Ela é do PT? Ex-primeira dama da Costa do Marfim é condenada a 20 anos de cadeia

marfim
A Suprema Corte da Costa do Marfim rejeitou, nesta quinta-feira (26), o recurso apresentado pela ex-primeira-dama marfinense Simone Gbagbo, tornando definitiva sua condenação a 20 anos de prisão por atentar contra a Segurança Nacional. A informação foi dada por um de seus advogados.
O advogado Rodrigue Dadjé criticou a “decisão política” e considerou que “há argumentos jurídicos suficientes para anular a condenação”.
Mulher do ex-presidente Laurent Gbagbo e atualmente detida em Abidjan, Simone foi condenada em 10 de março de 2015 a 20 anos de reclusão por “atentado à Segurança Nacional”. A pena aplicada foi o dobro da que havia sido pedida pelo Ministério Público.

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os cinco traficantes presos neste domingo pela Polícia Federal em Tangará da Serra

Sábado com acidente fatal na BR 364 próximo a Diamantino

Cecilia Gabriella,15 anos, é morta com 22 facadas em Campo Novo do Parecis