Dirceu, já preso, discutia montagem do ministério de Dilma em 2014

dirceu_presoMensagens de whatsapp no celular de José Dirceu mostram que 15 dias depois da reeleição da presidente Dilma, em 2014, o ex-ministro da Casa Civil, já condenado no mensalão e cumprindo prisão domiciliar, conversava com petistas a respeito de indicações de nomes para compor o ministério. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
As mensagens encontradas no celular, apreendido pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, mostram que Dirceu já previa dificuldades para o novo mandato de Dilma. “Tem que ser nomes com visibilidade e aceitação na sociedade em amplos setores de cada área, senão não acabará bem esse mandato”, refletiu Dirceu, durante diálogo, em 10 de novembro do ano passado, com a historiadora e militante petista Maria Alice Vieiras.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis