Juíza que autorizou busca em empresa de filho de Lula é substituída

juiza_celia
O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Cândido Artur Medeiros Ribeiro Filho, determinou nesta quarta-feira (4) a saída da juíza substituta Célia Regina Orly Bernardes da condução da Operação Zelotes, que investiga suspeitas de fraudes no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), ligado ao Ministério da Fazenda, e também pagamento de propina para aprovar benefícios fiscais.
Célia Regina se tornou mais conhecida no fim de outubro, quando autorizou prisões de lobistas e a busca em empresas do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A decisão da juíza foi alvo de contestação da defesa de Luiz Cláudio Lula da Silva, que negou o envolvimento dele com o caso.
O caso, que até então vinha sendo supervisionado por Célia Regina, passará agora para o juiz Vallisney Souza de Oliveira. Titular da 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal, o juiz estava até então convocado para atuar no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis