30 de julho de 2014

Promotoria suspeita que petista e empresas lavaram dinheiro para PCC

lavagem dinheiroEstadão denuncia que o deputado estadual Luiz Moura (PT) e cinco empresas de ônibus que operam em São Paulo são citados em investigação que apura esquemas de lavagem de dinheiro para o Primeiro Comando da Capital (PCC). O procedimento, sigiloso, é coordenado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual. Moura nega as acusações.
O Tribunal de Justiça ainda precisa dar aval para que o deputado seja investigado. Ele está suspenso do PT desde o mês passado. Moura foi flagrado pela Polícia Civil em março, em uma reunião de perueiros em que havia suspeitos de integrar a facção criminosa.

Furacão da CPI gasta R$ 72 milhões para ser deputada

20140729105716_cv_denise-rocha-4070_gdeMais conhecida com “Furacão da CPI”, a ex-assessora parlamentar Denise Rocha pretende aproveitar a fama e gastar um bom dinheiro para se eleger à Câmara Legislativa do Distrito Federal pelo DEM.
Denise informou à Justiça Eleitoral que planeja investir até R$ 72 milhões, nos próximos meses. O valor é maior do que a previsão de gastos do atual governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), que lidera a previsão de investimentos, com R$ 70 milhões. O patrimônio da candidata, porém, ainda não foi informado

Número de pastores candidatos cresce 40% em 2014

As eleições deste ano contarão com 270 candidatos que se declararam pastores, um crescimento de 40% com relação ao pleito de 2010 –quando 193 pessoas disseram ocupar o cargo. Além disso, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou a candidatura de 32 bispos (25% a menos do que em 2010) e 16 padres (30% a menos).
O PSC lidera a indicação de sacerdotes: são 37 clérigos evangélicos –um deles é o pastor Everaldo, que disputa a presidência da República pelo partido. Nas últimas pesquisas Datafolha e Ibope, ele estava em quarto lugar com 3% das intenções de voto. Os partidos de esquerda lideram as indicações de párocos católicos: o PT conta com cinco padres, e o PC do B, com três. Nenhum candidato adotou o termo rabino ou imã.
politica[1]

29 de julho de 2014

142,8 milhões de eleitores poderão votar em outubro, segundo o TSE

2 Urna Eletrônica
Dados divulgados nesta manhã (297) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que 142,82 milhões de brasileiros estão aptos a votar nas eleições de outubro, número 5,17% superior à última corrida presidencial.Se o total de eleitores cresceu, entre os jovens, houve uma queda de 31% nos votantes. Em 2010, 2,39 milhões de pessoas entre 16 e 17 anos estavam com o título de eleitor regularizado. Agora, esse número caiu para 1,63 milhão.

Samu terá medicamento que pode reduzir mortes por infarto

samuAs ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) passarão a contar com medicamentos trombolíticos, que podem diminuir em até 17% o número de mortes por infarto agudo do miocárdio. A portaria que incorpora o tenecteplase deverá ser publicada nos próximos dias.
O ministro da saúde, Arthur Chioro, que assinou ontem (28) a nova norma, ressaltou que as doenças do sistema circulatório são as que mais matam no Brasil. Segundo o coordenador-geral de Média e Alta Complexidade do Ministério da Saúde, José Eduardo Fogolin Passos, o tenecteplase é um medicamento aplicado de forma muito simples. Mesmo assim, as equipes serão treinadas.
“O infarto é a obstrução, o entupimento da artéria coronária, a artéria do coração. A partir do momento em que a artéria entope, o músculo do coração para de funcionar, o coração para de funcionar e a pessoa pode ter uma parada cardíaca. Com esse medicamento, o trombo se dissolve na hora, e o coração volta a ter circulação e não há parada cardíaca”, explicou Fogolin.

Facebook vai ‘obrigar’ usuários a migrarem para o Messenger no celular

messenger facebookVocê utiliza o Facebook pelo tablet ou celular para conversar com os seus amigos? Então fique de olho: nos próximos dias, a rede social vai “obrigar” que donos de aparelhos com sistema operacional iOS ou Android utilizem o Facebook Messenger para o envio de mensagens privadas.
A estratégia da empresa é fazer com que os usuários de dispositivos móveis, em vez de abrirem o aplicativo do próprio Facebook, migrem para o Messenger toda vez que quiserem conversar com alguém em particular através de um tablet ou smartphone. A mudança já havia sido anunciada por Zuckerberg em novembro de 2013 sob a justificativa de que os chats do Facebook são uma das funções mais utilizadas da rede, mas dentro de seus aplicativos móveis eram vistos como uma opção secundária e fora de destaque.

Os cuidados com a “poluição sonora” na campanha eleitoral

carro-de-som-300x206Até a véspera do dia da eleição, entre 8h e 22h, alto-falantes e amplificadores de som são permitidos. Porém, não devem ser instalados a menos de 200 metros das sedes dos Poderes Executivo e Legislativo.
O som também não é permitido perto de tribunais de Justiça, quartéis, hospitais, casas de saúde, escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, em horário de funcionamento dos estabelecimentos.

TSE estipula horário para carreatas, passeatas e caminhadas

Até as 22h do dia que antecede as eleições, carreatas, passeatas e caminhadas são permitidas pelo TSE. Também é permitido distribuir material gráfico pelas cidades. O carro de som, que circule divulgando jingles e mensagens de candidatos, é autorizado. No entanto, o TSE proíbe usar os microfones do evento a fim de transformar o ato em comício.
carreata-eleicoes-bruno-humor-politico-580x291

Candidatos devem ficar atentos na realização dos comícios

discurso-politicoComícios são autorizados das 8h às 0h até 2 de outubro, para o primeiro turno, e até 23 de outubro para o segundo turno. Também pode ser utilizada aparelhagem de sonorização fixa e trio elétrico, desde que permaneça parado durante o evento, servindo como suporte para divulgação de jingles e mensagens de candidatos.
O que não pode é a realização de shows, remunerados ou não, de artistas com a finalidade de animação. A licença da polícia não é necessária para a organização do evento. Mas as autoridades policiais devem ser comunicadas em, no mínimo, 24h antes da realização do comício.

Candidatos devem ficar atentos a mídia impressa

___Dalaiama-Blogspot-Post (2035)Devem ser instalados apenas em bens particulares observado o limite máximo de 4m². Não podem ser colocados em troca de dinheiro ou de qualquer tipo de pagamento pelo espaço utilizado.
A propaganda deve ser feita espontânea e gratuitamente. Não é permitida a colocação de diversas placas se a dimensão total da propaganda extrapolar 4m². Outdoors são proibidos, independentemente do local. A empresa responsável, o partido, as coligações e os candidatos podem ser multados por isso.

Supremo Tribunal Federal elegerá na próxima sexta-feira novo presidente

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, marcou para a próxima sexta-feira (1º) a eleição do novo presidente da Corte. No início de julho, o atual presidente enviou ao Ministério da Justiça seu pedido de aposentadoria e, dias depois, resolveu adiar a saída do cargo para agosto.
Em comunicado, divulgado nesta segunda-feira (28) no Diário da Justiça Eletrônico, Barbosa afirma que o processo administrativo de seu pedido de aposentadoria está em fase final de tramitação e que, quando deixar o cargo, seu mandato, que iria até novembro deste ano, também será encerrado.

Aumenta em sete milhões número de eleitores brasileiros

TRE-BA-titulo-atendimentos-itinerantesO eleitorado brasileiro cresceu 5,17% nos últimos quatro anos, saltando de 135.804.433 votantes, em 2010, para 142.822.046 eleitores, divulgou hoje (29) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Região Sudeste concentra o maior número de pessoas aptas a votar, 62.042.794 (43,44%), seguida do Nordeste, 38.269.533 (26,80%), Sul, 21.117.307 (14,79%), Norte, 10.801.178 (7,57) e Centro-Oeste, 10.238.058 (7,17).
Com 898 eleitores, a cidade de Araguainha (MT) é o menor colégio eleitoral do país, de acordo com TSE. Já São Paulo, com 8.782.406 eleitores, é o maior colégio eleitoral municipal. No pleito de 2014, os eleitores residentes no exterior somam 354.184, 0,25% do total do país. Em relação à disputa de 2010, houve um crescimento expressivo, de 76,75% do total de votantes fora do Brasil. Esses eleitores estão em 118 países – quase a metade, nos Estados Unidos.

Eleições: Dilma, Aécio e Campos esbarram em obstáculos para se divulgarem

20140729115716871270u
Depois de quase um mês do início oficial da campanha eleitoral, as três principais candidaturas ainda sofrem para colocar o bloco na rua. Faltam estrutura, articulação de palanques nos estados e até material de divulgação. A organização da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), por exemplo, ainda patina.
Os próprios petistas apontam que há uma série de dificuldades. Um dos entraves é a falta de disponibilidade da presidente para fazer o corpo a corpo, que poderia, inclusive, reforçar a candidatura de correligionários em alguns estados. Em vez disso, tem preferido a reclusão, e só agora começa a se movimentar para negociar os palanques que precisam ser abertos — e em quais ela vai subir.

Número de jovens cai e de idosos aumenta nas eleições deste ano

20120906101144_cv_urna_gdeApesar de o eleitorado brasileiro ter crescido 5,17% nos últimos quatro anos, a participação dos jovens aptos a votar em 2014 será menor do que em 2010, informou hoje (29) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto no último pleito geral os eleitores com 16 anos eram 900.807 (0,66%), no dia 5 de outubro, eles serão 480.044 (0,34%), uma redução de 420 mil eleitores.
Já o percentual de idosos aptos a votar cresceu no mesmo período. Em 2010, os eleitores com 60 anos ou mais eram 20.769.458 (15,29%). Este ano, 24.297.096 (17,01%) idosos estão em condições de votar.

Governo inclui vacina contra hepatite A no calendário de vacinação do SUS

vacina gestanteO Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (29) que vai incluir a vacina contra o vírus da hepatite A no Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) a partir deste mês. A imunização vai ser direcionada a crianças de 1 ano até 1 ano e 11 meses. A meta do ministério é imunizar 95% desse público em um ano, o que totaliza três milhões de crianças.
A vacina já está disponível nas unidades básicas de saúde pública de 11 estados (Acre, Rondônia, Alagoas, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul) e do Distrito Federal, segundo o ministério. Nesses estados, os pais que levarem os filhos para vacinar já terão à disposição a nova vacina.

Presidente diz que TSE diz que registros de candidatura serão julgados com celeridade

MINI_12.05.28-19.23.01-dias_tofoliApós a apresentação das estatísticas do eleitorado de 2014, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, concedeu entrevista coletiva à imprensa. De acordo com o presidente do TSE, a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições municipais de 2012 e nas eleições gerais de 2014 mostra que “os partidos evitaram ou fizeram um filtro maior no lançamento de candidatos” que eventualmente possam vir a ter seus registros de candidatura indeferidos pela Justiça Eleitoral com base nas hipóteses de inelegibilidade previstas na lei.
Sobre a análise dos pedidos de registro de candidatura das eleições de 2014, o ministro Dias Toffoli afirmou que a Justiça Eleitoral conseguirá julgar esses processos com celeridade, “a tempo e a hora, antes do dia 5 de outubro”. Isso porque, segundo ele, as eleições gerais têm uma característica: além de o número de candidatos e, consequentemente, o número de impugnações ser menor que o de um pleito municipal, na eleição geral há uma instância de julgamento a menos, já que não existe análise originária por parte do juiz eleitoral.

Lei anticorrupção esbarra na falta de regulamentação

corrupçãoEm vigor há seis meses, a lei federal que pune empresas por atos de corrupção não foi regulamentada até hoje. Sem essa regulamentação, e com pouco tempo de vigência, a chamada Lei Anticorrupção ainda não “pegou”: levantamento do GLOBO nos Ministérios Públicos Federal e estaduais, na Procuradoria Geral da República e na Controladoria Geral da União (CGU) mostrou baixo número de investigações baseadas na nova legislação, e ainda nenhuma punição.
Apesar disso, o governo federal assegura que o texto já está mudando a postura das empresas, pois prevê multa alta — alcança até 20% do faturamento bruto — e não depende da Justiça para ser aplicada. De número 12.846/2013, a lei passou a responsabilizar pessoas jurídicas por atos de corrupção; até então, só pessoas físicas eram punidas.

Especialistas defendem criação de ministério da Segurança Pública

A cada tragédia ou crime de repercussão, a sociedade logo sugere que se endureça a legislação, como forma de se reduzir a impunidade. Seria bom que bastasse isso para se controlar a criminalidade. Na verdade, a melhoria da segurança pública só vai ocorrer se o tema for definitivamente incluído na agenda de políticas públicas da União e, consequentemente, dos estados.
É com esse objetivo que o Instituto Igarapé – uma ONG voltada para a segurança e o desenvolvimento – formou um grupo de organizações e especialistas na área de segurança pública e criminalidade para criar a “Agenda Prioritária de Segurança”, que será levada aos candidatos à Presidência da República. Eles defendem a criação do Ministério da Segurança Pública para que o tema entre na agenda política do governo federal. “O Brasil não vai ser um país desenvolvido se não melhorar a segurança pública, assim como melhorou vários indicadores sociais. A posição que o país quer assumir no mundo é incoerente com a situação da segurança hoje” critica a diretora-executiva do Igarapé, Ilona Szabó de Carvalho.

Lei anticorrupção: aprovada mas não pega ninguém

20140729042758_cv_CORRUPUrodoanel_trecho_norte_gdeEm vigor há seis meses, a lei federal que pune empresas por atos de corrupção não foi regulamentada até hoje.
Sem essa regulamentação, e com pouco tempo de vigência, a chamada Lei Anticorrupção ainda não “pegou”: levantamento do GLOBO nos Ministérios Públicos Federal e estaduais, na Procuradoria Geral da República e na Controladoria Geral da União (CGU) mostrou baixo número de investigações baseadas na nova legislação, e ainda nenhuma punição.

No colchão: candidatos guardam 269 milhões em casa

Para acompanhar a rotina dos políticos, o brasileiro precisa suprimir dos seus hábitos o ponto de exclamação. No universo da política, o espantoso vai adquirindo uma doce, persuasiva, admirável naturalidade. Repare: 7,7% dos cerca de 25 mil candidatos às eleições de 2014 informaram à Justiça Eleitoral que guardam dinheiro vivo em casa. Juntos, mantêm longe do sistema bancário R$ 269,7 milhões.
A turma do colchão inclui 33 endinheirados que conservam ao alcance das mãos quantias superiores a R$ 1 milhão. A fortuna domiciliar desse grupo soma R$ 50,5 milhões. Os campeões da grana viva são dois candidatos à Câmara federal. Marinalvo Rosendo (PSB-PE) disse manter em casa R$ 3,8 milhões. Fernando Torres (PSD-BA) informou que tem “em mãos” R$ 3,2 milhões.
RealCedulasDv6241