Anvisa aprova o primeiro larvicida biológico do Brasil para uso doméstico e o combate à dengue

aedes_dengue_1Em meio aos crescentes registros de infecção do Zika vírus, transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti e confirmado como o principal causador do surto de microcefalia no país, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o primeiro larvicida biológico do Brasil para uso doméstico. O Biovech é resultado de 10 anos de estudos e pesquisas da empresa de biotecnologia e nanotecnologia Neovech, do Grupo FK Biotecnologia.
“Estamos há muito tempo pesquisando uma fórmula que combata o Aedes Aegypti na origem, mas sem impactar o meio ambiente. Nosso foco era desenvolver soluções para auxiliar no combate a epidemia de dengue. Chegamos a uma fórmula com essa capacidade e que pode ser usada diretamente pelas famílias, no uso doméstico, e que, ao auxiliar na eliminação dos focos do mosquito contribui para reduzir a contaminação pelos vírus da Dengue, Chikungunya e Zika Virus, doença grave que tem gerado grandes preocupações a todos, principalmente, às gestantes de todo o país,” diz o médico e professor da PUCRS, Fernando Kreutz, diretor-presidente do Grupo FK-Biotec.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra