Medo do zika vírus não atrapalha carnaval Brasil afora

Milhões de pessoas em todo o Brasil foram às ruas celebrar o carnaval neste fim de semana, apesar dos temores com o surto do zika vírus. Em Recife, a cidade mais afetada pela doença, mais de um milhão de pessoas participaram da festa. Em Salvador, que também sofre com a epidemia, o carnaval não foi prejudicado. No Rio de Janeiro, multidões lotaram a Sapucaí para acompanhar os desfiles ou foram às ruas da cidade para participar dos mais de 500 blocos.
Nos últimos dias, autoridades nacionais e internacionais fizeram recomendações sobre a zika para toda a população, mas especialmente para casais esperando bebês, já que o vírus está ligado à epidemia de microcefalia no País.
Em um dos blocos cariocas, no entanto, várias famílias e foliãs grávidas participavam da festa. Uma delas disse que estava, sim, preocupada com o surto e que estava usando repelente. “Mas a vida não pode parar. É carnaval.” Muitas pessoas inclusive usaram fantasias do Aedes aegypti, mosquito que transmite o zika vírus, a dengue e a chikungunya.
2x675w8yzk6u1c2jpv441n9xr (1)

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis