MP quer que Silval, Mauricio e consórcio paguem R$ 80 milhões por atraso no VLT

MP quer que Silval, Mauricio e consórcio paguem R$ 80 milhões por atraso no VLT
Uma ação que tramita na Justiça Federal pede que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB), o ex-secretário da Copa Mauricio Guimarães e o Consórcio VLT Cuiabá paguem uma indenização superior a R$ 80 milhões pelo atraso nas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande. A ação é movida pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo Ministério Público Estadual (MPE) há mais de um ano. 

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra