Cunhado matou sobrinha-neta de Sarney por causa de “paixão incontida”

O empresário Lucas Porto, 37 anos, confessou que matou a cunhada Mariana Costa, 33 anos, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney. Segundo informações divulgadas pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (MA), Jefferson Portela, ele disse que sentia uma “paixão incontida” pela publicitária. “Ele contou que foi ao quarto e a encontrou sem roupa. Lá, resolveu consumar seu desejo sexual. Daí se chegou a um resultado mortal”, afirmou o secretário.
Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, irmã da mulher de Lucas, foi encontrada desfalecida na noite de domingo (14), em seu apartamento, em São Luís. Ela é filha do ex-deputado estadual Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente da República e senador José Sarney.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra