Após discussão por ciúmes, pai mata a própria filha de 10 meses a facadas


Um homem foi preso suspeito de matar a própria filha, a pequena Larissa Monoela Carlos de Sousa, de apenas 10 meses, com golpes de faca. Ele foi preso na manhã deste domingo (31/01). O crime bárbaro aconteceu na Vila Pai Eterno, na zona rural de Araguaína (TO), na região norte do Estado. O caso chocou a população.

Segundo a Polícia Militar,Leonardo Oliveira de Sousa, de 23 anos, estava em um bar com sua companheira, a mãe da criança, juntamente com a filha que dormia em um carrinho de bebê. Por volta das 2h30 da madrugada, a mãe, de 20 anos, teria se afastado do carrinho e começou a dançar com as amigas.

Nesse momento, Leonardo ficou enciumado e começou uma discussão. Em seguida começou a desferir golpes de faca no carrinho onde a própria filha dormia. Um golpe atravessou o tecido do carrinho e atingiu o pescoço e a cabeça da criança.



A criança chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas morreu no caminho. Depois do crime, o pai da criança fugiu do local. Militares fizeram buscas e o encontraram na própria casa dormindo. Ele foi preso e autuado por homicídio qualificado, quando há intenção de matar.

Segundo o IML de Araguaína, o corpo da bebê foi liberado para a família por volta das 7h30 da manhã deste domingo e levado para o local onde morava.  A perícia constatou que a faca cravou o crânio da criança, causando assim a morte.(As informações são do site Araguaína Notícias)

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis