28 de novembro de 2014

Dilma parte pra porrada com PT


Depois de oficializar a nova equipe econômica, que é ortodoxa e vai tomar medidas duras para conter o rombo fiscal em que se meteu o governo – já se fala até na volta da Cide, a tal da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, seja lá o que for isso, que foi criada ainda no segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso –, a presidente Dilma Rousseff (PT), corajosamente, vai enfrentar a insatisfação do PT, no encontro que o partido terá amanhã e sábado, em Fortaleza.

A Cide vai doer no bolso dos brasileiros. É aquele imposto aplicado sobre o preço da gasolina e do diesel. E, é claro, com isso vêm outros aumentos em cascata. Mas a nova equipe econômica, especialmente o futuro ministro da Fazenda, Joaquim Levy, terá carta branca da presidente para tomar as medidas que julgar necessárias. O PT vai torcer o nariz, mas não terá como deixar de aceitar as decisões de Dilma, mesmo a contragosto.

Alas mais à esquerda e radicais do PT, no entanto, vão querer marcar posição. É previsto pelos próprios petistas que elas vão tentar apresentar documentos contestando, além da equipe econômica, escolhas como a indicação da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para o Ministério da Agricultura.

Aliás, o fogo amigo já começou diante da utilização de favores da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), que Kátia preside, na campanha eleitoral.

A constatação é que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem pressa e quer fazer das mudanças um fato consumado em pouco tempo. Daí a decisão de enfrentar o encontro do PT e aproveitar o que resta do clima de vitória na disputa eleitoral.

Afinal, a presidente trabalha com a velha máxima da política brasileira, aquela que ensina a fazer maldades de uma só vez e deixar as bondades para apresentar aos poucos, cada uma ao seu devido tempo.

27 de novembro de 2014

Clássico entre Brasil e Argentina virou caso de Polícia em Natal

classico brasil
O Globo Esporte RN destacou o amistoso de másters entre Brasil e Argentina, no último domingo (23), acabou virando caso de Polícia, com o consumidor irritado com ausência de alguns nomes anunciados para o evento e para o genérico de Cannigia, carrasco do Brasil na Copa de 90. A Delegacia Especializada de Defraudações e Falsificações abriu inquérito e vai investigar um suposto “calote” da agência Fênix Sports, promotora do amistoso entre as seleções masters de Brasil e Argentina. A denúncia partiu do Hotel Serhs, localizado na Via Costeira de Natal, onde ficaram hospedadas as delegações que participaram do jogo, que fala num calote de R$ 40 mil.
O clássico sul-americano foi realizado na Arena das Dunas, em Natal, e terminou com um empate por 3 a 3. Nesta quinta-feira, o empresário André Luiz de Paula Moreira da Silva, diretor da Agência Fênix, foi ouvido na tarde desta quinta-feira pela delegada Patrícia de Melo Gama Paes, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações.

CNBB lança campanha estimulando a população a fazer o teste de HIV

teste aidsA Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou hoje (27) campanha para estimular as pessoas a fazerem o teste de HIV/aids. Cuide bem de você e de todos os que você ama é o tema da campanha, que terá material divulgado nas 8 mil paróquias de todo o Brasil a partir do próximo final de semana, e também na TV e nas rádios. O teste está disponível na rede pública de saúde; é gratuito, seguro e sigiloso. No lançamento da campanha, em Brasília, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, ressaltou que mais de 100 mil pessoas têm o vírus HIV, mas não sabem, enquanto 720 mil têm o diagnóstico do vírus e cerca de 350 mil desenvolveram a aids. A incidência da doença entre os jovens está aumentando. O agravamento do número de casos não é só no Brasil, acontece também na Europa e nos Estados Unidos.
O ministro acentuou que o Brasil enfrenta a epidemia do HIV há 30 anos, e agora a incidência do vírus cresce principalmente no Norte e no Nordeste, em pessoas jovens. “Esses jovens não passaram por algo que a minha geração passou, de ver seus artistas morrerem de forma dramática”, explicou. O secretário executivo da Pastoral da Aids, frei José Bernardi, disse que a campanha quer sensibilizar as pessoas para a doença. “Fazer o teste é uma forma de cuidar, cuidar de si e das pessoas que amamos”. As peças exploram essa ideia e acrescentam informações úteis sobre a prevenção, sobre o HIV e sobre a aids, distinguindo o vírus da doença, porque algumas pessoas têm o HIV, mas não desenvolvem a aids.

Petrobras: empresário diz que pagou comissão a doleiro com nota fiscal

Oitiva do sócio da SANKO-SIDER (Com. Imp. e Exp. de Produtos Siderúrgicos Ltda), Márcio Andrade Bonilho
O sócio-diretor da empresa Sanko-Sider, Marcio Andrade Bonilho, afirmou que pagou R$ 37 milhões como comissão ao doleiro Alberto Youssef por 12 contratos intermediados por ele junto a empreiteiras que trabalham para a Petrobras. Youssef foi preso pela Polícia Federal (PF) na Operação Lava Jato, que apura lavagem de dinheiro, evasão de divisas e irregularidades em contratos com a petrolífera estatal.
Segundo Bonilho, todos os pagamentos foram feitos dentro da lei. Os parlamentares da oposição contestaram a versão de Bonilho, que depôs nesta quinta-feira (27) em uma reunião esvaziada da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. “Eu pago comissão com nota fiscal. Eu devia a comissão, paguei e informei ao Estado o quanto paguei e como paguei. Esta foi a orientação dos meus advogados: agindo assim, eu estaria alinhado com a legislação”, disse o executivo. Inicialmente, Bonilho havia dito que o repasse teria sido de R$ 33 milhões, mas ao ser contestado por parlamentares, corrigiu o valor.

Piora o estado de saúde do Rei Pelé e ele vai para cuidados especiais

pele cermelho
O Hospital Albert Einstein divulgou nesta quinta-feira mais um boletim com a atualização do estado de saúde de Pelé, que está internado desde a última segunda por conta de uma infecção urinária. O Rei do Futebol continua no hospital e a nota divulgada nesta tarde não apresentou novidades sobre previsão de alta.
De acordo com a equipe médica responsável pelo ex-atleta, ele apresentou instabilidade clínica e foi transferido. “O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Edson Arantes do Nascimento (Pelé) segue internado com instabilidade clinica. Para receber os melhores cuidados, foi transferido para ser monitorado em uma unidade de cuidados especiais. O Hospital fornecerá boletim assim que houver nova informação”, aponta o boletim.
Na última quarta-feira, o hospital divulgou que Pelé seguia internado em estado estável e tomava antibióticos para curar a infecção urinária. Seus assessores, no entanto, demonstravam otimismo e chegaram a dizer que ele deveria ter alta em “um ou dois dias”. Com o boletim desta quinta, fica a dúvida em relação a uma possível alta na sexta.
Atleta profissional de 1956 a 1977, Pelé sempre foi um exemplo de jogador de futebol que passou a carreira sem ter um grave problema físico. Em julho de 1999, passou por uma cirurgia no joelho direito para a retirada de parte do menisco. Ele estava passando férias com a família nos Estados Unidos e teve dores ao correr em um parque. Dois dias depois, passou pela intervenção em Nova York.
Em 2011, Pelé foi submetido a uma cirurgia de catarata. Poucos dias depois foi à final da Copa Libertadores, na qual o Santos derrotou o Peñarol e ficou com o título continental. Entusiasmado com a conquista, o eterno camisa 10 da Vila Belmiro pegou o técnico Muricy Ramalho pela mão e correu pelo gramado do Pacaembu logo após o fim do jogo. Como estava em recuperação, teve de ser reavaliado pelos médicos.
No ano seguinte, teve de se submeter a uma cirurgia no quadril. Ele sofria com muitas dores por causa de uma artrose. Após 1 hora e 30 minutos de cirurgia, foi retirada a cabeça do fêmur e implantada uma prótese. Pelé, de 74 anos, ainda faz fisioterapia pois não recuperou totalmente os movimentos.

Lançado o sutiã com sensor de batimentos cardíaco

sutia











Um sutiã com sensores que medem os batimentos do coração está à venda por cerca de 190 reais nos Estados Unidos. A peça faz parte da linha esportiva da Victorias Secret, rede de varejo especializada em lingeries.
Disponível nas cores preta e rosa, o sutiã conta com eletrodos em sua parte interna. Para medir a pulsação cardíaca, eles devem ser umedecidos. Embora conte com os sensores, o novo sutiã depende de um monitor de batimentos cardíacos para exibir essa informação.
O gadget deve ser comprado à parte e funciona plugado a uma entrada na parte frontal do sutiã. Segundo a Victorias Secret, o sutiã é compatível com os medidores de batimentos cardíacos das principais marcas do mercado.
Um exemplo de gadget desse tipo é o Micoach hrm2 da Adidas. Vendido no Brasil por 350 reais, esse monitor cardíaco é capaz de se conectar com smartphones via Bluetooth e enviar os dados aferidos para um app – que sugere treinos físicos para o usuário do dispositivo.

MCCE pede reprovação de contas de deputados eleitos José Eduardo Botelho, Oscar Bezerra e reeleitos Mauro Savi e Nilson Leitão



O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) irá protocolar no Ministério Público Eleitoral (MPE), nesta quinta-feira (27), pedidos para que sejam rejeitadas as contas de quatro candidatos eleitos em outubro passado.

A entidade pede, também, que seja investigada a origem dos recursos usados em campanha.

Na petição, o MCCE pede a cassação dos deputados estaduais eleitos José Eduardo Botelho (PSB) e Oscar Bezerra (PSB) e do reeleito Mauro Savi (PR), além do deputado federal também reeleito Nilson Leitão (PSDB).

Segundo o MCCE, o requerimento contém documentos fiscais que não podem ser revelados para não prejudicar o procedimento.

Conforme o levantamento feito pelo MCCE, nas declarações feitas pelos candidatos à Justiça, uma pessoa jurídica foi criada em Mato Grosso para fazer doações a diversos candidatos, independente de partidos e opções políticas e ideológicas.

A pesquisa aponta que a pessoa jurídica foi uma grande doadora nessas eleições, sendo de propriedade de três empreiteiros que foram presos na Operação Lava Jato, da Justiça Federal do Paraná, que investiga fraudes na Petrobras.

Entre as infrações supostamente cometidas pelos candidatos estão a compra de votos, recebimento de recursos de fonte vedada, uso de caixa dois e a promíscua relação com a empresa arrolada nas fraudes na Petrobras.

De acordo com o coordenador do movimento, Antônio Cavalcante Filho, os pedidos de impugnação de candidaturas e de rejeição de contas seriam feitos diretamente à Justiça Eleitoral.

“Isso é o que permite o parágrafo terceiro do artigo 97 do Código Eleitoral. Mas o TRE [Tribunal Regional Eleitoral] entende que não temos legitimidade jurídica para isso. Assim levantamentos as evidências e estamos protocolando no Ministério Público Eleitoral”, disse.

Pelo que consta da representação do MCCE, houve “cooptação de lideranças para capilarizar [melhor distribuir] a compra de votos, também o uso de recursos públicos, doações de cooperativas e de empresas que recebem incentivos do governo, além da empresa envolvida no escândalo da Petrobras. Mídia News

ARTIGO: A sexualidade na escola

Por Deisi Micheli Bauer

A sexualidade é um tema pouco abordado nas escolas e até mesmo em sala de aula, talvez pelo fato de a maioria de nós docentes sermos despreparados para falarmos sobre este assunto, de como abordar o tema e criar uma discussão com nossos alunos.
A mais elevada obra da educação não é meramente comunicar conhecimentos, mas aquela vitalizante energia recebida mediante contato de espírito com espírito, de alma com alma. Somente vidas gera vida. (White, 2014)
            O fato é que falhamos, pois, quantas de nossas alunas são mães prematuramente? Ou quantos de nossos alunos em geral começam sua vida sexual precocemente, sem instrução adequada. Suas dúvidas muitas vezes serão sanadas nas ruas, com pessoas que se aproveitam dessa fragilidade e imaturidade, muitas vezes criando traumas e gerando adultos confusos sobre si mesmos. Talvez se esse assunto fosse mais bem discutido, nossas crianças não seriam na maioria das vezes vítimas, e este índice poderia ser reduzido.
  Como sabemos, a escola não é o único espaço de aprendizagem com o qual convivemos. Para além dos muros da escola, aprendemos com experiências da vida, com a convivência e as relações de troca que estabelecemos com os outros. (Micbaliszyn, 2008)

De acordo Micbaliszyn (2008), a escola e as relações estabelecidas entre os sujeitos que nela interagem (professores e alunos), constituem-se, portanto, espaço de criação e, ao mesmo tempo, de troca de experiências. Por este pensamento, acredito que o primeiro passo seria realmente conhecer o histórico de vida de cada um e através do diálogo buscar a confiança de todos.
Podemos usar como ferramenta para abordagem deste assunto a mídia que sempre nos traz as notícias de algum fato ocorrido ou ainda as redes sociais que eles tanto conhecem, pois sabemos que muitas vezes as aliciações começam por meio delas. Devemos instruí-los de forma que possam reconhecer e se afastar de pessoas ou coisas que não são apropriadas a eles, ou a sua idade.
De acordo com White (2014), muitos jovens saem das instituições de ensino, sem nenhum conhecimento da vida prática e pouca energia para cumprir seus deveres, com a moral degradada e as faculdades físicas debilitadas.
A educação fundamental da juventude geralmente lhes molda o caráter para toda a vida. Os que lidam com os jovens devem ter muito cuidado para evocar as qualidades mentais, a fim de que melhor saibam como dirigir-lhes as faculdades, de modo que sejam exercidas para seu maior bem. (White, 2014)
Talvez seja por sermos falhos quanto a orientação necessária as nossas crianças e jovens, que a cada passo, aumenta o índice de pessoas confusas sobre suas escolhas, às vezes infelizes e frustradas por suas preferencias.
Levando em consideração que a sexualidade é um assunto amplo e complexo, acredito que cada um de nós docentes ou não deveríamos estar mais bem preparados para lidar com as diversas situações, pois em nosso meio encontramos pessoas de todos os tipos e gêneros, para que cada um nós possa se sentir livre e respeitado para produzir nossas escolhas seja sexuais, religiosas, amorosos e/ou políticas. (Micbaliszyn,2008)


Bibliografia

MICBALISZYN, M. S. Educação e diversidade. Curitiba. Editora: Ibpex, 2008
WHITE, E. G. Mente, Caráter e Personalidade. Vol. 1. Tatuí, SP. Casa Publicadora Brasileira, 2014.


SOBRE A AUTORA:
Nome: Deisi Micheli Bauer
Rua Concórdia, 1178, JD. Bela Vista
Cidade: Sorriso/MT
Formação: Licenciatura Plena em Matemática
Fone: 66 9651-5566



Ex-prefeito de Lucas, corretor e diretor de time são detidos em operação da Polícia Federal

O ex-prefeito Marino Franz, que é investigado
por suposta participação em esquema
O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz, foi detido na manhã desta quinta-feira (27), pela Polícia Federal, em . Ele é suspeito de ter participação em um suposto esquema de de invasão de terras da União, investigado pela Operação Terra Prometida.

Estão sendo cumpridos 52 mandados de prisão preventiva, 146 mandados de busca e apreensão e 29 de medidas proibitivas nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Mutum, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Tapurah e Campo Verde.


Franz é um dos maiores empresários do agronegócio em Mato Grosso, e foi prefeito de Lucas do Rio Verde por dois mandatos, entre 2004 e 2012.

Também teriam sido detidos o diretor do Luverdense, Edu Pascoski, e Valdir Sbabo, corretor de imóveis que atuava em Itanhangá.


Os três foram encaminhados para a delegacia de Diamantino e serão transferidos para a Superintendência da PF de Cuiabá.

Estariam foragidos o advogado Valdir Niquelin, que atuaria para Franz, e o empresário Odair Geller.

Terra Prometida


De acordo com a Polícia Federal, a organização vendia lotes do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) destinados à reforma agraria. 

Conforme a PF, 80 fazendeiros aplicaram esse golpe em mil terras da União, o que pode ter gerado um prejuízo de R$ 1 bilhão aos cofres públicos.

A Operação Terra Prometida foi deflagrada nesta quinta-feira (27), em Cuiabá e nove outros municípios do Norte do Estado. 

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Diamantino (MT) e, dentre os alvos, estão oito servidores públicos. Há também investigados nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


O nome da Operação “Terra Prometida” remete à promessa de terras feita por Deus ao povo escolhido.

Veja a relação extra-oficial de outras pessoas que seriam alvo de mandados de prisão preventiva:


Marino José Franz 

Silvestre Caminski 
Rui Schenkel 
Donizete Casavechia 
Antônio Adi Mattei 
Luiz Bento Versari 
Fernando Priori Zanatta 
Wanderley Pastro 
Francisco da Rosa
Natal Aparecido Deliberalli 
Élio Faquinello 
Éder Frizo Faquinello 
Jesus Valdomiro Selzlien 
Holivar A. da Silva Braga
Gustavo Dassoler 
Bento Sangioto 
Elizeu de Oliveira
Gentil Piana
Jeová Pereira
Ademir Borin
Lirio Lopes
Isaias Neri Tobaldini
Odair Geller 
Milton Geller 
Agildo Tadeu Prates 
Jorge Luiz Denicolo
Delfino Casavechia
César Tiago Prediger
Valter Ambiel 
Leciano Pedro da Silva 
Vanderlei Proenço Ribeiro 
Valmir João Fungueto 
Joelson Nicoletti 
Oscar Versari 
Osmar Versari 

FONTE: Mídia News

Brasil deverá ter, em breve, 85 milhões de veículos nas ruas

Recentes pesquisas mostram que, em um futuro próximo, o Brasil terá cerca de 85 milhões de veículos nas ruas. E mais: se a indústria crescer, esse número pode ultrapassar os 106 milhões. Ou seja, o que está ruim em termos de mobilidade urbana pode piorar se obras de infraestrutura não forem feitas urgentemente. São necessários túneis, trincheiras, viadutos, elevados e redução drástica de sinais de trânsito, que devem ser substituídos por passarelas seguras, limpas, bem iluminadas e acessíveis a todos.

Sempre ouço das autoridades municipais que nada será feito para facilitar a vida de quem tem carro e esse discurso tem sido cumprido à risca se observarmos algumas ações dos gestores do trânsito da capital, como o estreitamento de pistas, instalação de radares, sinais em cada esquina e tudo o mais que faça o cidadão desistir do carro e aderir ao transporte coletivo. Não há duvidas de que esse erro vai custar caro para o RJ. 

O BRT, a aposta da PRJ para tirar carros da rua, já deu sinais inequívocos de fracasso. Ninguém garante que, se o transporte coletivo for ampliado, por meio de metrô, monotrilho e ônibus, o povo vai deixar o carro em casa. Outro equívoco que o Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob) cometeu foi acreditar que a experiência das ciclovias em Bogotá, capital da Colômbia, é aplicável no RJ.

Bogotá fica a 2,7 mil metros de altitude, com clima temperado a maior parte do ano. Não serve de modelo para BH, que é quente e acidentada. Enquanto isso, as obras de que a cidade necessita então sendo postergadas, por capricho e por acreditarem que a pressão sobre os proprietários de carro terá efeito a médio e longo prazo. A cidade espera por intervenções em mais de 150 gargalos que permitam fluidez no tráfego. 

A tese de que obras não resolvem o problema só atrasa as soluções. Enquanto os paradigmas não são quebrados, os Detrans do RJ e das cidades da região metropolitana continuam emplacando carros e alimentando a cadeia da indústria automobilística. Navegar contra essa corrente é desconhecimento de causa e negligência de quem comanda as ações da PRJ. Ou a cidade encara seu passivo de 40 anos sem obras, ou o caos será inevitável.

Saudida pede divórcio ao ver pela primeira vez rosto da esposa

burca
Um saudita que acabara de se casar com uma mulher “às escuras” pediu o divórcio ao ver a esposa pela primeira vez. O casal estava diante de um fotógrafo contratado, na festa de casamento, quando o saudita não gostou do que viu. Os noivos, da cidade de Medina (Arábia Saudita), haviam concordado com o casamento apesar de nunca terem visto um ao outro – um costume em muitas regiões do Oriente Médio. Mas quando a noiva tirou o véu e sorriu para a câmera, o noivo bateu os pés em desgosto.
“Você não é a mulher com quem quero me casar”, declarou ele, de acordo com o jornal “Okaz”. “Você não é quem eu imaginava. Sinto muito, mas vou me divorciar de você”, acrescentou o saudita descontente. A noiva se debulhou em lágrimas e os convidados, em pânico, tentaram remediar a situação. O Globo

Atlético MG vence o arquirrival Cruzeiro e é campeão da Copa do Brasil

atletico campeao
O Atlético Mineiro é o novo campeão da Copa do Brasil. O título inédito do Galo veio da melhor forma possível, em cima do arquirrival Cruzeiro, dentro do Mineirão. Após vencer a primeira partida por 2 a 0, no Independência, o time Alvinegro segurou o placar, e se sagrou campeão do torneio nacional.
O gol de Diego Tardelli, que obrigaria o a Raposa a fazer quatro gols para se tornar campeã, ampliou a vantagem do Atlético-MG, que venceu por 1 a 0 e garantiu a taça da Copa do Brasil. De quebra, o Atlético-MG ainda está classificado para a Libertadores do ano que vem.

Custo por voto para Dilma cresce 164% de 2010 para 2014

20141028101448_cv_DILMADR_gdeNas eleições mais acirradas desde a redemocratização, os gastos fizeram jus à disputa. A presidente Dilma Rousseff elevou em 164% o custo do voto para conquistar o mais alto cargo do Executivo brasileiro. O valor de cada voto na candidata reeleita passou de R$ 2,43 em 2010 para R$ 6,44 em 2014. Neste ano, a arrecadação total de Dilma somou R$ 350,8 milhões e a candidata recebeu 54.501.118 votos. Já em 2010, as doações forma menores, porém o número de votos foi maior. Cerca de R$ 135,5 milhões foram arrecadados para a presidente e 55.752.529 votos foram destinados a ela.
Dos recursos arrecadados, R$ 11,9 milhões ainda estão completamente ocultos, isto é, não foram esclarecidos os doadores originários, apenas os secundários, CNPJs utilizados para campanha eleitoral: R$ 5 milhões do Comitê Financeiro Único; R$ 2,9 milhões da Direção Estadual/Distrital; e R$ 4 milhões da Direção Nacional. Compondo o valor total, outros R$ 296,2 milhões foram doados de maneira direta, isto é, depositados diretamente a conta de campanha da então candidata. E os R$ 42,6 milhões restantes de maneira indireta, ou seja, o doador deposita primeiramente para uma conta de campanha do partido, que repassa para a conta da candidata, especificando quem é o doador originário. Desconsiderados os doadores ocultos, Dilma conquistou 1.519 financiadores de campanha, entre pessoas físicas e jurídicas. A empresa que mais se solidarizou foi a JBS Friboi, que a concedeu R$ 73,4 milhões.

Procurador-geral abrirá inquérito contra políticos envolvidos no esquema de propinas

janot globo
Concluídas as delações premiadas do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, dois dos principais líderes do esquema criminoso instalado na estatal, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedirá nas próximas semanas a abertura de inquéritos contra políticos que possuem foro privilegiado. Em outra frente, o Ministério Público Federal conseguiu, na tarde de ontem, autorização do governo da Suíça para repatriar US$ 26 milhões que o ex-diretor da petrolífera mantinha em contas no país europeu. O dinheiro sujo escondido no exterior é proveniente de pagamento de propina por parte de grandes empreiteiras que formaram um cartel para morder contratos bilionários na Petrobras.
No entendimento de Rodrigo Janot, as informações repassadas por Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa já são suficientes para assegurar o pedido de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Além das reclamações dos réus questionando os atos judiciais da Lava-Jato no Paraná, tramitam no STF algumas petições sigilosas relacionadas diretamente à investigação. A dúvida é se esses procedimentos, a cargo de Janot, podem ser convertidos em denúncias imediatamente após uma avaliação.
O procurador-geral da República entende que não é necessário aguardar a conclusão de outras delações premiadas. Para ele, com os depoimentos sigilosos de Youssef e Paulo Roberto Costa, já é possível compreender como funcionava a engrenagem de corrupção na petrolífera. Devem ser abertos vários inquéritos. Em razão de as delações premiadas estarem protegidas por sigilo, não se sabe quantos e quais políticos serão investigados. Deputados, senadores, ministros e governadores podem integrar a lista.

26 de novembro de 2014

"Dilma e Aécio gastaram mais de R$ 570 milhões em campanha"


A prestação de contas das campanhas de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) foi divulgada na terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, os candidatos que disputaram o segundo turno das eleições presidenciais gastaram R$ 570.050.970,85.

A campanha de Dilma Rousseff foi a que gastou mais. As despesas da campanha petista à presidência somaram R$ 350.575.063,64. Já as receitas foram R$ 350.836.301,70. Os valores informados ao TSE mostram saldo positivo de R$ 261.238,06. O candidato do PSDB, por sua vez, gastou R$ 223.475.907,21 e arrecadou R$ 222.925.853,17. Um saldo negativo de R$ 550.054,04. De acordo com a legislação eleitoral, as dívidas devem ser assumidas pelos partidos. 

Ambos os candidatos receberam doações dos bancos Bradesco e Itaú, da empresa Odebrecht Óleo e Gás S.A e das construtoras OAS e Andrade Gutierrez, dentre outros grupos econômicos.Agência Brasil

Prestações de contas referentes ao 2° turno já podem ser consultadas

As prestações de contas dos candidatos que disputaram o segundo turno das Eleições 2014 já estão disponíveis para consulta no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Neste ano, além dos dois candidatos que disputaram a vaga de presidente da República, 28 concorreram ao cargo de governador em 13 estados e no Distrito Federal.
Informações finais sobre receitas e despesas dos candidatos que participaram somente do primeiro turno estão disponíveis na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde o dia 4 de novembro. Os participantes do segundo turno, no entanto, tiveram até esta terça-feira (25) para apresentar à Justiça Eleitoral as prestações de contas.
Todos os candidatos devem prestar contas, inclusive os que tenham renunciado à candidatura ou desistido dela, os que foram substituídos e aqueles que tiveram o seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral. Esses candidatos devem prestar contas correspondentes ao período em que participaram do processo eleitoral, mesmo que não tenham realizado campanha. No caso de falecimento do candidato, a responsabilidade da prestação de contas é de seu administrador financeiro. Mesmo que não tenha havido movimentação de recursos de campanha, o candidato, o partido político e o comitê financeiro são obrigados

Locais vulneráveis à exploração sexual infantil nas estradas aumentam, diz PRF

exploração infantilOs locais considerados vulneráveis à exploração sexual infantil nas estradas brasileiras aumentaram de 1.820 pontos mapeados em 2009/2010 para 1.969 em 2013/2014. Apesar disso, houve redução de 40% nos pontos considerados críticos, onde estão reunidos muitas variáveis de vulnerabilidade. Em 2009/2010, foram identificados 924 pontos, e hoje são 566 os locais considerados críticos.
Os dados foram levantados pelo projeto Mapear, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que identifica os pontos de risco para a população infantojuvenil nas rodovias do país. Os pontos críticos são aqueles onde se conjugam fatores como falta de iluminação, ausência de vigilância, local de parada de veículos, consumo de bebidas alcoólicas e prostituição de adultos.
Dos 1.969 pontos mapeados neste último levantamento, 56% são considerados críticos (566) ou de alto risco (538) para a prática de exploração infantil e outras vulnerabilidades, somando 1.104 pontos espalhados em apenas 470 municípios brasileiros. De acordo com a pesquisa divulgada, a Bahia aparece como o estado com o maior número de pontos críticos ou de alto risco mapeados (62), seguido de Minas Gerais (53), Pará (53) e Goiás (36). Esses estados apresentam ainda o maior número de municípios com pontos críticos ou de alto risco, sendo o primeiro Minas Gerais, com nove municípios, Bahia e Pará com sete e Goiás com cinco municípios.

Condenado no mensalão seria responsável por notas frias em desvios na Petrobras

Durante as investigações da Operação Lava Jato, um personagem que, aos poucos, começa a ganhar importância na montagem do quebra-cabeça para desarticular o esquema de corrupção na Petrobras é um ex-réu no mensalão: Enivaldo Quadrado, condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em agosto de 2012, a três anos e seis meses de prisão mais multa de R$ 232 mil pelo crime de lavagem de dinheiro. A pena de prisão foi convertida, um ano depois, em prestação de serviços à comunidade.
Nas investigações da Lava Jato, Quadrado tem sido citado em vários depoimentos como o responsável por determinar a emissão de notas fiscais frias da GFD Investimentos, empresa tida como de fachada utilizada para o recebimento de propina de Alberto Youssef junto às nove empresas investigadas no âmbito da Operação Lava Jato, que mantinham contratos com a Petrobras. Em alguns depoimentos, Quadrado é citado como homem que supostamente formulou contratos de fachada entre as empresas de Youssef e as empreiteiras.
Segundo as investigações, as notas fiscais frias eram emitidas por Quadrado a mando de Alberto Youssef após as negociações de contratos fraudulentos. As notas fiscais tinham o objetivo de legitimar o pagamento por serviços as empreiteiras que, em alguns casos, nunca foram realizados, conforme as investigações da Polícia Federal. Algumas destas notas fiscais, conforme as investigações foram expedidas após Quadrado ter sido condenado pelo STF

Petrobras: Graça Foster mantém rotina e tenta recuperar confiança de investidores

graça fosterCom o avanço das investigações sobre corrupção na Petrobras alimentando dúvidas sobre sua capacidade de continuar no cargo, a presidente da estatal, Graça Foster tem se esforçado para combater as especulações ao seu redor. Segundo a Folha de São Paulo, colaboradores próximos dizem que ela não pensa em pedir demissão e só pretende sair da Petrobras no dia em que a presidente Dilma Rousseff pedir – o que, segundo eles, ainda não ocorreu e não parece ser o desejo de Dilma, uma das melhores amigas de Graça.
Funcionários da estatal repetem dois argumentos favoráveis à sua manutenção no cargo. Eles afirmam que em breve Graça terá bons resultados para apresentar como gestora, com aumento da produção e redução de custos. Além disso, eles lembram que nenhum dos envolvidos nas investigações em curso mencionou Graça como participante do esquema de corrupção cuja existência foi revelada pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Graça, 61 anos, não tem mostrado abatimento ou falta de motivação, dizem seus interlocutores. Mas tem expressado tristeza e insatisfação com a situação da estatal.

Lei assinada por Dilma alivia Estados e municípios

A presidente Dilma Rousseff decidiu sancionar a lei que muda o índice de correção das dívidas de Estados e municípios com a União, abrindo caminho para que governadores e prefeitos contratem novos empréstimos e ampliem seus investimentos. Dilma resolveu sancionar sem vetos a lei, que foi aprovada pelo Senado no início de novembro e permite que as dívidas contraídas antes de 2013 sejam recalculadas, de maneira retroativa.Prefeitos e governadores temiam que a presidente vetasse esse dispositivo da lei, que provocará perdas para o governo federal num momento em que suas finanças estão particularmente frágeis.
Com a nova lei, o saldo das dívidas passará a ser corrigido pela variação do IPCA, o índice oficial de inflação, mais 4% ao ano, ou pela taxa básica de juros definida pelo Banco Central, o que for menor. Atualmente, esses débitos são corrigidos pelo IGP-DI mais juros de 6% a 9%.