Janaína Riva e ex-marido recebiam R$ 4 mil, diz delatora

Deputada estadual Janaína Riva

POR AIRTON MARQUES E LUCAS RODRIGUES

A servidora Marisol Castro Sodré, delatora da Operação Célula-Mãe, afirmou que a deputada estadual Janaína Riva (PSD) e seu ex-marido Carlos Azóia, o "Nino", foram beneficiários do suposto esquema que teria desviado cerca de R$ 1,7 milhão na Assembleia Legislativa,entre 2011 e 2014.

Marisol está prestando depoimento, na manhã desta sexta-feira (26), à juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital.

De 2005 a 2015, ela prestou serviços no gabinete do ex-deputado José Riva, acusado de liderar o estratagema que consistiria na emissão de notas frias para justificar os gastos com as verbas de suprimento - benefício extinto pela atual Mesa Diretora da Assembleia.

Aos promotores de Justiça Marcos Bulhões e Samuel Frungilo, do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), a colaboradora afirmou que o primeiro marido da deputada Janaína Riva recebia R$ 4 mil por mês.

"Depois que eles se separaram, quem passou a receber este valor foi a Janaína", afirmou.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra