Pai mata filho por não concordar com protesto; veja vídeo



Segundo a polícia, o crime aconteceu às 17h30 de ontem (15), na cidade de Goiânia. Alexandre José da Silva Neto, 60 anos, não aceitava as posições políticas do filho Guilherme Silva Neto, de 20 anos. O jovem era favorável a ocupação da UFGO. Guilherme cursava matemática na faculdade.

Depois de uma discussão na tarde de ontem, o pai saiu de casa. O filho disse para a mãe que não iria mais participar do protesto e também saiu de casa. Quando o pai ligou na residência recebeu a informação da mãe do rapaz, uma delegada aposentada, que ele havia saído, momento em que o pai teria perseguido o rapaz.

Populares informaram a polícia que o pai saiu em um carro na contra-mão atrás do rapaz. Ao alcançar o filho, o pai disparou contra o rapaz que faleceu no local.

Após matar Guilherme, o pai deu um tiro na boca. Ele foi socorrido e morreu no hospital.

Postagens mais visitadas deste blog

CHACINA: Policial militar é acusado de executar quatro pessoas em cabaré da cidade de Brasnorte

Saúde tem hoje Dia D de vacinação contra H1N1 em Tangará da Serra