Estado integrará força-tarefa na retirada de garimpeiros no Oeste


Mesmo com decisão da Justiça Federal de determinar a desocupação do garimpo ilegal de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste da Capital), aproximadamente mil pessoas permanecem no local, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

O secretário executivo de Segurança, Fábio Galindo, está à frente das ações da força-tarefa do Estado, que unirá esforços com as forças nacionais para realizar a retirada dos garimpeiros.

Na sexta-feira (23), ele participou de uma reunião com o governador Pedro Taques (PSDB), com o prefeito do município, representantes da Justiça e outros representantes de Segurança.

Apesar de ainda haver pessoas no local, Galindo assegurou que a quantidade de garimpeiros presentes na região foi reduzida, após a determinação judicial.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis