Mato Grosso já tem mais de 10% dos prefeitos cassados

O republicano Júlio Cesar Ladeia é o 15º prefeito eleito cassado pela Justiça Eleitoral. O número representa um dos maiores quadros de cassação do país e atinge o índice de 10,6% dos 141 prefeitos do Estado.

A perda dos direitos políticos é motivada pelo descumprimento de regras eleitorais que vão desde a compra de votos, prática de caixa dois, irregularidades na prestação das contas de campanha ou abusos de poder político e econômico.

A perda dos mandatos tem levado a formação de um cenário político inusitado. Tangará da Serra acompanhará os municípios de Araguainha, Nova Olímpia, Novo Horizonte do Norte e Santo Antônio de Leverger, onde os presidentes das Câmaras de Vereadores estão respondendo pelo poder Executivo.

Isso porque a punição da Justiça Eleitoral também foi estendida aos vice-prefeitos eleitos. Nestes municípios, os eleitores deverão voltar às urnas para a escolha de um novo prefeito.

Já estão confirmadas novas eleições até o momento apenas nos municípios de Araguainha e Novo Horizonte do Norte.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra