Após discussão por ciúmes, pai mata a própria filha de 10 meses a facadas


Um homem foi preso suspeito de matar a própria filha, a pequena Larissa Monoela Carlos de Sousa, de apenas 10 meses, com golpes de faca. Ele foi preso na manhã deste domingo (31/01). O crime bárbaro aconteceu na Vila Pai Eterno, na zona rural de Araguaína (TO), na região norte do Estado. O caso chocou a população.

Segundo a Polícia Militar,Leonardo Oliveira de Sousa, de 23 anos, estava em um bar com sua companheira, a mãe da criança, juntamente com a filha que dormia em um carrinho de bebê. Por volta das 2h30 da madrugada, a mãe, de 20 anos, teria se afastado do carrinho e começou a dançar com as amigas.

Nesse momento, Leonardo ficou enciumado e começou uma discussão. Em seguida começou a desferir golpes de faca no carrinho onde a própria filha dormia. Um golpe atravessou o tecido do carrinho e atingiu o pescoço e a cabeça da criança.



A criança chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas morreu no caminho. Depois do crime, o pai da criança fugiu do local. Militares fizeram buscas e o encontraram na própria casa dormindo. Ele foi preso e autuado por homicídio qualificado, quando há intenção de matar.

Segundo o IML de Araguaína, o corpo da bebê foi liberado para a família por volta das 7h30 da manhã deste domingo e levado para o local onde morava.  A perícia constatou que a faca cravou o crânio da criança, causando assim a morte.(As informações são do site Araguaína Notícias)

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra