23 de maio de 2015

Mato Grosso ocupa 5ª posição no ranking de mortes por acidente de motocicletas

A cada ano, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país. O Mato Grosso ocupa a 5ª posição no ranking de mortes por acidentes de motocicleta, com taxa de mortalidade de 11,9 para cada 100 mil habitantes. Entre 2002 e 2012, este número cresceu 127,9%. No Brasil, o índice é de 6,3 mortes por 100 mil habitantes. Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 12.040 mortes, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre. No Mato Grosso, foram 419 mortes em 2013.

Nos últimos seis anos, as internações hospitalares no Sistema Único de Saúde (SUS) envolvendo motociclistas tiveram um crescimento de 115% e o custo com o atendimento a esses pacientes de 170,8%. No Mato Grosso, foram 2.960 internações em 2014, representando um gasto de R$ 3 milhões.

Diante desse cenário, o Ministério da Saúde está propondo uma série de ações intersetoriais, que deverão envolver outras esferas do Governo Federal, governos estaduais e municipais, para promoção de uma política específica de prevenção aos acidentes com motos. Nesta semana, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou algumas das iniciativas em discussão durante a 68ª Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra.

“Não dá mais para não agir na dimensão preventiva dos acidentes com motos. É preciso propor novas medidas e elevar essa discussão a um problema de saúde pública. Algumas propostas em estudo são a obrigatoriedade de apresentação da habilitação no momento da compra da moto, por exemplo, e a possibilidade de financiamento do capacete como um EPI (Equipamento de Proteção Individual), possibilitando a venda do item de segurança junto do veículo”, exemplificou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Em novembro, o Brasil sediará o 2º Road Safety, Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito, com o objetivo de repactuar metas e traçar novas estratégias do governo e da sociedade para garantir a segurança da população e salvar milhões de vidas. “Uma constatação que observamos no Brasil, e que já vimos em outros lugares do mundo, é a redução do número de atropelamentos e acidentes de carro e o aumento de acidentes de motos. A moto está substituindo a bicicleta e o cavalo e também vem sendo utilizada como um instrumento de trabalho”, observou o ministro.

NÚMEROS – Segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, o Brasil registrou 4.292 mortes de motociclistas em 2003, número 280% menor do que o registrado 10 anos depois (12.040). Parte do aumento de acidentes envolvendo motos se deve ao crescimento vertiginoso da frota no país. Entre 2003 e 2013, o número de motocicletas aumentou 247,1%, enquanto a população teve um crescimento de 11%.

De 2008 a 2013, o número de internações devido a acidentes de transporte terrestre aumentou 72,4%. Considerando apenas os acidentes envolvendo motociclistas, o índice chega a 115%. Em 2013, o SUS registrou 170.805 internações por acidentes de trânsito e R$ 231 milhões foram gastos no atendimento às vitimas. Desse total, 88.682 foram decorrentes de motos, o que gerou um custo ao SUS de R$ 114 milhões – crescimento de 170,8% em relação a 2008. Esse valor não inclui custos com reabilitação, medicação e o impacto em outras áreas da saúde.
PERFIL DAS VÍTIMAS – Segundo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA 2011), que traça o perfil das vítimas de violências e acidentes atendidas em serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde em capitais brasileiras, 78,76% das vítimas de acidente de transporte terrestre envolvendo motociclista são homens, na faixa etária de 20 a 39 anos. Entre os motociclistas ouvidos, 19,6% informaram o uso de bebida alcoólica antes do acidente e 19,7% estavam sem capacete.

“Os acidentes pegam uma faixa etária delicada da população. Para um país que está envelhecendo, essas pessoas impactam muito, já que estão em sua idade produtiva. Esses acidentes interferem no sistema de saúde, na previdência, no trabalho e, principalmente, na vida pessoal do indivíduo”, lembrou o ministro.

Em 2010, o Ministério da Saúde implantou o Projeto Vida no Trânsito com o objetivo de reduzir os casos de mortes e feridos em decorrência de acidentes no trânsito. Entre as ações do projeto está a realização de campanhas educativas e a qualificação dos sistemas de informação sobre acidentes, feridos e vítimas fatais.

Com o banco de dados atualizado, os gestores de saúde podem identificar os fatores de risco e as vítimas mais vulneráveis nos respectivos municípios, assim como os locais onde o risco de acidente é maior. Desde a implantação do projeto, já foram liberados cerca de R$ 41,3 milhões para as atividades. Em 2012, o Ministério autorizou o repasse de R$ 12,8 milhões e, em 2013, foram repassados R$ 13,5 milhões para as capitais dos 26 estados e o Distrito Federal.

Carro dirigido por menor capota e Miss morre em Mato Grosso

A adolescente Tabata Dickel, 14 anos, morreu em um acidente na BR-364, próximo ao município de Jaciara (144 km de Cuiabá), na noite desta sexta-feira (22). Conforme a Polícia Militar, o veículo em que a jovem estava era conduzido pelo namorado dela, um menor de 16 anos, que junto com outros dois adolescentes foram internados em um hospital de Rondonópolis.

Reprodução
miss, jaciara

O acidente aconteceu por volta das 22h, no quilômetro 267. Conforme o que foi apurado pela PM, o veículo Fiesta Sedan perdeu o controle e tombou várias vezes as margens da rodovia. 

Uma ambulância esteve no local e confirmou a morte da adolescente. Já os ocupantes identificados apenas como “Matheus”, “Kawany”, “André” e “Isabely” foram encaminhados para o hospital de Rondonópolis.

O veículo totalmente destruído permaneceu as margens da rodovia até a manhã deste sábado e foi recolhido por um guincho. As causas do acidente serão apuradas e os pais do menor condutor serão interrogados pela Polícia Civil.

Tabata Dickel era conhecida na cidade de Jaciara. Em 2009, ela foi eleita MIss Jaciara Mirim e sempre participa de concursos de beleza na região. 

Por: FOLHAMAX

Deu no "Diário": Riva e Eder correriam riscos na prisão


Na edição deste sábado (23), o Diário de Cuiabá informa que, nos últimos dias, teriam surgido rumores de que o ex-deputado estadual José Riva (PSD) e o ex-secretário de Fazenda, Eder Moraes, estariam correndo riscosquanto à integridade física. Segundo o jornal, a suposta ameaça aos dois políticos teria sido detectada pelo Serviço de inteligência da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Federal.

"Segundo o disse me disse, o fato teria feito com que agentes penitenciários federais passassem a fazer a segurança dos dois no Centro de Custódia de Cuiabá", afirma o jornal. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Márcio Dorileo, no entanto, informou ao DC que desconhece o assunto. Riva está preso há 92 dias, depois que o Gaeco deflagrou a Operação Imperador. Eder Moraes foi preso após a 7ª fase da Operação Ararath, da Polícia Federal

Um político safado não deve ser tratado de Vossa Excelência

discurso_merda
Um professor dedicado, que ensina com amor e respira a educação 24 horas por dia, deveria sim, sem formalidade alguma, ser chamado de Vossa Excelência. A classe política, um político safado, não merecia ser tratado nem de Vossa Senhoria.
E morreu Maria Preá.

WhatsApp: evite que as fotos abertas no app fiquem visíveis no celular

O usuário de WhatsApp tanto no iOS, quanto no Android, pode evitar que fotos visualizadas em uma conversa estejam acessíveis na galeria do celular. A dica é útil para quem recebe muitas fotos de grupos ou contatos pelo mensageiro e não quer se comprometer. No Android, as imagens continuarão sendo salvas, porém não aparecerão em pasta na galeria. Já no iOS, ensinaremos como não salvar as imagens no rolo de imagens do iPhone. Veja como ter mais privacidade no WhatsApp neste tutorial.
wat app

Líder de quadrilha que fez mais de 50 roubos em fazendas é preso em MT

Um homem de 34 anos, apontado pela Polícia Civil como líder de uma quadrilha que assaltava propriedades rurais, foi preso em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, ele estava detido desde dia 11, no entanto, usava documentos falsos e ainda não tinha sido identificado pelos policiais. Nesta sexta-feira (22) a polícia confirmou a identidade do suspeito. Ele liderava um grupo que cometeu mais de 50 assaltos em Minas Gerais e Goiás.

"Eles chegam às propriedades rendendo as pessoas para subtrair maquinários agrícolas e caminhões, os quais são levados para a Bolívia e Paraguai, recebendo em pagamento drogas do tipo maconha e cocaína", explicou o delegado Wilyney Santana Borges. De acordo com Borges, a quadrilha usava Mato Grosso como rota para levar os veículos até a Bolívia.

Segundo a polícia, o investigado estava com quatro mandados de prisão decretados, sendo pelos crimes de roubo, homicídio e formação de quadrilha. O grupo também teria cometido assaltos no Tocantins e no Pará.


Quando foi preso o suspeito estava com um caminhão que havia sido roubado pela sua quadrilha no dia 10 de maio, da cidade de Leopoldo Bulhões, em Goiás. Conforme o delegado, o suspeito é um dos líderes de seu grupo criminoso, especializado em roubos a propriedades rurais cometidos pela quadrilha sempre fortemente armada.

Reginaldo da Silva, 33 anos, ficou gravemente ferido ao chocar sua moto com carro em estrada rural

A colisão aconteceu no final da tarde desta sexta-feira (22), na estrada que da acesso à serrinha que liga Tangará a Nova Olímpia, próximo ao Vale do Sol, envolvendo a motocicleta placa NJD-5849 e o veículo placas GZT-6946, ambos de Tangará da Serra.
O condutor da motocicleta Reginaldo da Silva, 33 anos, ficou gravemente ferido. Segundo o condutor socorrista do SAMU, Dione André, no primeiro momento ele não respondeu aos estímulos de avaliação, sendo então imobilizado e colocado na ambulância. “Solicitamos então o apoio da avançada e o conduzimos ao hospital. Durante o percurso até o hospital ele apresentou alguns sinais de melhora e respondeu aos estímulos”, disse ele.
Segundo o socorrista, a vítima apresentava fratura exposta em um membro inferior, além de outras fraturas pelo corpo e muitas escoriações. “Pela gravidade da colisão, os ferimentos poderiam ser ainda maiores, mesmo assim, houve bastante escoriações pelo corpo e perda bem grande de sangue”, destacou Dione.
Fonte: Marlenne Maria com Gilvan Melo

Brasil sem jeito: projeto garante aposentadoria de prostitutas com 25 anos de ‘serviço’

Prostituição
Ah! Brasil sem jeito… o deputado federal Jean Willys defende a legalização da prostituição e defende a aposentadoria para as “profissionais do sexo” aos 25 anos de ‘serviços prestados’, através do PL 4211/2012 de sua autoria. Essas profissionais seriam privilegiadas em relação aos demais brasileiros, já que segundo os moldes atuais da Previdência Social, as mulheres têm direito a se aposentar aos 30 anos de contribuição e os homens aos 35.
A alegação do projeto para a aposentadoria prematura é que seu trabalho às expõe a condições especiais que prejudicam a saúde ou a integridade física, conforme a justificativa apresentada, baseada no artigo 57 da Lei 8213/1991. O projeto legaliza as casas de prostituição e até a cooperativa formada entre “profissionais”.

Uniforme novo para o José Dirceu?

Temer tenta segurar PDT no governo com cargos

temer reforma
Em reunião com pedetistas, o vice-presidente Michel Temer garantiu que Manoel Dias continuará à frente do Ministério do Trabalho. Ele informou que foram “superadas as arestas” causadas pela posição do PDT contra as medidas provisórias do ajuste fiscal, que arrocha direitos trabalhistas. Temer, que é único e último articulador do governo, tentou acalmar o ânimos com a lorota de que que Dilma “nunca cogitou” retirar o ministério do PDT. Muitos deputados não acreditaram na conversa.
SEMPRE ELE
Deputados pedetistas e de outros partidos aliados do governo atribuem ao ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) a posição contra as MPs.
MAIS RECURSOS
Temer prometeu adiar o prazo para que os municípios executem emendas. A liberação de recursos acontecerá ainda em maio, disse.

Projeto atribui responsabilidade civil por erros dos cartórios

2002_01_CarimboA Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 235/15, da deputada Erika Kokay (PT-DF), que prevê a responsabilização civil de donos de cartórios (notários e oficiais de registro) por danos causados por eles ou substitutos.
A proposta, que altera a Lei dos Cartórios (8.935/94), foi aprovada em caráter conclusivo e seguirá para votação no Senado. Com a medida, o Poder Executivo (municipal, estadual ou federal), que é responsável por delegar ao cartório a realização de serviços públicos (como reconhecer firma), não poderá ser alvo de ação por dano causado pelo dono do cartório.
A responsabilidade civil do dono de cartório por dano cometido por algum funcionário que esteja como substituto dependerá da comprovação de dolo ou culpa por parte da vítima, a chamada responsabilidade subjetiva. Erika Kokay afirma que existem interpretações divergentes sobre a lei atual sobre se a responsabilidade seria subjetiva ou objetiva.

Mulheres querem sexo no fim da noite, enquanto homens preferem as manhãs

sexo casalUma pesquisa promovida pela marca de brinquedos eróticos Lovehoney revelou que homens e mulheres discordam em relação ao melhor horário para fazer sexo. De acordo com o estudo, as mulheres sentem maior desejo sexual às 23h21. Já os homens sentem vontade equivalente 15 horas antes, às 7h54. As informações são do “Daily Mail”.
Em geral, os homens demonstraram ter mais desejo pela manhã, no período entre 6h e 9h. O dado é um problema para os casais heterossexuais, já que apenas 11% das mulheres afirmaram o mesmo. Para elas, a libido está no auge entre 23h e 2h, no começo da madrugada. Porém, por volta desse horário, somente 16% dos homens se sentem dispostos a manter relações sexuais. O horário que mais agradaria ambos os sexos é entre 11h e 14h, no meio da jornada de trabalho.
Realizada no Reino Unido, a pesquisa ouviu 2,3 mil pessoas. Ainda segundo o estudo, 68% das mulheres e 63% dos homens disseram já ter se relacionado com pessoas cuja libido sexual era diferente da deles. Mesmo assim, homens e mulheres tendem a se casar com parceiros que tenham uma libido similar a deles.

Ministérios das Cidades, Saúde e Educação lideram cortes no Orçamento

Os ministérios das Cidades, da Saúde e da Educação lideraram os cortes no Orçamento Geral da União de 2015, de acordo com anúncio feito há pouco pelo Ministério do Planejamento. Juntas, as três pastas concentraram 54,9% do contingenciamento (bloqueio) de R$ 69,946 bilhões de verbas da União.
No Ministério das Cidades, o corte chegou a R$ 17,232 bilhões. Na Saúde, o bloqueio atingiu R$ 11,774 bilhões. Na Educação, o contingenciamento totalizou R$ 9,423 bilhões. Em seguida, vêm os ministérios dos Transportes (R$ 5,735 bilhões) e da Defesa (R$ 5,617 bilhões).

Novidade! Tomar café aumenta o tesão para os homens

na cama
Um estudo da Universidade do Texas descobriu que uma certa quantidade de cafeína ingerida pelos homens todos os dias reduzia a probabilidade de disfunção erétil e, consequentemente, melhorava o desempenho sexual.
O estudo, divulgado na publicação científica PLOS, foi feito com mais de 3,7 mil homens de mais de 20 anos e constatou que os que bebiam de dois a três cafés (85 a 170 miligramas de cafeína) por dia reduziam o risco de terem impotência sexual.
O estudo constatou que 42% dos que bebiam essa quantidade de café diariamente eram menos propícios a relatar problemas de disfunção erétil que os que não bebiam.

Comércio comemora veto que aumenta o limite do empréstimo consignado

comO comércio varejista considerou “prudente” o veto dado pelo Governo Federal à proposta que aumenta o limite de crédito consignado de 30% para 40% sobre renda do trabalhador brasileiro.
Apesar de sancionada na sexta-feira (22), a Lei 13.126 recebeu vetos parciais nos trechos que concediam o aumento do teto do consignado, o que gerou elogios da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), entidade que agrega aproximadamente 500 mil empresários em todo o país.

Brasileiros acima de 60 anos querem “ficar conectados”

idosos-computador-grande2Pesquisa revela que acesso de população da terceira idade à internet cresce de forma estável e busca agora é por acompanhar evolução do cenário digital
Os brasileiros com mais de 60 anos já se sentem integrados ao ambiente digital e buscam aperfeiçoar a sua presença na internet: aprender a usar redes sociais e compartilhar experiências. A conclusão é parte de um estudo conduzido por Ipsos Connect e realizado em 13 mercados nacionais com base em seis vetores: desk research, análise acadêmica, etnografia, netnografia, entrevistas e entrevistas em profundidade.
O acesso à internet dos brasileiros acima de 60 anos cresceu 15% entre os anos de 2000 e 2015. Para eles a internet tem quatro significados prioritários: comunicação, lazer, ocupação e entretenimento. O estudo conduzido por Ipsos Connect – unidade de negócios que coordena os serviços voltados para a área de Comunicação de Marca, Propaganda e Mídia da Ipsos – permite analisar o perfil do usuário de terceira idade na internet assim como fatores que o atraem ou que o afastam, a partir de suas escolhas de consumo.

Enem abre inscrições na próxima segunda-feira

enemSerão abertas nesta segunda-feira, 25, estendendo-se até o dia 5 de junho, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015. Este ano, o exame traz mudanças como a proibição de participantes menores de 18 anos que concluirão o ensino médio após o ano de 2015 utilizarem os resultados individuais das provas para entrarem mais cedo no ensino superior, o que gerou discussões em todo o país.
Esta semana, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) informou que a alteração foi motivada pelo grande número de alunos que recorreram na Justiça para poderem se matricular em Universidades mesmo sem ter concluído o ensino médio, pois obtiveram nota suficiente no Enem. O caso mais notável no país vem do estado de Sergipe, onde um estudante de 14 anos conseguiu, nos tribunais, entrar no curso de Medicina, mesmo cursando apenas o 1º ano do ensino médio.

22 de maio de 2015

PREFEITO DE JURUENA É AFASTADO PELA CÂMARA DE VEREADORES APÓS DENUNCIA DE DESVIO DE DINHEIRO PUBLICO

A Câmara Municipal de Vereadores, em Juruena, instaurou uma Comissão Processante de Investigação (CPI) para averiguar uma denúncia contra o prefeito Cicilio Rosa Neto. A comissão pede ainda, o afastamento do prefeito por 60 dias, para que não haja interferência nas investigações. O prefeito é acusado de cometer irregularidades no pagamento da operação tapa-buracos, realizada em 2013, pela empresa Material Forte.  A CPI foi aprovada, durante sessão do dia 17 de Março deste ano.

Segundo a denúncia, a empresa recebeu uma quantia e realizou parte do trabalho contratado. Mas depois paralisou o serviço por falta de pagamento. De acordo com as denúncias, vários depósitos foram feitos na conta da irmã do prefeito, com cheques nominais à empresa Material Forte, após a paralização dos serviços.

O presidente da Câmara, Sergio de Oliveira Moreira e o primeiro Secretário, Antônio Maximiano da Silva se dirigiram à prefeitura para constatarem a documentação. Mas alegam terem sido destratados pela secretária de Administração e Finanças, alegando que os parlamentares não poderiam ver os documentos e que só poderiam fazê-lo, diante da apresentação de um oficio.

O pedido de afastamento é uma reação à decisão do prefeito em exonerar Darci Vieira Lopes, secretário de Saúde e Odeli Xavier Martins, secretário de Agricultura, ambos, vereadores licenciados que ocupavam os referidos cargos.  Atualmente, o município está sob o comando do vice-prefeito, Raimundo Manske.
 

MP pede desaprovação de contas de Riva por doações irregulares na campanha ao Governo

Arthur Santos da Silva
Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto
MP pede desaprovação de contas de Riva por doações irregulares na campanha ao Governo
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) notificou por meio de edital publicado no Diário da Justiça Eletrônico, o ex-candidato a governador José Geraldo Riva, a manifestar-se acerca de parecer ministerial referente à prestação de contas de campanha das eleições de 2014. A Controladoria de Controle Interno e Auditoria (CCIA) e o Ministério Público Eleitoral se manifestaram pela desaprovação das contas.

Entre as diversas irregularidades apontadas pela equipe técnica do TRE-MT, o candidato não regularizou a doação de alguns dos bens estimáveis em dinheiro cedidos à sua campanha, pois não houve a apresentação dos documentos que comprovassem a propriedade de veículos doados por Baptista Torres Ltda, Lucelia Pereira e Vítor de Carli.

O processo já havia entrado em pauta para julgamento. Porém, na sessão realizada na última terça-feira (19/05), o relator da ação, juiz-membro Agamenon Alcântara Moreno Júnior, determinou a retirada dos autos da pauta porque verificou que o candidato não havia sido intimado do teor do parecer técnico conclusivo da Coordenadoria de Controle Interno do TRE e da manifestação ministerial.

O objetivo desta medida foi garantir o pleno direito à ampla defesa. A defesa do requerente poderá ter acesso ao parecer do procurador regional eleitoral junto à Secretaria Judiciária e, caso queira, se manifestar dentro de um prazo de 72 horas a contar da publicação da notificação.

Foi verificada, ainda, a realização de despesas após a data das eleições, prática vedada pela Resolução do TSE nº 23.40/2014, art. 30, definindo que candidatos, partidos políticos e comitês financeiros poderão arrecadar recursos e contrair obrigações até o dia da eleição.

José Geraldo Riva está preso desde o dia 21 de fevereiro, ocasião da Operação Imperador, deflagrada pelo Gaeco. Acusado de comandar um esquema que lesou os cofres públicos no montante de R$ 62 milhões, conforme denúncia do MPE, o antigo representante de Mato Grosso responderá pelos crimes de formação de quadrilha e 26 peculatos, em concurso material. 

Veículo de prefeito bate de frente com caminhonete em rodovia federal

Foto: Reprodução/Nortão Notícias
Veículo de prefeito bate de frente com caminhonete em rodovia federal
O prefeito de Nova Canaã do Norte (707 km de Cuiabá), Vicente Medeiros (PMDB), se envolveu um uma colisão frontal no fim da manhã desta sexta-feira (22). Ele estava trafegando pela rodovia BR-163, quando bateu de frente com uma caminhonete Toyota Hillux, de cor branca. Por sorte, ninguém saiu ferido do acidente.

De acordo com as informações do site Nortão Notícias, o prefeito Vicente Medeiros seguia para Nova Canaã do Norte em sua caminhonete quando aconteceu o acidente. A colisão com a Hillux que vinha em sentido contrário foi forte, porém, nenhum dos dois condutores ficou ferido.

Os dois veículos sofreram diversos danos por conta do impacto da batida. Depois da colisão frontal, a caminhonete, de cor branca, rodou e saiu da pista. Já a Hillux dirigida pelo prefeito tombou e só parou ao lado da rodovia federal.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e esteve no local prestando atendimento. Os dois veículos foram removidos do local no início da tarde.

Governo confirma corte de R$ 69,9 bi no Orçamento; R$ 25,7 bi só no PAC

O Ministério do Planejamento informou nesta sexta-feira (22) que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), marca do governo petista, vai sofrer um corte orçamentário de R$ 25,7 bilhões neste ano. O valor representa 39,1% das verbas previstas no Orçamento para o programa, de acordo com os dados do Planejamento.
Segundo a Folha, o governo vai bloquear R$ 69,9 bilhões em despesas orçamentárias. As emendas parlamentares sofrerão um corte de R$ 21,4 bilhões. Por ministério, os maiores cortes, em números absolutos, estão sendo feitos nas pastas das Cidades (R$ 17,2 bilhões), Saúde (R$ 11,8 bilhões) e Educação (R$ 9,4 bilhões).
A assessoria do ministro Joaquim Levy (Fazenda) informou que, ao contrário do que havia sido informado mais cedo, ele não participará da entrevista para o detalhamento dos cortes, que ocorre no Ministério do Planejamento. O ministro Nelson Barbosa (Planejamento) e o secretário do Tesouro, Marcelo Saintive, comentarão as medidas.

Recém-nascido é abandonado dentro de lixeira na porta de uma casa

Recém-nascido é abandonado dentro de lixeira na porta de uma casa
Uma menina recém-nascida foi abandonada dentro de uma lixeira na cidade de Rio Branco (307 km de Cuiabá), na manhã desta sexta-feira (22). Quem encontrou o bebê foi o morador da casa em que a criança foi deixada. O bebê estava tremendo de frio, quando foi achada e ainda estava suja de sangue. Ela foi encaminahda a uma unidade de saúde e passa bem.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a Polícia Militar foi acionada por um morador que encontrou o recém-nascido dentro de uma lixeira, próximo a sua casa. Chegando ao local, os militares acharam o bebê chorando e tremendo de frio. A menina estava sem roupa. Ao ver a situação, os policiais pediram lençóis aos vizinhos para cobrir a criança.

A menina foi levada até o Hospital Municipal de Rio Branco, onde recebeu os cuidados médicos. O Conselho tutelar foi acionado para realizar o acompanhamento do recém-nascido. O bebê passa bem e também foi alimentado na unidade de saúde.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e a polícia investigará o caso. Não há testemunhas e nem informações sobre a mãe da criança.

Bairro Pedra 90 em Cuiabá é alvo da operação 'TOP FIVE'

Cinco armas de fogo, seis rádios HT's e várias munições foram apreendidas durante cumprimento de treze mandados de busca e apreensão, no bairro Pedra 90, em Cuiabá, na operação "Quebra Pedra", realizada na manhã desta sexta-feira (22.05), pela Diretoria Metropolitana, dentro da operação "Top Five", da Polícia Judiciária Civil, que visa identificar as cinco maiores lideranças em atuam em regiões da Capital.  
 
Três pessoas foram conduzidas à 3ª Delegacia de Polícia, que representou pelas ordens de buscas cumpridas com participação de policiais da Delegacia de Roubos e Furtos da Capital, Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP),Delegacia do Adolescente (DEA), Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA), e policiais da Delegacia de Santo Antônio de Leverger. 
 
De acordo com o delegado, Thormires Aroldo Pinto Godoy, os levantamentos apontaram para locais com suspeita da venda de drogas, armazenamento de armas e produtos de roubos e furtos.  
 
O delegado geral da Polícia Civil, Adriano Peralta, ressaltou que as operações na região metropolitana estarão direcionadas a pontos com alta incidências de crimes, como o Pedra 90, onde os homicídios já passam de 16 em 2015. "Estamos desenvolvendo operações específicas em áreas considerados 'zonas quentes', para mostrar a presença da Polícia Civil na repressão aos crimes", pontuou.  
 
Em dois endereços pertencentes a Reginaldo Aparecido de Moreira,  equipes de policiais civis apreenderam três espingardas calibres 5.5, 20, 36, sendo duas com numeração raspada, 1 luneta de precisão e 1 espingarda de chumbinho, 1 motosserra, 1 facão com bainha, uma faca e várias 65 munições calibres 22, 20, 36, nove cartuchos calibre 20, um celular, 1 cilindro de pólvora, 1 saco com chumbinhos e 68 espoletas. 22, 20, 36, nove cartuchos calibre 20, um celular, 1 cilindro de pólvora, 1 saco com chumbinhos e 68 espoletas.  

As armas estavam uma chácara de propriedade do suspeito e as munições uma na casa, ambos os endereços no bairro Pedra 90. O suspeito foi autuado em flagrante por posse irregular de armas e munições.  
 
Em outro dois endereços, dois homens foram conduzidos à Delegacia e um autuado por posse de munições e outro por uso de drogas. "Vamos autua-los e fazer o procedimento investigativo do uso das armas e juntar provas para encerrar a investigação", disse o delegado  Thormires Aroldo. 


Partidos novos vão nascer sem dinheiro

Deu no Cláudio Humberto:
claudio humberto novo
Partidos em vias de criação como o Rede, de Marina Silva, e o PL de Gilberto Kassab (Cidades) vão nascer sem dinheiro e sem deputados.

Governo anuncia corte de R$ 69 bilhões no Orçamento nesta sexta

Em um momento de queda da receita e de risco de ter seu pacote de ajuste desfigurado no Congresso, o governo Dilma anuncia nesta sexta (22) um corte no Orçamento de cerca de R$ 69 bilhões, o maior da era petista, para tentar vencer o ceticismo do mercado de que irá cumprir sua meta fiscal em 2015.
Ao definir o tamanho do bloqueio, o governo estimou que o país terá uma retração de 1,2% do PIB neste ano, pior do que a previsão anterior (0,9%). A inflação oficial será de 8,26%, bem acima do centro da meta (4,5%). O corte vai atingir R$ 49 bilhões de despesas propostas pelo governo e R$ 20 bilhões de emendas parlamentares, recursos destinados por deputados e senadores para suas bases eleitorais.

STF barra PEC da Bengala a outras instâncias

735_1073O Supremo Tribunal Federal decidiu por freio aos tribunais estaduais que nos últimos dias autorizaram a extensão dos benefícios da chamada PEC da Bengala a juízes de instâncias inferiores.
Aprovada no dia 5, a emenda constitucional elevou de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria obrigatória no Supremo Tribunal Federal e em outros tribunais superiores, mas não estendeu a mudança aos desembargadores dos tribunais estaduais nem aos juízes da primeira instância.

Reforma política pode levar Blairo Maggi ao PMDB

MARCOS LEMOS

Com a possível definição de uma reforma política que abra prazo para que atuais detentores de mandato eletivo possam trocar de siglas sem a perda do mandato, o que se convencionou chamar de “freio de arrumação”, a busca por novas legendas poderá movimentar o mundo político em Mato Grosso. E chama a atenção a possibilidade do PMDB sair reforçado deste processo, inclusive ganhando a filiação do hoje senador e líder do PR, Blairo Maggi.

Maggi prefere ser cauteloso e sinaliza que não tem disposição de ter que ficar se justificando e respondendo processos judiciais e eleitorais movidos por partidos que tentam reaver seus mandatos sob a ótica de que os mandatos pertencem aos partidos.

A chegada de Blairo Maggi é tratada com pompa e circunstância, tanto que passou a ser tratado pelo vice-presidente da República, Michel Temer, que se aproximou de senadores e deputados federais com a articulação da votação do Ajuste Fiscal.

O papel de Michel Temer foi de fundamental importância para que o governo da presidente Dilma Rousseff recuperasse sua governabilidade dentro do Congresso Nacional, vide o resultado favorável nas votações, mesmo com protestos de todos os lados, inclusive de parlamentares da base aliada e do próprio PT.

Blairo, no entanto, que tem uma vida política eleitoral em apenas duas siglas, o PPS pelo qual foi governador de Mato Grosso e o PR, partido que foi criado pela fusão do PL e do PRONA, portanto, dentro da legalidade, nunca escondeu a vontade de ser do PMDB, condição inviabilizada por conjunturas locais que hoje não persistem mais, fato que pode corroborar a chegada ao mesmo à nova sigla.

O senador por Mato Grosso se limitou a dizer que prefere aguardar as regras eleitorais para então pensar na possibilidade. “Tenho enormes responsabilidades enquanto senador da República por Mato Grosso e assuntos que tomam tempo e que precisam ser solucionados. A eleição que se avizinha é municipal e prefiro continuar cumprir o mandato que me foi delegado pela população de Mato Grosso, para depois pensar em um novo futuro partidário”, disse o líder do PR.

Nos últimos dias, o PMDB começou uma investida para reforçar seus quadros em Mato Grosso e sinalizou para uma série de descontentes do PSD, como os deputados estaduais, Janaina Riva, Gilmar Fabris e Pedro Satélite, além de pelo menos 25 prefeitos, outro tanto de vices e vereadores, de olho nas eleições do próximo ano que forma base para as eleições de 2018.

O presidente do PMDB, Carlos Bezerra tem comandado as ações do PMDB em Mato Grosso na busca de novos filiados e sinaliza que a receptividade tem sido a melhor possível. “Temos interesses em nomes que promovam a oxigenação do PMDB e Blairo Maggi é desses nomes”, disse Carlos Bezerra.


21 de maio de 2015

Brasnorte deverá gastar cerca de R$ 700 mil para realizar evento; cachê de Amado Batista seria de R$ 180 mil

Amado Batista
Pedro Henrique & Fernando

A prefeitura municipal de Brasnorte, interior de Mato Grosso, deverá gastar R$ mais de 250 mil por apenas duas das atrações que pretende apresentar durante a sua próxima Feira de Exposição Agropecuária e Festa do Peão. Segundo uma fonte, o cachê do Cantor Amado Batista, que se apresentará numa sexta-feira, será de R$ 180 mil. Já o cachê da dupla sertaneja Pedro Henrique & Fernando não ficará por menos de R$ 75 mil.

A prefeitura estaria contratando a dupla por meio de uma empresa especializada em shows do Paraná, mas com escritório de representação em Cuiabá.

Por uma banda regional que deverá animar as quatro noites de festa, segundo a fonte, deverão serem gastos algo em torno de R$ 35 mil. E outros R$ 55 mil, conforme a fonte, deverão ser gastos para pagamento da estrutura de palco.

A fonte contou ainda ao bloguee Diário de Tangará que a prefeitura deverá contratar a Liga Mato Grosso de Rodeio por R$ 205 mil. Mas poderá ser também R$ 250 mil.

Fato é que somadas as despesas para realização das festividades do município, conforme a fonte, que pretende ficar no anonimato, deverão se aproximar de R$ 700 mil. 

Reforma mantém 24 pastas e 20 outras estruturas - veja como fica agora máquina

Romilson Dourado
Quatro meses depois da posse, o governador Pedro Taques,  enfim, conclui a reforma administrativa, sob aval da Assembleia.  Entre as mudanças estão extinção de 1,1 mil cargos comissionados e não-renovação de 3,7 mil contratos temporários, fusões de pastas e criação de outras e com novas nomenclaturas. O governo assegura que, com a reorganização, será possível economizar R$ 146 milhões por ano, principalmente com a folha salarial e encargos. Com orçamento de R$ 14 bilhões, o Estado conta hoje com 94,3 mil servidores.


Em termo de primeiro escalão, manteve-se o quadro com 24 secretarias. A máquina estatal  abriga ainda 9 autarquias (MT Saúde, MT-PREV, Intermat, Indea, Jucemat, IPEM/MT, Detran, Ager e Agem), 3 fundações (Fapemat, Unemat e Funac), 6 sociedades de economia mista (MT-PAR, Metamat, MTGás, MT Fomento, Sanemat e Ceasa/MT) e 2 empresas públicas (Cepromat e Empaer).

Secretaria de Segurança: Inteligência, tática e choque no combate à criminalidade

Foto: Lenine Martins/GCom-MT
Pra animar
Inteligência, tática e choque. Essas são as receitas da Secretaria de Segurança Pública do Estado, para prevenir e enfrentar a criminalidade  que vem ocorrendo sistematicamente em Mato Grosso. Para reduzir os índices, a Secretaria de Segurança está atuando de maneira preventiva e reativa. Como forma de prevenir essas ações criminosas, por determinação do secretário Mauro Zaque, titular da Segurança, a pasta descentralizou a Inteligência Policial para os municípios, para trabalhar no levantamento de informações relacionadas às quadrilhas, e, também, está estruturando as forças táticas de nove comandos regionais da Polícia Militar, com novos equipamentos, armamento e veículos. Com a descentralização da inteligência, a Sesp encurta a distância de atuação da polícia entre os municípios e agiliza o atendimento de ocorrências. Os primeiros resultados são animadores, embora não se possa dizer que a estratégia seja um sucesso.
 

EXECUÇÃO DE DÍVIDA: Justiça manda leiloar bens de Jaime e Júlio para pagar banco

LUCAS RODRIGUES
DO MIDIAJUR

A Justiça Estadual irá leiloar 24 imóveis avaliados em R$ 2,9 milhões pertencentes aos irmãos Jaime Campos e Júlio Campos, ex-senador e ex-deputado federal pelo DEM de Mato Grosso, respectivamente.

O dinheiro arrecadado será para o pagamento de uma dívida contraída com o extinto Banco Bamerindus (hoje parte do grupo HSBC).

Os imóveis serão leiloados durante a praça marcada para os dias 12 e 26 de junho, a partir das 14 horas.

Parte dos bens também pertence à empresa Rádio e Televisão Brasil Oeste Ltda., de Júlio Campos, e ao empresário Jorge Antonio Pires de Miranda.

A inclusão dos bens no edital de leilão cumpriu determinação do diretor do Fórum de Cuiabá, juiz Aristeu Dias Batista Vilella.

Daniel Tenório, 40 anos, é morto em confronto com agentes federais em Sinop

THAIZA ASSUNÇÃO

O delegado da Polícia Federal de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), Samir Zugaibe, informou que está investigando o envolvimento de mais pessoas no esquema montado para roubar um avião em um aeródromo da cidade, na noite de sexta-feira (15).

Segundo ele, as suspeitas são de que Daniel Tenório, 40 anos, morto em confronto com agentes federais, na madrugada desta quinta-feira (21), teve ajuda para fugir a um cerco, na tarde de quarta-feira (20),

Em coletiva, na manhã de hoje, Zugaib confirmou que Tenório, que era o sexto membro do grupo e líder do bando, foi morto com dois tiros.

Conforme o delegado, os policiais receberam a informação de que o criminoso estava em uma casa, localizada no bairro Daury Riva, em Sinop.

Ao chegarem no local, segundo Zugaibe, os agentes depararam com o bandido armado com uma pistola. Ele não chegou a atirar contra os policiais.

MADEIRA IRREGULAR: Sema e Indea apreendem 56 caminhões com madeira irregular

Uma operação conjunta de fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e técnicos do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) apreendeu 56 caminhões que transportavam 1.730 metros cúbicos de madeira irregular que passaram pelos postos fiscais da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) de Rio Correntes (região de Itiquira) e Alto Araguaia (415 km ao sul de Cuiabá), próximo à divisa com Mato Grosso do Sul.

Desse total, quatro carregamentos continham a espécie castanheira, de corte proibido por estar em extinção no Brasil. Foram presos em flagrante todos os motoristas que conduziam os caminhões apreendidos.

Desde que começou a fiscalização, no último dia 20, as equipes vistoriaram cerca de 840 caminhões e 25 mil metros cúbicos de madeira, dos quais 1.730 metros cúbicos foram apreendidos por irregularidades. A maioria dos carregamentos que passaram pelos postos da Sefaz nesse período era de Mato Grosso e Rondônia, mas também foram vistoriados carregamentos do Amazonas, Pará e Acre. Entre as apreensões, a maioria veio de Rondônia.

Conforme o superintendente de Fiscalização da Sema, major da PM Fagner Augusto do Nascimento, a maioria das irregularidades se dividiu em duas situações: transporte de carga com divergência na Guia Florestal (GF) ou Documento de Origem Florestal (DOF) em volumetria ou espécie. O primeiro documento é emitido pela Sema e o segundo pelo Ibama.

Coube aos fiscais da Sema a parte operacional da operação e aos funcionários do Indea a identificação técnica das espécies de madeira no local. “Nossos fiscais levaram os caminhões para a Delegacia Municipal, juntamente com os motoristas, que vão responder criminalmente e administrativamente”.

Como a madeira está vinculada a um processo criminal, caberá ao juiz da comarca da região a destinação final. Na esfera administrativa, a multa aplicada corresponde a R$ 300 por metro cúbico apreendido. Já na criminal, detenção de seis meses a um ano. As barreiras nos principais postos de fiscalização da Sefaz na divisão com o Estado vizinho seguem por tempo indeterminado. Além de promover controle no processo de produção e comércio de produtos florestais em Mato Grosso, a operação também teve como proposta coibir o desmatamento ilegal.

Monitoramento constante

No dia 07 de maio, cinco caminhões contendo cerca de 200 metros cúbicos de madeira foram apreendidos e cinco pessoas foram presas, durante uma operação desencadeada pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), com apoio do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Sema e Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). Foram abordados cerca de 100 veículos entre Rodovia dos Imigrantes (MT-407), pátios de postos de gasolina, em Várzea Grande, e o posto fiscal ‘Luiz Flávio Gomes’ (BR-364), saída de Cuiabá para Rondonópolis. Uma parte da madeira era castanheira, que é proibida de extração de comercialização no Brasil. Mesmo as carretas que desviavam da rodovia fiscalizada, foram monitoradas e abordadas diante de alguma suspeita de transporte irregular.