições do ano que vem. Segundo pesquisas de intenção de voto, dos nove prefeitos petistas de capitais e cidades de grande porte que tentam a reeleição, apenas três estão fora da zona de risco, entre os quais Luciano Cartaxo, de João Pessoa.

PT cobra explicação de ministro da Justiça sobre ações da PF na Lava Jato

A Executiva Nacional do PT se reuniu em São Paulo para, entre outras coisas, avaliar os estragos causados ao partido pelas Operações Lava Jato e Acrônimo. Na reunião, o PT tomou duas decisões importantes. A primeira, tornada pública, foi aprovar uma resolução política na qual sai em defesa das empreiteiras suspeitas de desviar recursos da Petrobras. A segunda, até agora mantida em sigilo, foi convidar o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a dar explicações ao partido sobre as últimas ações da Polícia Federal, subordinada a ele.
O presidente do PT, Rui Falcão, disse que o objetivo é simplesmente ouvir o ministro. No entanto, conforme integrantes da cúpula petista, a ideia é enquadrar Cardozo. Militante do PT há mais de 30 anos, homem de confiança da presidente Dilma Rousseff, o ministro é responsabilizado por setores do partido pela manutenção da prisão temporária do ex-tesoureiro João Vaccari Neto, detido desde 15 de abril, e pelas buscas no escritório político do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), e na agência Pepper, que presta serviços à sigla.

Redução da maioridade penal é a principal pauta da Câmara

A votação da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos é o principal assunto da semana na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marcou o início da votação da proposta de emenda à Constituição (PEC 171/93) que trata do tema para terça-feira (30). Segundo Cunha, a PEC da maioridade penal é o único item da pauta.
De acordo com o presidente, se não acabar [a votação] na terça-feira, ela continua na quarta, na quinta, até acabar. “Depois da PEC da maioridade penal, tenho de votar a PEC da reforma política em segundo turno”, acrescentou. Desde que foi eleito presidente da Câmara, Eduardo Cunha defende a votação da proposta, em tramitação há mais de 20 anos.

Estados e municípios atrasam entrega de propostas estratégicas à educação

Um ano após a aprovação do Plano Nacional da Educação (PNE), planejamento feito por estados e municípios para cumprir metas locais no setor deixa a desejar em alguns aspectos. De acordo com especialistas ouvidos pelo Correio, há fragilidades na previsão de recursos para ampliação e melhoria da qualidade da rede de ensino, participação insuficiente da sociedade nas discussões e exclusão de temas importantes, como questões de gênero. Muitos planos regionais apenas reproduziram as diretrizes nacionais e outros nem sequer foram concluídos. Até a noite de sexta-feira, 11 das 27 unidades da Federação e 3.924 dos 5.570 municípios haviam sancionado seus documentos.
Para arcar com as despesas educacionais, os municípios contam com a arrecadação de impostos e com transferências pontuais da União, como o Programa Dinheiro Direto na Escola, por exemplo. Doze tributos, como IPI e ICMS, são a base para esta arrecadação. “A atividade econômica caiu e a receita desses impostos e transferências está menor. Logo, é frágil a situação de receita da educação municipal neste momento”, explica Carlos Eduardo Sanches, ex-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime) e do Conselho Nacional do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Contudo, estados e municípios têm de destinar 25% da receita para educação. O valor é de 18% no caso da União.

Inscrições para vagas no ensino técnico começam hoje

Quem quiser concorrer a um vaga no ensino técnico pode se inscrever a partir de hoje (29) noSistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), na internet. As inscrições vão até sexta-feira (3). Para se candidatar, é preciso ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e não ter tirado 0 na redação.
Por meio do Sisutec, instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos para participantes do Enem. A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para o dia 7 de julho. A segunda chamada deve sair no dia 14 de julho. As aulas dos cursos terão início entre os dias 3 e 31 de agosto de 2015, de acordo com o edital.

Cunha pode ser a bola da vez na Lava Jato

Procuradores e advogados esperam uma reviravolta nas investigações que o procurador-geral Rodrigo Janot comanda e que envolvem o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Operação Lava Jato. Até o mês passado, delatores que poderiam apresentar elementos contra o parlamentar se mantinham calados, a ponto de sofrerem ameaças dos investigadores de terem os benefícios da colaboração anulados caso omitissem informações.
A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna desta segunda-feira na Folha de S.Paulo.  Diz a colunista que Janot, no limite, pensaria até em apresentar medida cautelar pedindo o afastamento de Cunha da presidência da Câmara. A defesa do parlamentar tem repetido que Janot tenta coagir testemunhas. Cunha diz que as motivações do procurador-geral são políticas e que ele escolhe a quem investigar.
20150505_cunhaxjanot

28 de junho de 2015

Empreiteiras multiplicaram os lucros na era PT

Deu no Cláudio Humberto:
Empreiteiras enroladas na Lava Jato fizeram “milagre de multiplicação” de lucros durante os governos do PT. Através de transferências diretas de grana pública e financiamentos ‘camaradas’ do BNDES o lucro da maior das empreiteiras do cartel do Petrolão, a Odebrecht, passou de R$ 550 milhões em 2006, no governo Lula, para R$ 11,4 bilhões em 2014, no governo Dilma; um aumento de mais de 2000%.
GRUPO QUEIROZ
A Queiroz Galvão tem muito a agradecer aos governos do PT: desde 2006 passou de R$ 423 milhões de lucro para R$ 1 bilhão em 2012.
CAMARGO CORRÊA
A Camargo Corrêa, que lucrava R$ 1,1 bilhão em 2005, passou, em 2014, a mais de R$ 4,7 bilhões por ano. Tudo nos governos do PT.
ANDRADE GUTIERREZ
A Andrade Gutierrez, maior doadora da campanha de Dilma, passou de R$ 238 milhões de lucro líquido em 2011 para R$ 444 milhões em 2014.

Reforma política pode não valer para 2016

cunharelogioA Câmara Federal deve enviar para o Senado o texto da reforma política por volta do dia 15 de julho. Segundo o presidente Eduardo Cunha, até lá os deputados devem votar a matéria em segundo turno na Casa.
Mas…
Se não forem cumpridos os prazos, as mudanças podem não valer para 2016. O principal problema é regra de transição na mudança dos mandatos, que prevê tempos diferentes entre os cargos já a partir da eleição do próximo ano.

Consumo de cocaína no Brasil é 4 vezes superior à média mundial

cocainaO Brasil se transforma em um dos maiores mercados para a cocaína, com uma prevalência que supera a dos Estados Unidos e atinge mais de quatro vezes a média mundial. Os dados estão sendo publicados nesta sexta-feira (26) pelo Escritório de Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas (UNODC, na sigla em inglês), que também revela que o Brasil passou a ser o maior centro de distribuição de cocaína no mundo da última década, citado em 56 países como o local de trânsito da droga.
Segundo a ONU, produção de coca no mundo parece ter atingido seu ponto mais baixo desde 1990. O informe também aponta para uma contração nos mercados dos Estados Unidos e da Europa. Mas é o consumo na cocaína na América do Sul que mais preocupa e o Brasil segue uma tendência inversa.

Ex-presidente da CBF ameaça revelar podres do futebol

Marin2
O ex-presidente da CBF, José Maria Marin, está decidido a abrir o bico sobre as falcatruas que enlameiam o futebol. Preso na Suíça, o cartola se sentiu traído por seus comparsas e resolveu atender ao desejo da sua família. Além dos mafiosos dos gramados, Marin foi renegado pela TV Globo — que sempre o bajulou nas negociatas dos bilionários contratados de transmissão dos jogos — e até por seus antigos aliados da política. Nas eleições do ano passado, o cartola apoiou o  tucano Aécio Neves, que agora finge não conhecê-lo.

Verba da Petrobras foi desviada para escolas de samba e time de futebol

corruptosA Folha de São Paulo revelou que uma auditoria interna da Petrobras, e anexada ao inquérito da Polícia Civil do Rio, mostra que o ex-gerente de comunicação da empresa Geovane de Morais fracionou pagamentos a fornecedores para burlar a fiscalização.
Neste pacote de benfeitorias feitas pela empresa na gestão de Morais está a destinação de R$ 1 milhão para cada escola de samba do Grupo Especial do Carnaval do Rio, em 2009. Também recebeu recursos da empresa o América Futebol Clube.
De acordo com a comissão da Petrobras, em 38% dos valores pagos não foram apresentadas evidências de que os serviços foram realmente realizados. Isso representa algo em torno de R$ 57 milhões. De outros serviços supostamente contratados, a comissão verificou gastos da ordem de R$ 88,9 milhões, mas apenas R$ 29,2 milhões confirmados como realizados.

27 de junho de 2015

Aula de jornalismo que vem lá do Maranhão…

CIXAkOpWUAQfAZa

Zico mantém candidatura à Fifa e critica corrupção na entidade

zicoO ex-jogador de futebol Artur Antunes Coimbra, conhecido como Zico, reafirmou hoje (27) que é candidato à presidência da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e comentou a atitude do atual presidente da entidade, Joseph Blatter, que declarou em entrevista a um jornal suíço, na última quinta-feira (25), que não teria renunciado, deixando em aberto uma possível volta ao cargo. Zico participou no Rio de Janeiro, ao lado do ministro do Esporte, George Hilton, da cerimônia de despedida da delegação brasileira que participará do Special Olympics, nos Estados Unidos – competição para jovens com deficiências intelectuais.
“Estamos na fase de aguardar o desenrolar dos fatos. A gente já vê o presidente [Blatter] dizer que não falou – o que muita gente colocou – e que não era bem aquilo que ele tinha dito. Acho que todos esses fatos denegriram muito o futebol mundial, e a gente espera que haja uma solução definitiva, para o bem do futebol. Não podemos ter dirigentes importantes presos e denunciados, indiciados. Isso contamina. A gente vê uma oportunidade ímpar para uma entidade importante passar a ser democrática, passar a ter decisões que beneficiem o futebol, e não pessoas”, comentou.

Papa Francisco cria ministério para unir mídias do Vaticano

O papa Francisco decretou hoje (27) a criação de um ministério dedicado à Comunicação, que será dirigido pelo diretor do Centro de Televisão do Vaticano (CTV), padre Dario Viganò, e vai começar a funcionar na próxima segunda-feira (29), anunciou o Vaticano em comunicado. De acordo com a mensagem, o papa ressaltou que “o contexto midiático atual, caracterizado pela presença e o desenvolvimento das mídia digitais, pela convergência e interatividade, requer uma redefinição do sistema de informação da Santa Sé”.
O cenário midiático também obriga uma reorganização que conduza a uma “integração e gestão unitária”, acrescentou. O novo ministério reagrupa o Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais, o Gabinete de Imprensa, a Rádio Vaticano, o CTV, o jornal L’Osservatore Romano, o Departamento de Fotografia, a editora do Vaticano, a tipografia e o serviço de internet. Ele também ficará encarregado do site institucional do Vaticano e da conta do papa na rede social Twitter.

Aos 83 anos, Russo sofre AVC e é internado em estado grave

O ex-assistente de palco da TV Globo, Russo, 83 anos, sofreu um AVC e está internado em estado grave no Hospital Pasteur, na Tijuca, Zona Norte, do Rio de Janeiro. De acordo com o jornal ‘Extra’, ele sentiu fortes câimbras nas mãos na última sexta-feira (26) e ao ser atendido teve uma convulsão. Por conta disso, Russo foi colocado em coma induzido.
De acordo com Bruna Bergamin, neta do ex-assistente, o avô estava muito estressado ultimamente. “Cois normal da idade, ele se estressa com tudo e com todos”, contou ela à publicação, que ainda não sabe se Russo terá alguma sequela do AVC. “A única coisa que sabemos é que ele está em coma induzido, sedado e entubado. Vão tentar tirar o sedativo dele para ver como se comporta. Mas quando ele acorda fica nervoso demais”, explica.

Paraguai vai à semi após vencer Brasil nos pênaltis

gol_uruguai
O roteiro foi bem parecido. Assim como na Copa América de 2011, o Paraguai eliminou a Seleção Brasileira nas quartas de final – e agora terá pela frente a Argentina. A exemplo de quatro anos atrás, também nos pênaltis: 4 a 3, desta vez depois de empate por 1 a 1 no tempo normal, no Estádio Collao, em Concepción.
A equipe brasileira até saiu à frente no placar, com gol de Robinho aos 14 minutos do primeiro tempo. Um belo gol de jogada coletiva que passou a impressão de que a partida seria tranquila. Não foi. O Paraguai partiu para o ataque, impôs sufoco e foi premiado com um gol de pênalti, marcado por Delis González, na segunda etapa.
O duelo com a Argentina está marcado para terça-feira, dia seguinte ao confronto entre Chile e Peru. O palco será novamente o estádio municipal de Concepción, às 20h30 (de Brasília). No mesmo local será a disputa pelo terceiro lugar, três dias depois.

Revista divulga lista de políticos que teriam recebido dinheiro do Petrolão

O engenheiro Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC, tem contratos bilionários com o governo, é apontado como o chefe do clube dos empreiteiros que se organizaram para saquear a Petrobras e cliente das palestras do ex-presidente Lula. Desde a sua prisão, em novembro passado, ele ameaça contar com riqueza de detalhes como petistas e governistas graúdos se beneficiaram do maior esquema de corrupção da história do país.
A revista VEJA teve acesso aos termos desse acerto. O conteúdo é demolidor. As confissões do empreiteiro deram origem a 40 anexos recheados de planilhas e documentos que registram o caminho do dinheiro sujo. Em cinco dias de depoimentos prestados em Brasília, Pessoa descreveu como financiou campanhas à margem da lei e distribuiu propinas. Ele disse que usou dinheiro do petrolão para bancar despesas de 18 figuras coroadas da República. Foi com a verba desviada da estatal que a UTC doou dinheiro para as campanhas de Lula em 2006 e de Dilma em 2014. Foi com ela também que garantiu o repasse de 3,2 milhões de reais a José Dirceu, uma ajudinha providencial para que o mensaleiro pagasse suas despesas pessoais. A UTC ascendeu ao panteão das grandes empreiteiras nacionais nos governos do PT.

Ministro diz que vazamento de delação premiada de empreiteiro da é seletivo

O ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, disse hoje (27) que está havendo um “vazamento seletivo” das informações da delação premiada do ex-presidente da empreiteira UTC Ricardo Pessoal, assinada com o Supremo Tribunal Federal (STF).
Em coletiva à imprensa no início da tarde deste sábado (27), Edinho disse que a UTC é historicamente conhecida por fazer doações em campanhas eleitorais a diversos partidos e se mostrou indignado por apenas os repasses feitos ao PT serem alvo de suspeita. “As doações são públicas – estão lá no Tribunal Superior Eleitoral. A UTC não fez doações apenas para a campanha da presidente Dilma e me estranha que as suspeitas sejam colocadas apenas sobre as doações legais da presidente”, destacou.

Equipe de Cristiano Araújo para e ajuda banda de forró em estrada

ontentacao
A tragédia envolvendo o cantor Cristiano Araújo não impediu que sua equipe praticasse um gesto de solidariedade numa estrada de Pernambuco ontem à tarde. O ônibus do cantor, que seguia para Caruaru onde o sertanejo se apresentaria nesta quinta-feira (24), parou próximo à Ouricuri (PE) para prestar socorro à banda Forró da Ostentação, que estava com problemas mecânicos em seu veículo.
Uma foto mostra os dois ônibus estacionados na estrada. Segundo relatos postados na internet, integrantes da banda potiguar ficaram bastante emocionados com a ação. Cristiano Araújo morreu na manhã desta quinta-feira (24) vítima de um acidente de carro em Goiás. Além dele, a namorada também morreu. Outras duas pessoas estão fora de perigo.

Mercadante na mira de Moro, Lava Jato bate à porta do vizinho de Gabinete de Dilma.


A presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião de emergência com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Edinho Silva (Secretaria de Comunicação Social) e Aloizio Mercadante (Casa Civil) para tratar dos desdobramentos da Operação Lava Jato, que provocaram um novo desconforto no Palácio do Planalto, justamente Na véspera da viagem oficial de trabalho aos Estados Unidos,

 Dilma Rousseff, se sente cada vez mais apreensiva com tamanho da banana, por causa das investigações. Para auxiliares da presidente, a agonia maior é não se saber ainda a extensão total das investigações, que chegam cada vez mais próximo do Planalto. 

O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, vizinho de gabinete e elo mais próximo de Dilma no governo, foi citado na delação premiada feita pelo empresário Ricardo Pessoa, dono das empreiteiras UTC e Constran e réu na Operação Lava-Jato da Polícia Federal

O ministro Edinho Silva, que foi tesoureiro da campanha de reeleição da petista, foi citado na delação premiada do dono da UTC, Ricardo Pessoa, à Procuradoria-Geral da República. No depoimento, o executivo detalhou repasses de R$ 7,5 milhões pela UTC para a campanha da presidente Dilma Rousseff, pasmem, em 2014. Síntese News

Atenção!!! Vem aí mais 2 (dois) acordos de #delação premiada na #LavaJato!