Por causa do zika, Colômbia pede que mulheres evitem ficar grávidas até julho

“Considerando a atual fase em que se encontra a epidemia do zika vírus e o risco que ela traz, recomenda-se que os casais que vivem em território nacional evitem gestações durante essa fase, que pode se estender até o mês de julho de 2016”. Essa foi a recomendação feita nesta quarta-feira pelo governo colombiano, por meio de um comunicado assinado pelo ministro da Saúde e Proteção Social, Alejandro Gaviria.
A recomendação é semelhante à feita em novembro pelo diretor de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde no Brasil, Cláudio Maierovitch, que depois acabou voltando atrás. “Não engravidem agora. Esse é o conselho mais sóbrio pode ser dado”, afirmou o diretor em novembro do ano passado, época que que a relação do zika com a microcefalia já se desenhava no país.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis