Ela é do PT? Ex-primeira dama da Costa do Marfim é condenada a 20 anos de cadeia

marfim
A Suprema Corte da Costa do Marfim rejeitou, nesta quinta-feira (26), o recurso apresentado pela ex-primeira-dama marfinense Simone Gbagbo, tornando definitiva sua condenação a 20 anos de prisão por atentar contra a Segurança Nacional. A informação foi dada por um de seus advogados.
O advogado Rodrigue Dadjé criticou a “decisão política” e considerou que “há argumentos jurídicos suficientes para anular a condenação”.
Mulher do ex-presidente Laurent Gbagbo e atualmente detida em Abidjan, Simone foi condenada em 10 de março de 2015 a 20 anos de reclusão por “atentado à Segurança Nacional”. A pena aplicada foi o dobro da que havia sido pedida pelo Ministério Público.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Tangará da Serra recebe Circuito Aprosoja dia 25 de maio

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra